Casa dos Contos Eróticos

Era pra ser só amizade, mas... 2X03

Um conto erótico de Higor Gonçalves
Categoria: Homossexual
Data: 15/09/2015 16:28:28
Nota 10.00

Porém eu não dava ouvidos, precisava ver com meus próprios olhos, para poder acreditar, não podia ser possível, ele jamais faria isso comigo, não o Artur cara, é impossível. Cheguei até a piscina e vi com meus próprios olhos, não podia ser verdade, mas graças a deus era, eu fui completamente enganado por meus amigos, a cena que eu vi, foi a mais linda que já presenciei, Artur estava parado a minha frente, com um lindo camisão azul, estava tudo escuro, até a iluminação da piscina, apenas uma luz, ou melhor holofote, que destacava Artur no meio do escuro, ele sorria para mim, ahhhh aquele sorriso, eu não entendi direito o que estava acontecendo ali, mas era mais do que óbvio que todo mundo estava envolvido, no que parecia ser uma grande surpresa, ele não falava nada, apenas sorria, como se estivesse esperando por alguma coisa, eu não conseguia falar, uma emoção muito forte tomou conta de mim, Natália, Lucas e Fernando chegaram logo atrás de mim, pareciam felizes, e Artur fez um gesto de agradecimento aos três.

— Eu queria dizer algumas palavras, mas acho que antes, eu devo te mostrar isso, que não foi muito fácil de fazer, mas foi uma das partes menos complicadas desse plano, antes de você assistir, só quero que se lembre de uma coisa, eu te amo muito. — Ele disse ao microfone e se afastou, atrás dele havia um grande telão.

As lágrimas de emoção já haviam começado a escorrer pelo meu rosto, é isso ai, eu banco o Durão, mas no fundo sou um poço de lágrimas, Puxei meu pai nisso. O telão começou a reproduzir o que estava ali, logo fotos e mais fotos minhas e do Artur começaram a rodar, e para minha surpresa, tinha até fotos minha com meus amigos, com lindas mensagens, e algumas fotos de quando eu era um bebê, isso com certeza era contribuição da minha mãe, sem dúvidas, a música do vídeo era " You are not alone" do Michael Jackson, que o Artur sabia que era uma das minhas músicas preferidas, sempre fui fã do Michael, mas igual essa música, pra mim não tinha igual, a letra dela é perfeita. Era um dos melhores momentos da minha vida, nunca havia ficado tão emocionado, o vídeo reproduziu na mesma duração da música, e quando acabou estava a mensagem " De todos que te amam, feliz aniversário Higor ", cara, aquilo me fez derramar em lágrimas de emoção, o vídeo terminou e as luzes foram se acendendo aos poucos, e o local estava cheio de pessoas que agora aplaudiam a cena, eram ninguém mais que toda minha família e amigos ali, eu não tava acreditando, era lindo demais.

Fernando chegou e me olhou sorrindo.

— Desculpa cara, mas ele pediu que eu te trouxesse aqui sem você desconfiar de nada, embora eu admita que exagerei um pouco. — Ele sorria.

— Valeu cara, não sei como agradecer, se a idéia era que eu não desconfiasse de nada, missão cumprida amigo . — Respondi soluçando pelo choro.

— Pode me agradecer curtindo a sua festa. — Respondeu ele com um lindo sorriso.

— Ainda não acabou não, olha lá. — Disse Lucas para mim, e me virei novamente para o palco, onde Artur se encontrava novamente.

" Em primeiro lugar, eu queria agradecer a todos que estão aqui hoje, e principalmente a aqueles que me ajudaram nessa difícil tarefa, mas que valeu a pena cada segundo, obrigado a todos vocês".

Ele fez uma pausa e me olhou, novamente aquele sorriso perfeito estava em sua face, que saudade que eu estava do meu Artur, mas ao que tudo parece, ele nunca foi embora, só estava me enrolando para essa surpresa.

" Higor, meu amor, eu sei que essa semana não foi fácil pra gente, tive que me afastar de você, por que eu precisava dedicar todo o meu tempo para isso, não foi fácil montar tudo isso em cinco dias, mas graças a deus tive muita ajuda, de pessoas que amam você, assim como eu, você com certeza deve ter ficado com muita raiva de mim né amor, te peço desculpas, mas acho que você vai entender, tudo isso é por você, eu te amo cara, você não tem idéia o quanto, desde o primeiro dia que eu te vi, esse sentimento começou a brotar, essa amizade virou amor e hoje, sinceramente eu não imagino um dia da minha vida sem você, isso pode parecer clichê e meloso como você provavelmente diria, mas fodasse, é o que eu sinto e vou falar e deu, como você também provavelmente diria. " — Ele riu e todos também, eu comecei a rir, eu realmente diria aquilo , e todos prestavam atenção.

" Você não é só meu namorado, é o meu parceiro, meu melhor amigo, aquela pessoa que ta comigo sempre, que me conhece melhor do que ninguém, graças a você, ganhei excelentes amigos, e uma segunda família, que eu também amo muito" — Artur olhou para meus pais, que se emocionaram, meu coroa começou a chorar, viu de onde eu Puxei hehe.

" Eu só tenho a te agradecer meu amor, você se tornou a pessoa mais importante da minha vida, alguém por quem eu daria a minha vida, você sempre me apóia, me incentiva a continuar lutando, mesmo quando as coisas estão difíceis, você me diz pra continuar, se tem uma frase que você sempre diz, que eu vou levar pra vida toda é se você caír sete vezes, levante-se oito, se todos no mundo tivessem alguém como você, o mundo seria um lugar muito melhor, obrigada por tudo, e agora para finalizar, essa música é pra você, já que eu sei que você ama ela, e sempre que a escuta, lembra de alguém especial, que embora eu não tenha conhecido, tenho certeza que era uma pessoa maravilhosa, e agora, sempre que escutar dessa música, vai poder lembrar de mim também, por que a letra dela é tudo que eu queria dizer a você, essa é pra você amor, eu não posso garantir que nosso amor será para sempre, por que a gente nunca sabe o dia de amanhã , mas posso garantir que será eterno enquanto durar ".

Artur se sentou em um banco, a sua frente ele tinha um teclado, Vitor e Daniel, que faziam parte da banda dele, estavam ao seu lado. Meus pais ficaram do meu lado e me abraçaram, eu já não sabia se iria aguentar tanta emoção, aquelas palavras do Artur foram... Inesquecíveis, foi uma emoção indescritível, como eu amava ele, e quando eu achei que já havia chegado todas as surpresas da noite, Artur começa a tocar " Signal fire" do Snow patrol, eu amava essa música e ela sempre me lembrava a minha falecida avó, com quem eu era muito apegado, embora a letra não tivesse muito haver com ela, o toque da música me fazia lembrar dela, até hoje nunca entendi o por que, é algo automático, e agora com toda certeza, essa música me fará lembrar do Artur também para sempre.

[Signal Fire]

" The perfect words never crossed my mind Cause there was nothing in there but you I felt every ounce of me, screaming out But the sound was trapped deep in me

All I wanted, just sped right past me But I was rooted fast to the earth I could be stuck here for a thousand years Without your arms to drag me out

There you are, standing right in front of me There you are, standing right in front of me All this fear falls away, you leave me naked Hold me close, cause I need you to guide me to safety

No, I won't wait forever No, I won't wait forever

In the confusion, and the aftermath You are my signal fire The only resolution and the only joy Is the faint spark of forgiveness in your eyes

There you are, standing right in front of me There you are, standing right in front of me All this fear falls away, you leave me naked Hold me close, cause I need you to guide me to safety

No, I won't wait forever No, I won't wait forever No, I won't wait forever "

Eles terminaram a música e todos aplaudiram por quase um minuto, eu não me aguentava de lágrimas, meus pais me abraçavam forte, Artur se levantou e veio em minha direção, eu sai correndo e o abracei e lhe dei o beijo mais apaixonado do mundo.

— Amor me perdoa por essa última semana, eu... — Ele começou a falar.

— Não não amor, você não precisa se desculpar, olha tudo que você fez por mim hoje, tem prova de amor maior?? — Falei beijando ele ainda mais.

— Minha mãe é uma grande atriz não é não, ela fingiu direitinho quando você foi lá na casa dos meus pais. — Ele disse todo contente.

— A sogrinha me enganou bem em. — eu sorri.

— Eu passei a semana toda ocupado com a festa, comecei a trabalhar nisso tudo na quarta feira, e como foi em cima da hora, precisei me dedicar totalmente a isso, por isso não tinha tempo de ficar com você, e eu iria precisar de uma pequena ajuda. A Nat, o Lucas, o Fernando e o mano me ajudaram muito, graças a eles eu consegui fazer isso tudo. A Nat e o Lucas me ajudaram a organizar tudo, minha sogra linda ajudou com algumas fotos hehe e foi a responsável por trazer toda sua família, o mano e a Gabi me ajudaram a organizar também e ficaram responsáveis por trazer nossos amigos, o Nando cedeu a casa pra fazer a festa, a parte mais difícil seria fazer você não desconfiar de nada, tarefa essa que ficou a cargo da Nat e do Lucas, que tinham que te convencer a vir pra cá, sem você desconfiar é claro, eu fiquei o dia todo aqui arrumando tudo, desde de manhã, foi torturante não ligar e nem mandar mensagem, mas era necessário que você pensasse que eu tinha esquecido, para que a surpresa fosse ainda melhor, o Nando chamou um pessoal pra fingir que era uma festa dele e eles ficaram lá fora, e ele também tinha que te trazer até aqui sem que você não desconfiasse de nada, só não imaginei que ele fosse levar isso tão a sério. — Artur começou a rir, e eu também, agora lembrando da situação.

— Caramba amor, você fez todo esse plano elaborado e teve todo esse trabalho, só por mim?? Eu valho isso tudo?? — Perguntei ainda emocionado.

— Vale bem mais do que isso, por você eu faria tudo de novo, te amo meu marrentinho.

— Eu te amo meu grandão. — Nos beijamos e todos começaram a aplaudir.

— Um homem desses eu não arrumo pra mim. — Disse Lucas, arrancando nossas gargalhadas, sempre ele.

— Parabéns meu filho, eu te amo muito. — Falou meu pai enquanto me Abraçava.

— Também te amo coroa.

— Ai meu bebê, a mamãe te ama demais. — Disse minha mãe.

— Eu também te amo mãe, mas sobre aquela minha foto de bebê ali, vai ter volta. — Eu disse rindo.

— Uma foto linda daquelas, é pra todo mundo ver que você sempre foi lindo filho.

— Você nunca muda né mãe.

A festa começou e logo o DJ começou a tocar diversas músicas, eu fui cumprimentando cada um dos convidados e agradecendo sua presença. Todos os meus amigos estavam ali, e os familiares mais próximos também, após cantarem o parabéns, com um enorme bolo, começamos a beber e dançar, a festa já passava da madrugada e com certeza estava longe de acabar, estávamos eu, Artur, Natália, Lucas, Victoria, Ana Luiza, Fernando, Gustavo, Gabriela, Deiziane, Leo e toda a turma que estava sempre junta, em uma roda, onde dançávamos e brincávamos como se fossemos adolescentes de novo, um dia assim não mata ninguém néDepois de muito rir e dançar, Artur me chamou para conversarmos, fomos até o segundo andar da casa, onde estava mais sossegado, e entramos no quarto de hóspedes, fomos até a varanda, que dava de frente para umas árvores, eu o abracei e ficamos em silêncio por alguns minutos, apenas escutando o som da festa lá embaixo, e a respiração um do outro.

— Como é bom estar abraçado com você de novo. — Falei quebrando o silêncio.

— Eu digo o mesmo pra você, mas foi por uma boa causa né. — Ele falava como se achasse que eu estaria ainda bravo com ele, o que seria impossível.

— Foi a melhor surpresa que alguém já fez por mim amor, e literalmente foi uma surpresa, por que eu jurava que... — Não consegui terminar a frase.

— Que eu tava te traindo, e tava nessa festa com outra. — Terminou Artur.

— Eu não sei como pude pensar isso de você, eu... Pirei cara, só de pensar de te perder, de não ter mais você na minha vida, isso acabou comigo, meu mundo desmoronou. — Me inclinei ma varanda, olhando agora para as árvores que balançavam com o vento.

— Eu sei que errei em ter feito dessa maneira, mas é que eu bolei tudo de última hora, e tive que me dedicar inteiramente para que desse certo, a parte mais demorada foi a música, decorar cada nota e cifra não foi fácil, ainda mais com teclado, que não bem a minha especialidade, mas por você cada segundo valeu a pena, eu ensaiava noite e dia. — Ele disse me abraçando por trás e me dando um beijo na nuca.

— E foi perfeito amor, a música foi... Não tenho palavras para descrever o que senti naquele momento, foi maravilhoso, aquilo me fez lembrar o por que eu amo você, olha que ironia, eu chego aqui querendo te matar achando que você ta me traindo, e descubro que você me fez a coisa mais linda que alguém já fez por mim, desculpa ter duvidado de você, desculpa mesmo. — Eu falei agora me virando para ele e o beijando.

— Não precisa se desculpar, a intenção era você ficar surpreso mesmo, quando pedi pro Nando não deixar você desconfiar de nada, não imaginei que ele fosse levar ao pé da letra. — Artur começou a rir.

— Ele é assim mesmo, ele fica nervoso e começa a gaguejar, deixando muito óbvio, acho que foi por isso que ele optou por falar aquilo. — Comecei a rir. — Assim era mais fácil.

— Eu tive sorte de ter amigos de verdade que me ajudaram pra valer, não teria conseguido sem eles, foram meus anjos da guarda.

— O Lucas não pediu nenhuma foto sem camisa sua não pra ajudar nisso. — Comecei a rir, por que conhecia bem o jeito do meu amigo.

— Minha não, só do mano, não conta pro Gus, pelo amor de deus. — Artur deu aquela gargalhada gostosa.

— Pode deixar amor. — Comecei a beijar ele.

Ficamos ali no quarto mesmo e tivemos uma das melhores noites de sexo da minha vida. Acordei com o sol forte batendo no meu rosto, passava das dez da manhã, mesmo tendo bebido consideravelmente, não havia nem uma dor de cabeça em mim, o que me deixou extremamente feliz. Levantei e comecei a me vestir, em seguida acordei o Artur e avisei pra ele que o esperaria lá em baixoSaí pela porta e presenciei uma cena muito engraçada, o Lucas saindo de um quarto e colocando a camisa, quem será que estava com ele ali dentro em.

— Eu não fui o único a ter uma noite boa pelo jeito. — Falei rindo.

— Higor?? — Ele tomou um baita susto ao me ver.

— Em carne e osso. — Respondi ainda com um sorriso no rosto.

— Que susto, não te vi chegando. — Ele riu e tentou desconversar o assunto.

— Eai, tava se divertindo com quem ai dentro. — Perguntei curioso.

— Sabe meu caro amigo, a genética da tua família é muito boa em, mas você ainda é o melhor de todos haha. — Lucas falou e saiu rindo pelo corredor.

— Fico feliz em saber disso. — Eu fiquei bem confuso, genética??

Eu me virei e uma pessoa estava saindo do quarto em que Lucas estava , quando eu vi quem era, meu ataque de risos foi instantâneo, e não me aguentava de gargalhar alto.

— Eu não acredito que isso aconteceu de novo, puta que pariu, que merda, eu preciso parar de beber, caralho . — Falava Leo indignado, quando me viu, ele gelou na hora. — Primo, fazendo o que por aqui. — Ele dizia meio desconcertado.

— Nesse momento tendo uma crise de risos e querendo te dar um conselho, é melhor tu parar de beber primo. — Eu soltava gargalhadas altas.

— Porra primo, para de rir, alguém pode ouvir porra. — Ele tava vermelho.

— Relaxa primo, não esquenta com isso, mas olha, é melhor parar de beber em.

— Eu gosto é de buceta porra.

— Então para de exagerar tanto na bebida, por que tu nunca acaba com mulheres.

— Pelo menos dessa vez eu não acabei enrabado,como da última vez, que tu me comeu lá no acampamento. — Ele ainda lembrava bem.

— Bom pra você né, mas esquece essa história, o que eu mais quero esquecer nessa vida é de quando eu comi o meu primo, por ter bebido demais na festa do acampamento.

— Você quer esquecer?? Eu que levei uma puta de uma piroca enorme na bunda e você que quer esquecer?? Eu que devia querer esquecer. — Falou ele irritado.

— Obrigado pelo elogio, isso só aumenta o meu ego hehe. — Ele tentou ficar sério mas acabou rindo.

— Como se ele já não fosse muito grande né. — Ele começou a rir.

— De acordo com você, se for igual o meu pau, é enorme mesmo.

— Palhaço. — Ele começou a rir.

— Bom primo, não esquenta com isso não, o Lucas é bem discreto, ninguém vai saber.

— Valeu primo, eu to indo nessa.

Passamos o resto da manhã limpando a casa do Fernando. Eu fui trabalhar e o pessoal continuou lá. Depois da festa, minha relação com o Artur só veio a melhorar, nunca estivemos tão bem em nosso namoro, a última semana de férias passou bem rápido, e logo já estávamos no primeiro dia de aula, o dia que fazia exatamente um ano que eu conheci o meu grandão. Chegamos na faculdade e os primeiros dias eram sempre uma bagunça, pelo pessoal novo que ficava perdido no meio de um campus tão grande, mas era legal ver gente nova e os velhos rostos de sempre. Artur foi mais cedo pra sala, por que queria ver umas coisas da banda, que agora se denominava " Hooks", eu fiquei mais o Lucas e a Nat conversando nos bancos do lado de fora, eu tava pegando no pé do Lucas, por causa do Leo, dizendo que ele gamou e tals quando escuto uma conhecida voz atrás de mim, que me fez gelar.

— Oi. — Falou a voz...

Continua.

_________________________________________________

Bom pessoal, boa tarde, capítulo três pra vocês matarem sua curiosidade após o segundo capítulo haha. Pra quem duvidou do Artur, Tadinho dele né gente, só quis ser romântico e fofo, e conseguiu. Bom, por favor comentem e digam suas opiniões, obrigado por acompanharem, até quarta.

Irish : hahaha enganei legal não enganei. Bjs.

Doce anjo do amor : Valeu cara, continue acompanhando. Abraços.

Lobo azul : Depois daquela declaração linda, você teria coragem de fazer isso com o coitado?? kkk. Abraços.

vvdavidv: Obrigado por comentar e boa semana. Abraços.

Jeff08: Você foi um dos poucos que acertou cara, vendo os motivos dele, não foi de tão mal gosto assim. Abração cara.

Vi-nicius : Acho que ele teve uma boa desculpa, não? . Abraço.

Kim669: Olá meu caro amigo, suas palavras me deixaram bem pensativo, não imaginava que causaria isso tudo com um suspense kkk, mas ele não me traiu não, pelo contrário, me fez amar ainda mais ele. Eu jamais perdoaria uma traição, acho isso o absurdo, se você realmente ama uma pessoa, não vai trai-la, eu sou totalmente contra, mas cada um com sua opinião, mas pode ficar relaxada que eu e o Artur estamos firme e forte. Quando eu escrevi o capitulo, o Grandão ainda comentou " Quer ver como todo mundo vai pensar besteira de mim " e achei engraçado que poucos botaram confiança nele kkk. Bom, obrigado por acompanhar e por favor continue, um grande abraço.

Bom pessoal, é isso, fiquem com Deus e até a próxima, que eu espero não demorar, por que estou cheio de trabalhos da faculdade pra fazer, mas vou tentar arrumar um tempo, pra não deixar vcs na mão, um grande abraço e uma ótima semana.

H.g20@Outlook. Com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/12/2015 08:55:27
Ótimo!!
21/09/2015 16:02:47
cara gostei mto ja estava querendo matar o artur ha ha mais ele é um principe com vc ha ha ainda bem, parece que pir ai vem outra bomba ha ha ansioso pelo próximo capítulo posta logo cara -_- *-* :D
20/09/2015 01:41:35
Moço, por favor, não faça isso comigo! Eu espero dar quase 2 da manhã pra ler suas histórias pra ter um ataque cardíaco antes de acabar :'D. Parabéns, ótimo capítulo, que venha o próximo!
20/09/2015 01:12:32
Adorei a surpresa que o Artur fez :D ,Aff ninguém merece chegar esse pedro pra acaba com a felicidade de vcs! PS:Gosto tanto do conto que loguei minha acc 01:11 da manha só pra da nota pq essa historia merece um :D
19/09/2015 21:03:35
Fiquei com o rosto todo ruborizado! kkkk acho q não saberia onde esconder a cara se estivesse cara a cara com o Arthur! kkkk Pede desculpas a ele, pois o julguei completamente errado! Mas também pudera né? Você com um suspense desse!!! kkkk Cara, foi uma trama e tando essa do Arthur. Agora vamos ao ponto mais engraçado ate agora, o Leo esta se saindo um pegador e tanto em??? kkkk Juro q mataria ele pelo resto da vida de tando zuar!!!! Como assim, alguém bebe ao ponto de trocar seu gostou sexual? Ele vai acabar gostando da coisa! kkkk Agora eita porha, q finalzinho lascado é esse? Ja tão rápido assim para começar com o problema chamado Pedro?
16/09/2015 10:51:27
PQP VC VOLTOU E NEM AVISOU? Sou velho, quer me matar do coração? Me acabei com esses 3 capitulos da segunda serie. vc esta escrevendo mais forte que antes. Parabens, parabens, parabens, vc voltou com a corda toda. Obrigado por ter voltado e pelos 3 capitulos que acabei de ler. OTIMOSSSS
16/09/2015 01:13:17
Você quer me matar do coração Higor, diga logo... me enganou direitinho kkk. Linda e emocionante a surpresa que o Artur lhe vez, Acho bem de quem é essa voz, só pode ser do Pedro. Espero que não venha treta por aí.
15/09/2015 23:41:04
AI MEU DEUS COMO O ARTUR E FOFOOOOOO. Esse Pedro vai causar uma treta... E claro que o Artur teve uma boa desculpa kkkk
15/09/2015 22:51:28
Com o Artur não mais. Mas, com você sim.(arrancaria tudo)kkkkkk... Como você faz isso comigo? Me deixa pensar besteira do coitado. Ele foi tão fofinho. Cuti, cuti. Brincadeira amigo( não arrancaria tudo, só a metade.kkkk... Abração e Beijo pra você do seu querido Lobo Azul🐺😘
15/09/2015 22:24:46
você enganou too mundo direitinho em? que linda surpresa, abraços...
15/09/2015 22:17:10
Cada vez melhor!
15/09/2015 20:45:44
Cada vez amo mais o conto ansioso pro próximo capítulo U.u
15/09/2015 19:46:15
Nao foi kada de mal gosto!! Artur foi um fofo =)
15/09/2015 19:35:43
Oi higor. boa noite. Lindo cap. Essa surpresa foi linda e emocionante eu sabia que o artur nao seria capaz disso vcs se amam demais da pra sentir. bjos
15/09/2015 17:35:30
Desconfiei que fosse uma surpresa rs. E que linda surpresa :') Eita garoto de sorte vc! Emocionante! O Lucas nao brinca em serviço! Adoro! Ate sei quem é o dono da voz... Meu Deus... Vem confusao aì, né?