Casa dos Contos Eróticos

Uma vida de sexo - Eu e Rafael na nossa primeira orgia gay e incestuosa 2/4

Um conto erótico de JuniorRJ42
Categoria: Homossexual
Data: 01/01/2012 18:29:40
Última revisão: 01/01/2012 18:30:29
Nota 9.88

Bem fomos embora na moto do Rafael ( da pra imaginar não é? Três adolescentes cheio de vontade de transar espremidos em cima de uma moto fui a ida toda com a rola dura na bunda do Tales e ele na bunda do Rafael) fiz questão de pedir pra irmos sem camisa e fui dando umas bolinadas na rola do Tales quando Rafael passava por ruas não movimentadas. Chegando na minha casa fomos direto para o meu quarto e fiquei beijando a boca do Tales enquanto Rafael ficou beijando a nuca dele e roçando a rola na bunda dele ainda por cima da bermuda, fui beijando o pescoço dele e beijando os peitinhos dele enquanto Rafael ficava lambendo a orelha dele e apertando a rola dele. Quando cheguei no umbigo dele fui beijando ate chegar onde a mao do Rafael tava e comecei a desabotoar a bermuda do Tales.

Quando tirei tudo pude ver o tamanho da rola dele enquanto Rafael ficava punhetando ela devagar, devia ser do tamanho da minha ou um pouco menor (a minha tinha 18 cm na época e bem grossa) . Vi que a cabeça tava muito melada e comecei a dar umas linguadinhas pra acostumar com o gosto e fui tirando a bermuda do Rafael que não parava de roçar na bunda do Tales, que só sabia gemer e ficar rebolando e empurrando a pica pra dentro da minha boca. Depois de um tempinho Rafael foi e saiu de trás de Tales e me pois pra mamar a rola dele, Tales foi e se ajoelho no chão e foi tirando a minha bermuda e começo a mamar a minha rola, ele chupava desesperadamente e vi que ele tava com fome de rola. Rafael falo que tava quase gozando e mando eu parar e ele foi pra cama ficar de quatro e mando eu chupar o cu dele. Meu macho mando eu obedeci e cai de boca naquele cuzinho rosadinho que eu adoro, Tales ainda estava me chupando quando puxei ele e disse” lambe o rabo dele que eu vou lamber o seu mas, antes so me diz uma coisa, tu ta limpo?” ele falo - pó claro que sim faço chuveirinho - eu ri e disse “To dizendo de DST cara, tu tem alguma?” ele retruco logo – não, porque? – respondi de imediato “Porque sexo com homem temos a vantagem de ir no pelo, gozar dentro e não ficarmos grávidos então só trepo sem camisinha.” Ele concordo e disse que pensava a mesma coisa.

Continuamos a foda com um tesao da porra e depois de um tempo lambendo o rabo do Tales mandei ele começar a meter no Rafael porque queria comer enquanto ele fodia o rabo do meu namorado. Ele se ajeito e foi penetrando o Rafael que nessas alturas rebolava e gemia muito alto, depois de um tempo dele bombando no meu Rafa, fui colocando minha rola no cu dele devagarzinho não queria assustar o garoto mas quem se surpreendeu fui eu porque minha rola entro com muita facilidade e começamos nosso trenzinho , ate um momento em que Rafael saiu do vagão da frente e veio meter no meu cu enquanto eu comia o Tales. Ele meteu de uma vez só, ele sabe que quando to com muito tesao gosto de uma coisa mais forte e assim fez, não demorou muito e Tales começo a gozar no lençol da minha cama e eu no cu dele e Rafael que já tava com o pinto quase estourando começou a gozar no meu cu quando sentiu as contrações do meu cu. Caímos na cama desfalecidos e fui ver o quanto Tales melo meu lençol chamei ele pra perto da porra e fiquei passando a cueca dele em cima da porra dele e disse que ele ia embora sem cueca porque aquela ia ser lembrança nossa e ficamos tirando umas fotos nossas pelados com o pinto de um na boca do outro ou enquanto um cavalgava o outro entre outras posições ( naquela época os filmes tinham quer ser revelados então demoramos muito tempo ate conseguirmos revelar as fotos porque tínhamos que ter um amigo gay que trabalhasse na área, depois conto como fizemos esse amigo se tiverem interessados). Depois que nos recuperamos falei que era a vez do Tales gozar no meu cu, ele falo que queria que eu cavalgasse ele e assim o fiz mas antes eu e Rafael ficamos boquetando ele, sendo que Rafael tava deitado na cama e eu fui comer o cuzinho do meu gato enquanto dividíamos a rola do Tales, quando ela ficou bem dura e direcionei o meu rabo pra cabeça da rola dele e fui descendo e ela entrou com muita facilidade pois meu rabo tava lubrificado pelo leitinho do Rafael e fui começar a quicar na rola do Tales e Rafael levanto e enfio o pau na minha boca e começou a gozar na minha boca, assim que termino me deu um beijo e desceu com tudo com o cu na minha rola e fico quicando eu não tava conseguindo segurar por muito mais tempo e enchi o rabo dele de leite e me surpreendi com ele dando uma gozada que sujou meu peitoral todo e Tales começo a gozar no meu cu. Ficamos encaixados um no outro ainda em total êxtase por um tempo ate que fomos pra o chuveiro onde gozamos na boca do Tales e ele na nossa.

Continua....

Gostaram? Comentem e dêem nota e conto o resto onde começamos a transar com o Thiago e participamos da nossa primeira orgia incestuosa.

Informo que não estou fazendo apologia ao sexo sem camisinha ou sexo incestuoso só estou relatando fatos verídicos que aconteceram na minha vida e alguns acontecem ate hoje.Se não se sente a vontade lendo os contos sobre esses temas não acesse.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/01/2012 11:50:03
me deu mto tesao de vontade de mamar numa pica
09/01/2012 02:21:30
Sigo lendo e gostando.
07/01/2012 17:22:19
Muito legal e escitante.
02/01/2012 22:01:25
Conto delicioso, meu pau ta babando de tezão. tacosta@ig.com.br
02/01/2012 18:10:28
Bom conto. Se você também curte uma boa sacanagem entre machos de verdade, não perca tempo. Clique no meu nome e leia meus contos. Não deixe de comentar. Para o pessoal de Campinas que se interessar, meu e-mail está no final. Curto uma boa pegação com outro macho de verdade. Até mais.
01/01/2012 18:56:49
Muito massa, espero ver a continuação e saber se o Thiago também vai entrar na roda.