Casa dos Contos Eróticos

Enquanto eu fingia dormir

Autor: Emma Bovary
Categoria: Heterossexual
Data: 09/04/2015 02:44:54
Nota 9.94
Ler comentários (19) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Oi, podes me chamar de Mila. A história que vou contar aconteceu quando eu tinha 17 anos. Toda família é contemplada por um tiozinho mais alegre, mais atirado, mais animado, mais safado e mais tarado. O meu, um cinquentão, cabelos já grisalhos, uma pequena barriguinha saliente, peito cabeludo, sempre muito cheiroso e pernas torneadas e grossas, digna de um professor de educação física, como era titio. As tardes na piscina com ele eram na base da diversão e admiração; Pois de todos os homens, ali presente, era ele que tinha o volume mais avantajado na sunga. E eu, na flor da idade, toda linda, peitos em formatos de pera, tamanhos médios, bunda arredondada e uma safadeza sem fim tomava conta de mim. Titio resolveu passar um feriado prolongado conosco e como estava muito calor, passávamos a maior parte do dia em volta da piscina. Volta e meia eu pegava ele olhando para meus peitos, que entre um mergulho e outro, acabavam por saltar do minúsculo biquíni que eu estava usando. Brincávamos de mergulhar por baixo das pernas e titio sempre esbarrava em minha bunda e em minha bucetinha, que a cada toque dele, ia ficando entumescidinha.

No final da tarde, depois de diversas caipirinhas, titio se achegou a mim e disse: "Ah, minha criança, como você cresceu. És uma linda mulher e deve ter muitos namoradinhos..." E eu já sacando onde titio queria chegar disse: "tive um namoradinho apenas, e ando muito solitária, precisando de carinho..." O tesão estava palpável e eu via a piroca do titio se contorcendo, crescendo dentro de sua sunga, e quanto mais eu me mexia, gesticulava, ria, mais titio me olhava com a cara transtornada de tanto tesão.

Quando vi que estava se tornando impossível ficar ali vendo a vara do titio ganhar forma e tamanho, disse para titio que precisava de um "banho gelado", e ele me olhou firmemente e disse: "Tome banho, fique molhadinha", e eu com meu melhor sorriso, biquini atolado no cuzinho, sai rebolandinho sentido à casa. Passei por papai que estava na cozinha e ali fiquei sabendo que minha mãe tinha sido chamada para uma emergência na clínica e que ele iria levá-lá. Como a clínica era na cidade vizinha, papai pediu para eu ficar e fazer sala para titio, até que ele voltasse. E assim foi.

Tomei um banho gelado e demorado, de início, acariciava meus seios, beliscava meus mamilos rosados e introduzia meus delicados dedinhos dentro da minha xoxotinha melada de tesão pelo titio. A cada segundo um dedinho a mais ia entrando, e o vai e vem dentro de mim de deixava alucinada, e fechava os olhos e imaginava a rola de titio de fodendo todinha. Sai do banho carregada de tesão e determinada a atormentar a vida e pica de meu titio. Quando desci para a cozinha, papai já tinha ido levar minha mãe para a clínica e titio estava preparando mais um drinque para ele.

Eu, com minhas deliciosas pernas a mostras, shorts jeans curtíssimos e enfiado na minha bunda, e a parte de cima de um biquíni, acompanhei meu tio, resolvi beber uma taça de vinho. Ali conversamos sobre tudo e na terceira taça de vinho, disse a titio que quando eu bebia, dormia feito uma porta, não acordava e nem sentia nada.Fingi ter muito sono e logo me despedi de titio, com um beijinho suave e demorado no rosto, meus bicos dos seios encostando em seu peito e minha barriguinha encostando em sua vara. Já sabendo que papai chegaria bem tarde, tirei meu shorts e deitei para dormir apenas de biquíni, minúsculo biquíni.

Não demorou muito, escutei passos do titio na escada. Ele veio em direção a meu quarto, que propositalmente, deixei a porta escancarada, assim como minhas perna. Titio se aproximou da minha cama para se certificar de que eu estava dormindo. Passado uns minutinhos, ouço titio gemendo logo atras de mim, minha bucetinha já estava inchada de tesão. Então, fingindo que dormia, me virei de lado, a ponto de com olhos semicerrados, podia ver a vara do titio sendo repuxada para frente e para trás em uma ritmada punheta gostosa. E a vara de titio era enorme e grossa, sua chepeleta era avermelhada, que vontade de mamar na piroca do titio.

Titio, já não se contendo de tesão, e levando como dica de que eu apagava quando bebia, deitou-se atrás de mim e começou a passar a cabeça quente e melada de sua rola em minha bunda. o mais difícil foi fingir dormir e tentar ficar indiferente as roladas que titio dava em minha bundinha sedenta por pinto. Então, mais uma vez como se estivesse dormindo, afastei um pouco mais a minha perna, deixando assim que titio conseguisse passar sua chapeleta em minha bucetinha que estava melada e ansiosa por estocada de uma bela e grossa vara. Titio não se fez de rogado. Esperou eu "pegar no sono" novamente, afastou meu biquini e logo comecei a sentir aquela enorme cabeça molhada e quente entre minhas cochas. O tesão me consumia, titio ia se aproximando com gestos ritmados e calmos, pois temia me acordar. Logo, a cabeçorra de sua vara encosta na estrada da minha bucetinha e eu deixo escapar um gemido...

Titio pára, espera um pouco, e logo inicia um enfiar mais lento e contínuo em minha xana faminta. Minha bucetinha dorminhoca engoliu aos poucos a vara de titio. Era enorme, grossa e quente. Titio acomodou a rola toda dentro de mim. Titio estava colado em mim. Eu podia sentir seus pentelhos cutucando meu rabo, suas bolas encostavam em minhas coxas e sua vara me preenchia por completo. E eu... Ah, eu dormia feito um anjo.

Titio, vendo que sua sobrinha estava sendo fodida e continuava dormindo, começou a socar lentamente sua vara em minha xoxotinha, o barulho era músicas para meus ouvidos, Sua vara entrava e saia, saia e entrava e minha bucetinha cada vez queri mais. Ficamos nesse vai e vem durante muito, até que titio começou a se aventurar... Tirava toda sua piroca de dentro da minha xana e logo colocava novamente, era calmo e assertivo. Titio gemia e ofegava em meu cangote e eu... Eu sendo comida pela linda e grossa vara de titio, fingia dormir... como um anjo.

Titio, socava fundo, com calma, eu sentia cada centímetro de sua vara adentrando o mais íntimo do meu ser e não consegui me segurar. Num vai e vem frenético de titio, me deixei levar e gozei em sua piroca, gozei gostoso, gemi, me contorci e .... continuei dormindo. Então titio delicadamente retirou sua vara de dentro de mim, e ali ao meu lado pude sentir o vai e vem dele, batendo uma enorme punheta, enquanto seus dedos brincavam dentro da minha bucetinha, em meio ao meu gozo. Titio foi ficando ofegante e logo escutei seus gemidos... titio gozou pra mim e por mim... Então, ele se levantou, saiu do meu quarto e fechou a porta... Aí sim, dormi feito um anjo.

Já pela manhã, desci tomar café com papai e titio, e lá vi meu titio tarado e gostoso com sua maravilhosa sunga preta e sua vara deliciosamente me aguardando. Dei bom dia e disse " Dormi feito uma pedra. Consegui descansar e acho que hoje tomarei mais uma tacinha de vinho para relaxar...! Nisso, pude ver a cara de safado que titio estava.... Nem preciso dizer que titio conseguiu bem mais coisas enquanto eu dormia, né??

Comentários

12/06/2016 07:21:36
Muito safada..hahahah...
19/01/2016 08:27:53
Com certeza que alguma evangélica vai ter curiosidade de ler esse conto afinal somos todos mortais e com certeza uma hora a carne fala mas alto principalmente se o marido não chupar suas vaginas não existe sexo s o oral adoro em especial tem a mulher que acho um tesão e casada e evangélica se vc por obra do destino ler estou a sua disposição .nadir bjs
19/01/2016 00:00:38
10/05/2015 01:28:35
Excelente conto. Queria essa sorte do teu tio.
30/04/2015 21:46:31
Eita... como eu queria ser seu tio nao tinha pra honde pra vc nao acordar. Ou melhor dessa vez vc dormia de verdade.
18/04/2015 11:45:22
delicia de comto
11/04/2015 01:08:21
Eta que sobrinha sacana e que titio pilantra. Gostei de seu conto e me excitei muito, como sou solitário, acho que vou me punhetar e sua homenagem, pensando na sua xoxotinha. Parabéns!
10/04/2015 12:53:11
Adorei seu relato, você tem o dom de escrever, me vi ali observando vocês. Parabéns, espero que haja continuação. Nota dez.....
09/04/2015 20:02:06
hum adoro ninfetas, novas, escrevam pra mim que passo meu wats zaap anakin1939@gmail.com espero vc menina lindawats 1_4_9_9_7_3_5_1_3_4_9
09/04/2015 14:57:09
Muito safado esse titio,parabéns belo conto.
09/04/2015 13:41:29
Lindo vou esperar a continuação.
09/04/2015 13:33:02
Adoraroia ter uma sobrinha assim con serteza iria gosar igual um adolecente afinal ja tenho 50 mas tenho tara por mulher mas esperiente pricipalmente tias donemagrao@gmail.com
09/04/2015 11:46:24
Delicia de conto Mila fiquei com muito tesao lendi a sua historia parabens...
09/04/2015 11:29:34
Safada tarada rsrs Sou de BH e procuro mulheres daki para conversar e se conhecer. Se quiserem favor me mandar email. aventureiro-prado@bol.com.br bjs
09/04/2015 08:18:20
Hum,que delicia decsobrinha,muito taradinhaa e putinha
09/04/2015 07:30:05
Que conto gostoso, espero um dia que minha sobrinha seja assim tbm.
09/04/2015 06:22:36
Ne fez lembrar de minhas aventuras com minha sobrinha Sarah. Vocês sobrinhas são uma delícia.
09/04/2015 05:42:55
Beleza de conto queria ter uma sobrinha putinha assim. Meu email claytonandre07@gmail.com
09/04/2015 02:55:17
Que delícia relembrar a vara do titio...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.