Casa dos Contos Eróticos

Casal escravo 2

Autor: Coringa
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 29/11/2012 21:54:38
Nota 9.50
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuando o conto anterior, a Ro me olhava espantada e eu fiquei morrendo de vergonha, fui me tapar, mas o André puxou a coberta e disse, deixa de frescura viadinho, ela já sabe que vc agora é corno e viado e agora vai me servir na frente dela, vem aqui e me chupa, e chupa bem gostoso como fez com os meus capangas, fui para a frente dele e tive que ficar de 4 na cama para conseguir chupar, tirei o pau dele para fora das calças e notei que ele estava todo vermelho, imaginei que de tanto comer a Ro, larguei o pau e abocanhei sem colocar as mãos, pegando com a boca de baixo para cima, ele me pegou pela cabeça e elogiou meu desempenho e mandou a Ro me ajudar a chupar, nisso ele manda a Vitória ir no meu cu e me chupar, e fuder meu cu com os dedos para me preparar para ele, eu e a Ro nos deliciando com aquele pau entre as nossas bocas, chegávamos a chupar juntos, um de um lado e ou outro do outro, nos beijando qd terminava o pau, ele saiu e foipara trás de mim, e falou que meu cu estava muito arregaçado, meteu de uma vez só, dei um grito, nisso ele mandou eu chupar a RO e a Vitória, as duas pararam na minha frente, uma em cima da outra se beijando e de pernas abertas para mim, onde chupava elas com o André me comendo, os capangas foram para elas e deram o pau deles para elas mamarem, no final mandaram nós três ficarmos com os rostos um próximo dos outros e gozaram nas nossas bocas, mandaram a gente se beijar, nos beijamos e trocando a porra entre a gente, depois fomos tomar banho e o André me mandou vestir uma calcinha e um vestido da Ro, que as duas iam me ajudar a ficar bem feminina e os 3 foram para a sala, tomamos um banho os 3 e tentei comer elas, mas a Vitória avisou que agora em diante somente com a autorização do André, e o pior que tentei beijar a Ro e ela desviou o rosto, dizendo que não podia, perguntei o pq daquilo, e ela disse que ele foi bem claro, que de agora em diante, somente com a ordem dele, até mesmo comigo. Me deu um frio na barriga com aquilo e aproveitei e perguntei para ela se ela estava brava, envergonhada, ou decepcionada comigo? Ela me disse que no começo estranhou meu jeito, mas foi gostando em ver que eu estava gostando de ser putinho, que gemia dando a bunda como nunca tinha gemido com ela, mas que estava feliz e que estava satisfeita também com a situação dela, que parece que tinha nascido para ser submissa, que nunca tinha gozado tanto na noite anterior, chegou a chorar de tanto gozar, me bateu um ciúmes, mas também feliz por vê-la assim. Fomos ao quarto onde as duas escolheram um vestido bem curto, um baby doll preto, eu já estava depilado da noite anterior, mas a Vitória disse que ia agendar uma depilação a cera para mim, me deram uma meia calça, a coloquei e me deram uma calcinha bem cavada, a coloquei por cima da meia calça, elas enfiaram na minha bunda a meia calça e atolaram a calcinha no meu rabo, me sentaram e começaram a passar pó no meu rosto, pintaram meus olhos, batom, me olhei no espelho e me achei bem feminina, nem me reconheci. A Ro me abraçou e me disse no ouvido que ainda me amava, que tinha ficado linda e era para aproveitar e me soltar, que queria me ver bem putinha, ai a Vitória disse que faltava uma coisinha, o salto, coloquei um que não fechava atrás, pois não tinha do meu tamanho, sai caminhando todo errado, me deram umas dicas e em pouco tempo rebolava muito ao caminhar, a Vitória falou para a Rosana, ele pegou rapidinho, esta perfeita, vamos descer, elas só colocaram uma calcinha com cinta liga e sem sutiã. As duas foram na frente e mandaram eu esperar, ligaram o som, e numa música bem sensual o André gritou mandando eu descer. Comecei a descer a escada, estava os dois capangas no pé da escada me esperando pelados e no sofá estava sentado o André com a RO e a Vitória ajoelhadas ao lado dele, com a Ro masturbando ele bem devagar, como se estivesse fazendo carinho, não aquela punheta para endurecer ou gozar, só para ficar fazendo carinho. Ela me olhou rindo e aprovando o que via, e o André ficou de boca aberta me vendo e dizendo, nossa, não imaginava que iria ficar linda desse jeito Priscila.

Olhei para os lados procurando a Priscila, quando um dos capangas estendeu a mão e disse, vem Priscila, ai que entendi que era o meu nome de fêmea, estendi a mão, ele me pegou como se fosse uma mulher mesmo, me levou até o centro da sala e o André mandou eu dançar, bem sensual e como uma bela putinha, tentei dançar, rebolar bastante, mas estava muito duro, ai ele mandou a Vitória me ajudar, ela se levantou, me pegou pela cintura e me fazendo recrebar bem a cintura, ela me abraçou bem agarradinha e me pegando pela bunda rebolava junto comigo, ai o André me avisou, que se fizesse direito ele deixava eu beijar a Vitória e até pensaria se deixaria eu comer ela e a Rosana depois, ao olhar para ele, vi a Rosana sentada no colo dele, com ele metendo o dedo no cu dela e ela beijando seu pescoço e o punhetando, ele deu uma risada debochada, e disse quer ver o que eu faço com essa cadela, mandou a Ro se submeter, ela se levantou e deitou com a bunda para cima no colo dele, e ele começou a bater na bunda dela, e me disse enquanto vc demorar para me seduzir, ela vai apanhar, e falou para a Vitória que podia me dar um incentivo, ela veio a minha boca e me beijou, comecei a rebolar, e nisso sinto alguém por trás de mim, era a Ro e atrás da Vitória estava o André, que me pegou pelos cabelos e me puxou ao seu encontro e me beijou, dentei me afastar, mas a Ro falou em meu ouvido, beija amor, beija por mim, esquece que é homem, hj vc é uma puta igual a mim, ai me entreguei, o meu pau estava muito duro, a Ro levantou minha saia e baixou minha calcinha e a meia calça e começou a lamber meu cu e a Vitória chupando o André, nós 4 no meio da sala nos pegando, ai o André mandou eu mamar ele, comecei a chupar muito, e o pior que sentia prazer em fazer isso, e o vendo de pau duro por minha causa, me senti honrado, quer dizer, honrada, ele me pos de 4 e foi para trás de mim e meteu sem dó, e começou a me fuder e dando tapa na minha bunda, dizendo que tinha certeza que isso iria acontecer, os capangas vieram e me deram os paus para eu chupar enquanto a RO e a Vitória estavam num 69, qté que depois os dois capangas pegaram as duas e comiam elas, depois as trocavam, faziam DP nelas, enquanto o André só meu comeu naquela noite até gozar no meu cu, tirou o pau todo gozado do meu cu, sentou no sofá e me mandou chupa-lo e deixa-lo bem limpo, ele estava sujo de merda e fedendo, ele pegou a minha saia e deu uma limpada e mandou eu ficar chupando, mas não deixou eu gozar, quando os dois estavam para gozar, ele mandou eles vim me dar o leite, pq esta noite era minha, mandou eu tomar tudo, gozaram e tomei tudo, desta vez as duas ficaram com os capangas e eu fui dormir na casa dele, chegamos La ele me mandou dar um banho nele, o lavei todo, fiz a barba dele, mandou eu me ajoelhar e começou a mijar em mim, desviei o rosto e ele mandou eu abrir a boca evirar para ele, ele mirava na minha boca, até que ele parou, ai mandou eu chupar ele, e qd estava chupando, ele deu mais umas esguichadas de mijo e segurou minha cabeça e mandou eu engolir, engoli o resto, o sequei, e fomos para o quarto, La tinha uma gaiola mais ou menos de 1 metro x 1 metro, mandou eu entrar de 4, fechou a porta ficando com as pernas de fora e com a bunda encostada na grade e o queixo tinha um encosto, tipo qd vamos fazer exame dos olhos, em que apoiamos o queixo, fiquei assim sempoder me mecher, e ele veio e meteu um plug com uma mangueira no meu cu, e começou a bombear ele, dentro do cu, aquele plug foi inchando e doendo muito até que ele o manteve assim, ai ele ligou a TV e colocou um filme pornô, mas ao ver o filme, reconheci o quarto e os atores, era ele e a mulher era a Rosana, ai ele me disse, agora vc vai ver como eu a adestrei, ela estava na mesma jaula e ele estava fudendo ela, acho que era no cu, pois estava longe a imagem, e o pior que a Ro não gostava de me dar o cu para mim, e pelo que vi antes, ela nem reclamava mais, depois de fude-la muito, a tirou da jaula e ouvi ele dizer para ela, que se ela não se entregasse iria sofrer muito, ai disse, qd eu falar para se submeter terá que deitar no meu colo de bunda para cima, ai ele falou e ela deitou, ele começou a bater e dando regras para ela, dizendo que ela ia ser dela, que só ia obedecer ele, que eu iria ser apenas um irmão de coleira dela, marido só quando ele permitisse, e que se fossem bonzinhos ele deixaria, ai ele pegou o plug e meteu no cu dela, e o inchou La dentro e continuou surrando ela. Ela começou a chorar e implorar para ele parar, ai ele disse, só quando me disser o que quero ouvir, e continuou batendo, depois de algumas tentativas ela disse, quero ser sua escrava de corpo e alma, faça de mim o que quiser, comigo e com o meu marido, digo meu irmão de coleira. Ai mandou ela se ajoelhar e ficar chupando ele, ai ele disse, amanha você vai convencer ele a se transformar em uma mulherzinha, e fará com que ele de para mim. Ai entendi o pq ela me disse aquilo, ai ele começou a mijar na boca dela e ele mandou ela tomar tudo, foi o que ela fez, ai tirou o volume da TV e deixou o filme rolar sem som, e eu o vi comer ela por um bom tempo, ai ele me tirou da jaula e disse para me submeter, caiu a ficha e me deitei de bunda para cima no colo dele, e disse se tinha algo a dizer para ele, fiquei pensando e ele começou a me bater ai eu falei que ele era o meu Sr e Dono da minha alma e do meu corpo, que poderia fazer o que quisesse comigo, quando terminei de falar, a porta do quarto abriu e entrou as duas peladinhas e esporradas, vieram me beijar e dando boas vindas, ai sentamos e ele falou que apartir de amanha iria alugar a nossa casa, com todos os móveis dentro e que iríamos morar com ele, e que na próxima festa ele iria nos apresentar ao grupo dele, como Rosana e a sua irmã Priscila.

Assim foi, moramos juntos até hoje, trabalho junto com ele, e as vezes ele nos aluga para os amigos ou nos trocando por outros escravos.

Comentários

07/10/2016 14:30:34
eu concordo como epilef23. se dessem o hormonio se tranformaria em travesti de verdade eteria peirinhos
27/01/2016 18:29:49
delicia de conto
26/08/2013 22:58:43
Muito bom!!! Ótimo!!! Continue com os contos!!!
30/11/2012 06:43:22
.
30/11/2012 00:21:31
Muito bom. Seria melhor ainda se eles tivessem te dado hormônios e te transformado numa mulher completa, aí sim viraria Priscila.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.