Casa dos Contos Eróticos

Apaixonei no Meu Amigo Hétero - Part 2

Um conto erótico de Path
Categoria: Homossexual
Data: 14/05/2015 15:22:31
Nota 10.00

Eu não me importava se Luis tinha uma namorada, as brincadeiras que fazia comigo era realmente brincadeira entre amigos. Muitas pessoas que olhava para Luis de primeira dizia que era gay, mas ele não era. Fui me apaixonando por Luis cada vez mais, seu jeito brincalhão, criança de ser me encantava. Não gostava, quando ele olhava uma foto de alguma menina no Instagram e dizia:

– Nossa menina que gostosa, essa eu comia com vontade.

Eu ficava meio desconfortável em ouvir aquilo. Combinamos de jogar vôlei em um quadra de areia em uma praça que fica aqui perto de casa. O nosso time, era: eu, Luis e Paulo, sinceramente éramos bons jogadores. Eu recebia os saques, as vezes Luis me olhava e fazia cara feia.

– Não me olha com essa cara Luis – e logo em seguida rimos.

Lendo esse conto você tem a impressão de que ele realmente não tinha um jeito hétero, mas está enganada, ele realmente era um hétero, hétero. Quando o jogo acabou voltei para casa tomei banho, jantei e deitei em minha cama até pegar no sono.

Eu sou alto, pele meio branca, cabelos anelados, lábios carnudos, olhos castanhos, meio magro. Como eu tinha pernas compridas eu gostava de usar um short curto para dormir, e uma camiseta.

Quando escutei alguém bater no portão, me levantei, quando abri dei de cara com um buque de flores vermelhas. Quando

tirou da frente pude ver seu lindo rosto, estava usando uma camiseta azul, boné preto virado para trás, calça jeans e tênis.

– Posso entrar? Preciso conversar com você.

– Claro entra aí.

Ele entrou e ficamos na sala, até que ele se pronunciou:

– Bom Maycon eu quero dizer isso já tem um tempo, cara, eu to louco pro você quero que você seja meu, e de mais ninguém, por favor namore comigo

Dei um grande sorriso, estava muito feliz.

– Mas e a sua namorada?

– Larguei dela para ficar com você.

Não acreditei que ele fez isso. Quando fui dar a resposta, acordei em um pulo, meu celular despertou. Droga, eu estava sonhando, deitei novamente para poder voltar ao sonho e viver aquele lindo momento, mas não consegui.

Jogamos vôlei muitas vezes na pracinha, eu já estava apaixonado por Luis, fiquei na dúvida se deveria ou não contar para ele que estava loucamente apaixonado. Mas meu coração pediu para que eu parece com isso, que não devia me me apaixonar por ele, pois saberia que sofreria, fiquei um bom tempo pensando se contaria ou não. Até que criei coragem e resolvi chama-lo no WhatsApp.

- Luis?

- Que

- Preciso te contar uma coisa

- Diga

Meu coração acelerou na hora

- É um assunto meio delicado,espero que você entenda – disse para ele

- Claro, mas o que é? – perguntou ele

- Eu vou me sentir melhor em contar, talvez você até já sabe, mas me sentirei melhor em dizer pra você.

- Tá bom mas diz logo kkkk

- Luis, eu sou gay, e estou começando a me apaixonar por você

OBS:

Oi pessoal, estou sempre lendo os comentários e as observações que vocês fazem. Isso me ajudará muito, alias este é meu primeiro conto que escrevo. Até a próxima

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/07/2015 11:00:48
Massa
19/06/2015 23:09:02
Muito bom!!!
19/05/2015 11:53:28
Uhuullll continua continua, gostei muito já ganhou um fã :) Ansioso pro próximo
14/05/2015 23:05:32
Oi Martines, sim até agora o conto é real
14/05/2015 19:10:59
Depois ele te usa como uma lolita mas não acaba com o namoro,mas ele se apaixona de verdade e ficam juntos ^^
14/05/2015 18:23:42
volta logo
M/A
14/05/2015 18:08:50
Parou na melhor parte.
14/05/2015 16:56:53
:o Estou morto de curioso, nao faça isso comigo
14/05/2015 16:53:55
Agora o negócio fica serio =D mto bom!
14/05/2015 16:34:48
Muito bom, é real?