Casa dos Contos Eróticos

Minha Vida Adolescente ~ Capítulo 7

Gabriel voltou a ficar de joelhos, no chão, ainda em cima do meu rosto, e quando ele foi se levantar, eu o puxei para baixo. Lamber aquela bunda estava bom demais para parar, e ele começou a rebolar, com minha língua dentro dele. Eu já não conseguia me controlar, o tesão fazia tudo sozinho. Eu comecei a masturbar Gabriel, que gemia alto. Ele não avisou antes de gozar, e coincidentemente, parte da gala acabou indo parar no meu pau. Ele se inclinou e foi chupar meu pau novamente, desta vez, limpando-o de sua própria gala. Eu parei de chupar seu cu e quando deitei a cabeça, alucinado, vi que o pau dele estava duro. Não pensei duas vezes antes de cair de boca nele e me entregar àquele 69 maravilhoso. Meu sonho da noite anterior voltou à minha cabeça, e lembrar de Aline se masturbando só fez me deixar mais louquinho ainda.

- Ta ficando tarde - Falou Gabriel, ofegando - Jajá o pessoal da escolinha de basquete chega, é melhor sairmos.

Ao falar isso ele se levantou, e eu também o fiz. Gabriel estava de costas, aí eu me aproximei, esfregando a cabeça do meu pau naquela região entre o cu e as bolas dele.

- Para - Falou Gabriel - Temos que sair.

Nós nos vestimos, e saímos do ginásio. Não tinha gente por lá, a aula do período da tarde já havia começado e a escola estava em silêncio. Fomos caminhando até o condomínio, e quando chegamos lá, o telefone de Gabriel tocou. Ele falou que estavam chamando ele para o shopping, perguntou se eu queria ir com ele, mas eu falei que não. Gabriel foi para o shopping e eu fui para casa. Quando entrei no MSN, Aline estava online e abriu uma conversa comigo.

- Oi, você sabe onde tá o Gabriel? - Perguntou ela.

- Ele acabou de ir para o shopping.

- Então você estava com ele?

- Sim, é... nós estávamos lá na escola, aí quando chegamos aqui, ligaram para ele, chamando pra ir pro shopping.

- Sabe, Yuri, isso significa que eu vou ficar sozinha em casa.

- Sim

- Não quer vir fazer companhia? - Perguntou ela.

Não sei se já mencionei isso, mas Aline era uma das meninas mais gostosas da sala, magrinha, um bundão e peitos generosos. Negar um convite daquele era um crime.

- KKKK, ok estou indo.

Eu coloquei um calção daqueles da malha fininha e uma camiseta sem manga... estava calor. Quando toquei a campainha, Aline abriu rapidamente, me convidando para entrar. Ela estava com um top rosa, deixando sua barriguinha toda de fora, e um shortinho branco. Bem gostosa. Nós nos sentamos na sala e ficamos assistindo televisão. Aline estava com o controle, e começou a passar os canais, procurando por algo de bom. A TV por assinatura era a mesma que a da minha casa, então eu sabia que tinha um canal adulto chegando. Lá em casa era bloqueado, mas quando Aline passou nele, eu vi que lá não era. Tava passando uma mulher se masturbando, e Aline rapidamente passou o canal.

- Deixa lá pô - Eu falei, brincando.

- Nossa, que tarado hein - Falou ela, voltando para o canal.

- Não, que isso, é que lá em casa é bloqueado, queria só ver como era.

- Como era o que? Uma buceta? - Falou ela, rindo.

- Não né, isso eu já vi muitas vezes - Falei - Na internet.

- Hehe, só na punheta hein safado.

- KKKK, que isso, vai dizer que você também não bate uma.

- Claro né - Disse ela, ficando vermelha.

- Aline, - Perguntei - Você é virgem?

- Nossa, que pergunta é essa?

- Ah, qual é, responde.

- Sou... e você?

- Também - Falei.

O silêncio se estabeleceu, e nós ficamos lá, assistindo a mulher se masturbar. Em pouco tempo, apareceu um homem, que começou a foder a mulher. Ele estava em pé, segurando a mulher no ar, que ficava indo e vindo no pau dele, gemendo loucamente. Meu pau já formava uma montanha no meu calção, e Aline olhava para ele de vez em quando.

- Olha, - Aline começou a falar - Vamos fazer isso do jeito simples.

- Como assim? - Falei

- Desde que você chegou lá na sala eu quero dar para você - Ela se levantou e começou a tirar o top juntamente com o sutiã, revelando aqueles seios perfeitos - Nós dois somos virgens - Disse ela, já tirando o short juntamente com a calcinha, ficando completamente pelada - E adolescentes, com os hormônios à flor da pele - Falando isso, ela começou a massagear seus seios - Então tira essa porra desse calção - Ela falou, olhando para mim, com os dedos fazendo movimentos circulares nos mamilos - e vem me foder.

Comentários

03/12/2012 01:39:25
putz, nao vai ter a parte 8..
03/12/2012 01:38:50
putz... não tem a parte 8
12/10/2012 13:08:31
Adorei
09/10/2012 16:36:24
mtu bom
08/10/2012 13:20:37
Adoro detalhes hahaha Mas, perfeito!!!
08/10/2012 02:50:15
Carai, essa Aline tem uma atitude do caramba! Gosti dela!
08/10/2012 00:59:58
Na parte boa, que maldade!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.