Casa dos Contos Eróticos

Ritmo perfeito 14

Um conto erótico de S.Y
Categoria: Homossexual
Data: 17/05/2016 21:47:29
Última revisão: 17/05/2016 23:22:03
Nota 10.00

Desculpa a demora, as vezes a rotina aumenta e fica difícil continuar rs.. Bom saber que tem gente com saudades haha(amei saber isso rs) bora lá..

Continuação..

Cheguei em casa com uma dor de cabeça horrível, tá que eu nunca fui tão sensível.. Até já tinha transado e deixado a garota falando sozinha depois.. Mais ser a outra pessoa na história e diferente, me senti uma merda, algo insignificante.

"Não consigo me entender.." -Pensei balançando a cabeça negativamente.

-Ridícula essa situação onde me importo com as coisas.. -Falei comigo mesmo me olhando no espelho.

Tomei um banho quente pra relaxar e deitei na cama do jeito que vim ao mundo, acho que foi questão de segundos para mim apagar de vez.

*****

Acordei com meu celular chamado, resmunguei tentando pegar ele ainda de olhos fechados.

-Oi. -Falei sonolenta ainda de olhos fechados.

-Hum.. Te acordei foi? -Falou uma voz calma e rouquinha.

-Uhum.. -Respondi me ajeitando de um jeito largado na cama, continuando de olhos fechados.

-Então dorminhoca, podia abrir a porta pra mim né? -Falou divertida.

-SÉRIO? -Dei um pulo da cama, e olhei a bagunça do meu quarto. -Tá brincando né?

-Não.. Olha. -Ouvi a campainha tocar.

-Já vou. -Falei jogando o celular na cama.

Fui até a porta praticamente correndo, e abri.

-Oi.. -Falei olhando a Bela que estava de boca aberta como quem ia dizer algo mas travou. -Ou, tá bem? -Ela me olhou debaixo pra cima e mordeu o lábio inferior segurando um sorriso e levantou as sobrancelhas.

"AÍ CACETE!" -Pensei batendo a porta na cara dela e indo pro quarto roxa de vergonha.

Coloquei um blusão de manga cumprida preto que ia até a metade da bunda, e uma cuequinha feminina vermelha bem rápido e fui em direção a sala ainda vermelha de vergonha.

Cheguei na sala e ela estava de costas pra mim mexendo em algumas fotos.

-Adorei a recepção. -Falou se virando para mim e sorrindo.

-Não tenho nada a declarar.. -Falei com cara de "não tem explicação".

-Então.. -Falou meio envergonhada. -Queria saber se você tá livre hoje.

-Vou da uma olhada na minha agenda. -Brinquei.

-Garota ocupada você, mas tenho certeza que tem um tempo pra mim. -Entrou na brincadeira.

-Convencida você né? -Levantei uma sobrancelha. -Tenho sim.

Sentamos no sofá e ficamos conversando amenidades, ela realmente era linda, usava um shortinho largo e desfiado jeans, e uma blusa branca.. Eu fiquei babando rs.

"Que boca.." -Pensei olhando a boca carnudinha a minha frente.

-Sabe.. -Disse se aproximando e ficando do meu lado. -Você e horrível com as visitas, não me ofereceu nada até agora. -Cheirou meu pescoço e começou a da leves beijinhos.

-E.. -Tentei falar mas ela deu um chupão no meu pescoço me fazendo perder a linha do raciocínio.

-Eu to morrendo de fome. -Roçou os lábios no meu ouvido, e deu um leve aperto na minha coxa próximo ao meu sexo que molhou na hora, me fazendo solta um pequeno gemido.

-Posso resolver.. -Tentei buscar seus lábios mas ela recuou.

-De comida. -Levantou as sobrancelhas e balançou a cabeça negativamente de boca aberto numa expressão indignada.

"Que? Oi? Pode isso diretor?" -Pensei chocada com a sacanagem que ela fez.

-Aff.. -Resmunguei. -Vem! -Falei indo pra cozinha.

E depois de várias provocações por parte dela, e várias caras indignadas da minha parte, ela foi embora dizendo que iria voltar pra me pegar as 9 da noite.

*****

Depois de arrumar o meu quarto e fazer umas compras, pois minha geladeira só tinha besteiras.. Fui conversar um pouco com o Gus, que me contou que teve uma noite "MARAVILHOSA" com um cara.

-Menina você não tem noção da pegada dele! -Falou piscando várias vezes.

-Acho que você precisa de uma melhor amiga hetero. -Olhei seria para ele.

Conversamos até umas 6 horas da noite, e logo resolvi ir embora.

-Tenho que ir, vou sair hoje. -Falei já indo em direção a porta.

-Com quem? Posso ir? -Perguntou já se animando.

-Claro.. -Ele sorriu. -Que não né. -Conclui.

-Filha da.. -Sai batendo a porta sem deixar ele terminar.

*****

Cheguei em casa e ainda faltava muito até as 9, então resolvi deitar no sofá e pensar um pouco.

ContinuaO que acham da Bela?

2 - O que acham da Fernanda?

Deixe nos comentários, bjos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/01/2018 07:39:52
Cadê vc com esse conto perfeito hein ? Saudades
19/05/2016 21:33:10
Gostei da Bela , mas torço pela Fernanda 🌚 Ah é continua , pq aqui realmente tem gente morrendo de saudades SIM 😍😍😍
EX
18/05/2016 12:39:24
Hahahahhahahah adoroooo!
17/05/2016 22:22:28
To curtindo a bella com ela, só que provocar q nem ela fez é mancada!! Continuaaaaa