Casa dos Contos Eróticos

O Menino De Rua

Um conto erótico de P!ATD
Categoria: Homossexual
Data: 01/04/2016 20:20:44
Última revisão: 01/04/2016 23:26:14
Nota 9.83

Olho o meu reflexo em um vidro de um carro qualquer, e fico imaginando, como eu cheguei a esse ponto, sem família sem casa, sem amigos, sem dinheiro.

Olho mais uma vez para o vidro do carro, e vejo aquele Menino chamado Scott, Moreno de olhos castanhos, cabelo preto, nem magro nem gordo, estou normal segundo a sociedade, Tenho 1,65 pequeno pro meu gosto, tenho 17 anos

Estava na hora de eu fazer o que eu mais odei na vida, pedir esmola, como isso é humilhante, as pessoas te olham te julgam sem nem te conhecer

Paro no sinal e começo a fazer malabares, rapidamente vou para perto dos carros e vejo se alguém tem uma esmola para dar para mim

Sem sucesso, aquele ponto já estava batido, eu não iria conseguir nada ali, continuei a andar quando eu vejo um Homem de Terno Preto bonito, pensei comigo mesmo com certeza ele não deve passar vergonha, como eu passo todo dia

Me perco em meus pensamentos, quando eu olho de novo para o homem de Terno Preto, que agora está atravessando a rua, sem olhar para os dois lados, vejo um carro vindo, e com certeza vai pegar ele em cheio, percebi que o motorista falava no telefone

Corri o mais rápido que eu pude, eu não sei o porque, mais eu não podia deixar aquele cara ser atropelado

Joguei ele para longe do carro, mais quando eu virei pude ver o motorista tentando pisar no freio mais não deu tempo

=====================

Acordei em um lugar com as paredes pintadas de azul, não conseguia me mexer direito, consegui vira minha cabeça e pude ver o Homem do Terno Preto

H.Terno: Finalmente em, já faz três dias que você está desacordado, fiquei preocupado, sua família deve está mais preocupados do que eu.

Scott: Tenho certeza que não estão, para ser mais claro, é eu não tenho Família

H. Terno: poxa cara sinto muito, Eu queria te pergunta duas coisas, posso?

Scott: Sim

H.Terno: Primeiro, qual seria o seu nome, e segundo porque você me salvou

Scott: Meu Nome é Scott, e eu não sei bem o porque eu salvei você e me Fodi Todo.

Matheus: Meu nome é Matheus, mais pode me chamar de Matt, olha eu sinto muito isso ter acontecido com você.

Scott: Obrigado, eu acho, merda eu quero sair daqui

Matt: Com os braços quebrados acho meio difícil, mais eu falei com o médico e ele disse que assim que você acordasse, ele ia fazer uns exames, e veria se você já podia receber alta e ir pra casa.

Ótimo, pensei comigo mesmo vou ficar todo fodido no meio da rua, essa é Boa

Scott: Ótimo eu só quero sair daqui

=====================

O Médico fez os exames, por sorte eu não tinha sofrido um acidente ta grave assim, ele disse que eu já poderia ir para casa.

Sair daquele hospital, tenho certeza que é partícula, bem eu não sei como eu vou pagar, não tenho dinheiro nem para mim, só sei que sai Dalí com os braços todo quebrados e com gesso nos dois braços

Já estava do lado de fora quando eu ouço alguém me chamar

Matt: SCOTT SCOTT SCOTT

Scott: O que foi mano?

Matt: Só queria levar você em casa.

Scott: Acho que você não pode fazer isso.

Matt: Cara eu estou de carro, vamos chegar bem mais rápido.

Scott: Cara não vai dar

Matt: porque não vai dar?

Scott: PORQUE EU NÃO TENHO CASA, EU SOU UMA DROGA DE MENINO DE RUA, QUE PRECISA PEDIR ESMOLA NO SINAL, Desculpas, eu não queria gritar, foi mal mesmo eu já estou indo.

Matt: Nossa eu não sabia, mano eu tenho uma ideia, você poderia ficar lá em casa até melhorar, sabe eu sinto que fui eu que fiz isso com você, eu não posso te deixar na rua assim.

Ele não esperou nem eu falar, saiu me levando para seu carro, posso ser pobre mais eu sei reconhecer um carro bom quando eu vejo, o do Matt era um Porsche.

=====================

Sentado naquele carro olhando para um homem totalmente estranho.

Matt, era Branco, olhos Azuis, Ele tem um pouco de músculo, era bem distribuído, devia ter uns 20 ou 22 anos, 1,85 Talvez, e seus cabelos castanhos era simplesmente Lindos.

=====================

Chegamos em um Condomínio, Matt Guardou seu carro, e me levou até o seu apartamento.

Era lindo lá dentro, certeza que eu nunca poderia ter aquilo um dia

Matt: Fique a vontade, a casa é sua.

Scott: Você não precisa fazer isso

Matt: Claro que eu preciso, você está com fome?

Scott: Talvez esteja, Talvez Não é difícil dizer

Matt: haha você é bem engraçado em.

Scott: Eu fui atropelado, meu humor está melhor do que deveria está. Não vai ter problemas com a sua família eu ficar aqui

Matt: Eu moro sozinho Baby, não devo satisfação a ninguém. Nossa, você está um trapo nessas roupas.

Scott: O que você queria, que eu estivesse vestindo um Terno, já esqueceu que eu moro na Rua é?

Matt, Não, eu não esqueci, eu só falei isso porque ia te oferecer uma roupa antiga minha para você vestir

Merda, é só isso o que eu fasso

Scott: Desculpa eu...

Matt: Vem comigo

Segui ele, e fomos parar no quarto dele. Ele abriu aquele enorme Guarda-roupa e tirou um Short e uma camisa

Matt: isso deve servir em você

Falou ele jogando as roupas para mim

Matt: desculpa rsrsrs eu esqueci

Scott:Você só pode está brincando comigo

Matt: desculpa cara, é que eu me esqueço mesmo

Scott: Sim, entendo não é todo dia que temos um menino de rua/ Atropelado em casa

Matt: Vou deixar você se trocar

Ele saiu do quarto, merda o cara me coloca na casa dele, e eu ainda falo essas coisas para ele

Ai merda que cara idiota, como eu vou troca de roupa desse jeito, todo fodido

=====================

Trinta minutos depois

Matt: Você ainda não se trocou?

Scott: Sério, meus braços quebrado, como você acha que eu vou consegui me trocar, Deixa pra lá mano, não preciso mais me trocar

Matt: Eu te ajudo a trocar

Matt veio chegando perto de mim, colocou a mão no Botão da minha bermuda, eu Hesitei por um Segundo

Matt: Calma Caralho, eu não vou morder não kkkkk

Ele começo a abrir o zíper da bermuda eContinua

=====================

Então pessoal, esse é meu primeiro conto, eu espero que gostem.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/12/2016 14:10:29
MUITO BOM.
24/05/2016 15:16:38
Gostei da pegada com toque de humor, talvez voce quisesse fazer algo mais rispido, mas dessa forma humorada fica bem mais interessante. continue!!!!
08/04/2016 22:48:40
Humm interessante
07/04/2016 23:29:29
Legal
04/04/2016 22:16:38
Estou gostando muito
02/04/2016 17:24:19
Bastante promissor! Continua, por favor. As personagens são encantadores.
02/04/2016 01:19:58
Amei
01/04/2016 23:00:59
Muita bacana. Diferente do que costumamos ler. Ficou interessante.
01/04/2016 22:52:15
muito bom, porém rápido demais. curte teu conto assim como agente vai curtindo. Abração.
01/04/2016 22:11:32
Bom. Mais tá indo rápido de mais.
01/04/2016 20:32:03
Amei. muito bom o scott é bem engraçado rsrs. :)