Casa dos Contos Eróticos

Primeira vez, com meu chefe,casado, 32 anos mais velho que eu.

Categoria: Heterossexual
Data: 10/06/2015 19:44:57
Nota 10.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Bem...

Escrevo aqui com um único intuito, satisfazer as vontades de uma pessoa especial!

Primeira vez, com meu chefe,casado, 32 anos mais velho que eu.

Nosso envolvimento aconteceu de uma forma meio louca, sem ninguém esperar, tudo partiu de brincadeiras e curiosidades, brincadeiras principalmente de bater, tapa daqui, beliscões dali e acabou que nos envolvemos, até hoje não sabemos como tudo aconteceu, mas foi se tornando cada dia mais forte. Caronas, conversas e curiosidades, sempre queria saber da minha vida por eu sempre no meio das conversas aparentar ser santinha, mas não tem muito o que conversar quando não se conhece sobre o assunto e ainda pior quando o assunto era sexo, sempre com perguntas indiscretas que me deixavam vermelha da cor de um pimentão.Papo vai, papo vem, ele me pede pra mostrar fotos de biquíni, no outro dia mostrei no celular fotos de biquíni, mas que não agradaram e pediu uma foto da bunda, cada dia eu ficava mais abestalhada sem acreditar nas coisas que ele me falava e disse que não tiraria foto nenhuma, na mesma semana me levou em casa e tentou me beijar, virei o rosto, no outro dia a mesma coisa, na terceira vez que me levou acertou o beijo e sempre dentro do escritório quando não tinha ninguém por perto ele tentava e eu sempre dizia não, eu ficava muito preocupada de entrar alguém e ver a cena,mas o frio na barriga era maravilhoso, acho que essa história foi marcada por nãos e que no final todos viraram sims.Certo dia falto o trabalho e ele me liga e pede pra gente se ver, me espera no estacionamento de uma igreja e eu pergunto onde vamos, ele me responde que vamos para um motel, fico sem acreditar, mas ele em conversas anteriores me falava que poderíamos ir mas que faríamos apenas o que eu quisesse, que não forçaria nada, estava muito nervosa, desci do carro meio constrangida, entramos no quarto e ele começa a tirar a roupa, mas não tira a cueca, tiro meu vestido, fico de top e calcinha, com vergonha dos meus seios e ele insiste pra que eu tire o top, depois de muita insistência tiro, mas fico com a mão tapando os seios, depois de alguns beijos ele desliza a mão para minha buceta, quer tirar minha calcinha a todo custo, mas insisto em não tirar e ele morde minha mão que está em cima da calcinha, quer me chupar, na briga pra tirar a calcinha me irrito e falo: "quer chupar essa porra?Então chupa!". Ele mete a boca e percebe que estou excitada, toda molhada, meio envergonhada tapando os seios e ele chupando, enquanto permaneço calada, meio incomodada com a situação por tudo ter acontecido meio que de supetão, mas a sensação de ter uma língua na buceta é prazeroso, perguntou se eu havia gostado e eu afirmei que sim!Nesse dia não aconteceu nenhuma penetração, ele permaneceu de cueca, era tudo meio esquisito para ambos.

Continua...

Comentários

04/08/2015 12:28:42
Delícia... To gostando... Continua safada

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.