Casa dos Contos Eróticos

MINHA TIA FEZ EU DAR O CABAÇO PRO MEU TIO !

Autor: TETE
Categoria: Grupal
Data: 10/12/2012 01:07:11
Última revisão: 07/09/2017 07:52:56
Nota 9.94
Ler comentários (36) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Até aos 17 anos morei em um pequeno sitio com minha família em uma cidade pequena do interior.

A vida se resumia em estudar e ajudar nos afazeres domésticos.

Nada de diferente acontecia naquela cidade, a não ser de vez em quando algum baile ou casamento que dava uma agitada naquele marasmo.

Namorar era complicado, pois quase todos se conheciam e não dava pra galinhar muito principalmente por causa da língua dos fofoqueiros.

Eu sentia um fogo intenso nos meio das coxas que só conseguia acalmar me masturbando antes de dormir.

Durante os bailes já tinha beijado uns 3 rapazes e eles colocavam minha mão em cima do pinto deles pra a gente pegar. Eu disfarçava como que não quisesse pegar de jeito nenhum, mas aproveitava pra sentir como era. Só de tocar e sentir aqueles volumes minha xoxotinha até mordia a calcinha ficando toda molhada.

Certamente desejava “brincar” bem mais com os rapazes, mas por ser uma cidade tão pequena não podia me arriscar a ficar “mal falada” como já tinha visto acontecer com outras garotas.

Ser chamada de biscate e galinha não era muito agradável.

Mas então aconteceu uma coisa que ia mudar minha vida completamente.

Minha mãe tinha uma irmã mais nova que morava na capital e depois de alguns anos sem se verem ela apareceu de surpresa em nosso sitio para visitar a gente.

Renata era o nome de minha tia, tinha 31 anos e era uma mulher que além de muito bonita se vestia com roupas finas, sem contar que veio com um carro de luxo e se notava que devia estar muito bem de vida.

Tia Renata havia se casado com um homem dono de uma rede de loja de tintas e também se formara em advocacia. Realmente tinha uma vida tranqüila e muito confortável.

Durante uns 3 dias titia ficou no nosso sitio e deu pra perceber que ela era uma mulher muito alegre e divertida. Minhas lembranças sobre tia Renata era poucas, pois sempre havia morado distante de nossa cidade.

Como estava na época de natal ela comprou vários presentes pra toda família e voltou pra capital.

Depois de alguns dias mamãe me chamou e disse que Tia Renata tinha falado com ela que se quisessem me mandar estudar na capital me ajudaria, pois ali naquela cidade pequena não teria muitas opções.

Não consegui disfarçar a felicidade de ouvir o que minha mãe dizia e logicamente concordei rapidamente em aceitar aquela oferta tão promissora. Afinal além de poder viver em um lugar bem legal ainda poderia estudar e me formar e ter uma excelente profissão. A única coisa que eu deveria fazer em troca era ajudar titia no que ela precisasse. No começo do ano mamãe me colocou num ônibus e fui pra casa da tia Renata na capital.

Logo que cheguei à capital percebi que ela era uma mulher bem de vida.

O apartamento em que morava era luxuoso e enorme.

Quando conheci Tio Vitor vi que ela tinha dado sorte na vida, pois além de ser um homem de 35 anos muito bonito e cheio de grana era também extremamente simpático.

Com 17 pra 18 anos tinha 1.70 m., branca de cabelos negros, magra, seios médios ainda se desenvolvendo e com uma bunda que apesar de pequena era bem saliente, certamente iria crescer um pouco mais.

Minha xoxotinha era bem cabeluda com um grelinho bem saltado provavelmente de tanto me masturbar.

Tia Renata usava cabelos loiros longos, seios grandes, bunda bem arrebitada, coxas grossas e gostava de usar roupas bem justas e provocantes.

Logo percebi que também era bem liberal e tarada, pois vivia se esfregando no maridão.

Dava pra notar que tio Victor era safado igual minha tia.

Quando estava perto dela suas mãos não perdiam uma chance de dar umas alisadas além de viver encoxando àquela bunda enorme dela.

Rapidamente percebi que o casal era bem tarado, pois algumas vezes quando estavam se beijando ou trocando caricias e eu chegava perto deles continuavam numa boa sem se importarem com minha presença.

Em pouco mais de um mês minha vida mudou radicalmente.

Titia me levou em um shopping e comprou um monte de roupas bem legais pra mim.

Passei a me sentir toda gostosa e sexy com mini-saias e vestidinhos curtos, sem contar as calcinhas fio dental que tia Renata me fez usar dizendo que calcinhas grandes só as mulheres feias é que usavam.

O carnaval se aproximava e fiquei toda excitada com a idéia de assistir desfiles e talvez ir a algum baile. Quando comentei isso com titia ela disse que com certeza iríamos a algum baile no clube que eram sócios, pois tanto ela quanto Tio Victor adoravam carnaval.

Três dias antes do carnaval tia Renata me chamou pra irmos comprar nossas fantasias de carnaval.

Logo notei que iríamos praticamente seminuas para os bailes. Ela escolheu umas túnicas brancas bem curtinhas que mais mostravam do que escondiam nossos corpos. Quanto experimentei a minha simplesmente adorei, me senti extremamente sexy.

Titia até brincou dizendo que vestidas daquele jeito com certeza iríamos ser muito “apalpadas e encoxadas” durante todo o baile.

Quando perguntei se tio Vitor não ira achar ruim ou ficar com ciúmes por causa daquela roupa sorriu dizendo:

-Que nada Pâmela...teu tio além de muito liberal...é muito safado...ele vai é gostar muito...vai ficar me bolinando a noite inteira...desde quando nos conhecemos ele sempre foi assim...bem maluco...e tarado...também gosto de loucuras...adoro safadezas...vc já deve ter percebido né? Mas me fala uma coisa...vc quer pegar uma roupa mais comportadinha que essa pra ir para o baile?

-claro que percebi que vc e tio Vitor são bem louquinhos. RSS! De jeito nenhum...quero ir com essa roupinha mesma! Adorei! Achei que fiquei...super sexy! Na minha cidade eu nunca poderia usar uma roupa assim... aqui...quero aproveitar. RSS.

-to vendo que minha sobrinha...é bem safadinha...igual à tia! Gosta de deixar os homens com tesão né?

-bem tia...eu não sei direito o que quero...mas quero aproveitar bastante agora! Ainda mais junto com vc! Eu te acho super linda...quero ser um mulherão igual vc!

Caímos em risos e a conversa continuou reveladora e bem intima.

Aproveitei e resolvei perguntar tudo que tinha duvidas principalmente sobre sexo e tia Renata bem tranqüila me orientou em tudo me deixando completamente à vontade. Depois de nossa conversa Tia Renata disse que tinha perdido a virgindade durante o carnaval quanto tinha 18 anos e brincou dizendo que será que isso iria acontecer comigo também?

Completamente à vontade com ela depois de toda nossa conversa sorri toda safadinha e disse:

-tia...isso eu não sei...mas...de verdade já to meio cansada de ficar me masturbando. Sou obrigada a confessar...morando aqui...não sei quanto tempo vou conseguir resistir...sendo virgem!

Depois dessas confidencias as conversas entre eu e tia Renata passaram a ser bem mais abertas me trazendo mais confiança e logo chegou o dia do baile.

Coloquei minha túnica e como tinha um cinto dava pra regular a altura deixando-a mais curta ainda. Por baixo uma calcinha fio-dental branca e nos pés uma sandália de tiras para combinar. Quando sai do quarto tia Renata e tio Victor estavam na sala tomando um drink e quando me viram sorriram e me elogiaram dizendo que eu estava linda. Aproveitei e elogiei dizendo que eles seriam o casal mais charmoso do baile.

Tia Renata estava super sexy com aquelas coxas grossas todas de fora e ela tinha deixado a túnica hiper curta com cinto e a popinha de sua bunda enorme estava aparecendo e brinquei dizendo:

-nossa tia...teu bumbum tá metade de fora...e seus seios então sem soutien...está de arrasar...Tio Victor vai ter que ficar de olho...os homens vão ficar loucos...vão querer te agarrar!

Ela então deu uma rebolada mostrando toda a bunda com uma minúscula calcinha fio dental vermelha enterrada na bunda e disse toda sensual:

-Teu tio...gosta de mostrar que tem uma mulher bonita e gostosa...ele sabe que tem uma mulher...safada e fiel!

A alegria tomava conta e logo titia me deu um drink dizendo que era pra eu tomar e dar uma relaxada.

Só sei que antes de sairmos acabei bebendo mais 2 drinks e senti que meu corpo deu uma esquentada legal e fiquei até um pouquinho “alta”.

Tio Victor vestiu uma túnica igual a nossa, logicamente um pouco mais comprida, mas estava bem sexy.

Logo que entramos no baile vi que aquilo seria uma loucura, tinha gente demais e o barulho era infernal. Estava cheio de gente bonita e tinha muitas mulheres de biquínis e rapazes só se sunga. Eu achava que estávamos quase pelados, mas logo percebi que tinha muito mais gente com menos roupa que nós.

Saímos pulando no salão e vi que titia tinha razão, em menos de 20 minutos ali levei tantas encoxadas e passadas de mão no corpo todo que perdi a conta, mas estava adorando e toda safada também já tinha passado à mão em alguns rapazes.

Tio Victor e Tia Renata eram bem safados pois ambos bolinavam e eram bolinados por foliões e folionas e dava pra notar perfeitamente que a sacanagem rolava solta.

Apesar de um pouco alta pela bebida eu prestava atenção em tudo ao meu redor.

Estava uma delicia sentir aqueles corpos se esfregando no seu. Teve dois mais ousados que enfiaram o dedo pelos lados da minha calcinha e por pouco não meteram o dedo na minha xoxotinha virgem que não demorou nada pra ficar toda meladinha.

Depois de meia hr. resolvemos subir e ficar no mezanino que havia nas laterais do salão. Acabamos ficando ao lado de uma coluna, quase nem dava pra se mexer de tanta gente. O calor era infernal mas ali naquele mezanino como havia grandes vitrôs e tinha uma corrente de ar ajudava a dar uma boa refrescada.

Titia ficou na frente do Tio Vitor e era encoxada por ele. A safada olhava os foliões lá embaixo dançando e rebolava toda sensual. Encostada juntinha aos dois assistia a sacanagem deles. Tio Vitor encoberto pela coluna ao lado e por mim já enfiava a mão entre as coxas de Tia Renata que jogava o bundão pra trás toda sensual. Titia de vez em quando olhava pra mim sorrindo toda safada e foi então que ela chegou a meus ouvidos e disse:

-Pâmela...vc não vai acreditar...mas teu tio é muito tarado...ele tirou o pau pra fora da sunga...e enfiou no meio das minhas pernas...não sai daí...dá cobertura...pra gente...meu anjo...que marido louco eu tenho.

Fique ali rebolando ao som do batuque e fazendo o que titia pediu, encobrindo a safadeza dos dois...logo senti uma mão apertando meu bumbum...olhei pra trás e vi que era um rapaz até bonito que tentava me bolinar. Nem me importei e continuei rebolando ao som das marchinhas que se sucediam. Logo senti o pau do rapaz bem duro esfregando no meu bumbum. Não era muito grande mas do jeito que estava com tesão estava adorando o contato e tia Renata toda safada ao perceber o que tava rolando ali comigo veio em meus ouvidos e disse:

-a safadinha da minha sobrinha...tá deixando o rapaz tá fazendo o mesmo que teu tio tá fazendo comigo... é?

-claro...que não titia...vc falou que o tio tá com o pau no meio de suas coxas...o rapaz tá só esfregando o pau no meu bumbum...por cima da roupa!

-pera ai...que vou fazer uma brincadeira bem safada com ele...vou pegar no pau dele...pra ver se ele tá pra fora!

Titia era completamente maluca e logo senti a mãe dela deslizando entre meu bumbum e o pau duro do rapaz e logo ele desencostou de mim...e titia voltou a falar em meus ouvidos toda sensual:

-Pâmela...o rapaz tem um pau pequeno...acho que esse ai não vai conseguir acalmar o tesão da minha sobrinha...mas põe a mão pra trás...pega no pau dele...brinca com ele um pouquinho...ta bem durinho.

Fiz o que titia mandou e peguei pela primeira vez em um pau sem roupa...estava duro como ferro e com a cabeça toda babada. Olhei pro lado e vi que tia Renata e Tio Vitor me olhavam com olhares bem safados e nem me importei e também sorri toda maliciosa. Não demorou nem um minuto e senti que o rapaz começou a gozar. Tirei a mão rapidinho pra não ficar toda melecada e logo ele saiu de trás de mim e titia voltou a falar em meus ouvidos:

-Não deu nem tempo de vc brincar muito né...minha sobrinha pegou um pau que além de pequeno...tinha ejaculação precoce...mas era um rapaz muito bonito.

Sorri concordando e logo comecei a sentir outro atrás de mim e titia voltou a falar comigo dizendo:

-Pâmela...esse que tá encostando atrás de vc agora é um barrigudo muito feio...esse não dá! Mas...vou ao banheiro fazer um xixi e não demoro...fica na frente do teu tio...que ai ninguém vai te perturbar...só tem que tomar um pouco de cuidado...com o pau do teu tio...estava duro até agora a pouquinho...mas não se preocupe...ele não vai fazer nada que vc não queira. RSS. Já volto!

Até pensei em pedir pra ir junto mas achei que ela não queria que eu fosse junto e quase automaticamente titio me abraçou por trás e me segurou forte dizendo:

-humm...to vendo que hj vou ser um dos homens mais felizes...estava abraçado com a mulher mais linda e agora estou abraçando a garota mais linda desse baile! Agora não vou deixar mais nenhum safado tarado encoxar minha sobrinha maravilhosa!

Sorri toda feliz e não demorou nem 5 segundos pra sentir um volume enorme no meu bumbum. Titio se esfrevaga sem pudor atrás de mim. A musica fazia meus quadris rebolarem sem parar. O contado daquele volume em minha bunda parecia que tinha me eletrificado e então tio Vitor me segurando firme encostou os lábios em minhas orelhas e disse todo safado:

-garota...vc rebola muito gostoso...uma delicia...to vendo que vc puxou muito sua tia...parece que nem tem ossos...será que vc...é tão safadinha quanto ela?

Ao nossa lado tinha um casal que se agarrava como loucos também...meu corpo estava tomado pelo tesão...estava delicioso sentir titio colado em meu corpo e em segundos senti sua mão deslizar entre minhas coxas. Ele puxou minha calcinha para o lado e logo dedilhava meu grelinho todo duro e saltado. Minha xoxotinha ensopou de uma vez e então ele disse todo sensual em meus ouvidos:

-Pâmela...vc é muito safadinha igual tua tia...vc é uma putinha deliciosa...que bucetinha molhada...que menina mais tarada...rebola...bastante...não para...putinha...deliciosa...vai ficar mais gostoso...rebola!

Logo senti um pau enorme grosso e quente entre minhas coxas...ele tinha feito o que tinha feito com titia. Quase desfaleci de prazer sentindo aquilo tudo esfregando na minha bucetinha. Só o tecido fininho da calcinha separava minha xoxotinha virgem daquele pau delicioso e ele então continuou todo sensual:

-pega no meu pau putinha...segura forte contra sua bucetinha...rebola putinha...mostra pro tio que tá gostoso...

assim...rebola safada...mexe...humm...que grelinho grande...que vc tem...tá duro...igual meu pau...safada!

Suas mãos deslizavam por todo meu corpo...e quando menos percebi tia Renata estava ao meu lado. Quando assustei e pensei em me afastar de Tio Vitor ela disse em meus ouvidos:

-que sobrinha safada eu tenho...sua tarada...gosta de pau grande né vadia...esse vc deixou enfiar no meio das pernas...safada...agora continua...vai...rebola...vadiazinha safada!

Logo sentia as mãos dela me bolinando também e então ela disse toda sensual:

-abaixa a calcinha...Pâmela...pra sentir o pauzão bem gostoso...do jeito que vc quer! Vai putinha...faz isso!

Em instantes a calcinha estava no meio das coxas...e quando senti aquela cabeçona quente se esfregar no meu grelo inchado...gemi...e gozei escandalosamente. Quase gritei de prazer. Minhas pernas ficaram bambas e quase cai no chão. O tesão que tinha sentido era uma coisa quase inexplicável e muito intenso.

Depois de alguns instantes me recuperei e então tia Renata me abraçou e disse toda carinhosa:

-vc é uma putinha muito safada...tá louquinha pra perder o cabaço né...putinha safada?

Nem me importei com o que ela pudesse pensar de mim e respondi toda tesuda:

-tia...vc sabe muito bem...o que eu quero...não vou mentir...to prontinha pra ser mulher...quero um pau...bem grandão...dentro da minha xoxotinha!

-e tenho certeza que esse bem grandão que vc tá querendo é do Vitor né safada?

-sim...tia...mas vc sabia que isso ia acontecer...vc que mandou ficar na frente do tio...ele me agarrou e...

Tia Renata não demorou muito pra sugerir que fossemos embora dizendo toda safada que o baile de carnaval que iria rolar no nosso apartamento seria bem mais gostoso.

E isso aconteceu logo que entramos no apartamento.

Tia Renata já foi tirando a fantasia ficando completamente nua e tio Vitor fez à mesma coisa se sentando no sofá da sala. Quando olhei pra aquele pau pude ver perfeitamente que ele era magnífico, grande e bem grosso com uma cabeça toda brilhante enorme. Titia se ajoelhou entre as coxas dele e começou a chupar com prazer aquele pauzão e logo em seguida se virou pra mim que ficara ali de pé assistindo os dois e disse toda sensual:

-o que tá fazendo ai de pé...putinha safada...tira essa roupa e vem me ajudar a chupar essa pica...sua vadia!

Nem esperei mandar novamente e logo fiquei nua e quando me ajoelhei ao seu lado ela já me pegou pelos cabelos e me fez cair de boca naquela pica enorme que quase não cabia em minha boca. Mas isso não impediu que eu procurasse enfiar o maximo daquele monumento na minha garganta me fazendo até engasgar.

Pela primeira vez eu tinha uma pica entre meus lábios e o calor e o sabor era inebriante.

Tio Vitor então disse todo tesudo:

-hummm...que boquinha gostosa tem nossa sobrinha putinha...virgem... mas já sabe como engolir uma vara ...que delicia...assim...continua sua safada...engole a vara do tio...enfia bem no fundo da garganta...ahhh!

Foi então que senti uma língua deslizando deliciosamente na minha xoxotinha. Titia lambia minha xaninha com volúpia sugando meu grelinho durinho. Gemi alto e rebolei na boca da safada. Logo ficou mais gostoso ainda quando senti que titia me dava uns tapas no bumbum. Doía mas me dava mais prazer e passei a gemer ainda mais forte e sem perceber sussurrei toda safada:

-ahh...tia...que delicia...não para...to adorando sentir sua boca na minha xoxotinha...ahh...vou...vou gozar..ahh!

Gozei gritando sem pudor e titia aproveitava pra bater forte no meu bumbum. Apesar de arder bastante aquilo aumentava meu tesão e rebolei como uma vadia insaciável.

Logo titia saiu de trás de mim e se sentou na minha frente no lugar do tio Vitor e abrindo as pernas disse toda tarada:

-agora é sua vez putinha...chupa minha bucetinha vadia...adoro sentir boca de garotas lambendo meu grelo...eu quero gozar...chupa vadia...chupa bem gostoso...

Com certeza fiz o que ela queria e apesar de nunca ter feito aquilo tive certeza como fazer titia sentir prazer pois lambi com volúpia aquela bucetinha toda melada. Ela rebolava e gemia bem alto. Logo senti a língua do tio Vitor em minha xoxotinha também. Eu chupava titia e era chupada pelo titio. Que safadeza deliciosa.

Foi então que ouvi a voz toda tesuda de tio Vitor dizendo:

-Ta na hora de minha sobrinha putinha levar vara na buceta...vou tirar esse cabacinho...pra vc virar uma putinha de verdade...

Ele encaixou aquela cabeçona na portinha da minha xoxotinha virgem e sem frescura foi enfiando aquela pica enorme dentro de mim. Dei um grito quando meu cabaço foi rompido, mas logo a dor se transformou em prazer e recebi aquele pauzão majestoso dentro da minha xoxotinha passando a rebolar sem pudor. Tio Vitor metia sem dó, me comia como uma puta tinha que ser comida...e dessa vez os tapas no bumbum eram bem mais fortes e ele dizia todo tarado:

-rebola...vadia...puta safada...rebola na minha vara...vadia...dá gostoso pro teu macho...vagabunda gostosa!

Titia segurava meu rosto de encontro a sua xoxota e se esfregava completamente tomada de tesão dizendo:

-isso...assim...vadia...rebola na pica do tio...vagabunda safada...dá essa buceta...sua vadia...vou gozar! Ahhh!

Logo tio Vitor deu um urro e tirando a pica de dentro de mim gozou em minhas costas. O calor daquela porra escorrendo sobre meu corpo me fez sentir um prazer louco e gozei de uma maneira incrível! Titia se convulsionava em meu rosto, parecia que mijava de tanto liquido que saia de sua buceta.

Ficamos ali no tapete e no sofá ofegantes durante um bom tempo até todos se acalmarem.

Só então percebi que tinha saído bastante sangue do meu cabacinho e logo titia me levou até o banheiro e tomamos banho juntas. Tio Vitor foi a outro banheiro.

Logo tia Renata e eu passamos a conversar bem tranqüilas e ela perguntou se estava tudo bem comigo, se tinha gostado de tudo, talvez um pouco preocupada com minha reação depois de toda aquela safadeza. RSS. E então eu disse toda safada:

-tia...foi tudo maravilhoso...adorei...tudo que aconteceu...eu queria...e vou querer muito mais. RSS.

Tia Renata me abraçou e me deu um beijo de língua fantástico que fez minha bucetinha melar novamente e então me disse toda sensual:

-eu tinha certeza que vc seria uma putinha perfeita...quando bati os olhos em vc...e tenho certeza que vamos aprontar muito...juntas...adorei transar com vc...minha sobrinha...vc foi deliciosa...e muito safada!

Logo comecei a participar de muitas festas eróticas que tio Vitor e tia Renata participavam. Em um mês transei tanto e de todo jeito que nem dava tempo de descansar. Mas logo percebi que aquilo é que desejava pra minha vida. Muito sexo e muitas orgias deliciosas.

Minha vida era composta de duas coisas importantes. Sexo e estudo intensivo.

Com 23 anos me formei advogada e tudo caminha maravilhosamente bem ao lado de tio Vitor e tia Renata.

Outros contos do TETE acessem meu perfil:

http://www.casadoscontos.com.br/perfil/150463

Se quiserem entrar em contato:

skype: tete-cp1

Comentários

03/10/2017 09:38:22
ótimo conto.. fico puto de tesão ao ler.. e com vontade de conhecer esse tipo de mulher safada as vezes sendo uma evangelica, crente..comprometida ou mulher que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (47,92,12,64,11)(quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze
05/09/2017 21:18:49
show
g7p
05/09/2017 19:47:42
que delicia de incestogozeiiiiii gostoso demais
03/09/2017 17:45:15
adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii 1000
03/09/2017 17:40:41
muito bom 10 é pouco
03/09/2017 17:35:42
adooooroooo incestos de todos os tipos taradaaaaaaaaaaa
03/09/2015 20:51:27
mais uma maravilha
06/05/2015 22:48:48
Show
29/09/2014 15:00:44
Delicioso esse conto.
22/06/2014 09:56:49
Esse conto é bom demais!
02/05/2014 07:16:53
Grande sena contaram-me pelo imeil fbrownmc49@gmail.com
17/02/2014 09:00:40
olha meu whats
05/02/2014 16:08:19
Apresentação Carlos um homem bem adiante do meu tempo. Três amigos Carlos, Marta, Fabiano que curtem sexo, não desejamos expor nossa imagem em casas de swing, clubes ect, porque não expor nossa imagem, como tantos fazem um dos motivos digamos que pertencemos a um seguimento religioso e desta forma com dogmas a ser seguidos. Penso que como nos algumas pessoas tem seus motivos e não podem se expor, adoram sexo desejam sexo todos os dias, mas não desejam expor sua imagem na rede ou em circuito fechado pois podem vazar para rede. Então resolvemos nos organizar dentro de uma irmandade, não inventamos nada apenas aprimoramos o que já existe, vejamos mesmo no século 21 temos sociedades fechadas. Por outro lado temos pessoas com relacionamento estável, Mulheres, noivas com namorados, casadas, Homens casados com aproximadamente entre 1 a 50 anos de relacionamento estável, uma família estruturada, mas que o parceiro (a) já não rende tanto como antes creio que você entendeu, estas pessoas desejam apenas sexo, e seu parceiro não aceita outra pessoa cito sexo a três, estes casais não desejam terminar seu relacionamento nem pensão em terminar, como resolver este dilema dentro de uma Irmandade. Solteiras e Solteiros são bem vindos, nosso filosofia de vida sexo com respeito, segurança, (sem o valor financeiro como moeda de troca) sexo sem pagamento, sexo por prazer e afinidade, sexo por amizade. Etnia são todas bem vindas, sua cor, seu porte físico, seus quilinhos a mais ou a menos, sua beleza física, não somos amigos de pessoas usando este critério, então não se preocupe para nos o mais importante e seu caráter, seja você travesti, mulheres bissexual, Passivos. Século 21 temos mulheres e homens que desejam sexo com segurança e ficam em duvida aonde buscar este prazer com total privacidade de sua imagem, dentro de uma Irmandade vocês vão ter. OBS, todos sem exceção são bem vindos a Irmandade seja bem vinda, seja bem vindo a Família. Primeiro contato por e-mail não coloque seu e-mail em nosso perfil, pois desta forma você se expõe, seu endereço virtual e todos ficam sabendo e passam a ter acesso a você. Tem duvidas pergunte franciscobsbdf@gmail.com Um abraço Carlos. Em prevê nosso site Perguntas francisco69bsbdf@gmail.com ou bsbdfconfidencial@gmail.com
27/01/2014 23:34:18
Ótimo conto, bati uma punheta imaginando que te fodia. Faça-me uma visita bjos
27/01/2014 23:31:24
Otimo conto, bati uma punheta pensando que te fodia
10/01/2014 17:18:45
oii ;) , meu nome é matheus se alguem quiser trocar fotos picantes meu whatsapp é bj meninas ;D
08/01/2014 00:23:36
Gostei muito também. Você escreve de forma bem envolvente. Parabéns, moça!
19/12/2013 22:41:58
maravilhoso seu conto adorei
13/09/2013 23:57:30
nota mil
09/09/2013 01:09:04
uau
16/06/2013 14:56:10
garotas do litoral d sp q quiserem gozar e so me add: loironick69@hotmail.com
02/06/2013 00:53:49
Perfeito seu conto e muito quente. Explodi de tesão só de imaginar
26/05/2013 18:32:44
GOstaria d tar n lugar d teu tio
09/05/2013 18:57:18
Mto bom. Acesse: http://x-tudotudotudo.blogspot.com.br/
11/02/2013 00:04:50
maravilhoso seu conto...
16/01/2013 11:06:56
adorei seu conto, fiquei d pau durogarotas do litoral d sp e demais localidades q quiserem realizar suas fantasias e gozar ben gostoso e so me add no msn: loironick69@hotmail.com
12/01/2013 02:40:07
Q gostoso, me melei todinha
28/12/2012 10:54:43
Excelente conto!
25/12/2012 08:23:28
Melei completamente e tive que procurar um grelinho imaginando ser o seu.
24/12/2012 17:21:04
Muito bom!
AFL
22/12/2012 07:00:13
Estou adorando seu contos. ..
21/12/2012 00:11:26
muito bom delicia de ler
h.m
10/12/2012 11:46:53
Fiquei muito excitado...
10/12/2012 05:37:37
Esperamos pela continuação, pois, pelo jeito, o cabacinho do cuzinho ainda vai ser perdido, e com prazer, né? Escreva logo, pois estamos aqui para ler mais uma obra-prima. Nota 10.
10/12/2012 02:14:43
super delicioso o seu conto minha linda gostosa. Passa o seu msn pra mim por favor !!!!
10/12/2012 02:06:40
Adorei pena q só n gosto de ser com parentes,mas qria chupar seu grelo,fiquei tesuda em vc....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.