Casa dos Contos Eróticos

Amiga da minha mulher

Um conto erótico de Silveira
Categoria: Heterossexual
Data: 09/04/2015 01:33:03
Nota 9.78

Tudo começou quando minha esposa começou a fazer faculdade, logo ela fez amizade com uma menina de sua sala, Lucia (fictício) a qual ela sempre elogiava, falando o quanto ela era bonita e estilosa, com tatuagens nos braços, alargadores e lindos olhos cor de mel, porém na época namorava.

Em uma oportunidade dei carona pra Lucia, e aí pude ver que realmente se tratava de uma linda mulher, com seios pequenos, muito bonitos, coxas grossas e uma bunda que é uma delicia.

Depois de um certo tempo, criei uma certa proximidade com Lucia que tinha terminado seu namoro. Meu casamento não andava muito bem, e devido a proximidade de Lucia com minha esposa, busquei alguns conselhos com Lucia, e passamos a conversar com mais frequência. Lucia começou a ficar com um carinha, que veio a dar uma mancada com ela, e pela intimidade que eu já tinha com ela, disse que ela sendo tão da hora não merecia isso, e em tom de brincadeira, disse que se fosse comigo seria diferente.

Com isso nossas conversas se tornaram diárias, e acabei revelando a Lucia que tinha uma certa admiração por ela e vim a descobrir que era reciproca essa admiração. E ainda em tom de brincadeira, disse que se pudesse e tivesse uma chance ia dar a ela o que ela merecia. Isso fez despertar uma curiosidade nela, que perguntou se eu teria coragem de trair minha esposa. Eu de imediato disse que se fosse com ela teria sim, então começamos imaginar a possibilidade. Mais sem acreditar muito pela amizade entre Lucia e minha esposa.

Entre as conversas diárias, as mensagens foram ficando mais ousadas, dizendo o que um faria com o outro. Nos encontramos um dia, e o beijo foi inevitável, os corpos cheios de desejos, em um amasso gostoso, mas não tínhamos tanto tempo. Nos despedimos e marcamos de sair.

Era um sábado, minha esposa estava fazendo um curso e ficaria o dia inteiro, deixei minha esposa no local do curso e fui buscar Lucia que estava linda, ao entrar no carro, sai rápido em direção a um motel, pois o local era perigoso, alguém poderia nos ver ali. Eu não via a hora de agarrar Lucia.

Quando chegamos no motel, começamos nos beijar com muita vontade, era muito tesão reprimido, um tirando a roupa do outro, quando tiro o soutien dela, me deparo com dois lindos seios, pequenos e gostosos, e uma tattoo que ela tem no colo do seio, que é muito louca. Começo a chupa – los com vontade, subindo e beijando o pescoço, até chegar e dar uma chupada na orelha, fazendo Lucia se arrepiar, soltando leves gemidos. Lucia não aguentando mais pedindo pra ser comida, já direcionando meu pau na entrada da sua bucetinha, que estava muito molhada, pincelei um pouquinho e fui penetrando devagar, Lucia era muito gostosa, tinha uma bucetinha pequenininha e apertadinha, eu estava me deliciando, em um ritmo bem lento e aos poucos fui aumentando o ritmo, Lucia estava adorando, soltando gemidos abafados, e quando percebi já metia rápido e com força, até quando não aguento mais e metendo mais forte anuncio que vou gozar...

Mesmo após ter gozado, meu pau continuava muito duro, apenas me limpei e começamos de novo, dessa vez com Lucia vindo por cima, e montando de uma forma muito gostosa, hora com força, hora devagar, me fazendo ir a loucura, depois de um tempo nessa posição, a coloco de 4 e tenho uma visão privilegiada, Lucia tem uma bunda muito linda e gostosa, começo a meter na bucetinha dela, apenas colocando e tirando devagarinho, estava uma delicia, segurando a sua cintura vou metendo um pouco mais forte, chamando Lucia de gostosa, dou um tapa na bunda dela, que não reclama, seguro nos seus cabelos e começo a meter com mais força e dando outros tapas em sua bunda. Depois de alguns minutos assim Lucia se deita de bruços e aí eu sem tirar de dentro, começo a meter com mais e ela pedi mais, que delicia que era, não sei dizer se Lucia já havia gozado, mais estava me aproximando de outro gozo, aumento a velocidade e tiro meu pau gozando em cima da bunda de Lucia e caindo pro lado cansado.

Após alguns minutos e algumas trocas de carícias Lucia me chama pra tomar banho, no chuveiro, com muito beijo e muito amasso, meu pau já duro, Lucia empina a bunda e começo a meter nela debaixo do chuveiro, ela nas pontas dos pés, encostada no box, Lucia dava cada rebolada, que de me lembrar fico louco de tesão, nesse ritmo em pouco tempo estou gozando mais uma vez.

Terminamos nossos banhos e voltamos para a cama, entre algumas caricias e beijos, meu pau já duro de novo, Lucia vira de ladinho e começamos a fazer um amos gostoso, com os corpos coladinhos, um ritmo cadenciado e gostoso, depois de um tempo assim, Lucia deita de bruços e eu vou por cima, dando estocadas firmes, fazendo Lucia soltar uns gemidos, dizendo que estava muito gostoso, vou aumentando as metidas, em um ritmo muito louco, quando Lucia pede pra parar, me deita na cama e vem por cima, sentando com vontade, numa montada gostosa como nunca tive igual, com uma maestria que só ela sabe fazer, num sobe e desce que me leva a loucura, quando abraço ela e começo a me movimentar por baixo, vou metendo gostoso e com uma certa firmeza, fazendo Lucia gemer gostoso, e me fazendo gozar mais uma vez.

Ficamos abraçados como namorados, relaxando alguns minutos, quando toca o telefone dizendo que só teríamos mais 10 min, fomos tomar banho e mais uma vez, após amassos, Lucia se apoia no box e empina gostoso pra mim, ficando nas pontas dos pés, meti com muita vontade, ela rebolando me fazendo delirar e gozar mais uma vez. Terminamos o banho e nos vestimos, deixei Lucia em casa com um gosto de quero mais...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/11/2017 00:38:26
Bom conto de estreia, querido. Essas amigas das esposas são mesmo um perigo. Na cama se transformam, tentando superar a outra. Se não tiveres preconceito com sexo pago, me visite. Nota dez e beijocas.
31/07/2017 15:00:21
Que delicia de conto, menino! A vantagem de estar com parceiros diferentes é que o tesão e vontade é sempre maior. A forma com que ela se entregou e você a possuiu, não seria possível com a cônjuge. Agradeço tua leitura e comentário no meu. Beijos da Vanessa.
30/07/2017 11:21:11
Olá. Vim agradecer tua leitura e comentário. Será que a tua esposa não me quer como amiga? Rs. Fiquei até com inveja dessa Lucia. Adorei esta bela narrativa e transa. Quando puder, leia como foi meu primeiro anal com um casado. Bjus e sucessos.
28/07/2017 16:32:58
Conto delicioso, cara. Demais!
27/07/2017 10:41:03
Hummm, me encheu de vontade. Que delicia essa putaria! Isso já aconteceu comigo. Meu marido anda saindo com uma amiga minha, tenho certeza disso. Mas já dei o troco. Rs. Venha me conhecer lendo o meu. Um beijo!
25/07/2017 08:03:23
Adorei seu conto. Fiquei com desejo de tomar um banho com você. Beijo.
09/04/2015 21:00:21
Ótimo conto.
09/04/2015 15:00:05
Muito bom
09/04/2015 03:00:29
Parabens cara, vc é um gozador! Kkkkkkkkk