Casa dos Contos Eróticos

PULANDO A CERCA

Autor: ROSA MORENO
Categoria: Heterossexual
Data: 11/04/2015 17:18:41
Nota 10.00
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola, me chamo Viviane, sou morena, tipo bronzeada, cabelos até os ombros lisos e negros, 1,60 de altura, seios pequenos, coxas grossas e bunda grande e arrebitada, tipica mulher brasileira, tenho 32 anos, sou casa da a 10 anos, tenho um filho de 9 anos e uma vida normal, em todos os aspectos; meu esposo viaja muito por causa do trabalho, e eu quase sempre passo a semana sozinha em casa, principalmente os periodos da tarde, quando meu filho vai a escola, por isso de uns tempos pra ca começei a ler muitos contos eroticos, as vezes passo a tarde toda lendo e acabo por me masturbar de tanto tesão, sempre fui fiel a meu esposo mas começei a pensar muito em dar uma pulada de cerca, não me casei virgem, mas antes do meu marido apenas tive um outro homem e a curiosidade de experimentar outro pau depois de dez anos foi aumentando dentro de mim; Fernando é o motorista da van que leva meu filho para a escola, um homem alto, acho que tem pelo menos 1,85 de altura, corpo bonito, cabelos grisalhos, alegre e muito simpatico, todas as vezes que levo ou pego meu filho no portão noto os seus olhares, principalmente quando estou de shorts, gosto de roupas curtas e justas, isso foi me deixando maluca, a ponto de algumas tardes me masturbar pensando em estar transando com ele, com o passar dos dias eu ia ficando cada vez mais tarada por ele, sempre na hora de pegar meu filho, que é o ultimo a ser entregue, passei a usar o shorts mais curto que eu tenho, um de malha, branco que deixa um pouco da polpa da minha bunda amostra, é claro que o Fernando que não era bobo foi percebendo minhas intenções, até que uma certa tarde, muito chuvosa, ele me ligou, disse que precisava receber o mes dele naquele dia e seu eu tinha o dinheiro para paga-lo, respondi que sim, ele então disse que assim que terminasse de entregar os alunos passaria em casa, falei pra ele que não, que era melhor ele me encontra na agencia bancaria que fica a 2 quarteiroes da minha casa, ele concordou e marcamos para dali uma hora, rápidamente, tomei um banho, me perfumei toda, coloquei uma calça jeans, muito justa e uma blusinha branca de alcinha, e fui pra agencia bancaria, logo que saquei o dinheiro o Fernando apareceu, dei o dinheiro pra ele e ele me disse que me levaria até minha casa pois chovia muito naquele momento, entramos correndo na sua van e com-loo havia me molhado, meus mamilos ficaram durinhos e como o tecido da blusa era fino ficaram marcando, Fernando sorrindo perguntou se eu estava com frio ou com fogo, sorri para ele e disse que com fogo e não tinha ninguem para apaga-lo, Fernando então sem cerimonia me puxou e começou a me beijar, um beijo molhado e extremamente safado, sua lingua invadiu a minha boca enquanto sua mão já passou a massagear meus seios, levei minha mão até o seu pau e o alisei por sobre a calça jeans, puder sentir a sua dureza e tambem tive a noção de que era grande, NOSSA, É ENORME, NEM SEI SE AGUENTO TUDO ISSO., disse eu com uma voz safada, Fernando sorrindo falou que eu tinha cara de quem aguentaria muito maiores que a dele, ligou a van e fomos direto para um motel, mal entramos no quarto e já nos agarramos novamente, Fernando foi me beijando e lentamente arrancando cada peça da minha roupa, quando dei por mim estava já completamente nua, ele então me olhou de cima em baixo e disse: PUXA VIVIANE, VOCE É MUITO GOSTOSA, QUERO FAZER VOCE GOZAR MUITO HOJE., isso me deixou com mais tesão ainda, afinal que mulher não gosta de ser elogiada, ele então me levou com toda delicadeza até a cama, me fez deitar e abriu bem minhas pernas, abaixou-se ficando com o rosto bem no meio delas, QUE XOTA CHEIROSA VOCE TEM., e dizendo isso caiu de lingua na minha bucetinha, já nessa altura toda molhada, lambeu cada parte dela me fazendo gemer de tesão, principalmente quando ele me fodia com o dedo e chupava meu grelinho ao mesmo tempo, pediu para que eu ficasse de quatro pois queria me chupar assim também, foi nessa hora que eu reparei na minha aliança, me bateu um arrependimento, meu marido não merecia aquilo, pensei em parar, mas quando senti aquela lingua deliciosa percorrer o reguinho da minha bunda e passar a lamber meu cuzinho, a femea que existia em mim falou mais alto, eu amava verdadeiramente meu marido, mas quem estava ali era a femea Viviane, louca de tesão para transar com aquel macho gostoso, fechei os olhos e aproveitei o momento, em pouco segundos gozava gostoso na lingua safada daquele homem, quando dei por mim senti a cabeça do seu pau forçando a entrada na minha buceta, logo aquele pau estava todo dentro de mim, me preenchendo toda, quando Fernado começou o movimento de vai e vem um calor tomou conta de todo o meu corpo, me senti flutuar, a cada estocada dele era uma gemido de prazer que saia da minha boca, seu cacete era grosso e duro como nunca havia sentido na minha buceta, logo gozei gritando: AIIII......ME.....TE.....MAIS......UMMMMMM......QUE.......DELICIA., ele então ascelerou os movimentos, me fazendo gemer ainda mais, estava com muito tesão por aquele macho, tanto que quando gozei novamente, elouqueci, me virei rapidamente e ficando de joelhos na cama passei a beija-lo enquanto arrancava sua camisa, gritando que nunca havia metido tão gostoso com um homem, puxei ele me deitei novamente, abri bem minhas pernas e com os dedos abri mais minha buceta e implorei, VEM AMOR, FODE ESSA BUCETINHA ATÉ EU NÃO AGUENTAR MAIS., isso fer Fernando fica maluco de tesão também, ele veio pra cima de mim e passou a me foder com força, bombava com uma rapidez impressionante, gozei não sei quantas vezes, até que ele também não aguentou e gozou com o seu pau enterrado todo dentro de mim, senti o calor da sua porra enchendo a camisinha, cruzei minhas pernas na sua cintura e o abraçei com força forçando ele ficar dentro de mim até que seu pau ficasse mole, levantamos e fomos tomar um banho, durante o banho, cai de boca naquela piroca dlliciosa e fiz uma boa chupeta pra ele, logo ele estava com o pau dura novamente, nem nos enxugamos, saimos do chuveiro e fomos direto pra cama, Fernado mal teve tempo de por a camisinha, eu já sentei naquela piroca e começei a subir e descer, não pensava em mais nada, so queria aquela vara dentro de mim me dando prazer, fiquei de quatro novamente e ele me fodeu assim por algum tempo, até que ele não aguentou e novamente gozou, olhamos no relogio e já estava na hora de irmos embora, nos trocamos e fomos embora, naquela noite o meu marido voltou de viagem, e encontrou uma esposa totalmente sexy e depravada pois meti com ele a noite toda até o meu cuzinho, que não gosto muito de dar, dei pra ele naquela noite, ainda não sai outra vez com o Fernando mas com certeza isso vai acontecer e no final das contar quem ganha tambem é meu marido pois cada vez mais vai ter uma esposinha putinha.

Comentários

15/06/2015 11:12:55
Maravilhoso fiquei muito exitado, nota 10, meu email e Carlos.mozar2@gmail.com bjssss
03/05/2015 07:44:22
Passa seu endereco p mim sou casado e so q sexo vc vai adora tenho50 anos e uma rola de 19cm donemagrao@gmail.com nota1000nao foi traisao sim carencia bjs moro em sao paulo capital prox ao metro santana
13/04/2015 14:37:20
Simplesmente muito bom, se quiser me escrever, vamos conversar??? Banjos394@gmail.com
13/04/2015 01:05:00
Parabéns pelo Conto, vc deve ser mtoooo gostosa me deixou louco de tesão meu pau é mto duro e grosso chegou a doer de tanto tesão imaginando o conto
12/04/2015 12:06:03
Que tezao , add meu zap 31_
11/04/2015 19:44:21
muito bom seu conto, vou deixar meu email joluneto@ig.com.br deixe seu email skype ou whatap

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.