Casa dos Contos Eróticos

Desejos

Um conto erótico de Lind@
Categoria: Heterossexual
Data: 08/04/2013 15:47:48
Nota 10.00

Ola, pra quem não se lembra me chamo Linda@ e ja faz tempo que não escrevo por aqui, então vamos lá aos novos acontecimentos na minha vida.

Há tempos conheci um moreno de parar o trânsito, olhos cor de mel, pele morena e uma boca alucinante e com ele tenho tido e aprendido muitas coisas e eu o chamo de " meu professor", afinal foi com ele que aprendi a ser mulher pelna e feliz, mas vamos direto ao assunto rsrs.

Estava a tempos sem ver meu querido professor, então numa tarde de sabado ele me ligou e me falou que tava doido de tesão e queria muito me encontrar, é claro eu coração parou só em ouvir sua voz, e eu teria que fazer de tudo pra ir vê-lo. Sou casada e nada melhor do que ir ao médico nestas horas rsrs ( santos médicos né kk), e agendei uma consulta pra semana seguinte e avisei ao meu querido professor. Ele me pediu pra que eu fosse vestida pra matar kkkkk, nossa não sou assim tão provocante, mas iria fazer uma bela surpresa a ele.

Não sei se isso iria dar tesão a ele, mas sei que eu iria me divertir com isso, tenho uma amiga que é policial e pedi a ela uma farda, com algemas coturno e tudo, menos a arma né, pq ai seria perigoso kkk, ela de pronto me emprestou, ainda bem que somos parecidas de corpo, caiu como uma luva . Me depilei toda pq sei que ele adora uma mulher lisinha e eu estava pronta pra matar, afinal, iria realizar o que ele me pediu e uma coisa que meu moreno adora é comer um cuzinho, e eu sou tarada em dar a ele, pois sabe meter que é uma deliciaaaaaaaaaa...ai ai.

Fui de carro, pois meu marido não podia me ver sair de casa cheia de coisas, ai guardei no carro e sai, marquei num motel no centro, e ele chegou na hora. Logo de cara ele ja ia me pegando , mas eu falei que era pra me esperar deitado na cama que hoje eu que ia mandar, ele adorou. Me troquei e quando sai vestida de policial, ele ficou meio que desconfiado pq pensava em ser algo sensual, convenhamos que farda policial não tem nada de sensual, mas ele não imaginava o que viria depois.

Dei ordem de prisão a ele e comecei a revista, coloquei ele em pé e abri as pernas dele, e falei: Se falar alguma coisa vai entar na porrada seu cachorro tarado, vai saber como é uma policial cheia de tesão agora...

Ele começou a rir e mandei calar a boca, Passei as maõs por todo o seu corpo e é claro no seu pau fiquei mas tempo alisando. Peguei e algemei ele e o joguei na cama, e disse: Agora vai saber como é ser maltratado por mim.

Comecei a tirar a sua roupa, e com a boca fui beijando aquele corpo delicioso, sentindo o pulsar do seu pau crescendo em minhas mãos, e fui alisando ele com a ponta da língua, e logo o deixando louco de tesão. Adoro provocar um homem kkk isso me exita muito.

Tirei completamente sua roupa e pude ver quão delicioso ele é, e me despi bem devagar pra ele ficar louco de vontade, e olha que ele estava mesmo rsr. Coloquei ele sentado e fiquei em pé na cama, e mandei ele chupar minha xana com vontade e esfregava na cara dele, rebolava minha bunda pra ele ver e ficava provocando ele cada vez mais, chupava, lambia ele todo e não o deixava tocar em mim. Me sentava em cima do seu pau duro, cavalgava muito e quando ele tava quase esplodindo saia e ficava olhando ele nossa, o homem tava doido rsrs

Ele me implorava pra tirar as algemas, então soltei ele, e pra minha alegria ele me devorou literalmente me fazendo ter tantos orgasmos que minhas pernas tremem só de pensar nisso, lembrar em como foi bom ficar com esse homem por algumas horas. Adoro..

Beijos Linda@

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/05/2015 18:40:05
Gostei do alerta, Linda. Agora, quando minha mulher falar que vai ao médico, preciso ficar esperto. Rss. Conto delicioso e pena que moro longe do Rio. Senão, eu ia querer também receber voz de prisão, ser algemado e ficar horas... em seus braços. Beijão!