Casa dos Contos Eróticos

Dominador BH

Autor: Dominador BH
Categoria: Sadomasoquismo
Data: 15/07/2011 02:23:15
Nota 7.75
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Boa noite gostaria de contar minha experiencia como dominador de casais, onde o corno e submisso e gosta de ser humilhado na frente da esposa ou noiva, e a mesma gosta de ser submissa na mao de um macho dominador.

Esse conto alem de tudo é para casais onde o corno esteja interessado em que sua esposa tenha um dono serio, possa entrar em contato oferecendo-a.

Sou de BH, 42 anos, dominador ha mais de 10 anos, e sempre dominei submissas, desde solteiras, ate noivas e casadas.

Entretanto por 2x, tive a oportunidade de descobrir que alem de putinha submissa a mulher tinha um corno que adorava ser xingado, humilhado, rebaixado enquanto ela era usada e abusada com total sigilo, muitas vezes, na propria casa do casal, outras em moteis ou hoteis de BH.

Vou contar uma experiencia de um casal casado ha pouco mais de 3 anos, cujo marido corno adorava ver a esposa com outro mas que na verdade ele queria que ela tivesse um dominador, um dono para alem de usa-la na frente dele ou sozinho caso o dono quizesse, fosse humilhado, esculachado na frente da mulher.

Apos varios contatos, conversas e troca de msn, acabei conhecendo o casal. No primeiro encontro, conduzi tudo mas por mais que visse o tesao na cara deles de serem usados apenas bebemos conversamos e depois os mandei embora dando ordem que aguardassem instruções para o proximo encontro.....no maximo o que fiz foi beijar renata na frente de marcio no meio da rua, de mao dada com ele ao me despedir aproveitando para apertar sua bunda por cima do vestido, e passar a mao na frente em sua xoxotaEsperei passar 2 dias e liguei para eles para que ficassem ao mesmo tempo com mais vontade e preocupados se tinham ou nao agradado....

Marquei com eles no Shopping Diamond Mall que é um shopping central e super bem frequentado de BH.

Ela foi como mandei: de vestido de alça, um pouco acima do joelho, fio dental, e sandalia aberta, com esmaltes rosa nas maos e pese sem sutia. Ele foi vestido normal, mas com um detalhe, de calcinha tb...para ja começar a humilhacao.....

Apos conversarmos, saimos de carro e fomos pra um motel na Av Raja Gabaglia, com o corno dirigindo e eu e a esposa submissa no banco de tras ja sarrando, dando um trato nela...e ela gemendo e dizendo que estava gozando so de ser usada.....tirei o pau duro e mandei ela chupar e empurrava sua cabeça pra que o pau entrasse o maximo em sua boca e garganta fazendo ela babar, engasgar, tossir, e sair lagrimas pelos olhos......

a cadelinha chupava e punhetava enquanto eu enfiava um dedo no cu dela e 2 na xoxota......

o corno fez menção de tirar o pau e punhetar enquanto dirigia mas eu proibi e assim fomos ate o motel.....

La chegando ele pediu uma suite como ordenei. Entramos e ao descer do carro, mandei que ambos tirassem toda a roupa, com exceçao do corno que deveria ficar de calcinha e jogassem dentro do carro. Estava muito frio e isso deu mais tesao......mandei ficarem de joelhos.....trouxe os 2 pra bem perto e mandei que beijassem minha mao em sinal de obediencia e depois que ela mamsse o pau para ele ver....sendo que o corno ficou ao lado levando tapinhas na cara e vendo a cadela da esposa gozando e mamando, gemendo alto......passei o dedo em sua buceta molhada e pus no nariz dele para ele sentir como a puta tava molhada......

Tirei meu cinto, dobrei-o e comecei a bater na bunda dela enquanto me chupava e na dele de calcinha......xingando ela de putinha cadelinha, submissa, vagabunda e ele de corno broxa, corno frouxo, corno capacho e etc.....

Eu fudia a boca dela e depois que babava tirava o pau e mandava o corno beijar ela, lamber o rosto dela babado e com gosto de paunao deu outra o corno broxa gozou de pau duro na calcinha sem se punhetar, ou seja, corno de ejaculaçao precoce o que na hora ela falou pra ele: eu sabia seu merda que era isso que vc gostava, gozou sem nem tocar nessa bosta de pau.......e deu risada....peguei ela pelo cabelo, puxei pra cima dei 3 tapas na cara dela e disse: isso mesmo sua cadela vadia e isso que esse merdinha é mas aqui só eu mando....chupa esse pau que quero encher essa boca de porra.....

A vadia ficou com mais tesao e chupou com mais força e punhetou com mais vontade enquanto continuava a bater neles de cinto......

Beliscava e apertada com força os mamilos da vadia e ela parecia gozar mais.....ate que mandei abrir a boca que ia batizar os 2 na porra.....e comecei a gozar na boca da cadela submissa sem deixar ela engolirApos gozar tudo.....passei o pau melado na cara do corno e dela e mandei que ela o beijasse e dividisse minha porra, o que fizeram com prazer e ai engoliram tudo......

Entramos na suite.....e mandei o corno ficar ajoelhado ao lado da cama.....

Peguei a cadela e levei pra cama.......bati nela com a mao e com o cinto ate achar que ja estava bom e mandei por uma camisinha no meu pau com a boca.......meti na xoxota dela com força como se fosse um estupro consentido, querendo rasgar a buceta e a vadia so gritava e gemia pedindo maistirei da buceta e pus na porta do cu que estava ja abrindo com 2 dedos.......e meti de uma vez.......a vadia da renata deu um grito seguido de um urro e quase desabou na cama mas eu a segurei e fui empurrando ate entrar tudo......o corno so olhava admirado pq ele nao comia o cu dela.......pq ela nao davaa vadia arrepiou toda e começou a tremer e vi que ela estava gozando de novo e meti com mais força no cu, sentando a mao em sua bunda ja castigada......tanto o corno quanto a puta submissa queriam que eu gozasse dentro mas sem exames e por nao conhece-los e nao serem fixos jamais faria isso apesar do tesao que isso da.......Apos meter uns 20 minutos anunciei que ia gozar.......tirei o pau do cu, saquei a camisinha do pau e esporrei varios jatos na porta do cu sem enfiar o pau....o cuzinho aberto, roxo de ser fudidinho, a porra escorria um pouco pra pra dentro e o restante escorria pela buceta e pingava na camaFui ate o corno, peguei ele pelos cabelos e falei limpa, nao era isso que vc queria, chupa esse cu e essa buceta e deixa limpinho corno capacho pra eu meter maisenquanto ele chupava eu surrava a bunda dele com cinto.

dei um beijo em sua boca demorado dando os parabens por ter sido uma boa cadelinha e perguntei se ela fazia fio terra no corno....o que me disse que nao so fazia fio terra como ja plugava o cu dele sempre pq o viadinho do corno gostava.

Como nao como o corno pq sou 100% hetero, fui ate minha mochila, peguei um plug que tinha e disse para depois ela meter no cu dele e por a calcinha para o plug nao sair...o que ela ficou mais excitada e falou chupa direito corno viadinho e agradece ao Dono por deixar vc ter esse prazer pq pra mim nem isso vc merecia...e deu uma risada....e voltamos a nos beijar......

Terminado a faxina do corno, com a bunda toda marcada e vermelha e de calcinha, ela foi atras dele, enfiou o plug sem lubrificar como se tivesse com raiva, e colocou a calcinhamandei o corno voltar pro chao e ficar de joelhosPeguei a cadelinha e levei de 4 ate o banheiro onde tomamos um banho, onde fiz a cadela me chupar mais....e depois voltei com ela pra cama.....

Puz ela deitada de pernas abertas frango assado e comecei a fuder sua xoxota de frente dando tapas em seus seios e na carinha e mandando a putinha morder meu pau, morder ele com força para demosntrar que ela queria elemandei o corno pegar 2 velas que estavam na mochila, acender e trazer ate mim......continuei fudendo a putinha submissa e comecei a pingar nos seios e barriga.....a buceta comecou a morder mais forte e a se contrair a cadela gota que caia nela.......mandei o corno vir e ficar do lado e pinguei em suas costas, bunda, e pernas....

apaguei a vela....e continuei metendo na vadia submissa....ate falar que ia gozar, tirei o pau e mandei o corno deitar com o rosto em sua barriga e comecei a esporrar nela e na cara do corno xingando ele de corno, de viado, de submisso, de corno capachoEla quera pernoitar no motel mas nesse dia não dava pra mim por causa do trabalho no dia seguinte mas ficamos de marcar outra sessao onde dormiriamos eu e ela no motel e o corno ficaria no chao do quarto em cima do endredon ou no banheiro ainda nao tinha decidido.

Trocamos de roupa, nao deixei nem ela nem o corno tomarem banho, e voltamos pro shopping. Peguei meu carro apos o corno ter pago o motel e o estacionamento, nao que eu precisasse mas pq esse tipo de humilhaçao era uma das coisas que o casal queria passar, e fui embora.

A cadelinha e o corno foram pra casa e assim que chegaram me ligaram para dizer que tinham chegado em casa e que tinham adorado e que queriam repetir.

Antes que eu falasse qualquer coisa ela me perguntou se era pra retirar o plug do cu do corno.....e eu disse que sim para eles poderem tomar banho mas que apos o banho deveria colocar novamente pq ele dormiria com ele no cuzinho pra ele ficar feliz......

Espero que tenham gostado desse primeiro conto que é real....e casais de BH onde o marido seja corno e a esposa puta submissa podem entrar em contato pelo email porque terei interesse em conhece-los pra real. Quero apenas pessoas serias, sigilosas e que sabem o que procuram, nada de aventureiros.

Email: bizarrodom@hotmail.com

Comentários

14/08/2017 15:04:51
Ah nem...
14/08/2017 15:04:37
Ah nem...
06/08/2012 23:32:05
tesão
16/07/2011 08:38:32

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.