Casa dos Contos Eróticos

Minha esposa me comeu e eu gostei

Autor: Satisfeito
Categoria: Homossexual
Data: 24/11/2010 19:53:04
Nota 9.89
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Um belo dia após uma foda muito gostosa, minha esposa me olhou deitado de bruços e não conteve a frase: "Sou louca pela sua bunda! Deixa eu te comer?"

Respondi que não, a vi com cara de raiva e decepção. Ela insistiu, disse que não tínhamos o porque negar algo ao outro na cama, que sempre fez de tudo pra me satisfazer e que só queria botar o dedo no meu cu. Depois de alguma resistência, minha curiosidade e tesão despertaram e concordei. Ela buscou o KY e logo enfiou o dedo no meu cuzinho, me fazendo sentir um prazer que nunca havia sentido antes, terminando comigo rebolando em seu dedo e gozando muito gostoso, jorrando leite na cama.

Com o tempo as investidas dela no meu cu foram aumentando até surgir a idéia de introduzir um brinquedo (conseguiu um tubo que vem com umas balinhas), e a partir dai, tive gozadas loucas. Um certo dia, resolvi fazer uma surpresa a ela: comprei uma cinta com consolo, disposto a virar definitivamente, sua puta na cama.

Em casa, quando ela viu o presente, parecia criança quando ganha sua primeira bicicleta. Foi correndo para o banheiro, vestiu seu acessório e me encontrou na cama a sua espera, de quatro. Colocou gel no brinquedo e no meu cu. Meteu o consolo no meu cuzinho e socou como um verdadeiro macho. Segurava na minha cintura a cada socada e enterrou o consolo todinho na minha bunda. Quando parava de socar ainda dava tapas na minha bunda, me fazendo sua puta. Deitei na cama e na posição frango assado meteu novamente no meu cu, agora já arrombado e sem dor, efeitos do prazer. Socou ainda mais gostoso e eu com o pau duro, gemendo de tesão e prazer. Punhetei meu caralho e logo gozei, me lambuzando todo. Pausa para um descanso. Beijos cheios de tesão. Tomamos um banho gostoso e novamente na cama disse: "Quero comer mais a minha Puta!" Sentou na beirada da cama e sentei de uma só vez no seu "pau", rebolando como uma verdadeira puta no cio, de frente para o espelho do armario. Cavalguei no seu pau e enquanto punhetava meu caralho, ela gozou me comendo. Quando vi pelo espelho sua cara de prazer por me foder, não resisti e gozei novamente.

Hoje, quem pede para ser comido, sou eu. Pois o prazer que senti virando a fêmea da minha esposa, não tem como descrever. Adoro quando ela soca no meu cuzinho e me chama de "minha puta".

Aconselho a todos os homens que descubram esse prazer com suas parceiras, pois garanto que não irão se arrepender.

Um abraço a todos e compartilhem o prazer dentro de 4 paredes.

Comentários

02/09/2016 16:59:51
gostaria muito de encontrar casal assim de mente aberta bem gostoso jbfilho63@hotmail.com aracaju
27/01/2014 02:29:59
muito bon
02/12/2010 23:35:23
Um conto bom esse e muito bem escrito!Parabéns!!!
02/12/2010 23:35:19
Um conto bom esse e muito bem escrito!Parabéns!!!
26/11/2010 11:45:54
Adoraria que minha mulher me começe tambem, quem sabe um dia né Muito bom seu conto nota 1000 Valeu.
26/11/2010 09:32:38
pode ter certeza isso vai acabar no motel com um garoto de programa comendo sua mulher e vc nao vai resistir e vai dar para o cara tambem , e o melhor que é bom demais hAHAHAHAHA
25/11/2010 11:42:18
quero comer seu cuzinho e desta cachorra safada . me add pereiraj27@hotmail.com / 23 cm de prazer
25/11/2010 09:49:53
o passo seguinte e sair com ela pra um menage, e dar para o macho que estiver comendo ela. abraco!! parabens!!
25/11/2010 01:37:49
Também quero ser comido por sua mulher, e quero que a minha mulher te coma.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.