Casa dos Contos Eróticos

A escolhida Cap 1

Categoria: Sadomasoquismo
Data: 02/11/2016 17:56:09
Nota 9.80
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Manuela, linda, altiva, inteligente, determinada, orgulhosa e arrogante..

O objetivo dela era crescer na vida e tinha muita força pra isso.

Criada pela sua avó, só pensava em ser alguém. Fez disso um objetivo maior, estudava muito, na universidade era a primeira da sala...

Conhecia pessoas, mas não tinha tempo pra elas. Na empresa, destacava por sua capacidade e frieza. Dr. Fernando e D. Roberta donos de uma grande rede de farmacias, encantaram-se com ela; sua beleza e força; essa família era praticante de BDSM. E gostariam que Carlos (irmão de Beta) tivesse uma companheira a altura. Então Carlos começou investigando a vida de Manu e tudo mais.

Descobriu que ela era perfeita pra ele. Independente, sábia e sozinha no mundo pq sua avó havia falecido a 1 ano.

Bom a idéia era começar aos poucos, então Carlos começou frequentar as reuniões na empresa e passou a trabalhar diretamente com Manu.

Manu não gostou muito no começo, porém Carlos era bonito e sempre manteve respeito com ela, formavam uma otima equipe . Ela o achava até frio e distante as vezes.

Passaram a viajar juntos e até malhar, na mesma academia aos poucos Carlos foi quebrando o gelo de Manu e a ausência de ter alguém começou a mexer com Manu.

Ela sempre dizia a si mesma não misture as coisas, seu objetivo é outro.

Um dia Manu esta muito atarefada e assinou um documento muito importante e comprometedor.

Passado 1 mês, Carlos a chamou e disse:

Manu tenho algumas observações a fazer e preciso de dois esclarecimentos.

Vc tem feito transferência ao banco Suiço regularmente?

Manu: Sim, na conta destinada.

Qual conta Manu?

Ela disse a conta.

Carlos: Então pode me explicar pq temos uma nova conta na Suiça gerenciada e controlada por vc?

Manu: sem entender nada; diz: impossivel.

Não fiz contato nenhum e recebi apenas duas ligações de lá.

Uma pra confirmar o meu nome e autorizações da conta. E outra de confirmação de movimentaçao.

Carlos:E qual conta estamos falando agora?

Manu: fica nervosa e perdi a paciência. Carlos pare com isso, trabalho aqui a 8 anos desde do estágio. E tb trabalhamos juntos a 1 ano. E vc sabe que nunca faria nada pra me prejudicar.

Carlos: sei tb que é muito ambiciosa. E faria qq coisa pra alcançar seus objetivos. Conseguiu até que afastassem Beta da sua propria empresa.

Manu: perae eu não fiz nada; ela deixou o cargo por ciúmes do marido. E alegou que estava precisando fazer um curso fora que por sinal já dura 8 meses e ela retorna pra outra posição semana que vem.

Carlos: Manu não precisa fingir; temos as ligações, assinaturas, a movimentação toda. Claro que vc negará e um processo demoraria muito; então ficou decidido que vc passa a ser minha escrava 24/7 daqui pra eternidade ou prendemos vc agora com os contatos que temos na PF. Vc escolhe!

Claro que vc terá apenas o direito de obedecer e pra todos os efeitos nada muda aqui. A não ser que seja necessario.

Vc passara a viver na minha casa, já tenho um lugar especial preparado pra vc. E claro que antes de qq coisa. Se fará algumas alterações no seu cargo. Tudo passa por mim. Vc não fala, nem toma decisões sem eu saber. E venha até aqui; por favor!

Manu esta em choque; estatica.

Carlos: repeti: não gosto de repetir. Venha até aqui agora!

Manu se dirigi até lá. Ele fala: assinei todos esses documentos e rubrique td.<br>

Pode ler antes. Vai até a porta tranque-a.

Carlos: Pega o telefone e liga: Ana(secretaria), ficaremos em reunião 2 horas não podemos ser interrompidos. Ah sabe a sala projetada pra Manu e sua secretaria. Bom passarei a usar e quero sem divisão e Manu ficará na menor, vcs ficaram aonde estão. A porta de separação do andar quero uma instalação ainda hj com codigo de acesso e cameras de todos os angulos e peça pra instalar um chuveiro no banheiro, quero um armario com toalhas e espaço pra trocas de roupas. Obrigado Ana.

Manu esta parada.

Carlos: agora Bonequinha, venha até aqui, tire toda a roupa e venha até aqui pra eu avaliar meu prêmio.

Manu não se mexer e fala: Vc só pode estar louco! Se acha que eu vou aceitar isso! Nunca!

Carlos: Como já esperava por isso. Veja a tela aqui do computador.

Manu se aproxima e ele mostra a ligação; a conversa e a confirmação com o banco. Dessa tal conta e não dá pra negar, o sistema de telefonia, audio e camera estão interligados ao mesmo tempo. Depois os papéis são mostrados pra ela com sua assinatura e carimbo e autenticação e toda a movimentação e os valores são altos.

Fora isso há já contratos de suborno prontos pra ela assinar, em relação há negociações com os fabricantes de remedios pra ganho dos concorrentes. Manu se vê perdida e desesperada.

Manu: vc não pode fazer isso! Carlos sou inocente, vc sabe!

Carlos:claro! Isso todos dizem; agora quero que vc tire todas as roupas e se apresente pra mim. No começo vou ser paciente e te ensinar td que vc deve ser daqui pra frente e olha não é tão ruim. Sou bem apessoado e com o tempo vc irá me idolatrar e reze pra eu te querer sempre, senão mando vc pra prostituição na Europa( viu ainda sou generoso com o lugar pra vc, Puta!).

Manu esta que só chora, não consegui parar e pensar em encontrar uma saída!

Carlos levanta e dá- lhe um tapão na cara.

Manu assusta-se, grita e coloca as mãos no rosto. Chorando de soluçar.

Carlos: quieta! Vc quer que todos saibam já o que vc se tornou?

Manu balança a cabeça negativamente.

Carlos: então Bonequinha, faça o que eu pedi, já! Ah e fique com os saltos.

Manu: com lagrimas, faz conforme ordenado.

Vai tirando sua blusa de seda, sua saia listrada, e pará.

Carlos: faz com as mãos apontando ao lingeri.

Manu: tira seu sutian meia taça bordado e sua micro calcinha de lancinho.

Carlos: tenho que dizer que vc tem bom gosto, pena que será raro o uso desses itens agora na sua vida!

Venha aqui bonequinha!

Quero que vc abra as pernas e coloque seus braços pra cima e as mãos atras da cabeça. Sabemos que vc lê bastante BDSM. Portanto , muita coisa é desnecessario explicar. Só que comigo é vida real. E quero a perfeita escrava (Sorriso).

Carlos apalpa os seios de Manu, aperta um pouquinho os bicos, elogia o tamanho, e que são durinhos.

Carlos: Manu quantos homens ou mulheres vc ja esteve sexualmente falando e fale sempre a verdade; pq vc vai descobrir que mentiras tem consequências e que omissão tb.

Manu: nenhum parceiro sexual tive até hj. Não tinha tempo.

Carlos: primeiro pra vc agora será sempre Senhor e em casa dê preferência Mestre.

Otimo, fico feliz.Vc faz algum controle de anticoncepcional, mesmo assim?

Manu: sim, preciso por conta das colicas.

Carlos: belisca forte os seus bicos. Senhor!

Manu: Desculpe Senhor Carlos!

Carlos: eu desculpo, abaixe e beije meus dois pés e volte a posição.

Manu: faz, pq não outra maneira do que obedecer no momento.

Carlos: Otimo. Bom, amanhã vamos dar andamento em quase td que precisamos resolver. Como vc é virgem. Faremos um ritual especial pra vc iniciar. Mais primeiro vc ficará mais disciplinada. Sem choro Manuela, vc é uma mulher forte e haverá motivos pra isso depois.

Quantas vezes vc vai ao banheiro todos os dias? Ou é ressecada?

Manu: todos os dias de manhã senhor!

Bom, muito bem bonequinha.

Quantas contas bancaria vc tem? Casa? Carro? O que mais?

Manu: tenho a casa que moro, duas contas bancarias e 2 carros pq 1 era da minha avó.

Carlos: otimo, venderemos td e quero apenas 1 conta que vc receberá o salario e que tb será transferido pra uma outra conta automaticamente. Vc dependerá de mim pra tudo.Mesmo pq não precisa de mais do que te darei.

Sobre a academia por enquanto vamos nos manter na mesma. Só quero algumas mudanças de atitude e vestuario que vc terá que se adaptar.

Manu esta aos prantos, é o pesadelo dela, perder td que conquistou duramente aos 24 anos tinha orgulho de ser quem se tornou e agora seu mundo acabou, ruíu. Esta tão densorientada.

Carlos: não fique assim. Continuará tendo casa, emprego e td; a unica coisa que vc terá um dono agora e td me pertence até seus pensamentos e nem pense em se matar, pq isso seria uma decepção vinda de alguém tão forte e guerreira; vc vai enfrentar isso, não é bonequinha. Mesmo pq? Se vc se matar arrumo outra. Tipo a ingênua Leticia(sabemoa que a vingança move as pessoas).

Agora, vire na mesa estique os braços e abra bem as pernas. Empina bem esse rabo.

Manu. Se posiciona e Carlos explica.

Em casa terá uma pessoa que cuidará da casa e de vc. Agora abra um pouquinho mais as pernas isso. Empina bastante essa bunda. Uhummm... deliciosa, vamos trabalhar mais nela na academia, quero ela bem empinada e grande.

Agora se apoie na mesa e abra as duas bandas da bunda com suas mãos pra eu ver seu buraquinho.

Manu: chora em silêncio, pela humilhação e saber que esta nas mãos dele que agora acha que é seu dono. Ela precisa de uma saída disso tudo.

Carlos, fica feliz de ver que ela esta obedecendo td de bom grado e sabe que ela será uma ótima escrava depois de treinada.

Ele abre a gaveta e pega um gel aplica no anus de Manu e coloca um dedo grosso e começa a massagear seu anus.

Carlos: hum muito fechadinho, Manu relaxe o musculo, assim; sem choro quer se expressar- Geme forte bonequinha. Viu como esta ficando gostoso! Isso, dá uma reboladinha.

Esse mês comerei só seu cú. Até a injeção anticocepcional fazer efeito, não quero mestruação, quero vc a disposição 24/7. Depois de fazermos o ritual vou te usar toda hora, vc vai ficar viciada em rola.. kkk

Agora relaxa mais, vou colocar um plug anal pequeninho, só pra te ajudar a noite. Viu bonequinha tô cuidando de vc.

Agora, abra a boca e chupe bastante esse plug, babe bastante, deixo-o bem molhado! Assim safadinha! Tá é gostando!

Carlos tira o dedo e começa a colocar o plug.

Manu quer tirar, correr, sair dali. Ela senti que deve estar em um pesadelo.

Carlos: Pronto! Agora, segura firme o plug. Ele não pode cair. E vire-se pra eu examinar vc de frente. Deite na mesa e abre bastante as pernas. Isso bonequinha! Segure o plug se ele sair eu vou puni-lá. E vc não quer isso, né!

Boa menina!

Carlos abre bem os labios vaginais e cheira. Coloca um dedo até sentir o seu lacrecinho.

Sorri feliz. E diz: amanhã vamos ao ginecologista, ele irá te examinar e atestar sua virgindade. E tb vamos depiladora amiga minha. Pq vc esta sujinha. E depois vamos as compras.

Agora deixa eu ver seu clitoris.

Nossa ele é fechadinho e pequeninho.

Carlos: Manu vc não se masturbava?

Manu: não Senhor Carlos.

Carlos: Nossa, vc é um presente! Kkkkk ele começa a acariciar, Manu esta seca e com medo. Então ele acaricia seus seios e passa a mamá-los fortes enquanto acaricia seu clitoris.

Manu começa a sentir um calor, uma inquietação. Ele dá mordidas em seu bico. Manu começa a gemer, suspirar.

Carlos desce e começa um oral bem gostoso e tirar e por o plug anal, até a hora que ele senti que ela quase e dá uma mordidinha em clitoris!

Manu explodi em gozo, com seus olhos vidrados e seu corpo tremulo.

Carlos sorri. E diz: muito bem bonequinha.Viu como é gostoso! Vc vai ser uma Putinha insaciável!

Carlos: Agora a minha vez. Manu se ajoelhe aqui e abra com a boca meu ziper e abaixe minha cueca. Se vc me morder eu arranco todos seus dentes e vc usará dentatura. Vc não quer isso, quer?

Manu nega com a cabeça. Carlos lhe dá um tapa.

Respondi direito.

Manu: Desculpe Senhor. Eu não quero que o senhor arranque meus dentes, senhor Carlos.

Carlos: bem melhor assim. Vamos, o que vc esta esperando?

Manu treme muito e com muita dificuldade faz td, o membro de Carlos é lindo, grosso, cabeça larga e avermelhada e um tamanho bom de 20 cm e ainda as bolas são lisas e pesadas.

Carlos: sei que ele é bonito, mais quero ação. Abra a boca, relaxa a lingua. Vou ver até quanto vc aguenta.. e vai colocando pra dentro. Manu senti ansia, mais Carlos não pará e diz respire pelo nariz. Isso..E quando ele vê que consegui quase td. A elogia, muito bem Bonequinha. Garganta profunda! Vamos treinar mais por enquanto foi muito bem.

Agora vc vai chupar gostosinho, a cabeça isso. As bolas e assim chupa forte, isso.

Carlos segura a cabeça de Manu firme e começa um vai e vem gostoso. E goza bastante.

Manu não esperava e se engasga e tosse. E cai no chão um pouco.

Carlos: limpa com a lingua o que vc desperdicio e limpe direito meu membro pra eu guardar.

Agora me agradeça pelo leitinho quente.

Manu: chorando-Obrigada pelo seu leite, senhor Carlos.

O ramal toca.

Carlos:Sim Ana.. ele chegou! Sorrindo olha pra Manu que esta de quatro limpando sua sujeira...

Comentários

17/04/2017 19:27:50
Excelente conto nota 10
15/03/2017 12:31:29
Muito bom
03/11/2016 07:52:42
Perfeito
02/11/2016 19:53:52
Realmente excitante. Só precisa corrigir a pontuação.
02/11/2016 18:35:16
Cruelmente Excitante... Jasmim

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.