Casa dos Contos Eróticos

Comi Milla e Nanny na mesma cama- Duas Gatinhas – Parte I.

Um conto erótico de eT
Categoria: Heterossexual
Data: 01/08/2012 19:22:45
Última revisão: 25/08/2012 11:17:40
Nota -

Já estava morando em Balsas no Maranhão a quase um ano e de graça não pegava ninguém. Isto aconteceu a mais ou menos uns 3 anos atrás.

Sempre que ia nas festas, e bailes da cidade sempre encontrava uma morena, amiga de um pessoal que conhecia, mas só nos cumprimentávamos e a festa seguia. Um dia peguei seu telefone e msn e começamos a conversar mais.

Um certo dia ela me falou que notava que eu gostava só de menininha novinha, e respondi que sim tinha uma forte atração.

- Então vou te apresentar uma que você não vai resistir.

Até então não imaginava que seria um programa. Quando chegaram em casa realmente a Milla era uma tremenda de uma gatinha, morena, cinturinha fina, bunda grande e deliciosa , com os peitinhos pequenos, do jeito que eu gostava. Papo vai, papo vem, saiu o preço da relação. Não que não tivesse mas achei absurdo e resolvi fazer nada naquele dia. Mas pequei o fone da gatinha, claro, para uma próxima chance de negociação.

Passados alguns meses, estava eu tomando uma cerveja num lugar onde tem vários barzinhos quando me passa a Milla e mais uma amiga. Chamei para sentar e tomar umas comigo já que estava sozinho. Então ela me apresentou a Nanny, ( Nomes fictícios), uma delicia de morena, magrinha, seios médios e redondinhos, cintura fina, bundinha empinadinha, fiquei excitado na hora em que as vi. Ficamos umas horas ali até que passou um daqueles vendedores de DVD pirata. Comprei uns filmes, alguns de ação, e lógico peguei uns pornô. Ai já cheio de más intenções sugeri que escolhessem alguns e qualquer dia poderiam ir em casa assistir, no que a Milla comentou;

- Deve ser um tesão assistir na sua casa eT, aquela sua tv grandona, home theater, mas por que não vamos hoje. E já foi escolhendo uns outros filmes pornográficos para levar. Nisso chega mais dois colegas das meninas, uma sapatão e um amigo(a) delas. Não tenho preconceito algum, sentamos todos e ficamos a conversar mais um tempo. Atrapalhou um pouco e no fim acabamos indo todos para casa.

Passei num bar pequei mais cerveja, uns salgadinhos, pipoca de micro-ondas, e fomos para casa, meu paliozinho foi lotado. Ficava pensando me lasquei, como vou fazer ? Doido para transar e a casa cheia de gente.

Chegamos em casa todos para o quarto, colocamos os filmes e começamos a assistir, logo já fiquei de pau duro vendo a Tamy, filha da Gretchen, com uma gata, namorada dela. Como estava muito excitado, fui para a cozinha buscar cerveja e fazer uma pipoca. Quando vi Milla veio atrás.

Estava no balcão da cozinha esperando a pipoca, e tomando uma cerveja. O pênis doendo por dentro da bermuda. Milla olhou bem fixo nele e perguntou;

- E ai eT, vai rolar ou não o programa.

- Você esta cobrando muito caro.

- Ah mais hoje eu estou sozinha a gente negocia, mas preciso do dinheiro hoje, quer comprar uma calça para ir numa festa na sexta. Disse Milla com um sorrisinho safado na cara.

- Não tem como ser hoje a casa esta cheia.

- Ah eles não ligam, a gente faz aqui na sala mesmo. Falou passando a mão por cima do meu pau.

- Acho melhor não. Não vou ficar a vontade. Confessei.

Ai a danada então pediu uma toalha, dizendo que estava toda suada e queria se refrescar. Peguei uma e lhe dei e indiquei o banheiro. Ela entrou, não fechou a porta e ficou me encarando;

- Tem certeza que não vai querer. Tirando a roupa. – Então vem me ensaboar.

Ela sabia o que queria e como eu estava com muito tesão sabia também que não iria resistir muito tempo.

- Pode ficar tranquilo já avisei eles que iria dar para você aqui na sala e eles não vão atrapalhar.

Eu já tremendo de excitação, não parava de olhar aquele corpo delicioso. Seios redondinhos e os biquinhas ainda estava se formando. A bunda redondinha e duríssima, tive que apalpar para sentir. Mas o que mais me chamou atenção foi sua xana, (por aqui no Maranhão, chamam de periquita ou periquito, não sei direito), era um V perfeito, somente com um risco no meio e depilada, lisinha. Entrei debaixo do chuveiro de roupa e tudo, tanto era a ânsia por aquele corpo.

Ela era mais baixa que eu. Tirei para fora, o meu tortinho, (para esquerda, acho que de tanto se masturbar, ou melhor certeza que é). Me agachava, e ia subindo com o pau no meio de sua bunda, cada vez que ele encostava nela eu tremia inteiro de tesão. Resolvemos ir para a sala.

Que azar na minha casa não tinha sofá, só umas cadeiras de espaguete como dizem por aqui. E o quarto estava ocupado. Ia ter que ser no chão mesmo. Primeiro sentei numa cadeira, ela sentou no meu colo e fiquei mamando naqueles seios deliciosos. Depois sentei-a na cadeira e de joelhos no chão como pagando promessa, afastei suas pernas e comecei a lamber desde os joelhos chegando na virilha, era um perfume magnifico, inebriante. Comecei a passar a língua naquela fendinha, fechadinha, parecia uma virgem. Afastei os lábios com a uma das mãos e fui passando a língua de baixo para cima, ela gemia gostoso, e fui sentindo ela escorrer em meus lábios. Quanto mais eu chupava mais ela ia se deitando na cadeira e oferecendo a xaninha para min. Nesse dia estava com tanto tesão que nem pedi para ela chupar meu pau, era tesão de mais. E tinha a preocupação ainda do povo que estava no quarto.

Coloquei uma toalha no chão e ela se deitou eu coloquei uma camisinha, chupei um pouco mais aqueles seios e a bucetinha linda dela. Abri suas pernas e ficava esfregando o pau, na entradinha, para cima e para baixa me deliciando vendo aquela cena. Quando fui enfiando ela dava uma reboladinha pra entrar melhor, e nossa como era apertada, justinha. Sentia que ia rasgar a pele do meu pau. Comecei entrando bem devagar até que entrasse tudo, ai tirava até sair tudo para fora e começava tudo de novo, não queria perder nenhum momento daquele prazer inenarrável. Acelerei e chupando seu seio novamente gozei como a muito não gozava. Lembro que até ela se assustou com a quantidade na camisinha. Colocamos nossa roupa e fomos para o quarto onde amanhecemos vendo filme, eu com certeza dormi e nem vi a metade.

Continua.....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/11/2012 11:58:10
quero uma novinha na regiao do abc bonita e gostosa eu sou moreno 1m74 78kg sarado faço academia bonito e gostoso vc novinha vai adorar meu tel é bjs
02/08/2012 22:57:24
Olá Meu nome é Rubia e meu marido se chama Beto. Adoramos seu conto, votamos nele, pois nos deu muito tesão. Temos um conto publicado: “A procura de um amante” gostaria que você lesse e se gostar de seu voto. Criamos um blog com muitos assuntos, fotos de sexo e nossas aventuras. O endereço é www.rubiaebeto.comunidades.net