Perdendo o meu cabaçinho

Um conto erótico de Safadinha
Categoria: Heterossexual
Data: 01/06/2014 15:08:13
Nota 10.00

Olá pessoal, esse é meu primeiro conto, acompanho o site a mais ou menos 5 meses e hoje decidi vir postar um relato meu, por ser a primeira vez que escrevo aqui, irei então, contar como perdi meu cabaçinho rs. Primeiramente vou me apresentar, meu apelido aqui, para evitar problemas, será loira, bom sou loira kk, baixinha, bumbum bem avantajado empinado, e peitos médios, tenho 21 anos e a história aconteceu quando eu tinha 17, namorei com um cara desde os 15, mas nunca tivemos relação sexual, um boquete aqui, uma punheta ali, mas penetração nunca houve, não por falta de vontade minha, mas sim por ele que não queria me desrespeitar, mas sempre me toquei e sentia muita vontade de transar. Passado dois anos de namoro, nos terminamos, foi mt dificil e eu comecei a ir em baladas e tal pra superar, numa dessas baladas eu conheci o Rafa (nome ficticio), um negro, de um belo sorriso safado, e jeitinho de malandro, logo q entrei na balada com as amigas ele me secou de cima a baixo, me lembro como se fosse ontem rs, e ficou assim por um bom tempo, até que chegou em mim, dançamos a noite toda, demos alguns beijos, mas quando ele me propos irmos pra um lugar mais calmo, eu gelei, afinal ainda era virgem, ai inventei uma desculpa e disse q n ia dar, ele então pediu o numero do meu celular e eu passei, no outro dia de manhã, acordo com uma sms dele, me convidando pra um cineminha, aceitei, porque tinha curtido ficar com ele, me arrumei, coloquei um shortinho jeans, uma blusinha decotada, uma sapatilha e ele me pegou em casa, "vimos" ao filme e ele me chamou para ir a casa dele, topei, chegando lá começamos um amasso muito quente, ai quando eu vi que a coisa tava ficando quente demais, revelei a ele que era virgem ainda, ele foi super calmo disse que se eu quisesse a gente parava e eu pedi q parassemos, como ele estava com muito tesão, falou q ia tomar um banho para dar uma esfriada e pediu q eu o esperasse, e assim eu fiz, passado uns 15 min o rafa grita por mim e eu vou até a porta do banheiro , ele pede pra eu pegar a toalha que ele havia esquecido, quando eu entro pra entregar dou de cara com ele de box aberto, e nu na minha frente, fico sem jeito, estendo a mão pra lhe entregar a tolha e ele me puxa e começa a me beijar, um beijo quente, nossas linguas se entrelaçavam, sua mão ágil ia levantando minha blusinha,logo já estava só de sutian, o que durou pouco tempo, porque logo eu já estava sem, como ele mamando meus peitos, nessa hora vi que n tinha mais como resistir, estava entregue aquele macho, nisso ele desabotou o meu short, desceu até minha bucetinha, e foi passando o dedo no meu grelinho, e eu me arrepiava toda, assim, ele me pegou no colo, e me levou ao quarto dele, chegando lá, ele me colocou na cama, tirou minha calcinha, abriu minha perna e caiu de boca na minha bucetinha lisa, rosinha e virgem, molhadinha, sugava minha bucetinha, enfiava a lingua no fundo, lambia minha virilha, n demorou muito e eu gozei na boca dele, após isso ele pediu pra q eu chupasse ele, eu atendi na hora, o pau dele era bem maior q o do meu primeiro namorado, então foi meio desajeitado no começo, eu lambia a cabeça, chupava até onde conseguia, lambia seu saco, então ele pediu pra eu deitar, deitei e ele veio forçando a entrada da minha bucetinha, como estava doendo um pouco ele pincelou a cabeça algumas vezes, chupou um pouquinho, e quando estava bem molhadinha, ele colocou a cabeçinha, foi colocando aos poucos e logo já estava todo dentro de mim, nisso começou um vai e vem lento, e foi aumentando o ritmo, eu estava adorando aquilo, a dor tinha sumido, ficando apenas o prazer, nisso pedia pra ele ir mais forte, e me contorcia, contraia a bucetinha, com o pau dele lá, ai pedi para que ele me pegasse de quatro, ele me pois de quatro, de frente pro espelho e começou a bombar em mim, dava uns tapas na minha bunda, q por eu ser bem branquinha ficou vermelha, e olhava no meu olho pelo espelho, ia bombando me chamando de cachorra, de putinha descabaçada, e eu comecei a gostar e ia rebolando, mudamos de posição e fomos numa comigo com os pés no ombro dele e ele socando fundo, sentia as bolas dele baterem na minha bunda, n aguentei muito tempo e gozei novamente, após isso ele pediu para gozar na minha boca, eu aceitei, ajoelhei em um travesseiro e chupei um pouco e logo depois ele bateu uma raidinha e gozou tudinho na minha boca, engoli tudo e ainda dei um tranto no pau dele, deixando limpinho, tomamos um banho e ele me deixou em casa.

Bom galera, por ser meu primeiro conto ainda estou meio inexperiente, mas espero que tenham gostado. beijinhos, meu e-mail para contato , safadinha.17@hotmail.com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/07/2014 14:05:38
Conto delicioso, me add no email quero falar com você professor_25rs@hotmail.com
02/06/2014 21:55:15
hum delicia quro meter na sua bucetinha tambem me add rogerbaiano22cm@hotmail.com face skype e hot
01/06/2014 23:57:05
Não acredita em todos esses caras aí de baixo. Eles só querem te comer. rs. Nem um comentou que seu texto está uma bagunça, que ficaria melhor com os parágrafos. E no lugar de usar q e n, deveria ser "que" e "não". A parte chata de escrever um texto é escrever um texto. Mas a história é excitante e bem contada. Pode escrever mais que vai continuar agradando. Mas, se quiser, pode ir além. Nota 10 pra não pensar que eu só quis ser chato, rs.
01/06/2014 20:42:09
Muito maneiro este teu conto de estreia, loirinha. Acabei de pau duro, pq ainda não transei com uma virgem e essa é minha maior fantasia. Escreva mais histórias iradas como essa, gata. A galera agradece. Beijo, beijo e beijo.
01/06/2014 20:19:46
Ótimo conto,me Add no WhatsApp
01/06/2014 16:28:16
Q delicia, amei seu conto, add meu whats
01/06/2014 15:21:45
O conto é uma maravilha contacta me tu pelo facebook com fbrownmc49@gmail.com ou Fernandes Wythebest Nally