Casa dos Contos Eróticos

Gozei como louca na pica grossa do meu filho!

Autor: Giselle
Categoria: Grupal
Data: 14/10/2013 10:12:28
Última revisão: 09/08/2017 21:19:32
Nota 9.80
Assuntos: Grupal, Incesto, Mãe, Filha, Filho
Ler comentários (75) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Chamo-me Joyce e quando acabo de completar 37 anos resolvi contar pra vocês como minha vida deu uma completa reviravolta.

Morava em uma cidade pequena com minha mãe e minha avó desde que papai havia morrido em um acidente quando tinha apenas 7 anos.

Desde adolescente era uma garota sapeca e muito assanhada, pois não podia ver um macho bonito e diferente na cidade que ja ficava cheia de olhares e sorrisos safados.

Minha sexualidade era bem acima da media de minhas amiguinhas de escola, pois adorava me masturbar antes de dormir quase todo dia. E se tinha uma coisa que já notara em meu corpo e que era bem diferente de todas as amigas que tinha visto nuas era meu grelo bem saliente e quando ficava com tesão crescia ainda mais despontando entre os lábios da minha xoxotinha e bastava esfregar meus dedinhos com um pouquinho de força pra gozar rapidinho.

Quando estava saindo da adolescência conheci Antenor na festa da padroeira da cidade. Ele tinha 29 anos e morava em uma cidade grande a 70 km distante de onde morava. Ele era bonitão, tinha carro e uma conversa fácil e logo foi me xavecando dizendo que eu seria sua namorada. Todo vim de semana ele vinha me ver e a gente saia pra passear em vários lugares e quando depois de pouco mais de um mês ele entrou em um motel luxuoso nem reclamei e quando me dei conta minha virgindade não mais existia. Na verdade gostei muito e como era bem taradinha perdi o cabaço de todos os buraquinhos rapidinho.

Eu era uma garota de 1.72 m morena de cabelos longos, seios médios, coxas grossas, cintura fina e para completar uma bunda grande e empinada que deixava todos os homens tarados quando passava rebolando bem safadinha.

Só que junto com o prazer veio uma gravidez inesperada e quando Antenor ficou sabendo talvez com medo por causa de minha idade conversou com minha mãe e me levou pra morar junto com ele.

No começo até que achei que ia ser tudo bom e iria ter um marido pra me proporcionar uma vida boa, mas antes mesmo do bebe nascer percebi que não seria nada como imaginei. Antenor era um homem que vivia fazendo negócios muito desonestos e, além disso, quando bebia ficava bem violento e por várias vezes quando tentei reclamar acabei apanhando durante toda minha gravidez.

Logo depois que meu filho Pedro nasceu minha vida virou um inferno tendo que conviver com aquele homem violento que me tratava como um lixo. Apesar desse sofrimento constante meu corpo sentia falta de macho e apesar do medo logo comecei a encher o safado de chifres. Só de raiva dava gostoso pra todo macho que se engraçava comigo. Alias não dava só a xoxotinha...fazia de tudo...principalmente quando os homens olhavam para meu rabo enorme empinado logo desejavam meter a pica no meu cuzinho tesudo!

Meu corpo voltou praticamente ao normal como era antes de ficar grávida e até meus seios ficaram maiores e mais bonitos. Nem fiquei com estrias na barriga, pois meu filho talvez por causa de minha gravidez cheia de sofrimentos nascera prematuro com apenas 2 quilos.

Foi então que ao completar 18 anos Antenor meu marido violento ficou sabendo por algum fofoqueiro que eu estava lhe enchendo a cabeça de chifres e naquela noite depois de chegar em casa totalmente alterado pela bebida me cobriu de porradas e levei uma surra que me deixou em coma durante quase duas semanas. Durante um mês fiquei internada no hospital me recuperando de costelas quebradas e cheia de hematomas dos chutes que levei, mas quando tive alta uma surpresa muito ruim me aguardava.

Antenor tinha desaparecido e levado nosso filho com ele e segundo algum dos conhecidos da gente disseram que se mudara para o norte do país onde teria parentes.

Com certeza ele achou que depois daquela surra eu poderia morrer e tratou de se mandar dali pra bem longe sem deixar nenhum rastro.

Quando fui a policia prestar queixa quanto ao desaparecimento de meu filho e nem havia me casado no papel, só tinha “amigado” e tinha poucas informações a respeito da família de Antenor depois de 2 meses o assunto começou a esfriar e quando ia atrás de alguma informação na delegacia nem davam muita bola pra mim. Nessas horas é que a gente vê o tanto que é ruim ser pobre...ninguém se importa muito.

Chorei muito o desaparecimento de meu filho, porém logo surgiram outros problemas tipo aluguel da casa onde morava, contas de água e luz e também precisa me sustentar.

Não quis voltar pra casa de minha mãe que já tinha muitos problemas pra cuidar de minha avó que estava bem idosa e doente.

Eu tinha umas poucas economias que guardara, mas que não davam pra quase nada e percebi que só havia uma saída pra mim que era me prostituir.

Com 18/19 anos, sem profissão e com pouco estudo vi que não tinha pra onde correr e rapidinho fui à luta.

Se havia uma coisa que eu sabia fazer era dar gostoso...tinha o dom de fazer um macho gozar deliciosamente.

Na verdade até achei que não seria tão sacrificante aquela vida de garota de programa, pois do jeito que gostava de meter e dava de graça pra quase todo macho que me agradasse...daria pra encarar o desafio com tranqüilidade!

Logo notei que os homens mais maduros adoravam garotas do meu tipo...jovem e gostosa e então passei a selecionar meus clientes...rapazes novos e bonitinhos só queriam comer minha xoxotinha de graça e ainda ficavam zoando.

Não demorou 6 meses pra que conseguisse fazer minha vida dar uma melhorada legal ainda mais que arrumei uma amiga putinha que passou a morar comigo e dividir as despesas.

Mônica tinha 20 anos e era uma safada que me fez experimentar sexo com outra mulher. Ela sabia chupar uma xoxota melhor que a maioria dos homens e quando a vadia caia de boca no meu grelo saliente me fazia gozar deliciosamente. De tanto a putinha gostar de mamar no meu grelo percebi que ficara maior e ainda mais sensível.

A casa onde eu morava se transformou em meu motel particular e em pouco tempo já tinha conseguido juntar uma boa grana que guardava a 7 chaves.

Mas como meus avôs sempre diziam que depois da tempestade vinha a bonança isso acabou acontecendo comigo de uma maneira inesperada.

O IPTU da casa onde morava estavam bastante atrasados e a prefeitura lançou uma campanha dando bons descontos pra quem fosse quitá-los e quando estava no balcão conversando com o funcionário municipal chegou ao meu lado um homem de cabelos grisalhos bem vestido e todo educado quis saber qual era o meu problema. Eu estava vestida com uma calça jeans super apertada que realçava meu rabo enorme e uma blusinha igualmente justa que deixava meus seios grandes super sensuais e o coroa safado chegou todo cheio de frescuras.

Foi aí que logo em seguida chegou do nosso lado outra pessoa cumprimentando o coroa e então fiquei sabendo que ele era vereador da cidade. Rapidamente meu sexto sentido me disse que ali poderia render alguma coisa e resolvi fazer a linha de uma jovem esposa abandonada e com muitos problemas a serem resolvidos.

E rapidamente percebi que estava certa quanto àquele coroa.

O vereador tinha 58 anos e se chamava Samuel e logo fiquei sabendo que além de muito rico também era extremamente influente na cidade e já tinha sido reeleito varias vezes.

Ele era casado há quase 40 anos, mas acabou se engraçando comigo e do jeito que era safadinha joguei todo meu charme pra cima dele e depois de dar uma valorizada demorando a ceder aos seus desejos deixei levar-me a um motel em outra cidade vizinha pra que ninguém soubesse de nada e então fiz o que uma putinha safada devia fazer e o coroa safado gozou como nunca havia gozado na vida.

Samuel não tinha uma vida sexual muito ativa há tempos. Vivia para seus negócios e quase não tinha tempo para “divertimentos”. Sua esposa apresentava vários problemas de saúde crônicos e quando começou a transar comigo todo seu tesão adormecido ressurgiu com força e rapidamente ficou completamente apaixonado por mim. E logo que percebi isso tratei de fazer ficasse anda mais louco por mim e isso logo ficou evidente com os malabarismos que ele tinha que fazer pra transar comigo ou só pra me ver quase todo santo dia.

Samuel era um homem cheio de fantasias e eu procurava satisfazer todas sem restrições e depois de apenas 4 meses que nos conhecemos ele me assumiu de vez como amante e tudo mudou em minha vida. Ele fez questão de frisar que nunca poderia largar a esposa pra ficar comigo de vez, pois aí sua carreira política acabaria em função de ter sido sempre um homem de moral rígida que frequentava a igreja todos os domingos e também muitas outras coisas que envolviam sua vida pública ao longo de vários mandatos consecutivos de vereador.

Nem me importei muito com isso, alias nem me passava pela cabeça de querer ter um relacionamento de marido e mulher com o vereador. Ele com quase 60 anos e eu com 19...ficaria até ridículo isso.

Logo na semana seguinte que completei 19 anos tive a certeza que minha vida definitivamente ia mudar pra melhor de verdade.

Samuel comprou um pequeno apartamento em um prédio no centro da cidade onde passaríamos a nos encontrar e por ser num lugar de muito movimento não chamaria a atenção.

Era um apartamento pequeno, mas bem confortável e como tinha garagem ao lado do elevador ficaria bem fácil pra que ele chegasse com o carro e subisse rapidamente para que pudéssemos ficar a vontade sem ser em algum motel.

Mas o mais importante é que esse pequeno imóvel seria passado em meu nome. Não era muito valioso, mas pra quem não tinha um gato pra puxar pelo rabo ha apenas alguns meses antes...era muito mais que perfeito!

Quase todo dia a tardezinha meu vereador me visitava e eu fazia o safado gozar gostoso do jeito que ele mais gostava...metendo no meu cuzinho depois de mamar como um bebe esfomeado no meu grelo saliente. Apesar de não ter um pau grande como eu gostava e também por causa da idade Samuel de vez em quando conseguia satisfazer meu tesão.

Mas quase sempre antes de dormir continuava com meu vicio de bater uma siririca bem gostosa que me deixava molinha e satisfeita.

Logicamente evitei de sair com outros homens receosa de perder minha galinha de ovos de ouro caso ele descobrisse, mas dava pra notar que Samuel não era um coroa ciumento pois não se importava com as roupas que vestia pra sair à rua e nem ficava perguntando os lugares que frequentava.

O que ele fazia questão era me encontrar toda cheirosa e completamente nua de salto alto quando vinha me ver na parte da tarde. Adorava-me olhar desfilando peladinha pela sala e depois me ajoelhar entre suas pernas abaixar sua calça e chupar seu pau até deixá-lo bem duro pra meter em mim.

Depois de quase um ano juntos esqueci de tomar meu anticoncepcional e fiquei grávida e quando receosa comentei isso com Samuel imaginando ele achar ruim e ficar bravo e até pensei em fazer um aborto ele acabou me surpreendendo dizendo que se quisesse ter o filho não teria problemas desde que nosso relacionamento continuasse sendo da maneira que era...completamente discreto.

Chorei de felicidade, pois no fundo realmente desejava ter outro filho depois que meu ex-marido tinha desaparecido com meu filho Pedro.

Tudo correu perfeito e quando comecei a fazer meu pré-natal fiquei sabendo que dessa vez seria mãe de uma garota.

Samuel também ficou contente, pois ele tinha tido 3 filhos homens.

Desta vez tive uma gravidez sem problemas e um parto muito tranqüilo.

Sofia foi o nome que Samuel quis dar a nossa filha que nasceu com cabelos negros como os meus e com os olhos azuis do pai. Uma linda menina morena de olhos azuis.

Tudo corria muito bem e Samuel resolveu me dar um presente maravilhoso.

Ele era proprietário de alguns terrenos ao longo de uma nova avenida que ia ser asfaltada e ganhei um terreno grande de esquina e o melhor é que ele decidiu que iria construir várias salas comercias no térreo e na parte de cima 4 apartamentos. Aquele prédio me daria uma independência financeira muito importante com os alugueis que passaria a receber. Eu poderia sustentar a mim e a minha filha com tranqüilidade.

Quando completei 22 anos o prédio ficou pronto e vi que dali pra frente tudo ficou mais tranquilo e resolvi voltar a estudar e me tornar uma advogada.

Apesar de poder morar em um lugar melhor continuei morando no mesmo apartamento, pois para Samuel era mais seguro e sossegado.

Depois que parei de amamentar minha filha fui a um cirurgião plástico e coloquei tudo de volta no lugar e quase nem dava pra acreditar que aos 23 anos de depois de 2 filhos meu corpo ficasse tão perfeito. Ao me olhar no espelho nua toda gostosa e linda daquele jeito até meu tesão ficou mais exacerbado e já não me estava aguentando desejando um macho pauzudo e mais ativo que meu amante vereador. Mas se para mim tudo tinha melhorado infelizmente para meu querido vereador as coisas não estavam correndo nada bem, pois sua saúde tinha se debilitado seriamente.

Não demorou pra que Samuel me confidenciasse que seu medico lhe tinha dado no máximo mais um ano de vida por causa de um câncer bem avançado.

Chorei muito pois para mim ele tinha sido a melhor coisa que poderia ter acontecido em minha vida além de ter me dado uma filha linda e maravilhosa.

Samuel antes de morrer ainda conseguiu deixar mais alguns terrenos e uma boa grana em dinheiro vivo tanto pra mim quanto pra minha filha.

Só se eu fosse muito burra pra conseguir ficar pobre novamente.

Aos 25 anos quando ele faleceu eu era uma mulher com uma situação financeira super tranquila.

Rapidamente passei a seguir os conselhos que Samuel me recomendara enquanto era vivo dizendo pra construir salas e apartamentos pra alugar nos terrenos que me deu pois eram bem localizados.

Aos 28 me formei advogada mais para ter um diploma e poder ser chamada de doutora...achava isso chique e me fazia sentir muito mais importante.

Nunca mais quis arrumar nenhum homem pra viver junto pois passei a gostar de sair e me divertir em boates e gostava de sempre experimentar vários machos e fazê-los babarem por mim.

Com 36 anos e com vida boa e com dinheiro pra ficar linda e perfeita passei a ser uma devoradora de machos...quando gostava ia atrás e deixava meu lado de puta tesuda falar mais alto.

A única coisa eu me deixava encabulada e me deixava um pouquinho frustrada é que dificilmente conseguia ter entre minhas coxas um macho de verdade que conseguisse me proporcionar prazeres que almejava sentir. Na verdade gozava mais gostoso quando depois de alguma balada onde deixava vários machos com tesão querendo me comer chegava em casa e me masturbava loucamente esfregando meu grelo saliente gozando deliciosamente.

Agora quero contar sobre minha querida filha!

Sofia saiu da adolescência e se transformou em uma garota extremamente linda. Morena de cabelos longos com olhos incrivelmente azuis e sempre com um sorriso no rosto. Quando saiamos juntas nas lojas de roupas por varias vezes as vendedoras até pensavam que éramos irmãs...principalmente por causa do corpo. Cintura fina com bunda grande e coxas grossas. Quando tomávamos sol na piscina de casa com nossos biquínis fio dental super pequenos e deitadas lado a lado me sentia orgulhosa de ter feito uma garota tão linda e que praticamente não dava trabalho.

Era estudiosa e nunca faltava nas aulas e o único vicio que tinha era comprar roupas novas no shopping toda semana. Eu até brincava dizendo que ela ficava gastando dinheiro à toa pois tanto ela quanto eu ficávamos muito mais lindas completamente nuas ou apenas de fio dental com nossas bundas enormes e empinadas.

Quando os seios de Sofia começaram a despontar e virou mocinha logo a chamei para conversar e explicar tudo que deveria saber sobre sexo sem mentiras e fiz questão de deixar bem claro que seria sempre sua amiga sem ficar cobrando nada. Ela poderia fazer tudo que tivesse vontade, apenas deveria ter responsabilidade pra não ter uma gravidez indesejada. Sofia sabia perfeitamente tudo que tinha acontecido comigo, nunca escondi nada e sempre tivemos um ótimo relacionamento .

Sofia já me confidenciara ter beijado alguns garotos da escola e começava a descobrir sua sexualidade e comentava querer experimentar tudo antes de transar de verdade com algum rapaz.

Foi então que sem querer acabei presenciando uma enorme safadeza de minha querida filha que mostrava estar botando as manguinhas de fora.

Sai cedo de nossa casa para resolver negócios dizendo que voltaria só a tardezinha. Porém logo após o almoço quando fui ao cartório percebi ter esquecido em casa uns documentos que iria precisar e tive que voltar pra buscar e foi então que quando cheguei logo ao entrar escutei risadas altas que vinham da sala de estudos no fundo do corredor.

Percebi claramente que estava rolando alguma coisa estranha ali e devagar fui chegando.

Como a porta estava entreaberta vi minha filha em uma poltrona e no pequeno sofá 2 rapazes mais ou menos da idade dela que eram colegas da escola e passei a escutar o que rolava ali.

-mostra pra nós Sofia...mostra...vai!!! A gente quer só ver...mostra!

-vcs são muito safados...seus tarados! Falem baixo...seus malucos...a empregada pode escutar!

-deixa de ser fresca...vc prometeu que se a ajudássemos com o trabalho da escola...vc via mostrar os peitos pra nós...mostra logo...vai!!!

-tá bom...eu prometi e vou fazer...mas tenham calma...seus tarados! Eu tiro a blusa, mas também quero que tirem a camiseta!

Que garota safada era minha filha. Será que já transava e não me contara?

Rapidamente os 2 rapazes tiraram suas camisetas e ficaram só de bermudas. Sofia então bem devagar foi tirando a blusinha e como estava sem sutiã seus seios grandes e durinhos pularam audaciosamente diante dos olhos cheios de tesão dos rapazes. Ela ficou só com uma mini-saia curtíssima que não cobria muita coisa.

Eu assistia a tudo estupefata com as atitudes safadas de minha linda filhinha.

Sofia apesar de novinha era bem putinha pois ficou balançando os seios dizendo:

-e aí...seus tarados...gostaram dos meus seios? Podem falar a verdade...são os mais lindos da escola né?

Os rapazes sorrindo e já apertando os paus por cima da bermuda disseram:

-nossa Sofia...são maravilhosos...grandes! Os das outras garotas são bem pequenos...vc puxou sua mãe...ela tem uns peitões enormes!

-seus tarados...vivem reparando nos seios da minha mãe...acho que até punheta já bateram pra ela...seus safados!

Minha filhinha se exibia toda safada e eles olhavam extasiados para aqueles lindos seios e já dava pra notar que seus paus estavam duros estufando na frente das bermudas e a conversa continuava cheia de sacanagem:

-Sofia...assim vc deixa a gente louco de tesão...vc é muito gata! Mas...vc podia ser mais boazinha e tirar a saia também...mostra essa bunda linda...com a calcinha toda enfiadinha...mostra...sua gostosa!

Ela sorrindo disse:

-vcs tem que prometer ficar de bico fechado sobre o que estamos fazendo aqui...se eu souber de alguma fofoca...falo pra todo mundo que peguei os 2 fazendo troca-troca e que vcs são viadinhos bem safados! Tá avisado hein!

-claro que a gente não vai falar nada pra ninguém...eu juro e o Dudu também...fica tranquila Sofia!

-olha bem hein! Agora...antes de tirar a saia...quero que os 2 tirem a bermuda...e a cueca também!

Os 2 se entreolharam e sorriram. Em segundos ficaram nus e vi que ambos tinham pênis de tamanho razoável, nem grandes nem pequenos, e estavam completamente duros e então Sofia disse bem safada:

-nossa...que meninos tarados...adorei ver que estão com tesão por mim! Agora vou deixar vcs mais tarados ainda!

Sofia era uma tremenda de uma putinha brincando com os 2 rapazes e depois de ligar o som a safada foi tirando devagar a mini-saia rebolando aquela bunda enorme com uma calcinha fio dental toda enfiada diante dos olhos dos rapazes que já batiam punheta completamente tesudos.

Mas logo vi que minha querida filha era uma vadia de primeira pois toda tesuda se ajoelhou entre os 2 rapazes e em segundos chupava aqueles paus duros com uma volúpia incrível. A putinha engolia tudo dando a impressão que fazia muitos anos que já fazia sexo oral em machos.

A putinha tinha uma das mãos entre suas coxas se masturbando com força e não demorou mais que alguns minutos pra que logo os 2 rapazes gozarem como loucos na boquinha sequiosa de minha filhinha puta que engoliu toda aquela porra não deixando escapar nenhuma gotinha.

A putinha vadia gozou se masturbando tesuda e o incrível é que só então me toquei que estava gozando junto com a safada...meus dedos bolinavam forte meu grelo que ficou duro e enorme de tanto tesão!

Depois de alguns minutos de calmaria os garotos falaram que queriam continuar a safadeza, mas Sofia rapidamente colocou a roupa e sorriu dizendo:

-Chega seus safados...podem colocar a roupa...a brincadeira acabou! Eu ainda sou virgem...e quero continuar assim...por mais algum tempinho! RSS.

Nem dava pra acreditar no que estava ouvido. Minha querida filha era uma putinha virgem completamente maluca brincando com os rapazes daquela maneira.

Sai dali e fui até meu quarto passei uma água gelada no corpo pra dar uma acalmada e depois de pegar os documentos que precisava sai rapidamente de casa.

Depois de resolver todos meus assuntos no cartório dei uma passadinha no shopping pra tomar sorvete e dar uma relaxada pois o dia tinha sido bem agitado com muitos problemas que tive que resolver como também pelas emoções que passei assistindo a vadiazinha da minha linda filha mamando nos paus dos rapazes na sala de estudos.

Apesar de achar que sexo era uma coisa absolutamente normal, foi aí que caiu a ficha ao perceber que minha filhinha querida não era mais o anjinho que eu ainda imaginava. Sofia era um tremenda putinha safada e tarada igual ou até mais audaciosa do que eu tinha sido em toda minha vida!

Quando voltei pra casa encontrei um bilhete de minha filha dizendo que tinha ido ao aniversário de uma amiga e nem deu pra conversar com a maluquinha.

Antes de dormir deixei o biquíni separado pra logo cedo tomar sol na piscina pra manter o bronzeado perfeito. Adora deixar as marquinhas do bumbum e dos seios bem delineadas.

E foi então que no outro dia depois de uns 20 minutos na piscina minha filha chegou ao meu lado com seu biquíni fio-dental extremamente pequeno e toda sorridente disse:

-bom diaaaa...vim tomar sol junto com a mãe mais linda do planeta!

-bom dia meu amor! Adorei...assim a gente aproveita pra botar a conversa em dia! Como foi a festinha de ontem...que horass...a garotona chegou?

-foi ótima...não tinha muita gente...só os amigos mais chegados...terminou cedo! Cheguei em casa não era 11.00 h. ainda! Sua filhinha querida voltou sã e salva! Vc já tava dormindo...fui até seu quarto...achei que vc tinha ido pras baladas...afinal ontem era sexta...vc sempre sai pra dar um rolê!

-é...mas ontem eu estava um pouco cansada...muita correria essa semana...achei melhor descansar! Afinal não tenho mais 18 anos...tenho que cuidar do meu lindo corpo...continuar gostosa...senão os machos não olham pra mim!

-mamãe...isso é impossível...vc é linda demais...alias meus amigos da escola vivem comentando que eu tenho a mãe mais bonita de todas! Os safados vivem dizendo que minha mãe é uma tremenda gostosa!

Resolvi na hora que ia tocar no assunto quanto da sua safadeza com os 2 garotos na tarde anterior e continuei a conversa bem tranquila.

-acho que preciso te levar na escola mais vezes...to precisando ouvir uns elogios desses ao vivo!

-pode ir...vc vai ouvir muitos! Ontem mesmo uns amigos comentaram sobre seus “peitões”!

-hummm...acho que até sei quem foi que disse isso!

-como vc sabe mamãe? Não to entendendo! Vc por acaso tem bola de cristal?

-não sua safadinha...mas tenho olhos e ouvidos! Ontem à tarde tive que vir buscar uns documentos aqui em casa e cheguei bem na hora de sua sessão de safadeza! Assisti tudo...sua putinha tarada...e vi como vc gosta de chupar pau de macho!

-não acredito...mãe...nossa...nem sei o que dizer! Mas...eu ainda sou virgem...juro que ainda não transei...eu gosto de deixar os meninos loucos de vontade de me comer...mas!

-Sofia...fica tranquila...não to te cobrando nada querida...vc pode fazer tudo que tiver vontade...a gente já conversou a respeito...só não quero que minha linda filha engravide e deixe de aproveitar todas as delicias da vida! Por mim...pode dar pra 20 machinhos...até fazer fila...mas...tem que se prevenir! É só pedir que compro anticoncepcional pra vc...querida!

-eu sei mamãe...juro que vou te decepcionar quanto a isso...mas ainda não bateu o tesão pra perder o cabacinho...acho que to esperando alguma coisa especial...mas eu adoro “brincar” com rapazes!

-é...eu vi bem...como vc gosta...sua tarada...vc chupa pau como uma profissional...garanto que os meninos ficam loucos quando vc faz sexo oral neles né? E do jeito que vi...desse jeito não tem perigo de engravidar...a putinha engole tudo...sua gulosa! Eu sabia que vc puxou a mim...sempre gostei muito de sexo...mas vc me surpreendeu...é muito putinha! Tão novinha e já pega 2 machos de uma vez...sua tarada!

-ahh mãezinha...vai ficar me zoando agora é? Fazer o que! Quem mandou eu não fechar a porta! Mas vc tinha falado que só voltava à tardezinha...fiquei tranqüila! A empregada só vai naquela sala quando chamo pelo interfone! Bem...agora não adianta esconder mais nada...vc já viu tudo! Mãezinha...sua filha adora mesmo uma safadeza! Gosto demais!

-mas...me fala sua putinha...fiquei curiosa...faz tempo que vc faz essas loucuras com os garotos?

-bem...vou te contar tudo! Há uns 6 meses estava na casa de uma amiga junto com o namorado dela...Suzi já transava com ele...mas a mãe dela não sabia. Mas ai a mãe chegou de surpresa e tive que ajudar a escondê-lo enquanto Suzi enrolava a mãe! Fiquei com ele no closet do quarto dela. Breno era bonito e gostosão além de bem safado e não demorou pra que começássemos a dar uns amassos e quando ele tirou o pau pra fora e disse pra eu chupar...nem pensei duas vezes e cai de boca...e quando ele encheu minha boca de porra quentinha...adorei o gosto...e viciei! Adoro mamar numa rola...chupar pau é uma delicia!

-é...eu não devia...mas sou obrigada a te dizer uma coisa...sua safada! Adorei ter assistido vc com os garotos...vc sabe como comandar homens...deu conta dos dois...e só fez o que tinha vontade...eles estavam em suas mãos! Putinha safada!

-humm...vc me elogiando desse jeito mamãe...acho que vou querer ser mais safadinha ainda!

-vc pode tudo princesa! Jovem e linda desse jeito...vai arrasar muitos corações e deixar muitos homens loucos de tesão por vc...ah se vai!

Ficamos nos bronzeando até quase na hora do almoço e então fomos tomar banho juntas nos chuveiros ao lado da piscina.

Quando comecei a passar o sabonete na minha xoxota toda depilada bastou dar umas esfregadas no meu grelo sensível para o bichinho crescer todo safado e se mostrar por inteiro e Sofia ao lado sorriu dizendo:

-mamãe...vc tem um grelo bem grande né? Acho que o meu também vai ficar desse tamanho né? Tem horas que acho esquisito ser tão grande! Já vi de varias amigas e...os delas são bem menores!

-Sofia eu adoro ter grelo grande...acho que é por isso que tenho tesão toda hora...é só dar uma alisadinha que ele cresce e fica durinho e toda molhadinha! Mas o teu vai crescer mais sim...é só chuparem bastante que vai crescer mais e aumentar de tamanho! Mas vai me dizer que esses garotos que vc brinca com eles...não chupam tua bucetinha?

-Bem...até hj só 3 fizeram isso...mas não foi tão gostoso quanto imaginei...acho que não sabem fazer direito...os safados gostam é de serem chupados!

-mas...e sexo anal Sofia...vai me dizer que também é virgem no cuzinho...com esse rabo grande que todo homem adora...acho impossível! Conta vai...sua putinha!

-bem...isso sim...ja dei algumas vezes...mas para 2 garotos que confio...a maioria desses garotos são linguarudos...comem as meninas e depois saem falando pra todo mundo...fica mal!

-é...tem que se preservar querida...o povo é muito maldoso principalmente com as mulheres...e ainda mais com mulheres bem resolvidas sexualmente!

-mas...vou te falar uma coisa mamãe! Qualquer dia acho que vou sair com algum homem um pouco mais velho...esses garotos são muito inexperientes...tem horas que cansam minha beleza...quase sempre não aguentam brincar gostoso...gozam rápido demais. Mas o que tenho vontade mesmo é de pegar um homem bem pauzudo igual já vi nos filmes.

-que filhinha mais tarada e gulosa! Quer ser arrombada é? Mas estamos falando abertamente também ando numa seca danada...também queria uma pica bem grossa e grande...pra deixar minha xoxotinha toda ardendo! Mas Sofia vou te falar uma coisa minha querida! Vc sabe que eu já transei com muitos machos...mas isso que vc tá querendo...tá meio difícil! Se vc arrumar algum...empresta pra mamãe! Prometo que se também encontrar...empresto pra minha filha safada!

Terminamos nosso banho rindo e brincando como duas adolescentes bobas.

Quando entramos em casa completamente nuas Sofia foi à frente em direção aos nossos quartos e olhando a marquinha extremamente pequena em sua bunda empinada brinquei dizendo:

-Sofia...se eu fosse macho...e encontrasse na minha frente uma putinha tarada que nem vc é...tirava seu cabaço na hora...e nem ia adiantar reclamar...ia te comer inteirinha...sem dó! Vc não ia ficar virgem muito tempo...perto de mim...ia levar vara rapidinho! Acho que até agora vc só encontrou rapazes frouxos!

-mamãe...do jeito que vc é linda acho que mesmo vc não sendo macho...eu dava pra vc...na hora!

-No mesmo instante percebi que Sofia já tinha brincado com outras garotas e só pra testar a putinha dei dois passos rápidos e abraçando-a por trás segurei-a bem apertada e disse em seus ouvidos:

-isso vc não tinha me falado...que gostava de brincar com meninas também...sua putinha safada! Não fica dando idéias...eu ando muito tarada...meu grelo tá durinho de tesão...ainda mais esfregando ele nessa bunda durinha e gostosa! Já brinquei com muitas garotas vadias quando tinha 20 anos...posso querer...de novo...sua chupadora de pau...e acho que também...ja chupou a buceta das amigas putinhas!

A safada não demonstrou nenhum constrangimento com minha atitude e jogando a bunda pra trás toda safada e sensual disse:

-mamãe...acho que vc sabe...que sua filhinha é uma garota muito safada e cheia de tesão...adoro chupar pau...mas tenho certeza que vou adorar chupar esse grelão...que vc tem...se vc pedir...eu faço!

Apertei-a de encontro ao meu corpo e deslizei minha mão até sua bucetinha e sem pudor enfiei os dedos entre os lábios de sua bucetinha e encontrei seu grelinho todo crescido e bem durinho e dei umas bolinadas forte nele e tocando meus lábios no lóbulo de sua orelha e sussurrei sensual:

-sua putinha tesuda...pode ter certeza que qualquer dia vou te pedir isso sim...sua vadiazinha...vc sabe que não tenho e nunca tive nenhum preconceito quanto a sexo...e depois de ontem...sei que vc é tão puta quanto eu sempre fui! Não fiquei provocando...outra puta...sua vadiazinha!

Foi então que ela segurando minha mão entre suas coxas começou a rebolar toda safada e sussurrou:

-pede...agora...então! Porque esperar...pede...que vou fazer bem gostoso!

Em segundos eu estava deitada de costas em minha cama com as pernas totalmente abertas e tomada de tesão disse:

-vem então putinha...chupa meu grelo...bem gostoso...vem mamar na minha bucetinha...sua vadia! Me faça gozar...sua putinha tesuda!

Sofia enfiou o rosto entre minhas coxas e em instantes meu grelo era sugado com volúpia. Eu a segurava pelos cabelos apertando sua boca na minha xoxotinha e passei a rebolar loucamente. Meu grelo parecia que nunca esteve tão grande quando ficou e passei a gemer sem pudor dizendo:

-chupa...vadia...chupa com força....vou...vou gozar...nessa boca gostosa...chupa vadia...vou gozar...vou...ahhh!

Dei um grito e gozei copiosamente. Sofia sugava meu grelo deliciosamente...me proporcionando um prazer maravilhoso. Acho que o proibido aumentava o tesão de uma maneira incrível. A safada tinha enfiados uns 3 dedos na minha bucetinha e mexia sem parar arrancando gemidos intensos de minha garganta. Minha buceta estava completamente ensopada...parecia que tinha feito xixi de tanto liquido que saia de dentro de mim.

Em seguida foi minha vez de retribuir o prazer que aquela putinha vadia havia me proporcionado e em instantes eu lambia aquela xoxotinha virgem e logo sugava aquele grelinho durinho fazendo-o crescer entre meus lábios. Sofia rebolava como uma vadia e gemia alto toda tesuda:

-ahh...mamãe...chupa sua filhinha puta....chupa meu grelo...quero gozar gostoso...chupa forte...lambe minha xoxota...ahhh!

Com uma das mãos eu apertava os bicos dos seios duros da putinha e com a outra metia 2 dedos no seu cuzinho. Minha língua célere fazia aquele grelo saltitar entre meus lábios e logo a safada gritou que nem uma louca e se contorcendo como uma cobra gozou copiosamente se convulsionando inteirinha. Parecia que levava choques de 220 volts.

Devagar fomos nos acalmando e ficamos deitadas abraçadas sem dizer absolutamente nada e em seguida como se tudo que havia acontecido fosse uma coisa completamente normal nos levantamos e fomos tomar banho, cada uma em seu quarto.

Senti-me totalmente relaxada depois daquela loucura que havia feito.

Não demorou muito e minha filha safadinha voltou toda arrumada até meu quarto e toda sorridente perguntou onde iríamos almoçar. Todo sábado saiamos juntas pra isso...era quase um ritual.

Durante o almoço conversamos tranquilas sobre nossas “brincadeiras safadas” e Sofia então me contou que ela e duas amiguinhas do colégio viviam transando entre si há mais de um ano. Só uma delas tinha transado com garotos. Minha filha até comentou que talvez ainda continuasse virgem por causa das brincadeiras sexuais entre elas pois quase todo dia rolava sacanagens entre elas.

Quando indaguei o porquê dela ter se insinuado toda safada pra mim depois que saímos da piscina Sofia então comentou que já tinha me visto dormindo completamente nua como sempre faço e quando olhava pra minha bucetinha depilada e via meu grelo saliente sentia um friozinho na barriga e várias vezes já tinha imaginado me chupando e quando notou que eu estava com tesão resolveu arriscar e acabou realizando sua fantasia sexual. E a putinha tarada ainda completou dizendo que quando quisesse era só pedir que faria tudo de novo...e mais gostoso ainda!

A vadiazinha se mostrava uma ninfomaníaca audaciosa sem preconceito e percebi que daquele dia em diante tudo ia ser bem diferente e com muitas loucuras.

As aulas haviam terminado e Sofia foi junto com varias amigas do colégio numa excursão para o nordeste durante 10 dias. Minha querida filha até disse brincando que já que ia pra algum lugar onde ninguém a conhecia ia aproveitar pra “namorar” todos os homens lindos que estivesse por la.

Mas o que aconteceu logo depois que Sofia viajou foi uma coisa quase inacreditável.

Logo de manhã estava tomando café quando o telefone tocou e era um delegado federal de uma cidade na fronteira norte do país que dizia ter uma noticia importante pra mim.

Ele me contou que um rapaz de 20 anos filho de um traficante de drogas que morrera em um confronto com a policia federal o procurou pedindo que o ajudassem a descobrir o paradeiro de sua mãe. Ele ficou sabendo pela avó que o pai o havia raptado quando era bebezinho e agora que ele havia morrido queria tentar reencontrar a mãe. O delegado disse que investigou e rapidamente descobriu entre os documentos que o pai havia deixado meu nome e tinha certeza que era eu a mãe do rapaz.

O delegado então colocou o meu filho ao telefone, mas quase nem nos falamos...ele soluçava de um lado e eu chorando do outro e logo pedi ao delegado que colocasse o rapaz no primeiro avião pra se encontrar comigo.

Nem dava pra acreditar que iria rever meu filho depois de tanto tempo e fiquei imaginando com ele seria agora com 20 anos. Não me continha de felicidade e até pensei em ligar pra minha filha e contar a novidade...mas achei melhor deixá-la se divertir tranqüila naquela excursão que ela tanto planejar. Iria esperar que ela me ligasse pra contar.

O delegado me disse que naquele mesmo dia eu iria encontrar meu filho pois iria colocá-lo no avião logo depois do almoço e se o voo não atrasasse naquela mesma noite ele estaria em meus braços.

Toda nervosa fui esperá-lo no aeroporto e mesmo sem saber como ele seria agora já adulto quando bati os olhos naquele rapaz na fila de desembarque olhando pra todos os lados soube que era ele e nos abraçamos fortemente em prantos e durante um longo fiquei acariciando seu rosto cheio de lagrimas. Logo em seguida ele entrou no carro e fomos pra casa sem conversar muito...só trocando olhares carinhosos e tentando nos recuperar de tantas emoções.

Pedro era um rapaz forte e bonito com um olhar um pouco retraído e tímido, mas logo depois que começamos a conversar, devagar ele se soltou e enquanto jantávamos uma pizza que pedi falamos sobre tudo que tinha acontecido em sua vida e na minha . Ele ficou encantado com a casa onde iria morar dali pra frente junto comigo e sua meia-irmã Sofia.

Quando mostrei a foto de Sofia ele sorriu dizendo que tinha ganhado na loteria pois até uma semana antes se achava um pobre órfão abandonado naquele fim de mundo e agora alem de reencontrar a mãe ficara sabendo que também tinha uma irmã linda.

Ficamos conversando até tarde da noite sempre trocando carinhos e afagos e rapidamente percebi que Pedro era um rapaz de boa índole, não parecia ter puxado o pai em quase nada a não ser no porte físico, e que dava a impressão de ser bem calmo e interessado em aprender e evoluir. Na verdade ter passado toda sua vida ao lado de um pai bandido e em um lugar tão longe como muito pouco recursos não tinha sido nada fácil.

Já era quase 2.00 h da manhã quando fomos dormir e quando o acompanhei até o quarto que seria o dele daquele dia em diante sorri e disse:

-durma bem querido...amanhã depois que acordarmos vamos para o shopping...comprar roupas, sapatos...tudo novo pra vc...quero meu filho lindão! Essas coisas que vc trouxe na mala vamos colocar fogo.

-mãe...a Sra. não precisa se preocupar comigo...o importante é ter te encontrado...depois a gente vê isso!

-de jeito nenhum garoto...dinheiro foi feito pra isso...vc vai poder ter coisas boas! Só quero que vc volte a estudar...e seja uma pessoa do bem!

Ele sorriu e me beijando no rosto disse:

-mãe...pode ficar tranqüila...faço tudo que a Sra. quiser...depois de tudo que passei...só quero ter uma vida tranqüila ao seu lado!

-humm...gostei do que meu filhão disse...gosto de gente obediente! RSS. Mas tem uma coisa que já vamos deixar bem claro...não quero que me chame de Sra! Odeio essa palavra...parece coisa de gente velha! E acho que vc já percebeu que sua mãe não é uma velhinha né?

-claro mãe...isso eu notei na hora que te vi no aeroporto...nem acreditei que vc era minha mãe...parecia uma atriz de novelas! Mas já que a Sra. quer assim...não chamo mais desse jeito!

-então tá bom querido...vá descansar...e durma com as anjas!

-boa noite mãe...antes vou tomar um banho...tá muito calor!

Fui para meu quarto e então liguei a banheira de hidromassagem pra dar uma relaxada...meu corpo estava todo tenso de tantas emoções pelo qual havia passado naquele dia.

Mas logo percebi que só a hidro não ia resolver e tive que bater uma siririca pra poder relaxar de vez. Alias sempre depois de algum stress o que me acalmava de verdade era gozar gostoso com meus dedinhos.

No outro dia era umas 9.00 h. da manhã quando o telefone tocou e vi que o dia já começava agitado.

Era minha querida filha ligando toda contente dizendo que se divertia muito na praia e tinha uma novidade muito importante pra contar e quando perguntei o que era Sofia dando gargalhadas disse que agora era uma putinha completa pois tinha perdido a virgindade com um rapaz maravilhoso que conhecera.

Que filha mais louquinha e safada que eu tinha.

Aproveitei e contei sobre Pedro. Ela ficou muito contente dizendo que era só o que faltava pra sua querida mãe ficasse completamente feliz.

Quando ela sugeriu de interromper suas férias e voltar pra casa falei que não era pra fazer isso...afinal ela tinha planejado tanto essa viagem e era apenas mais uma semana!

Desliguei o telefone e fui tomar um banho pra acordar de vez e quando sai peguei um conjuntinho de malha bem fininho por causa do calor e vesti.

Resolvi acordar meu filho pra gente tomar café juntos e ao me olhar no espelho enquanto penteava os cabelos percebi que estava vestindo algo que não cobria quase nada! O short era curtinho e bem largo nas coxas além de se enfiar no rego da minha bunda enorme. A camiseta era muito cavada e meus seios enormes siliconados quase escapavam pelos lados.

Mas nem me preocupei como isso, pois não havia motivos para mudar meus hábitos e meu jeito de se vestir por causa de meu querido filhão. Ele é que teria de se adaptar aos meus modos e também aos de sua meia-irmã que de vez em quando até andava completamente nua pela casa durante os fins de semana que a empregada não trabalhava.

Cheguei ao quarto de Pedro e ia bater na porta, mas resolvi entrar bem quietinha e acordá-lo com muitos beijos. Entrei e como as cortinas da janela estavam um pouco abertas a claridade era bastante e quando olhei meu filho deitado só de cueca branquinha bem justa foi impossível não notar entre suas coxas um volume bem considerável. Devagar cheguei ao lado da cama e toda curiosa fui conferir bem de pertinho.

Ele dormia tranqüilo com as pernas separadas.

O único barulho que se ouvia era do ventilador de teto.

Logo percebi que meu filhão tinha uma tremenda pica debaixo daquela cueca fininha. Quando ele era bebe já tinha notado que era bem sacudo...mas seu pintinho era parecido com os de outros bebes que tinha visto, mas agora estava bem crescidinho.

Olhei direitinho e dava pra notar perfeitamente o contorno daquela pica enorme perfeitamente delineada na cueca. As bolas do saco também eram grandes. Meu filhão parecia um cavalo reprodutor e na hora com minha mente fértil pra safadeza imaginei como aquela pica ficaria completamente dura penetrando numa bucetinha apertada. Ia entrar rasgando...bem gostoso! Meu lado de putinha safada aflorou de uma maneira incrível e sem me importar com nada me deitei ao lado do meu filhão, abracei-o e comecei a dar beijinhos no seu rosto dizendo carinhosamente:

-bom dia...meu amor...acorda querido...a mamãe veio acordar o gato mais lindo do mundo!

Pedro acordou um pouco assustado comigo ali ao seu lado e ficou sem reação e continuei dizendo toda melosa:

-não precisa ficar assustado meu querido...quis te fazer uma surpresa! Mas vai me dizer que não gostou de ser acordado pela mamãe te enchendo de beijinhos! Quer...que eu vá embora?

Ele então sorriu um pouco atônito, mas timidamente retribuiu meus beijos e disse:

-claro que não! Nossa...dormi que nem uma pedra...demorou pra cair a ficha que estou aqui...nem dá pra acreditar!

Toda alegre e bem safada me levantei rapidamente da cama e abrindo as cortinas completamente disse:

-Pedro...meu querido...não se levante da cama! Quero ficar um pouquinho mais abraçadinha com meu filhão lindo...fazendo um monte carinhos! Posso?

Com minha experiência de puta safada percebi na hora que ele não conseguiu desviar o olhar sobre meu corpo quase todo a mostra naquela roupinha sexy e aproveitando que ele ainda estava sem reação toda audaciosa deitei-me em cima de seu corpo me encaixando perfeitamente em seu ventre.

Sem perder tempo comecei a beijar seu rosto e seu pescoço tentando parecer bem “natural”, mas de um jeito bem safado logo comecei a mexer meu corpo em cima do dele me esfregando toda e logo senti o volume crescer bem apertado na minha xoxotinha e em segundos meu grelo ficou duro.

Ele não tirava os olhos dos meus seios que quase pulavam pra fora da camiseta e automaticamente senti suas mãos timidamente em meus quadris.

Minha buceta encharcou de vez e o pouco juízo que eu tinha já estava desaparecendo e disse toda carinhosa:

-que delicia poder abraçar meu filhão assim...bem apertadinho...logo de manhã...acho que vou querer fazer isso todo dia...pra compensar todo tempo que ficamos longe um do outro...o que vc acha meu gato lindo?

Meu filho respirava forte com seu rosto todo vermelho e já dava pra sentir o calor que emanava daquela vara enorme colada na minha buceta ensopada. Meu grelo duro e crescido pulsava de tesão...e ele quase gaguejando disse:

-eu...eu...claro que sim...a Sra. que sabe! Eu...eu...vou adorar...nossa...é muito bom!

-se me chamar mais uma vez de Sra...da próxima vez vou trazer um cachorro pitbull pra te acordar!

-não...não! RSS. Desculpa...prometo que não vou esquecer nunca mais...juro!

Apesar de não querer me levantei de cima dele e sem pudor olhei a barraca completamente armada na cueca e sorrindo disse:

-vai tomar banho querido...depois que a gente tomar café nós vamos fazer comprar no shopping!

Apesar de encabulado com sua ereção incontida sem dizer nada meu filho se levantou e entrou no banheiro.

Fiquei ali deitada na cama sorrindo satisfeita com aquela safadeza.

Realmente era uma loucura o que se passara ali entre eu e meu filho.

Mas certamente o que importava mesmo é que eu desejava sentir aquela vara magnífica dentro da minha buceta tesuda. Meu olhar sobre meu filhão era de uma fêmea sedenta por aquele macho de pau enorme.

Escutei a água do chuveiro e completamente tarada enfiei a mão entre minhas coxas e quanto toquei meu grelo durinho só dei algumas bolinadas nele e gemi alto gozando copiosamente imaginando que meu filhão fazia a mesma coisa debaixo do chuveiro pensando em mim.

Fui pra cozinha e não demorou pra que Pedro chegasse vestindo uma bermuda e uma camiseta.

Percebi que apesar dele ainda estar um pouco sem jeito com o meu comportamento bem sacana ele tentava se portar com naturalidade, mas logo deu pra ver que não conseguia tirar os olhos do meu corpo sensual e voluptuoso que se mostrava naquele short curtinho e quando me sentava com as pernas entreabertas dava pra ver perfeitamente boa parte de minha buceta depilada.

E pra tentar deixar a coisa fluir a coisa com mais tranqüilidade disse:

-Pedro...queria te dizer uma coisa importante meu querido...sua mãe é uma mulher completamente maluca...e sem muito juízo...tenho certeza que vc não vai demorar a se acostumar.

Terminamos de tomar café e a conversa seguia alegre e percebendo que ele já estava um pouco mais a vontade disse:

-bem...to vendo que meu filhão já esta vestido pra sair...mas eu ainda não! Não da pra ir ao shopping com roupinha...quase pelada! Então vou vestir uma roupa bem bonita pra gente sair. Que tal vc me ajudar a escolher uma roupinha...meu querido?

-bem...eu...eu...acho que não ou saber...não entendo nada...de roupa!

-não precisa entender querido! É só dizer se gosta ou não! Larga de ser bobo...vem comigo...quero sua opinião...querido!

Ele ficou meio sem jeito...mas me seguiu até meu quarto e então fiz com que se sentasse em uma poltrona que ficava perto da penteadeira e fui até o guarda-roupa e peguei 3 vestidos justinhos que sempre usava pra sair e como se fosse a coisa mais natural do mundo tirei o short e a camiseta e fiquei completamente nua diante de meu filhão. Pedro até engoliu seco olhando meu corpo de frente.

Bem safada peguei um dos vestidos e vesti bem calmamente e então disse:

-e ai...filhão...o que achou...gostou desse querido?

Ele deu uma gaguejada, mas disse que sim e então continuei:

-olha bem...vou experimentar os outros 2 que peguei...quem vai escolher qual vou usar...é vc...tá?

Devagar e bem sensual tirei o primeiro e vesti o segundo vestido e quando o tirei resolvi ser bem putinha e deixei que caísse no chão e fiquei de 4 para pegá-lo e minha buceta úmida se mostrou por inteira. Antes de colocar o terceiro vestido olhei entre as pernas do meu filho e vi que sua vara enorme parecia que ia estourar a frente da bermuda. Vesti o terceiro vestido e então perguntei qual deles deveria usar e ele disse:

-bem...eu...eu gostei de todos mãe...qualquer um fica lindo em vc...mas acho que esse ultimo...gostei mais!

Toda safada e sensual disse:

-então tá bom querido...agora vou colocar uma calcinha...e vamos sair então! Mas pelo que estou vendo ai na frente da sua bermuda...vamos ter que esperar um pouquinho pra esse pintão abaixar um pouco...senão meu filhão vai assustar as garotas do shopping!

Ele com vergonha da ereção até colocou as mãos na frente da bermuda, mas toda carinhosa cheguei ao seu lado e disse:

-Pedro...to brincando...não se preocupe! A mamãe sabe que é normal isso...vc só tem 20 anos...muito tesão nessa idade! Acho que não vou mais pedir pra vc me ajudar a escolher roupas!

Apesar do constrangimento o safado rapidinho respondeu:

-não...não...pode pedir sim...eu...eu...não me importo...desculpa...eu...eu...nem sei!

A conversa já tomou o rumo que eu queria. .

-seu safadinho...gostou de me ver peladinha né! Mas me fala uma coisa querido...to vendo que vc tá com muito tesão...quanto tempo faz que não pega uma mulher? Pode dizer querido...acho que vc já percebeu que pode confiar na mamãe!

-bem...na verdade...la na fazenda tinha uma mulher mais velha...era meio índia... tinha uns 40 anos...ela sempre dava pra mim...e na fazendo vizinha tinha uma outra parecida com essa que de vez em quando eu ia lá! Só tinha essas duas...mas não eram bonitas...assim tipo vc! Nossa...eu só tinha visto mulher linda assim...em revistas! Vc...é muito linda...é perfeita!

-humm...me elogiando assim...acho que vou continuar a querer que meu filhão lindo me ajude sempre a escolher minha roupas! RSS. Mas...me fala...o que vc mais gostou do meu corpo...pode dizer...sem medo...querido!

-bem...eu...tá bom...vou dizer! Gostei de tudo...vc é linda...mas sua bunda é demais...nossa...mas sua xana lisinha...sem pelinho nenhum...nossa...nunca peguei numa assim...é linda!

Se tinha sobrado algum resquício de pudor naquele instante resolvi que tinha acabado e então cheguei bem pertinho dele sentado na poltrona tirei o vestido e disse toda safada:

-pode pegar...meu anjo...passa a mão...eu deixo...vc pegar na bucetinha depilada da mamãe...pega!

Em segundos ele enfiou a mão entre minhas coxas e deslizou os dedos na minha bucetinha toda molhada e quando pegou meu grelo saliente entre os dedos sussurrei cheia de tesão:

-pega...mas pega de verdade...sem medo...pode fazer o que tem vontade...eu gosto muito...e to cheia de tesão! To toda molhadinha!

Apesar da inexperiência ele queria agradar e me bolinou deliciosamente e logo o puxei pra cama e toda tesuda já fui dizendo:

-tira a roupa...quero pegar nesse pauzão que vc tem...vem seu safadinho...mamãe vai fazer vc gozar bem gostoso...vamos meter gostoso...quero esse pintão inteirinho!

Em segundos ele ficou nu e então peguei aquele pauzão grosso e cabeçudo e cai de boca chupando como uma esfomeada...não demorou quase nada pra que sentisse jatos fortes de porra fervente na minha garganta. O safado parecia que mijava dentro da minha boca...era muita porra...mas engoli tudo sem deixar escapar nenhuma gota.

Que pica maravilhosa meu filhão tinha e quando pensei que aquilo ia dar uma amolecida depois de ter gozado daquela maneira o tarado já foi me colocando de 4 na beira da cama e encaixando aquela cabeçona enorme na entrada da minha buceta ensopada foi enfiando tudo até o talo. Me senti arrombada...mas o prazer era intenso...o safado tarado metia que nem um cavalo...com força e profundamente...o tesão tomou conta do meu corpo e passei a rebolar que nem uma louca gemendo e se mostrando a puta tesuda que era sussurrando:

-mete...tudo...fode...sua mãe tarada...mete com força...essa pica grossa...me come...arregaça minha buceta....bem gostoso...faz a mamãe gozar...enfia esse pauzão com força...fode sua mãe...fode a putinha...ahhh...que delicia...mete...não para...ahhh!

Ele era um macho que sabia como meter em uma fêmea tarada e enfiava e tirava aquele pauzão sem dó me fazendo perder de vez todo pudor e continuei:

-ahh...que pau gostoso...fode a mamãe...fode com força...me arregaça filhão...arromba minha buceta...que pauzão...mete...fode...vou gozar...enfia tudo...sem dó...que delicia...que pauzão...vou...vou gozar...ahhh!

Gozei...gozei como nunca...era um prazer louco e intenso...meu grelo estava maior ainda...minha buceta parecia que ejaculava igual um macho...pelas minhas coxas escorria líquidos de meu gozo copioso.

Mas o prazer ia continuar.

Meu filhão era um macho que gostava de comer uma fêmea de verdade e então mostrou que sabia o que queria e todo tarado depois de se deitar na cama com aquele mastro imenso apontando me puxou fazendo com que me sentasse naquela vara enorme até o talo e completamente tesuda comecei a cavalgar aquele macho delicioso...e toda safada deixei o tesão falar tudo que queria:

-ahh...meu macho gostoso...quero dar o dia inteiro pra vc...quero ficar com a buceta ardendo...mete na tua mãe...quero ser tua puta....quero dar gostoso...fala pra mim...fala seu safado...fala que quero escutar da tua boca...diz que sou uma putinha gostosa...come...sua putinha...que pauzão...ahhh!

Ele também todo tarado se soltou dizendo:

-que delicia...que puta deliciosa...rebola no meu pau...sua puta tarada...dá gostoso...que xana apertada mãe...ahhh....bucetão gostoso...vou de deixar arrombada...gostosa! Ahhh...

Meu corpo acelerou os movimentos e me contorcendo com uma cobra gozei intensamente ensopando o ventre do meu filho pauzudo. Era um gozo completamente diferente de tudo que já havia sentido...era o prazer proibido que aumentava a intensidade de tudo!

Eu era comida pelo meu filhão pauzudo de todo quanto era jeito.

Ele me colocou de costas na cama com um travesseiro embaixo da minha bunda e segurando minhas pernas no seu peito passou a meter com força...a penetração era profunda e deliciosa. Depois de meter que nem louco ele gozou novamente e encheu minha buceta de porra quente...nem parecia que tinha enchido minha boca de porra há meia hora atrás...minha buceta estava completamente inundada de tanto sêmen.

Quando meu filhão pauzudo ia sair de cima de mim toda putinha e sensual disse:

-não...meu tesão...fica dentro de mim...até essa pica deliciosa amolecer...não tira...por favor...tá tão gostoso!

Ofegante e suado ele se aquietou encaixado por completo entre minhas coxas arreganhadas e tesuda continuei:

-ahh Pedro...que delicia dar pra vc...que pau grosso gostoso...vou querer dar pra vc sempre...tava precisando de um macho como vc meu filhão...adorei...gozei que nem louca...vc fudeu a mamãe do jeito que eu gosto... nossa...minha buceta tá toda ardida...mas adorei! E vc...gostou de meter na mamãe...fala...seu safadinho!

-eu...claro...gostei muito...vc é linda...e muito gostosa...me deixou taradão...vc é muito diferente das outras...foi uma loucura...mas...será...que não é pecado?

-filhão...acho que isso não tem nada a ver...meu querido...mas...se for mesmo...vou querer pecar sempre...a não ser que vc não queira mais...meter na buceta da mamãe...será que vc não vai querer mais?

-eu...eu...claro que vou querer...é que fiquei um pouco preocupado...é que...nem sei...mas...nunca senti um tesão assim...foi...muito...gostoso...nossa...mãe ...vc é muito linda...e louca!

-Pedro...meu anjo...não se preocupe...vamos aproveitar...só temos que tomar cuidado com as pessoas estranhas...mas entre nós...tudo pode...na cama...eu te quero como macho...e eu vou ser tua putinha...e só pra vc saber...a mamãe...gosta de ser uma puta de verdade...quando tem um macho pauzudo e gostoso.

Senti que o pau enorme do meu filhão amoleceu escapando de dentro da minha buceta inchada e então o chamei pra tomarmos banho juntos e logo percebi que estávamos completamente à vontade.

Depois da safadeza almoçamos deliciosamente e fomos às compras e já era noitinha quando voltamos pra casa e logo percebi que ia “sofrer” gostoso no pauzão grossão do meu filhão pois o safado já todo tarado de pau duro já foi me jogando no sofá e me comeu inteirinha. Até meu cuzinho foi arrombado e nem adiantou tentar sair fora. Do jeito que era forte ele me subjugou com facilidade e deixou meu cuzinho todo inchado e pegando fogo. Mas foi uma delicia sentir meu cuzinho sendo inundado de porra fervente. Durante 2 dias quase nem coloquei roupa pois o tarado todo hr metia a vara em todos os buraquinhos do meu corpo. Aquele pauzão dificilmente ficava mole durante muito tempo. O safado rapidinho aprendeu que bastava dar uma alisada no meu grelão ou passar a língua que eu já abria as pernas e pedia tesuda pra ser comida por aquele macho insaciável.

Quando minha querida filha voltou da excursão se encantou com o irmão e não demorou mais que 2 dias pra que nós duas estivéssemos juntas na cama junto com Pedro. Ele tinha um apetite voraz sabia como deixar Sofia e eu bem satisfeitas e saciadas de pica! RSS.

Sofia de vez em quando saia pras baladas e experimentava outros machos e outras bucetinhas, mas eu decidi que meu filhão Pedro seria meu único macho.

Nunca mais teve outro pau dentro da minha bucetinha tesuda!

Contado por Joyce, relatado por Giselle

para acessar todos meus relatos cliquem nesse link:

https://www.casadoscontos.com.br/perfil/182301

e-mail: gisellets@outlook.com

relatos da autora recomendados:

MEU CUNHADO NOVINHO ME COMEU

UM NEGRO TARADO COMEU EU E MINHA ESPOSA

PAPAI TIROU MEU CABAÇO E DA MINHA IRMÃ

MEUS TIOS FODIAM MINHA MÃE E TAMBÉM ENTREI NA VARA

REV: CP1

Comentários

17/07/2017 22:00:54
Maravilhoso conto. Perdi até a conta de quantas vezes gozei lendo essa história maravilhosa e safada ao extremo. Parabéns. Nota 10 Papajc_82@hotmail.com
17/07/2017 21:59:35
Maravilhoso conto. Perdi a conta de quantas vezes gozei l3ndo essa história deliciosa e safada ao extremo. Parabéns. Nota 10Papajc_82@hotmail.com
25/12/2016 10:45:40
Adorei o relato! Estupendo! Gozar no cacete grande de um jovem é comigo mesmo! Recebo o tronco animal de meu macho dessa forma! Li seu conto numa siririca louca! Meu grelão ficou grande e duro! Amei, meninas! Quero mais! NOTA 10! Beijos!
09/03/2016 19:20:57
Casou. Isso é o que importa.
05/02/2016 17:56:13
Nota 10...Muito Bom, também escrevi vários contos com minha mãe mas você é muito boa nisso...
29/01/2016 15:58:13
Minha delicia. Extraordinariamente delicioso, me vi dentro dele com tantos detalhes. Incrível super excitante Adorei não tem outra nota além de 10 Muitos Bjx
19/01/2016 03:07:53
Adorei
20/07/2015 13:15:48
Lindo! Muito excitante Amei
dmm
15/06/2015 11:14:56
Excelente.
26/03/2015 11:55:28
Belissimo conto, muito excitante, adorei.
20/02/2015 13:15:19
Fantastico
30/11/2014 22:24:56
delicia de relato... nem sei porque levei tanto tempo pra descobrir e gozar junto contigo nesse conto super sacana!!! Beijososssssssss sua maluca vadia!
19/11/2014 00:06:36
Meu amorrr seu conto foi muito delicioso ... ja li o mesmo tres vezes ... me adiciona em seu watsapp mil beijis nesse grelinho saliente e durinho que tu tens ...
18/06/2014 11:33:54
Amo uma coroa Safada, me manda um email Togamaro1@hotmail.com
13/06/2014 14:32:26
Conto muito gostoso! Envolvente e excitante!!!! Estou a procura de alguma gostosa afim de escrever um conto comigo... De Brasília
06/06/2014 08:22:19
Muito bom seu conto! Incesto é sempre bom, gosto.. pratico!! leia meus contos!! joaosilas2013@yahoo.com.br
02/06/2014 02:14:49
Muito bom, Gisele. Parabéns! Gostaria de ter a sua opinião sobre meu conto "a honra da nossa casa". Gostei muito do seu conto e a sua opinião sobre o meu será importante para mim.
31/05/2014 18:37:55
fbrownmc49@gmail.com cOntactame pelo fb e imail
31/05/2014 18:36:18
muitO bOm fiquEi tOdO durinhO
27/05/2014 23:18:49
Sou frequentador dessa página a bastante tempo, publiquei um relato, apesar de já ter preparado outros. Adoro relatos, pois me aproximam da realidade, confesso de coração que mesmo o seu texto não sendo um relato, foi muito maravilho tê-lo lido, pois traz uma realidade incomensurável, fica difícil de descreve as qualificações, ou não trata-lo como realidade, caso seja ficção. Quero deixar aqui meus agradecimentos por nos ter brindado com essa maravalho. Haja vista o tanto de comentários. A nota será dez por que não tem 1000.
14/05/2014 13:58:16
bom
12/05/2014 22:27:23
Vadia gostosa
04/05/2014 23:00:01
muito bom adorei vou foder gostoso pensando neste conto
04/05/2014 07:35:19
Tive que fuder alguém pensando nessa mãe...Posso dar 11?
01/05/2014 18:41:19
Nota
25/04/2014 18:40:40
Que delicia de conto você conseguiu fazer a gente gozar, minha esposa esta aqui com a calcinha toda molhada. nota 10000
11/04/2014 15:41:41
adore safada safadas do espirito santo que fude gostoso sou daqui de linhares meu email e nil.do81@hotmail.com
09/04/2014 21:31:13
Como dizem, não existe pecado entre 4 paredes. Muito bom o conto, bem excitante. Parabéns!
04/04/2014 04:09:57
Super foda o conto rs alias nem conto e parece mais a sua história de vida RS MT louca nota 1000 MT foda Rs
04/04/2014 04:08:42
Super foda o conto rs alias nem conto e parece mais a sua história de vida RS MT louca nota 1000 MT foda 😊
02/04/2014 02:50:41
foi o melho conto q li aq ate hj e mais exitante de verdade gozei muito aq lendo esse conto i foi o maior de todos aq hj se tivesse como da 100 de nota aq eu daria porque e muito bom esse conto parabens espero ler mais desse geito aq ..as safadinhas q tiver whatsapp mim adc se nao tiver manda msg mesmo e vivo
25/03/2014 12:18:31
porra... gozei numa pueta louca passando a novela na minha kbça (na de baixo tbem - hehehe). Mãe puta mesmo, bem safada. E o filho tbem... pervertido e ordinário. Muito massa.natanaelpericles@hotmail.com
23/03/2014 16:08:55
muito bom esse conto
21/03/2014 19:40:18
Maravilhosa
21/03/2014 19:39:53
Manda suas fotos gostosa Rafael_castro@live.com
21/03/2014 19:38:52
Manda suas fotos no meu email Rafael_castro@live.com
12/03/2014 01:28:06
adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii...vou te adicionar...bjssssss e continue a escrever!
10/03/2014 23:05:44
Adorei sua escrita. Além de saber escrever, você domina a história como somente bons escritores o fazem. Parabéns.
06/03/2014 14:31:45
Foi umas das primeiras histórias que li..na verdade todas que vc escreveu já li...adoro o jeito que escreve,e como expõem os detalhes...me inspirou a escrever e a publicar aqui algo que aconteceu comigo.
28/02/2014 21:02:44
Parabéns. Fiquei toda molhadinha.
24/02/2014 13:38:40
Tesão total, adorei, n tem como n ficar de cacete duro ao lê-lo hummmm
23/02/2014 18:22:13
Joyce e Giselle o conto que acabo de ler é sem duvidas o que mais me deixou com tesão, simplesmente fantástico... Parabéns meninas
23/02/2014 10:00:41
maravilhaa!! Quen quiser me mandar fotos, videos , relatos, tudo que tenha aver com sexo fica a vontade : jessvirgens@gmail.com
19/02/2014 14:42:38
delicia de conto...pralá de sensual. fazia muito tempo que não lia nada tão bom!nota 10maximus0357
07/02/2014 12:12:11
Conto delicioso quase gosei so por ler! quem me pegara do geito da Sra, aqui ta o meu email: Arlindohenriquesubisse@gmail.com
07/02/2014 12:08:12
Conto delicioso que gosei so ler, quem me pegara do geito da Sra! aqui ta o meu email: Arlindohenriquesubisse@gmail.com
28/01/2014 21:57:36
Perfeito espero a continuação.
24/01/2014 10:30:12
Belíssimo conto, verdadeiro, sem fugas ou dissimulações, ótimo mesmo...!
21/01/2014 01:35:35
Delicia de conto:) Parabens e muitos anos de fodas loucas...
20/01/2014 17:27:56
Meu Deus. Melhor conto que já li no CDC até hoje! Nem se conseguisse expressar todos os melhores adjetivos do mundo não conseguiria descrever seu conto. Acho que só TESÃO resume tudo isso. O melhor de todos. Meu skype é gabriel.erotico se quiser trocar ideias... Tenho algumas fotos minhas, se quiser! Beijos!
17/01/2014 06:10:29
Otimo Adorei
15/01/2014 15:51:58
sem palavras. Gozei, fui tomar banho, gozei de novo. E so tomei banho depois que acabei de le. Adoraria receber mas relatos seu, adoraria tbm ver sua foto. Meu e mail: marquinho.007@outlook.com
12/01/2014 20:50:41
da hra fiquei ate bati uma agora,ficou mto bom mesmo.escreve mais,sou virgem e tenho 22 anos nunca comi ninguém se quiser conversar comigo estou so me adicionar no facebook: vinitico10@hotmail.comvlw ...
11/01/2014 12:46:23
Nossa que conto excitante e delicioso, quero você e sua filha, são demais! LUSIL - isilva59@hotmail.com
10/01/2014 17:16:47
oii ;) , meu nome é matheus se alguem quiser trocar fotos picantes meu whatsapp é bj meninas ;D
08/01/2014 06:17:33
Que delicia gozei giztozo!
07/01/2014 18:38:31
K história fantástica,vc depois da surra ,virou putana,e ganhou na loteria,pois depois de conhecer o figurão,soube fazer a coisa certa,e soube aproveitar e se dar bem na situação,(coisa rara que muitas daquele meio ñ sabe aproveitar e progredir, fazer um futuro) esse conto serve para muitas cabeça dura por ai,ler,aprender como estar,sair do nada e dar uma reviravolta na vida e se garantir,para ter um futuro melhor,isso regado com muito sexo gostoso ,parabéns. soulegal_edai@hotmail.com. :)
25/12/2013 21:27:24
puxa joyce. Voçê é uma mulher maravilhosa e liberal. Amei a sua história. Até duvido que voçê seja brasileira. Pois a mulher brasileira é muito preconceituosa em relação a incesto. Quanto mais a outras formas de relação. Nós, infelizmente temos um povo bastante atrasado nisso. Enqunto que, em alguns países da Europa é perfeitamente normal as mães fuderem gostoso com os filhos. Voçê é uma mãe nota 10, que apesar de ter passado tantos problemas na vida, soube ser uma mulher de fibra, não esquecendo é claro do tesão que mora dentro do seu corpo, e também mostrando prá sua filha, que falso moralismo não leva ninguém a nada. Parabéns pelo relato.
16/12/2013 18:40:30
Olá, me chamo Julieta. Tenho 18 anos e ainda sou virgem. Amo trocar mensagens safadas, quentes, eróticas, experiências e fotos. Tenho um bumbum guloso registrado em várias fotos aqui. Quer conversar? Me mande emails. julieta18rj@gmail.com
11/12/2013 17:00:09
exelennnnnnnnnnnnnnnnnnnnnte gozeiiiiiiiiiiiiii
09/12/2013 20:22:06
Deliciosamente quente
08/12/2013 14:26:47
Quase gozei ...
04/12/2013 19:22:03
delicia de conto
02/12/2013 20:56:33
Lee um conto e bate uma pensando em comer sua buceta
01/12/2013 10:39:55
delicia de conto
24/11/2013 02:44:39
Nossa, estou sem fôlego até agora!Meu pau endureceu e latejou forte, quase gozei sem tocar nele, de tão excitado que fiquei lendo este seu conto. Parabéns Giselle!
11/11/2013 17:35:15
Uau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Gostaria de ter o pauzão do Pedro dentro da minha bocetona cabeluda,molhei minha calcinha lendo esse relato mega excitante,parabéns e dê uma chupada bem demorada no saco do Pedrão por mim.
31/10/2013 19:05:42
Bom conto, bem carnudo. Sorte do Pedro!
25/10/2013 22:28:28
Delícia de conto! Muito bem escrito!
23/10/2013 03:27:57
Olá, Gigi. Sou alto, boa ap., slim. Gostaria de participar de seu fogo, tenho amigas que também gostarão de vc. O prazer é o limite, sem frescuras, mas com respeito e segurança. sexbizarrecouples69@hotmail.com
17/10/2013 09:40:53
Eu tambem tenho uma pica super grossa e enorme! Amo chupar uma buceta e comer uma mulher mais madura! Seu conto me mata de tesao! Me responde no fernantech@r7.com . . . beijos e lambidas gostosas!!!
14/10/2013 14:54:22
Nossa, fantástico. Parabéns!!!
14/10/2013 14:20:31
Conto espetacular, você narra uma cena de sexo como poucos, envolve totalmente o leitor, parabéns.
14/10/2013 11:56:26
Giselle se quiser me add robsonnn2008@hotmail.com
14/10/2013 11:55:25
Muito quente, surreal e tesudo!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.