Casa dos Contos Eróticos

Conhecendo o incesto 2

Autor: Paula Gaucha
Categoria: Heterossexual
Data: 01/12/2016 10:57:34
Nota 9.90
Ler comentários (32) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola pessoal, primeiramente gostaria muito de agradecer a todas as pessoas que deixaram um comentário no meu conto, li todos e prometo que vou responder..

Para quem não leu o outro conto vou me apresentar, eu me Chamo Paula, sou Gaucha de Porto Alegre, em casa somos naturistas, tenho 38 anos, Loira de cabelos longos,olhos verdes, tenho 1,68 de altura, seios fartos rsrsrrs ( Bem grandes), bunda e coxas normal nada exageradas, não malho não, mas sempre faço caminhadas.

Bom vamos a continuação...Depois daquele banho maravilhoso com o meu pai, a onde pude ter o meu primeiro orgasmo e também pude proporcionar prazer para o meu pai, batendo pela primeira vez uma punheta bem gostosa e prazerosa até ele gozar nos meus seios.

No decorrer do dia meu pai estava muito carinhoso comigo, me chamou para conversar, me pedindo desculpas pelo o que aconteceu no banho, eu falei que estava tudo bem papai, eu gostei e não fizemos nada errado.Meu pai pegou na minha mão e falou que era errado sim, pois isso na sociedade e visto como pecado e se chama incesto.Ele me falava que ninguém podia ficar sabendo disso, nem mesmo a minha mãe, fiquei bem pensativa e preocupada, pois do jeito que aconteceu e o prazer que tive naquele momento eu achei que isso era normal.Meu pai me abraçou dizendo que me amava muito, que ele tinha gostado de tudo, mas que isso não iria mais se repetir.Apesar de ficar um pouco triste eu concordei e falei que tudo bem e que eu o amava muito.

A noite minha mãe tinha retornado com meu irmão Pedro da casa da vovó, ela e meu irmão foram tomar banho, em casa são apenas 4 cômodos, cozinha, sala, 2 quartos e um único banheiro.Os dias foram transcorrendo normal, meu pai evitava de tomar banho comigo depois daquele dia, meu irmão no banho falava assim, poxa mana o pai nunca mais veio tomar banho conosco e nada falei...Mas nos banhos com meu irmão eu já ensaboava ele com mais demora, lavava bem o saco dele, limpava e acariciava com carinho o pinto dele e bem devagar, quase sempre ele tinha uma ereção forte,não era muito grande ainda mas bem prazeroso.

Depois de alguns meses nesse clima, teve um dia que na hora do banho meu irmão pediu para me ensaboar e eu deixei, aquilo começou a me dar um prazer enorme, sentir as mãos dele percorrendo meu corpo, a espuma deslizando juntamente com as mãos dele pelo meu corpo foi o estopim para eu começar a perder a linha, ele pediu para ensaboa meus seios e eu deixei ele acariciava com tanto carinho, passava os dedinhos dele nos bicos dos meus seios e me falava que era gostoso e macio, e eu falei para ele apertar de leve, ele apertava e eu já estava com o tesão a flor da pele, eu segurei a mão dele e apertei um dos meus seios, fui descendo a mão dele e pedi para ele lavar a minha bucetinha, quando a mão dele começou a tocar nos pelinhos da minha buceta já começou a subir um calor pelo meu corpo, eu olhei a carinha dele e os olhinhos dele brilhavam.Eu já tinha perdido a noção de tudo, fui colocando o dedinho dele dentro da minha buceta, e falei para ele começar a mexer o dedo dentro dela, ele me obedecia e vi que ele estava adorando fazer aquilo na maninha dele, eu coloquei a minha mão sobre a sua e fui forçando a dele,e aumentando o rítimo, minha bucetinha já estava babando na mão do guri, eu gemia baixinho e falava para ele fazer mais rápido, vi que o pinto do guri estava bem durinho e não aguentei, segurei o pinto dele e comecei um vai e vem com minha mão, ele fechava os olhinhos, nossa aquilo estava maravilhoso eu já não me aguentava mais e percebi que eu iria gozar, nisso comecei a me contorcer toda e pedi para ele não parar e fazer mais rápido, dei um gemido mais alto e meu corpo começou a tremer todinho e numa sensação maravilhosa , senti um calor pelo meu corpo e eu senti um prazer fora do normal, tremi mais e mais, as pernas ficaram bambas e não aguentei mais de prazer e gozei, gozei maravilhosamente na mão do meu irmão,soltei o pinto dele me encostei na parede do banheiro para não cair de prazer.Meu irmão me perguntava se estava tudo bem, falei que sim e dei um beijo na testa dele,pedi para ele me abraçar ele me abraçou e falei para ele que a mana o amava muito, ele me falou que também me amava, o pinto daquele guri estava duro que nem uma pedra,peguei nele e comecei a punhetar ele bem devagar, ele gemia com os olhinhos fechados que cena linda, não resisti e me agachei e pela primeira vez pude sentir o sabor o gosto de uma rola na minha boca,que delicia eu abocanhava aquele pau juvenil como se fosse um verdadeiro picolé, chupava me acabava que maravilha, senti o pinto dele pulsar na minha boca, e logo senti uma coisa quente explodir na minha boca, e meu irmão gemer de prazer, ele gozou muito era o primeiro gozo dele, sentir um sabor forte, acido pela boca, mas era muito gostoso, engoli um pouco e o resto eu cuspi, mas foi uma sensação maravilhosa.Logo fomos interrompidos pelos gritos de minha mãe,falando vamos logo com esse banho ai meninos ,faz um tempão que vocês estão ai...Se lavamos e logo saímos do banho, no quarto eu pedi para ele não contar o que fizemos ali para ninguém e ele concordou e me falou se podíamos fazer outra vez, falei que sim mas que seria um segredo só nosso.

Eu já com 14 para 15 anos estava com um corpo de mulher, meus seios estavam grandes iguais o da minha mãe, minha bucetinha já estava bem peludinha, meu irmão com 11 para 12 anos, já estava viciado nas punhetas que eu batia para ele, nos banhos e como dormimos no mesmo quarto e claro pelados, também sempre batia uma para ele e terminava com um belo boquete, que sempre gozava na minha boca ou nos meus peitões, claro eu também gozava muito, ele aprendeu a me chupar bem gostoso,nossa como o guri tinha uma língua macia aiaiiai, já tinha virado um ritual antes de dormimos.

Cada dia que se passava eu ficava com mais vontade de perder a minha virgindade. Na escola eu ficava com um guri, ele sempre me passava a mão em todos os lugares, chupava os meus seios, sempre que dava eu batia uma punhetinha para ele e ele gozava tudo na minha mão.Teve um dia a noite que levantei pata tomar água e passando pelo quarto dos meus pais, pude ver que eles estavam transando e eles nunca fecharam a porta do quarto, minha mãe estava de quatro e meu pai segurava na cintura dela e metia muito, com vontade ela gemia e alto, dava para ver os peitões dela balançando muito, aquilo me deixou doidinha, mas sai dali antes que eles pudesse me ver.Fui dormir pensando naquela cena, eu já tinha visto eles transando antes, mas esse dia fiquei doidinha,aquela cena dos peitões dela balançando ficou na minha mente.

Acordei mais cedo que meu irmão e vi ele nu na cama com o pinto duro, não muito duro mais estava meia bomba, ele devia estar sonhando sacanagem rsrsrs...Eu não resisti e comecei a alisar aquele pinto que eu tanto adorava, logo meu irmão acordou e deu risada, falei bom dia maninho lindo e tarado, o pau já estava duro e pulsando eu não resisti e cai de boca naquela pica juvenil, era tão macia, um cheirinho de rola nova rsrsrrs, meu maninho só gemia baixinho de olhos fechados, Meu tesão falou mais alto que a minha razão, quer dizer que razão né? já tinha feito quase tudo com ele, parei de mamar nele e fui me posicionando em cima dele, ele parecia não acreditar no que estava vendo, logo peguei na pica dele e direcionei na entradinha da minha buceta que já estava pingando de tesão, fui forçando descendo bem devagar, pois ainda era virgem, o rola dele ficou roçando na entrada até eu tomar coragem e descer naquela rola, quando foi entrando senti um pouco de dor, mas estava bem lubrificada pois eu sempre fico bem molhada até hoje é assim, a rola dele entrou e senti uma dor mais forte quando rompeu meu hímen,fiquei parada por alguns instantes tentando acostumar com aquela pica dentro de mim, bem devagar eu fui mexendo mas ainda doía, mas era uma dor suportável, a carinha do meu irmão era de uma satisfação que só vendo, ele por instinto começou a se mexer e a forçar seu pau dentro de mim, era a primeira vez de ambos, logo foi ficando gostoso eu me mexia devagar e ele também,meus peitões balançavam e meu irmão pegava neles e apertava,estava uma delicia ficamos assim por uns 5/6 minutos eu estava adorando tudo aquilo, meu irmão começou a forçar mais rápido e comecei a sentir o pau dele inchar dentro de mim e a pulsar, o corpo dele tremia e logo ele gemeu alto e senti uma coisa bem quente dentro de mim, ele gozou gostoso e logo tirou o pau dentro de mim já meio mole, pude ver que tinha sangue em seu pau e o esperma que saia dentro de mim também estava com sangue, manchamos o lençol da cama dele, eu não gozei mas foi maravilhoso, foi uma delicia, sempre ouvia minhas amigas falando que a primeira vez nunca era boa, pois doía muito, não vou falar que não doeu, doeu sim mas eu adorei, e apesar de não ter gozado gostei de ver e sentir meu irmão gozando dentro de mim. No decorrer do dia comecei a lembrar que transamos sem camisinha e fiquei preocupada, naquele tempo não sabia de pílula do dia seguinte essas coisas.Na escola eu inventei uma estoria para uma amiga minha que já transava com o seu namorado a bastante tempo, e perguntei se ela tinha preservativos e ela acabou me dando 3 camisinhas.

Na noite seguinte, logo após o banho jantamos, assistimos um pouco de tv e fomos deitar, esperamos o nossos pais se recolherem para o quarto deles e meu irmão veio para minha cama, começamos com beijos gostosos, cheio de paixão,ficamos nos beijando por uns 3 minutos, ele desceu a cabeça até meus peitões e começou a mamar gostoso, ele sugava com vontade, apertava meus peitões, parecia um lobo faminto, eu já estava nas nuvens.logo meu irmão parou e falou que queria chupar minha bucetinha e eu fui direcionando a cabeça dele rumo a ela,ele começou lambendo todo sem jeito acho que com um pouco de nojo rsrsrrs, era a primeira xota que ele lambia né, mas logo ele foi pegando o jeito e explorando toda a minha buceta que já babava na boca do meu maninho, quando senti a língua dele achar meu grelinho eu segurei a cabeça dele e pedi para ele ficar movimentando a língua ali e ele ficou movimentando a língua no meu grelinho, e chupava ao mesmo tempo, nossa aquilo estava me deixando louca eu segurava sua cabeça puxando seu cabelo junto, e comecei a sentir um calor no corpo um formigamento vindo, logo sentir que eu iria gozar, mais alguns movimentos daquela língua quentinha no meu grelinho e logo comecei a tremer meu corpo a uivar baixinho, mas a vontade era de gritar, e pronto gozei, gozei gostoso na boquinha do meu irmão, e ele ficou me olhando se contorcendo toda na cama, ele falava mana eu adorei fazer isso, ele me abraçou e meu deu um beijo, nesse beijo pude sentir o cheiro e o sabor da minha propiá buceta, sentir o pau dele cutucar a minha barriga, lembrei das camisinhas e peguei uma para o meu irmão colocar, foi difícil pois nem eu e e nem ele sabia colocar aquilo rsrsrs, mas depois de apanhar um pouco conseguimos colocar, me deitei e ele veio por cima de mim, direcionou aquela rola na minha bucetinha e foi empurrando devagar, doeu um pouco mas já estava bem lubrificada, e meu irmão começou a cutucar aquela rola dentro da minha buceta, eu delirava de prazer, hoje consegui sentir bem mais prazer, já não tinha dor e sim uma sensação de quero mais e mais, ele bombava com vontade, eu já gemia baixinho, falando vai maninho fode sua maninha putinha, ele atendia e me falava que me amava, que eu era muito gostosa, tirei ele de cima de mim e fiquei de 4 na cama, ele veio por trás de mim e começou a enfiar a rola na minha buceta, começou a bombar com vontade, meus peitões balançavam muito, me lembrei da cena da minha mãe dando para o meu pai no dia seguinte, e isso me deu um tesão grande, ele metia com força com vontade eu já estava em êxtase, ele foi socando e eu empurrava minha bunda para trás queria sentir toda aquela rola dentro de mim, senti meu corpo tremer minhas pernas ficando bambas e logo dei um gemidinho mais alto e comecei a contrair minha bucetinha no pau dele e pronto gozei gostoso no pau do meu irmão, que sensação maravilhosa, me sentia saciada, apertava o travesseiro, meu irmão aumentou as estocadas e logo senti as veias do seu pau inchar e percebi que ele iria gozar e ele gozou , ele gemia e estocava na minha buceta, ele caiu do meu lado todo suadinho e vermelho, beijei sua testa e falava para ele que eu o amava, que eu tinha adorado e que ele era meu hominho, tirei a camisinha da rola dele e ela estava cheia de porra, bem morna dava vontade de beber rsrsrrs...Sai do quarto devagar e fui ao banheiro pegar papel para enrolar aquela camisinha e jogar fora, pois minha mãe não poderia ver aquilo, joguei na privada e dei descarga.

Voltei para o meu quarto e me deitei do lado do meu irmão, abraçando ele por trás,e falei ontem não gozei, mas hoje você me fez gozar duas vezes, logo pegamos no sono, na madrugada eu acordei e pedi para ele ir para a cama dele, antes que nossos pais visse a gente deitados juntos.Os dias foi passando e continuamos nessa rotina, fiquei aliviada quando minha desceu para mim, pois a nossa primeira transa tinha sido sem camisinha.

Por mais uns dois anos continuamos transando sempre, meu mano se tornou uma delicia na cama, já me comia de todas as formas, acostumei a dar o meu rabinho para ele, ele foi meu primeiro em tudo e até hoje tenho um amor por ele muito grande.Um dia depois de uma de nossas transas ele me falou que precisa me contar uma coisa e eu toda curiosa já fui falando vai conta logo estou curiosa o que é?Ele me falou que tinha tomado banho com a minha mãe e que no banho ele ficou de pau duro, e a mãe começou a rir e brincar comigo, mas que ela começou a bater uma punheta para ele e que ela acabou fazendo um boquete nele e que ele tinha gozado na boca da mãe, e ela tinha pedido para ele não contar isso para ninguém, mas que em mim ele confiava.

Um ano depois meu irmão começou a namorar e eu também, mas nada mudou entre a gente, nossos namoros ficou sério a namorada dele vinha em casa, e o meu namorado também, logo se acostumaram com a nossa vida de naturistas e em pouco tempo já andavam nus em nossa casa também.Nossos pais nos dava total liberdade, meu namorado dormia em casa ele era um ano mais velho que eu, a namorada do meu irmão ainda não dormia em casa, pois os pais dela não a deixava.Varias vezes meu irmão viu eu transando com o meu namorado pois ele dormia na cama ao lado, e nem dava bola, meu namorado achava aquilo o máximo, mau sabia ele que o meu maninho na semana me comia sempre.Um dia os pais da namorada do meu irmão deixou ela dormi aqui em casa, e a noite eu e meu namorado na minha cama, se pegando e na cama do lado meu irmão pegando a namoradinha dele, meu namorado safado que só pediu para eu acender a luz, perguntei para o meu irmão se tudo bem, ele respondeu que de boa. Ao acender a luz a namorada do meu irmão estava com o pau dele na boca ela era bem bonita, meu namorado ficou doido vendo aquela cena, logo começou a me chupar com vontade, ficamos na posição de 69 e eu o chupava com vontade também, logo meu irmão colocou a camisinha e foi para cima da menina, aquele guri sabia foder uma fêmea, meu namorado me pegou de 4 e socava com muita vontade, era muito exitante ver o meu irmão transando ao nosso lado.Meu irmão comeu a namoradinha dele de todo jeito, e o me namorado idem comigo, logo eles gozaram e ficaram deitadinhos abraçados, gozei como uma louca também, e meu namorado tirou o pau do meu rabinho e gozou na minha boca e nos meus peitões, meu irmão me olhou e deu uma risadinha marota para mim, a namoradinha dele não tirava os olhos do pau duro do meu namorado, logo todos pegamos no sono.Isso se repetiu mais vezes.

Aos 17 anos eu acabei engravidando desse meu namorado, foi um choque para todos mas meus pais nos apoiou e deu toda força.O meu sogro era muito bem de vida e logo ele nos deu um apartamento e mobiliou para a gente, meu namorado já trabalhava na empresa do pai dele, então não teríamos dificuldades.

Bom meus queridos essa foi minha estória de vida e de incesto, espero que gostem, isso tudo aconteceu de verdade não tenho por que mentir e esconder nada de ninguém...Logo começarei a contar como foi e como é a minha vida de casada.

um beijo a todos até mais....

Comentários

17/11/2017 09:51:10
Muito bom conto, quando existe uma boa maldade no olhar, ou mesmo vontade, conseguimos perceber, tanto a mulher percebe quanto o homem, por isso eu gosto mesmo de provocar, fazer a mulher querer sentir tesão, gozar com vontade e confesso independente se tem compromisso ou não, se é tímida, religiosa, mulher de família ou simplesmente curiosa, se tem desejo e vontade eu provoco mesmo, quem sabe não se solta e aprende a sentir prazer e a viver um desses contos maravilhosos que vemos aqui, se quiser me chama whts ((um, Nove) nove, dois, três, três-vinte e sete, nove oito) vou adorar te ajudar!!!
24/10/2017 16:45:32
Oi paula, espero que vc esteja bem. Teus relatos sao maravilhosos. O que aconteceu que parou de escrever? Estamos, seus fãs, ansiosos por saber o que aconteceu depois durante sua vida de casada. Siga com os relatos por favor. Vc ai na parte dos comentarios falou algo de fotos. Poderias mandar para teu fa uma por favor? Claro que nada que possa expor tua lrivacidade. Ecoseu@hotmail.com
10/08/2017 01:35:05
Paula você escreve muito bem, seus contos são muito excitantes!! Adorei gata.
09/05/2017 09:55:50
Paula Gaucha, parabéns pela forma como narrou suas histórias. Muito bom e erótico! Na primeira história me lembrou que numa temporada que passamos fazem alguns anos, na praia do Pinho< conhecemos um casal de Porto Alegre com dois filhos, uma menina e um menino. Ficamos muito amigos por que a menina passou uma dificuldade nas ondas mais forte do início da maré cheia e eu entrei no mar para ajudá-la a sair. Minha esposa e eu notou que a família era muito tranquila e também me lembro que chagamos a tomar banhos todos juntos no camping, apesar de ter varios chuveiros. O que importa é que sua história de vida mostra que iniciar sexualmente com pessoas de confiança (e quem merece mais confiança que nossa família) pode ajudar na nossa vida adulta. Beijos e seja sempre muito feliz.
12/04/2017 11:42:11
mmmm, outro conto delicioso paula! nossa, queria uma irmã que nem você, sua tarada!, nossa, aprendeu a foder com o irmãozinho em e com vontade! bjs
05/04/2017 07:17:58
Muito bom Que delícia fiquei super excitado
13/03/2017 13:31:31
Olá Paula. Parabéns pelo conto. Leva um dez com louvor. Gostaria que nos contactasse por email pra receber nossos video-contos e também que nos autorizasse publicar seus contos pelo nosso grupo de email da Secret Island (Sem fins lucrativos). Aguardo seu contato. Beijo do MOD - Secret Island - Email: modfant@gmail.com
23/01/2017 21:15:22
que delicia nota meu email alex.silverdragon@gmail.com
08/01/2017 14:39:57
Parabéns bom conto bem excitante
05/01/2017 14:22:36
Mais um conto maravilhoso, superou o início e merece nota máxima, continue nos contando suas aventuras e se possível com fotos para meu email medeirosneto.joao@hotmail.com
01/01/2017 18:59:00
Oi Paula adorei o conto na continuação como comentei no primeiro e, quero saber mais, saber de voce que é de cabeça aberta e de bem com a vida . meu email clarocomoodia@hotmail.com vc prometeu responder rsrsr
28/12/2016 02:22:09
Bela história.. continue
24/12/2016 16:01:16
Adorei muito este seu conto... Muito bom poder constatar que tabus são meras repressões sociais sem nenhum sentido, pois quando amamos os nossos entes queridos, o sexo é um complemento familiar saudável... Lembro-me de um amigo e certa vez me disse que ''se todo mundo 'dormisse' numa 'hipotética' cama, ninguém brigaria com ninguém, exceto quem não tivesse AMOR - e demais sentimentos negativos - dentro de si... Na verdade, neste mundo ninguém é de ninguém e devemos entender o quanto é bom estarmos juntos e sentirmos quem a gente ama também tendo prazer com outra pessoa e se ter o privilégio de compartilhar momentos prazerosos, deliciosos e inesquecíveis...... Continue escrevendo assim. Nota 1000!!! mineirinhozen@gmail.com ... Beijos.... lobinho
12/12/2016 02:29:34
entre em contado amor adorei, hanzou4@hotmail.com
09/12/2016 07:29:27
Parabens pelo relato, fiquei de pau duro do inicio ao fim...dez é o mínimo que posso te dar...ricardoasmartins25@gmail.com
09/12/2016 00:27:44
Paula, você esta de parabéns seu conto é bem excitante
06/12/2016 16:47:08
Olá Paula. Parabéns pelo conto. Leva um dez com louvor. Gostaria que nos contactasse por email pra receber nossos video-contos e também que nos autorizasse publicar seus contos pelo nosso grupo de email da Secret Island (Sem fins lucrativos). Aguardo seu contato. Beijo do MOD - Secret Island - Email: modfant@gmail.com
05/12/2016 02:48:11
gostei. é real?
04/12/2016 03:03:54
Vc é maravilhosa
03/12/2016 15:53:50
A la pucha, tchê! Que baita relato, guria. Me deixastes de pau duro, bagos doendo de tesão. Se novinha assim já fizestes com o irmão, imagine então agora, mais madura e casada. Deves estar mais quente que frigideira sem cabo. Rs. Te dou minha nota 10 com louvor. Bjs calientes.
03/12/2016 08:48:35
Hmmm, Paula, quem resiste a uma irmã como você? Conto delicioso... Sem palavras pra descrever o tesão que estou sentindo! Bjs e leia o meu tb.
03/12/2016 07:25:41
Maravilha de conto....Vou adoraR conversar contigo...beijos Edu
03/12/2016 03:33:25
Belo conto, que tal trocarmos contato Paula? Beijos
02/12/2016 18:35:01
Dizem que a ocasião faz o ladrão. Rs. O irmão ali com o pipi todo duro e disponível, era mesmo difícil resistir. Ótimo relato, Paula. Escrito com primor e bem excitante. Iniciei meu irmãozinho, só que eu já era casada. Conte mais sobre a sua vida de casada. Bjs.
02/12/2016 16:47:22
Quem quiser entrar em contado comigo anotam ai, podem mandar fotos tmb bjs. paulagoerik@outlook.com
02/12/2016 11:25:04
Que delícia não vejo a hora de ler
02/12/2016 11:06:36
Muito bom, já tive uns amasso com minha irmã mais velha, incesto é um tesão enorme, te convido a ler os meus bjs...
02/12/2016 00:17:12
Oi.muito bom seu relato.tenho varias experiencias vividas em familia.hj sou casado e com filhos.se quiser trocar experiencias meu email. Liralira840@gmail.com
01/12/2016 23:12:39
Paula passa o wathsapp por email helio-1986@hotmail.com Nota 10
01/12/2016 18:11:48
boa noite excelente conto..
01/12/2016 14:59:35
Q tal trocarmos contato gata, procure meus comentários e vamos conversar no whatsapp se vc quiser.
01/12/2016 12:18:07
Delícia 😋.....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.