Casa dos Contos Eróticos

a amiga da minha mãe tirou meu cabaço

Autor: moreno77
Categoria: Heterossexual
Data: 29/07/2015 01:30:09
Nota 9.89
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi pessoal.

Meu nome é Higor, tenho 18 anos , moreno, alto, corpo razoável e gosto muito de aventuras!

Vou relatar a minha primeira vez para vocês. Um pouco extenso.

Isso aconteceu a 4 anos atrás , quando eu tinha 14 anos. Sempre fui um garoto bem esperto nesse assunto de sexo, e sempre sonhava com uma amiga da minha mãe sendo minha primeira mulher, se masturbei muito pensando nela e sempre olhei pra ela com olhar guloso , mostrando que queria algo. O nome dela é Tina, tinha 28 anos na época. Morena , gostosa , seio grandes , pernas grossas, bunda empinada. Uma verdadeira deusa que eu tive vários sonhos com ela.

Sempre a olhei muito , comia ela com os olhos e eu percebia que ela era meio safada que falava abertamente de sexo. Sempre a lhe elogiei mais ela só agradecia.

Um certo dia estava chovendo na minha cidade e meus pais tinham indo jantar (não gosto de sair muito com meus pais). Estava sozinho em casa . quando uma pessoa bate na porta chamado minha mãe e fui lá ver quem era, e era Tina toda molhada pedindo pra entrar pois não deu tempo chegar em sua casa pois o pneu do seu carro furou e ela resolveu vim andando!

Abri a porta e pedia pra entrar. Tina estava muito molhada então ela pediu pra ir até o quarto de minha mãe pra se enxugar e vestir uma roupa. Ela subiu e eu vendo que era uma oportunidade de ver ela nua , subir e fiquei a olhando pela a partezinha da porta que estava aberta. Que mulherao, a mulher com tudo em cima. Que peitos e que bunda deliciosa, que bucetinha linda. Ela tirou sua calcinha e coloquei dentro de uma sacola, e vestiu um vestido da mãe, sem nada por baixo.  Comecei a ficar excitado , tirei meu short e comecei a me punhetar. Eu estava muito excitado e esqueci que ela poderia sair a qualquer momento.

Então a porta veio direita na minha cara, cair sentado segurando meu pau e ela olhou pra mim rindo, fiquei envergonhado. Entao sair correndo pra sala lhe pedindo desculpas. Logo ela desceu sentando do meu lado e falando que tava tudo bem , que eu não precisava ficar com vergonha então ela olhou pra mim e falou:

- gostou do que viu Higor?

E eu todo sem jeito.

- sim dona Tina.

Ela ficou na minha frente e disse:

- sei que ainda é virgem então vou tirar seu cabaço.

Nessa hora me tremi todo.

Tirou o vestido e tava completamente nua em minha frente. Tirou meu short, minha cueca , se ajoelhou. Olhou pra mim com uma cara de safada e disse:

- olha é bem grandinho e parece ser bem gostoso!

Ela pegou meu pau e me fez sentir uma sensação incrível. Eu estava sendo chupado pela a primeira vez , pela mulher que eu sempre me punhetei.

Ela me chupava , passava a língua em cima da cabeça , aii como era incrível. Sentir que ia gozar , e segurei a cabeça dela contra meu pau fazendo ela engolir tudinho. Ela deitou no sofá , e disse:

- vem provar o gosto da tia Tina amor !

Cair de boca naquela buceta gostosa , lambi igual um cachorro, fiz tudo q ela mandou, passei a língua aqui , suguei ali, brinquei com a minha lingua na buceta daquela safada. Então ela acabou gozando tiver pela primeira vez o gosto de uma mulher no meus labios. Estava louco pra penetrar naquela buceta.

Então sentei e ela vem por cima , encaixou meu pau na buceta dela e sentou. Meu deus que gostoso, que maravilha estava possuído uma mulher pela primeira vez!

Ela rebolava , quicava no meu pau e eu apertando sua bunda e chupando seus peitos.

E ela falava:

- Isso gostoso, que gostoso, ta gostando?

E eu só balançava a cabeça e abocanhava seus peitos, apertava sua bunda bem forte.

Ela saiu de cima de mim , ficou de lado e mandou eu socar forte dentro dela , fui o que eu fiz , esfreguei meu pau e soquei muito dentro dela bem forte , estava preste a gozar de novo e nossos gemidos cada vez mais alto.

Ela pediu pra tirar o pau de dentro dela e começou a me punhetar até que eu soltei 2 jatos de gozo no rosto dela.

O telefone tocou e eu fui atender enquanto ela estava toda deitada , toda aberta no sofa. Era minha mãe, atendi e só escutei ela falando que daqui 20 minutos estava em casa, e eu com a respiração ofegante só respondi "ta"

A chuva já tinha parado!

Falei pra Tina , ela disse que só ia tomar banho e ir embora, e pediu pra dizer a minha mãe que veio aqui por emergência que a chuva tinha a pegado e o carro tinha quebrado. Antes de sair me deu um beijo gostoso e foi embora. Deite no sofá morto de alegre pensando no que tinha acontecido.

Minha mãe chegou, dei o recado da Tina e minha mãe perguntou porque estava com a voz daquele jeito? Respondi nada e sorrir.

Nem sabia minha mãe que uma das melhores amiga dela tinha sido minha primeira mulher rsrsrs

De lá pra ca, aconteceu mais vezes mais aí relato depois.

Espero que gostem!

Abraço, qualquer contato deixem o email.

Comentários

22/09/2015 03:12:50
Belo conto
29/07/2015 10:28:56
Dizem que pra tudo na vida, sempre tem a primeira vez. E essa experiência é sempre inesquecível, por mais que a repitamos. É por essa razão que gosto de iniciar virgens, que além de terem muita vontade, fazem as coisas do jeito que a gente pede. Deu inveja dessa Tina. Escreva mais. Bjs.
29/07/2015 07:38:19
Delicia, Higor, adorei o relato. Queria ser eu ao invés da Tina, com um menino virgem e todo taradinho. Deve ter sido delicioso cavalgar alguém que estava transando pela primeira vez. Que bom que você gostou do meu conto. Beijos.
29/07/2015 05:28:03
Parabéns, não seria um presente da sua mae para você?

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.