Professora nota 10

Um conto erótico de JB.
Categoria: Heterossexual
Data: 09/08/2010 00:31:25
Nota 8.50

Olá, meu nome é JB, e eu era virgem, e o que vou relatar aqui aconteceu meses atrás com uma de minhas professoras da faculdade, vamos chama-la de Patricia, uma mulher de 35 anos, cabelos castanhos, olhos verdes.

Eu tenho 18 anos, sou um pouco tímido e um aluno razoavel. Um tempo antes das férias de julho eu tava com uns problemas na matéria da Patricia e se não fizesse um trabalho de ultima hora ia bombar nessa disciplina. Entao eu falei pra professora que o trabalho tava pronto e perguntei se poderia entregar na proxima semana, ela disse que não dava porque tinha que entregar as notas, mas disse que eu podia levar o trabalho na casa dela, era a unica opção.

E assim foi, eu so tava preocupado em entrega aquele trabalho, virei a noite fazendo ela e acabou ficando uma merda, mas não tinha jeito, eu precisava da nota. Peguei o busão as 9 da manha e fui pra casa dela, cheguei no endereço, apertei o interfone, dai um homem atendeu, era o marido dela, eu disse que eu era um estudando que tava entregando um trabalho de ultima hora, e o homem respondeu "só um momento". De repente o portao da garagem abriu e saiu um carro, o marido dela tava indo pro trabalho, ele me comprimentou e disse que ela tava vindo.

Eu só pudi ouvir a voz deladizendo pra entrar, eu entrei e o portão ja foi se fechando. Quando vi ela ja fui direto entregando o trabalho, custei notar que ela estava com um vestido justo, dando destaque a suas curvas. Ela perguntou se eu nao aceitava um suco, e seria falta de educação minha recusar então aceitei. A gente tava na sala, eu sentei no sofa e logo ela veio trazendo um copo, eu comecei a beber e ela foi folheando o trabalho, ao mudar de pagina ela chupava quase todo o dedo e isso foi me deixando com muito tesao. Nessa hora eu comecei a entender mais ou menos o que tava pra acontecer, mas não sabia com agir naquele momento, eu fiquei travado. Terminei o suco e coloquei o copo de lado, ela olhou pra minha bermuda e notou o volume, eu olhei nos olhos dela, ela olho pra mim e disse ''vamos ver que nota vc merece nesse trabalho''.

Ela veio e sentou no meu colo e passou a mão na minha barriga, eu senti um calafrio que nao tem como explica... ela me deu um beijo e foi metendo a lingua na minha boca, eu tava ficando doido, coloquei as maos na bunda dela e apertei com gosto. Ela levantou e tirou o vestido, era perfeita, a xana raspadinha, o os bicos dos peitos rosados, eu falei que ela era muito gostosa e ela disse ''meu marido nao pensa assim''. Ela tirou minha camisa e foi descendo, abaixou minha bermuda bem devagar, nisso meu pau tava a 2000km por hora, ela segurou ele bem firme e colocou tudo na boca, nossa parecia meu melhor sonho, ela chupava com muito gosto, parecia uma bezzera loca pra mamar. Eu resisti muito, gozei com tudo na boca dela, fiquei sem graça e pedi desculpa, ela disse que não tinha problema e continuo chupando, logo meu pau tava duro de novo. Ela me levou pro quarto e me empurro pra cama, subiu em cima encaixou meu pau na xana dela e foi descendo, só faltava eu relinchar naquela hora, a buceta dela era quentinha e ja tava toda molhada, e começou a cavalgar e peguei nos peitos dela, chupei um bico de cada vez e gemia bem baixinho, dai o gemido foi ficando mais forte e pela primeira vez vi uma mulher goza em cima de mim. Ela saiu ficou de quatro e falou ''agora enfia esse pau gostoso no meu cuzinho vai'', eu nao pensei duas vezes fui dirento tentando coloca mais não entrava, entao ela meteu o proprio dedo no cuzinho o foi massageando, eu tentei de novo e dessa vez deu, aquela cena era linda, vendo meu pau entrando naquela bundinha perfeita. Eu comecei o movimento de vai e vem, fui ficando mais rapido e ela dizia ''vai cachorrao, mete nessa vagabunda, mete gostoso''. Ela foi dando umas reboladas e eu gozei pela segunda vez. Dai ela começou chupar de novo e quando tava bem duro ela deitou, arreganhou as pernas igual um frango assado e disse pra fazer ela gozar de novo. Eu subi nela, fui encaixando a cabeça na xana dela e comecei a bombar, deitei sobre ela e fui bombando mais rapido, ela tava gemendo forte no meu ouvido, dessa vez tava demorando pra eu gozar, mas foi chegando a hora, só que ela não tinha gozado, então eu dei meu maximo e fiz de tudo pra continuar, comecei ir cada vez mais rapido e mais rapido ate que ela deu um gemido alto e gozou junto comigo, senti que muita porra saiu naquela gozada, foi incrivel. Eu deitei do lado dela, ela me deu um beijo massageando meu pau e disse que tava na hora de ir embora. Eu tive que me vesti todo suado e fui embora, não tava acreditando que aquilo aconteceu. Nas aulas de agora, ela me olha de um jeito diferente e tenho certeza que vai rolar de novo, eu espero.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/08/2010 19:47:20
Apesar de ser sua primeira vez,inesperiente,foi muito bom,melhor ainda porque foi com uma profesora de verdade,rsrs BOM!
09/08/2010 15:51:14
Eu acredito, pois tem mulher e todo tipo de tara nesse nosso mundinho do sexo....muito bom , se foi verdade, vc tem bastante sorte, devia jogar na mega sena. Conto gostoso nota 9