Casa dos Contos Eróticos

Um caminho para o amor

Um conto erótico de O_Queridinho
Categoria: Homossexual
Data: 31/07/2014 20:14:42
Nota 9.50

Um dia de domingo no começo do ano voltando da casa de uma amiga e indo pra minha casa, encontrei com um gostoso com calça justa, Mostrando aquele perfeito monte everest, me deu bola e eu o correspondi, o gostoso me seguiu ate um posto de gasolina e percebi e parei, então ele me abraçou por tras e encostou o documento dele no meu rego, e sussurou em meu ouvido:

- Vai no banheiro, que eu lhe sigo.

Eu doido para aquela tora me penetrar, não pensei duas vezes fui e o esperei. Assim que ele entrou fomos para uma das cabines do banheiro. Eu sentei no vaso tirei a roupa, ele tambem ele colocou a tora ja dura pra fora e eu o mamei. Depois ele me mamou. Depois disso ele me colocou no seu colo encostado na parede cuspiu na cabeçona vermelha de seu pinto e atochou no meu rabo. E começamos uma "dança" frenetica então gozamos eu na cara dele e ele dentro do meu cu. Quando terminamos nos beixamos loucamente, ele me chupou denovo depois eu o coloquei se apoiando no vaso lambi seu cu todo o atochando a lingua, o gosto de bosta era ruim mesmo assim era muito envolvente, peguei meu pau cuspi nele e atochei no rabo daquele gostoso...

Quando terminei ele me pediu meu numero e eu falei ele anotou no cel dele.

Na segunda - feira ele me mandou uma mensagem falando pra gente se encontrar eu aceitei já que era o primeiro dia de aula, combinei pra ele me pegar na frente da faculdade x 6:30 Ele marcou e cumpriu, foi lá com uma moto linda o beijei e subi na moto. Cheguei na casa dele fomos direto pro quarto, la tirei a roupa ele tambem fomos para o box tomar banho e começar a safadeza lá. No banho nos beijamos e começamos a usar nossos pintos como brinquedo e como todo brinquedo criança sempre coloca na boca ne...

depois fomos fazendo sexo anal ate a cama. La fizemos varias posiçoes 69, cachorrinho todas as possiveis pesquisamos varias na internet. Depois tomamos um cafe. Logo apos fomos para o sofa e trocamos carinhos, punhetas e boquetes enquanto viamos um filme porno. Ele me levou pra faculdade depois. Sempre que pudemos nos vemos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
01/08/2014 05:13:25
legal
31/07/2014 21:37:23
tenho certeza que vcs escreveram esse texto né eliane. pessoau desculpe usar esse espaço de comentarios pra mandar um recado. eliane por favor entenda que eu ainda nao fui embora por que eu te amo eu sei que vc nao acredita em mim, mas eu so nao fui embora ainda porque eu te amo infelizmente nao consigo deixar de gostar de voce o meu erro foi querer impor a minha vontade e acreditar em mim e desrespeitar a sua vontade e jamais faria algo contra vc e nunca fiz. eu acredito que toda besteira que esta no seus contos é ficçao vc nao tem esse carater e nao adainta eu querer brigar ameçaar xingar que eu nunca ficarei com odio, pelo contrario quanto mais eu falo mais vai saindo essa tensao. eliane muitos anos juntos e o que eu sinto nao permite que eu fique longe de vc. nos fomos uma familia e podemos voltar a ser . um beijo eliane e pare de dar importancia á minha estupidez e valorize o carinho que tenho por vc