Casa dos Contos Eróticos

Between Decisions-14

Um conto erótico de Mistick
Categoria: Homossexual
Data: 29/07/2014 21:34:17
Nota 9.00
Assuntos: Homossexual, Gay, Amor, Arma, Fúria

Caramba eu nem lembrava mais onde estava salvo essa bagaça, bom Between Decisions (Entre Decisões) foi meu primeiro conto, acho que o mais famoso também, por ele pude conhecer várias pessoas gentis e amáveis, esse é para todos os meus amigos lindos e obrigado pelo carinho, deixem seus comentários com votinhos =]

No Capítulo Anterior

O dia na escola foi muito chato, dormi quase todas as aulas, quando cheguei em casa nem sabia se fazia o jantar. Mesmo morrendo de medo do Diogo me ignorar pelo resto da vida eu ainda tinha esperança de conquista-lo de novo. Alexia estava na sala vendo tv. A campainha tocou e fomos ao mesmo tempo.

-Alexia quando precisa você não vem.

-Deixa de reclamar talvez seja minhas roupas.

Quando abri a porta vi uma mulher, bom, mulher nem tanto parecia jovem. Ela era muito bonita e estava com um carrinho de bebe, olhou para mim e sorriu, retribuí o sorriso.

-Boa noite é aqui que mora o Diogo?

-É sim, mas ele não está, oque você deseja?

-Bom preciso muito falar com ele.

-Ah ok, oque você é dele?

No mesmo instante escutei o choro de um bebe, ela foi até o carrinho e pegou uma menininha no colo.

-Sou a namorada dele e essa é nossa filhinha.

Bom já era minhas chances de ter o Diogo caíram de 0.01 para nada.

*******************************************

-Namorada? filha?

-Sim Diogo se mudou quando eu estava com 3 meses de barriga.

-Espera, mas se você estava com 3 meses já, porquê não contou para ele?

-É que eu tive medo da reação dele, mas logo depois que a clarinha nasceu eu tomei coragem e fui falar com ele, mas ele tinha mudado.

-Ah entendo, bom entrem, acho que ele não vai demorar.

-Muito obrigada e você oque é dele?

-Sou irmão dele, bom eu sou adotado.

-Ah ele falou de você é o Gustavo certo?

-Isso, quer tomar algo? - Talvez ela queira um venenozinho.

-Aceito um copo com água por favor. - Ofereci por educação, não precisa aceitar nojenta.

-Claro já volto.

É parece que o Diogo andou brincando um pouco, brincou tanto que acabou fazendo uma menina, pior que nem to bravo, sinto raiva de mim ainda por ter feito uma burrada como aquela com ele. Escutei o som do carro, é ele chegou.

-Aqui está a água. Parece que ele chegou.

-Ah obrigada, que bom será que ele vai gostar da surpresa?

-Claro ele vai amar, sempre gostou de crianças. - Ai será que ele vai gostar da surpresa? Claro que sim sua idiota.

-Guga eu falei com o Steven e ele me explicou tudo, eu sei que fui meio grosso então queria pedir perdão, acho melhor conversarmos e resolvermos isso am... Rafaela? - Esse imbecil deveria aprender a falar só quando se virasse.

-Oi meu amor.

-Oquê está fazendo aqui?

-Ela trouxe sua filha não é um máximo!!! - Sério como sou mal.

-Filha? como assim? não tenho filho nenhum Guga eu juro.

-Jure no tribunal, ela vai te explicar, vou deixá-los à sós.

Fui para a varanda, é bom sentir a brisa no meu rosto, pelo menos eu sei que ele está bem comigo outra vez, eu sei que errei com a história do Steven mais agora com essa filha, acho que já não devo ficar mais com ele. Vai ser bom ele vai ter uma esposa, filha, talvez até um cachorro. Mãos firmes seguraram minha cintura e um peito largo colou nas minhas costas.

-Eu posso explicar Guga.

-Explicar oquê? vocês transaram e a clarinha nasceu, simples assim.

-Mais não é isso, eu já falei da gente para ela.

-Você oquê? me solte. - Merda por quê ele tem que ser tão forte, vou começar a ficar marombado também.

-Amor, oque houve com ela foi passado, vou assumir a criança, mas eu quero ficar com você.

-Pare com isso seu imbecil, ela precisa de você.

-Você também precisa de mim.

-Quem disse que preciso de você Diogo? eu posso viver sozinho muito bem obrigado.

-Deixe de ser cabeça dura moço, eu já disse que não vou deixar você, ela sabe de tudo e pediu perdão.

-Não importa vou sair da sua casa.

-Oquê? não é minha casa, é nossa e você não vai pra porra de lugar nenhum. - Diogo falou palavrão comigo?

-Desde quando você fala essas coisas?

-Desde que faça você entender Gustavo, agora eu vou levá-la para um hotel e volto.

-Não pre...

-Chega Gustavo, eu vou fazer do meu jeito já disse. - Ele tá autoritário, está estranho.

Ele levou a garota embora, talvez ele esteja sendo gentil comigo, eu sei que sou um pé no saco as vezes, talvez se eu tivesse sido do Rodrigo desde o começo as coisas não teriam chegado a esse extremo. Campainha que legal e lá vamos nós, é quando você fala no lucifer ele incorpora.

-Que é capeta?

-Guga quero que você venha comigo.

-Até parece que eu vou sair com você Rodrigo, não sou idiota. já fui molestado uma vez.

-Ah é e dessa vez pode acabar com um tiro na cabeça. - Uma arma? sério? To ferrado mesmo.

-Oquê tá fazendo com essa arma seu maluco.

-Escolhe ou vem por bem, ou leva um tiro, escolhe oque você quer?

-Você está completamente fora de si garoto, você est...

-Guuu cheguei, Jesus amado oque é isso seu doido?

-Ora ora ora, ótimo Alexia chegou para a festinha, vamos os dois para fora.

-Guga cadê o Diogo?

-Não está, é uma longa história.

-Calado os dois cacete, vamos, os dois para dentro do carro.

Fizemos oque ele mandou, acabamos chegando em uma casa no meio do nada, parecia uma chácara. Descemos e ele nos obrigou a entrar, lá dentro Alexia gritou quando viu Steven desacordado com um corte na cabeça.

-Desculpe Alexia mais ele não ficava quieto, eu disse que mataria ele, mas acho que ainda está vivo, checa aí o pulso, talvez ele ainda tenha chance hahaha.

-Você perdeu totalmente a sanidade seu maldito eu vou matar você.

-Não se eu te matar primeiro queridinha.

Ele apontou a arma para Alexia e eu não aguentei mais ver nada.

Continua...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/04/2015 17:39:10
10
09/08/2014 02:12:27
Oi, Mistick!! Tudo bom querido?? Bom, eu nem sei descrever a emoção de está falando com você indiretamente/diretamente. Em outras palavras, estou emocionada de poder está comentando o seu conto, principalmente esse. Eu amo essa história. Eu acompanho você desde que começou aqui na casa. Só que até no começo do ano passado eu não tinha como deixar comentários. Quando eu realmente pudi fazer isso(comentar) você parou de postar. Eu fiquei desesperada, pois você parou no cap11 de Between Decisions. Também fiquei preocupada, pois você sempre foi tão ativo/falante aqui na casa, que cheguei a pensar que cê nunca voltaria. Bom, depois de mais 1 ano sem entrar na cdc, eu voltei, hoje, pra ficar de novo. Tive que fazer um novo nick e tal, pois o meu anterior perdi a senha e email. Bom, mas isso não é ponto aqui. Agora você imagina a minha surpresa quando estava procurando o que ler, quando topo com o seu nick em algum cometário de um conto?!!! Eu fiquei louca. Tipo, eu corri pra ver se era realmente você. E é realmente você!!!! Eu estou tão feliz por você está de volta. Faz tempo que cê voltou, mas pra mim é novidade(já que passei mais de 1 ano sem entrar). Bom, eu quero dizer que eu admiro muito você. Eu sempre quis dizer o quanto é importante pra mim as suas histórias. Sou uma grande fã. Obrigada por compartilhar algo tão grande e encantador. Bom, e eu também gostaria de dizer que admiro muito você como pessoa. Eu não o conheço pessoalmente e nunca falei diretamente com você, mas eu sempre tive um carinho, admiração e simpatia por você. Cê mostra ser aquele tipo de pessoa que todo mundo gostaria de ter como amigo. Eu estou tão feliz por ter a oportunidade de dizer isso a você. Obrigada por compartilhar os contos e ser quem você é. Obrigada mesmo!! Bom, você deve está pensando que eu sou louca, né?! rsrssrsrsrrs Eu não culparia você. rssrsrsr É porq eu sou muito euforia e quando eu gosto, eu gosto. Bom, eu sou um pouco doidinha, mas, em uma visão geral, eu sou uma boa pessoa. rsrsrsrssr Desculpa pelo tamanho do texto. Eu me empolgo demais. Obrigada mais uma vez. Beijos querido!! Se cuida e até breve. Obs: vou ler o seu novo conto e, por favor, não demore a postar a continuação desse. Eu estou ansiosíssima aqui.
08/08/2014 23:15:07
amando seu conto acompanho vc no R G e aqui tbm espero ansioso a próxima publicação posta rapido !!!!!!!!
08/08/2014 23:14:03
como assim posta mais esperando ansioso pelo próximo acompanhei no R.G a aki posta nao demora !!!!!
30/07/2014 19:50:32
Oh my good. Menino você quer nos matar com seus climaxs.
29/07/2014 23:52:22
o conto é muito bom mas esse negocio do cara pegar uma arma matar alguem e depois se matar ta por fora tem tanta gente que mata os outros por dinheiro e desaparece depois nao da em nada pra que se arriscar tanto nao ser que existe toda uma logistica e intençao do cara ficar abrindo a boca sendo que todo mundo sabe que cachorro que late nao morde. auauauauauaau
29/07/2014 22:45:50
muito bom.
29/07/2014 22:39:01
Continua logo, parou na melhor parte. Ate o proximo. Bjs.
29/07/2014 22:29:16
Gaiv obg querida, é bom saber, também adoro seu conto =]
29/07/2014 22:21:20
Eu li todos os seus contos. Gostei muito espero que nao demore a postar as continuacoes.