Casa dos Contos Eróticos

Teve De Tudo (Por Raquel)

Categoria: Grupal
Data: 13/01/2017 02:11:25
Nota 9.00
Assuntos: Trans, Lésbicas, Grupal
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Teve De Tudo (Por Raquel)

Boa noite leitores. Meu nome é Sandra, tenho 30 anos e me descrevo como uma morena esbelta, com pernas grossas e seios fartos, 1,56 e 50 Kg, sou meio índia e exalo tesão por todos os poros. Moro com minha parceira a Raquel, de 28 anos, ela é loirinha e gostosa, tem 1,65 e 55 kg, não devotada à malhação como eu, mas realmente bonita. Nosso dilema começou quando sentimos que gostaríamos de adotar um filho, pois após 10 anos de união, nos faltava alguma coisa, e no fundo foi mais além do que faltava, rs. Somos abertas uma com a outra, de modo que rola de ficarmos com amigos em comum, e somos no fundo bi, pois nossas xanas as vezes são abastecidas por pintos amigos, mas isso é bastante ocasional, uma coisa que realmente temos em completo e pleno relacionamento aberto. Nunca havia acontecido de termos sentido atração por outra mulher, no entanto, e segue o que aconteceu, com as devidas surpresas. Estou molhada contando. Eu estava com ela um dia indo trabalhar, moramos em uma ilha aqui na Barra Da Tijuca, Rio De Janeiro, e vimos uma mulher extremamente bonita, ela era realmente uma coisa de atrapalhar o trânsito, uma morena alta e corpulenta, por volta de 1,70 e uma 60 Kg, o que rolou até certo ciúme, mas rimos pois achamos as duas a mulher realmente bonita. E semanas se passaram, notando que ela pegava o barco no mesmo horário sempre, e como havia um interesse mútuo, por assim dizer, um dia eu a abordei no final do dia, o barco meio vazio, ela se demonstrou muito simpática, seu nome era Julia, tinha 35 anos e havia se mudado com o marido para perto da nossa casa, no fim, descobri uma grande amizade a princípio, temos interesses em comum, ela é da área de filosofia também, enquanto a Raquel é engenheira, e ficou surpresa quando cheguei a nossa casa com ela, e foi bem receptiva, a Julia notou nosso interesse em adotar, e rindo perguntou porque não tínhamos nós mesmas nossos filhos, uma vez que ela não poderia ter, mas era um sonho, pois tinha problemas etc... Pensamos bem no assunto, ela foi muito educada conosco e de fato não rolou nada da parte dela, a princípio, somente um convite para conhecermos sua casa no sábado, e seu marido, de que ela falava muito bem. Eu e a Sandra transamos loucamente nessa noite, e faltava muito para o sábado, mas no fim das contas continuamos nossa vidinha como deveria ser, sendo que no sábado fomos, claro, com vestidos comportados e sem pensar em nada que não fosse amizade, afinal, estávamos indo conhecer o marido e a casa de uma nova amiga. Chegamos lá e ela nos atendeu já de biquíni, com duas cervejas nas mãos, feliz e alegre como é, e foi logo nos mostrando a casa, uma casa linda por sinal, muito bem decorada, e apresentou seu marido, um verdadeiro deus grego chamado Mario, ele estava na piscina de sunga, seu corpo era realmente coisa de cinema, o que provocou risos da parte da Julia, que foi logo na brincadeira:

- Olha Mario, acho que essas duas vão deixar de ser lésbicas depois de te conhecerem...

Ele veio na nossa direção sorrindo, nos cumprimentou com beijinhos e depois disse:

- Meninas, fiquem a vontade, a Julia é assim mesmo, mas podemos conversar de qualquer assunto, somos bem liberais...

E a Julia logo tratou de nos emprestar biquínis e mandou cerveja e vinho na mesa, em uma tarde de sol que só os cariocas conhecem, a delícia que era estar e companhia tão bem alegre e descontraída como a dos dois. Mas surpresas viriam, a Julia era diferente em casa daquela moça elegante que conheci, ela é desengonçada e faz piada de tudo, logo saberíamos porque. Mas fomos ficando altas também, e a Raquel acabou se entendendo bem até demais com o Mario, ele é engenheiro, e rolou um certo ciúme da minha parte, eu queria ir embora, mas a Julia notando me chamou a cozinha, e brincando disse:

- Olha, quem de vocês quiser ficar grávida, eu empresto meu macho... Vocês são tão lindas que até eu engravidaria com vocês se pudesse... E eu meio alta, confusa e com ciúmes, perguntei se ela já havia ficado com alguma mulher, no que ela então me olha bem dentro dos olhos e diz:

- Claro que já, e se quer saber somos muito abertos com relação ao sexo, minha linda...

Ela veio se aproximando, nossa, que mulher, não consegui fugir a tentação e largamos um beijo delicioso dentro da cozinha, ela tirou meus seios para fora e deu lambidas que me levaram a loucura, eu louca ali de tesão, mamei seus seios também, deliciosos, grandes e siliconados, e por fim sorrimos uma para a outra e decidimos ir assim mesmo para a piscina, eu pensando no esporro que tomaria da Raquel, mas outra forma ela estava de joelhos mamando uma pica muito avantajada, já sem o top também, eu morri dentro de mim de ciúmes, quando a Julia olha o Mario e fala:

- Bonito, né??? Nem esperam para começar a festinha... Mario, trouxe duas bucetinhas para casa, que vou ganhar, amor???

Ele gemendo e a Raquel olhando já minha aprovação, fala:

- Ganha bucetinha também meu anjo... Vem, curte com a gente...

Nisso o Mario fez sinal e me aproximei, me deu um beijo molhado e eu de fiquei de joelhos junto com a Raquel, e dividi docemente aquela pica deliciosa com minha parceira, excitando o Mario, eu falava:

- Vai querer encher as lésbicas de leitinho, safado??? Quer engravidar uma das duas??? Ou as duas???

Ele quase gosava nas nossas bocas, quando pediu a Julia que tirasse o biquíni logo, ela meio sem graça e eu não entendendo o motivo, fui na brincadeira em sua direção e catei ela por trás, puxando seu biquíni, e essa foi nossa maior e mais tesuda surpresa, ela é transexual, eu de costas fui passar a mão na sua xaninha e encontrei um pinto grosso e já endurecendo, depois descobri que existem técnicas para esconder no biquíni, gente, minha xana pegou fogo, ela se virou e me deu um beijo, eu fiquei muito quente e logo de joelhos, a Raquel parou e veio ao nosso encontro, dividindo o pinto comigo, era grosso e estava coberto com a pele, quando tirei, vi o tamanho enorme e fiquei transtornada, ela ainda envergonhada perguntou:

- Gostaram, meninas???

O Mario beijava a Julia com tesão, e ela punhetava seu pinto já tonta, quando veio uma torrente de esperma nas nossas bocas, nós duas limpamos tudo, e logo foi a vez do Mario, que direcionou seu pinto para os nossos seios, deixando seu leite escorrer entre nós, e a Julia abaixou e nos beijamos a três, ela ajudando uma a limpar a outra, mas era muito leite, principalmente dela, e o Mario logo disse:

- Meninas, por conta dos hormônios, a Julia é uma fabrica de leite, e vive quente, aproveitem, ela vai gosar mais de 10 vezes com o tesão de vocês...

Eu já mamava de novo aquele pinto gostoso, enquanto o Mario sugeriu que fossemos para dentro, então a Raquel e ele se deram as mãos e partiram, a Julia me deu um beijo e me levou no colo, ficamos na sala, onde os dois sacanas nos colocaram na mesa da sala deitadas e com as xanas abertas, cada um lambendo a sua respectiva parceira do momento e restando a mim e a Raquel nos beijarmos deliciosamente, nós nos agarrávamos e ficamos brincando com as xanas nas bocas dos dois, mas logo que eu gosei na língua muito hábil da Julia, ela levantou e mirou seu pinto na minha xaninha, nossa, naquele momento lembrei que sou pequena, e ela me perguntou sorrindo:

- Posso, delícia???

Eu coloquei as mãos na minha xana e abri o máximo que pude, aquilo entrou com tudo dentro de mim, ardendo, minha xana não recebia um pinto fazia alguns meses, e o Mario veio assistir a minha penetração, ajudando a Julia com beijos e mamando seus seios, seguida pela Raquel, que mamou o outro seios, a Julia gemia:

- Assim não vou agüentar, gente...

E eu berrava:

- Julia, não para, me enche de leite, me deixa prenha de uma vez...

Aquilo foi a loucura total, e logo me senti suja por dentro, era muito leite dentro da minha xaninha inocente, e realmente doeu, senti jatos quentes dentro, uma doideira só... A Julia tirou de mim e veio logo o Mario, com seu pinto duro, menor do que o dela, mas respeitável, e meteu, a frase da Julia, que já partia com a Raquel para o sofá, foi tudo:

- Isso, meu pintudo, ajuda a empurrar meu sêmen para dentro dessa gatinha...

O Mario colocou minhas perninhas em seus ombros e mandou bala, metendo o pinto na minha xana já encharcada pela Julia, que estava pegando a Raquel de jeito no sofá, ela sentada de frente sendo devorada com tesão pela Julia, que metia e fazia a Raquel soluçando de prazer, mamar seus seios:

- Mama, lindinha, mama que estamos fazendo um filhinho... Vocês duas vão sair daqui inseminadas hoje!!!

O Mario metia em mim sem pena, e demorou a gosar, eu abria minha xana com vontade, quando a Raquel foi gosada pela Julia, que no tesão da coisa, resolveu apenas trocar o buraco, ela do modo como estava, meteu na bunda da Raquel, que não teve o mínimo tempo de dizer não, apenas deu um urro de dor, e tentando escapar, foi segura pela Julia, ela apenas exclamava:

- Isso é sacanagem, Julia!!!

E a Julia se deliciando, apenas pressionou sua cabeça:

- Continua mamando, linda!!!

O Mario me encheu de esperma, eu fiquei ali na mesa jogada, totalmente esfolada, e ele aproveitou e foi para a Raquel:

- Vem, lindinha, sente o gosto da xaninha da Sandra na minha pica...

E a Raquel então mamava a pica do Mario, em pé no sofá, e logo já ficou em riste, eu me sentei ao lado da Julia a mamava seus seios e os seios da Raquel, que gosava horrores com a pica dentro da bundinha, nisso ela foi presa na cintura pela Julia, que gemeu e me deu um beijo delicioso, me devorando com a língua, soltando mais esperma dentro da minha companheira, que ficou atônita, ela gritava:

- Tesão!!! Nunca gosei assim na vida!!!

A Julia olhou o Mario, levantando e dando um beijo nele, pedindo:

- Amor, me come na frente das meninas... Sempre quis isso!!!

O Mario então começou a meter na bunda enorme da Julia, que nos chamou:

- Me ordenhem, meninas... Chupem tudo...

E ela de 4 no chão, o Mario metendo, de forma que ficou uma verdadeira orgia, eu e a Raquel começamos pelos seios, mas fui mais curiosa e acabei em um 69 muito louco com ela, que gosava sem parar na minha boca e meus seios, enquanto minha xana era chupada pelas duas ao mesmo tempo, o Mario castigava a Julia com metidas fortes e tapas certeiros na bunda, ela pedia mais, e gosava sem parar, eu claro, aproveitei para dar umas boas lambidas no saco dele, suas bolas ficaram molhadas, rs... Muito tesão na sala, e então troquei com a Raquel, e a Julia lambia sua própria porra nos meus seios e na minha boca, eu gosei ali mais uma vez e caí no chão exausta, fui à cozinha e peguei duas cervejas, quando voltei a Raquel estava também assistindo, então o Mario gosou gostoso na Julia, dando um último suspiro, no que ele disse:

- Gente, não agüento mais, viram porque amo essa mulher???

Ela não deixou por menos, pegando um viagra na estante:

- Não amor, você não comeu a xaninha da Raquel ainda... E tem a bundinha da Sandra...

Eu sabia que não seria esquecida, mas então fizemos uma coisa mais tesuda ainda... A doida da Julia queria comer minha bunda, então ela colocou duas cadeiras, uma frente a outra, e o Mario começou a comer a xana da Raquel com ela no colo, e eu na mesma posição só que com a Julia metendo na minha bunda, ela impiedosa comia com vontade, eu subindo e descendo e a Raquel também, dessa forma a Julia me tocava uma siririca e eu conseguia encontrar a boca da Raquel, que me beijava, hora nossos seios, hora as bocas... E o Mario começou a gosar feito louco também, pelo remédio, e deixou seu leite dentro da Raquel, a Julia por sua vez amou minha bunda, me prendendo e esporrando duas vezes dentro de mim, e por fim eles trocaram, pois o Mario não tinha comido minha bundinha ainda, me senti currada, rs, estava realmente acabada, e os dois finalizaram gosando nos nossos seios, se beijando como um casal gostoso... Fui carregada com a Raquel até o quarto do casal, eles nos deram uma ducha quente e dormimos juntos, até o domingo, quando tivemos mais uma sessão de sexo louco e ardente, que prossegue até hoje... Eu tive uma menina linda e a Raquel um filho lindo também, sabemos que são dos dois, mas não fizemos questão de provar nada, são registrados como nossos mesmo, e os dois continuam nas nossas vidas, como amigos e parceiros... Um beijo tesudo a todos e todas que sabem como é dura a vida diferente que levamos por nossas opções... Beijos gente!!!

Comentários

09/10/2017 13:03:29
Muito bom, mas . . . Faltou uma cena da " Júlia " com o Mário !
21/09/2017 10:25:44
Tesão demais!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.