Casa dos Contos Eróticos

Fui comida pelo amigo do meu irmão

Um conto erótico de Angel Mix 2015
Categoria: Heterossexual
Data: 06/11/2015 09:09:05
Nota 9.67

Tudo aconteceu quando meu notebook deu pau e ñ no bom sentido, rs... Entrei em pânico! Liguei p/ meu irmão perguntando se ele podia m ajudar e ele m falou d um amigo q mexia c/ isso. No dia seguinte, pontualmente às 17:30h, chegava Wagner em minha humilde residência.

Era um dia quente, e na minha casa, eu costumo ficar bem a vontade. Então, eu trajava um mini shorts jeans, q deixava todas as pernas a mostra e uma blusa de alcinha, s/ sutiã. Deu p/ ver q Wagner m comeu c/ os olhos, levantou o óculos de grau q usava acima do nariz e se apresentou meio gaguejante.

Onde é q meu irmão havia escondido aquele pedaço de mau caminho, pensei comigo mesma.

Ele tinha seus 34 anos, cabelos negros, era branquinho, usava uma camisa pólo azul e uma calça jeans e apesar de "nerd" dava p/ notar q malhava. Ñ era exatamente meu tipo, pq eu sou mais chegada num coroa, mas tava valendo.

Expliquei o q estava havendo no meu note, ele sentou-se, abriu a maleta q trazia consigo e ficou lá compenetrado, nem olhava p/ o lado.

Me senti um tanto quanto desprezada, mas eu ñ sou do tipo q desiste fácil quando algo, ou alguém, desperta meu interesse.

Fui na cozinha, preparei um suco e minha mente começou a trabalhar e se eu "acidentalmente" derrubasse o suco naquele corpinho delicioso? Ele teria q tirar a camisa e daí p/ tirar o resto seria um pulo. Lá fui eu p/ a sala colocar meu plano em ação.

_ Desculpa, como eu sou desastrada - disse aproveitando p/ alisar aquele peito gostoso, enquanto fingia q tava limpando ele c/ um pano de prato umido.

Notei q o pau dele deu sinal de vida, por baixo do jeans e isso muito me agradou.

Levei a camisa dele p/ lavar e programei o ciclo mais longo da máquina, já q parecia q c/ o note ele ñ ia demorar muito. E eu ainda ñ tinha feito o progresso q esperava fazer.

_ Vc ñ quer tomar um banho, tá calor mesmo - sugeri c/ falsa inocência.

E o mais incrível foi q colou!

Foi p/ o meu banheiro, e só d pensar naquele homem nu, no meu banheiro, já ficava c/ a boca cheia d' água. E outras partes do meu corpo também molharam, rs...

Eu precisava ser mais agressiva, pq aquela minha abordagem sutil ñ tava dando em nada.

Girei a maçaneta e fiquei feliz ao constatar q ele ñ trancara a porta. Entrei s/ fazer barulho e m despi do shorts e da blusinha, fiquei apenas d calcinha e comecei a ouvir uns gemidos vindos do box. E aqueles gemidos eram inconfundíveis, ele tava se masturbando. Hora do ataque!

Ele tomou um susto a principio, quando m viu entrar no box e pegá-lo c/ a mão na massa, literalmente.

_ O q vc faz aqui?

Q pergunta né? Eu só d calcinha entro no meio do banho dele, q tava frio, diga-se de passagem e ele m pergunta o q eu fazia lá.

_ Vim te ajudar - e envolvi o pau dele em minha mão, ñ consegui fechar, pois era bem grosso, mas mesmo assim, comecei a masturbá-lo reparando q ele fechava os olhos de prazer.

Mas de repente, ele m pediu p/ parar e sair dali, q era amigo do meu irmão, coisa e tal. E eu disse q meu irmão ñ precisava ficar sabendo d nada. Vi q ele vascilou um pouco, aí enrosquei meus braços no pescoço dele e tasquei-le logo um beijão. Enquanto nossas línguas duelavam uma c/ a outra, eu esfregava discaradamente meu corpo no dele. Os bicos de meus seios estavam eriçados roçando nos pelos do peito dele e minha buceta pulsando de desejo c/ aquele pau por cima da calcinha.

Ajoelhei e chupei. Comecei a pincelar a cabeça do pau dele c/ minha língua, depois dei alguns beijinhos e ele já c/ a respiração arfante. Quando o abocanhei por inteiro, soltou um gemido meio estrangulado na garganta, enquanto o chupava, ficava alisando suas coxas e aproveitei a posição q estava p/ chupar suas bolas também. Tava m deliciando c/ a experiência, quando senti o pau dele inchar na minha boca.

_ Vou gozar - avisou ele tentando m afastar, mas ñ permiti. Chupei ainda mais duro, quando senti o primeiro jato atingir minha garganta. O sabor dele era soberbo. Me puxou c/ tudo chão pelos ombros, m escostou no azulejo frio da parede, fazendo eu agarrar a cintura dele c/ a pernas. Posiciou aquele pau magnífico na entrada da minha buceta, enquanto apertava minha bunda c/ aquelas mãos grandes.

_ Era isso q vc tava querendo - e m penetrou fundo.

_ Sim, sim, sim - eu gritava meio descontrolada, tomada pela excitação.

Wagner era agressivo nas suas estocadas, tal como eu gosto, mais parecia q estava c/ raiva por ter cedido a minha sedução.

_ Vc é uma putinha sabia? Ficou m provocando desde q eu cheguei aqui.

_ Sim, sou sua putinha. Agora continua me fudendo gostoso.

Wagner me beijou na boca e depois, m desceu de seu colo, m pondo curvada, praticamente d 4, enrolou uma das mãos em meu cabelo e depois voltou a m penetrar forte.

_ É assim q vc gosta de ser comida né sua putinha? Igual a cadela q vc é!

Só de ouvir aquilo tava quase gozando. Como ele adivinhou q eu adorava ser xingada no sexo ñ sei, só sei q tava muito bom.

Wagner começou a massagear meu grelinho c/ os dedos e eu ñ só gritei, berrei quando gozei.

_ Agora é minha vez de encher essa buceta gostosa de porra - falou no meu ouvido c/ a voz descompassada e quando gozou, cravou os dentes no meu ombro.

A marca dos dentes dele, ficou uns dias na minha pele, era só eu olhá-la no espelho, ou tocá-la, p/ meu corpo reagir instantâneamente, c/ as lembranças da super transa, c/ o amigo do meu irmão.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/11/2016 12:46:36
Com certeza esse nerd, como todos os outros é tímido. E vc nos deu uma aula de sedução. Adorando ler teus contos bem escritos e detalhados. Nota máxima merecida. Bjs.
07/11/2016 10:36:07
Hmmm, excelente conto, gata! Será que o teu irmão não quer ser meu amigo? Boas amizades ¨desinteressadas¨ sempre devem ser valorizadas. Rs. Que vontade de você, amor!!! Bjs.
27/11/2015 12:39:24
¨-O que vc faz aqui?¨. PQP esse Wagner é mesmo uma figura. Uma angel nua, toda gostosinha e isso é pergunta que se faça? Você deveria ter respondido pra ele: ¨-Estou procurando a gaiola do meu passarinho¨... Muito bom esse conto também, gata. Escrevendo deliciosamente assim fará grande sucesso aqui, enlouquecendo marmanjos como eu. Beijos.
12/11/2015 08:46:47
Por parecer devagar no começo, até que compensou no final esse amigo do seu irmão, rsrs
12/11/2015 06:58:55
Obg Milson, bjs...
12/11/2015 06:23:59
Esse Conto foi muito excitante Angel nota 10
11/11/2015 22:27:25
Obg Nando, bjs...
11/11/2015 22:25:54
Muito bom...
11/11/2015 13:55:50
Obg Semideus, o prazer é tdo meu, rs... Bjs...
07/11/2015 22:57:45
Obg leitor 40, bjs...
07/11/2015 22:56:02
Muito bom parabens continue assim
07/11/2015 11:27:35
Obg Yuzo, kkk...
07/11/2015 11:25:35
Quando seu notebook der pau de novo, não se esqueça chamar este ¨japanisis brasiliensis taradus¨ para dar um trato nele e na dona dele. Pode ser que o computador não funcione, mas com relação à dona, a satisfação é garantida. Rss. Brincadeiras à parte, bem excitante o relato. Beijão!
07/11/2015 09:18:25
Ele é meio tímido, kkk...
06/11/2015 22:42:47
Deixe la comentário
06/11/2015 22:41:29
Vamos falar no meu conto aqui esta muita gente
06/11/2015 21:52:06
Então m diga, agora fiquei curiosa, Evil Queen, kkk...
06/11/2015 21:47:44
Olha que não sabes Angel .. Não sabes
06/11/2015 19:53:02
Galera grupo no Whatsapp para brincarmos, fazer amizades e quem gostar rola muita safadeza. Grupo Casa Dos Contos, grupo onde pode tudo menos a falta de respeito e falta de educação, venham se divertir conosco é só mandar um email para fonolliver@hotmail com número de telefone incluindo o DDD e dizer eu quero participar, na mesma hora estarei add, beijos.
06/11/2015 18:06:29
Ñ t achei grossa Hello, apreciei sua sinceridade, sinta-se a vontade p/ ler, ou ñ meus contos. Bjs...