Casa dos Contos Eróticos

O cabaço da ninfeta

Autor: Tonny
Categoria: Heterossexual
Data: 12/04/2010 13:13:52
Nota 5.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola o fato que vou relatar agora e verídico e aconteceu no feriado do Natal de 2009, tenho 40 anos 1,88, mas assim coroa tipo sarado, terminei meu relacionamento de 20 anos em agosto passado, e ainda não estou com ninguém serio só na curtição, fomos todos viajar para o interior, vivo em uma capital e fomos eu meus filhos irmãos e irmãos com todos os sobrinhos, para uma fazenda de uma irmã minha, e foi também um sobrinho o mais velho, que é quase da minha idade, ele tem uma filha linda “Camila” e por la tudo festa na fazenda tem uma piscina maravilhosa represa e e muitos quartos e daquelas fazendas antigas mas foi toda reformada, mas na casa muitos quartos, bom mas vamos aos fatos, estávamos todos na piscina e bebendo cerveja e outros caipirinha, por voltas das 20 horas uns já bem bêbados e outros se preparando para a ceia da meia noite, eu e a Camila já havíamos dados uns olhares diferentes ela tem por volta de 1,60 mts um bundinha lizinha e linda uns peitos de fazer inveja em qualquer mulher adulta, quando quase todos já havia saído ficou eu ela e uma amiguinha dela tb muito gostosinha, daí deu um mergulho e caminha veio logo atraz e subiu nas minhas costas e ficou esfregando o peitos em mim, com ajuda da cerveja e um tesão que já estava a dias meu pau ficou duro na hora, com medo da amiga dela perceber que eu estava de pau duro ate porque estava se sunga e tenho um pau de 20 cm e grosso estava quase saído da sunga fui para a parte mais funda da piscina, ela tentado fazer eu voltar passou as pernas na minha cintura e apertou no meu pau, na hora ela percebeu e soltou, com medo dela se afogar eu a segurei por traz e ela apertou a bunda no meu pau, não entendi a intenção dela, mas foi muito rápido e gostoso logo ela saiu da água e foi tomar banho com sua amiguinha no banheiro de fora da casa, perto do campo de futebol, eu fiquei por ali com muito receio de tudo, se ela contar pro pai dele estou fudido, e tb tava no maior tesão na menina, fiquei mais um pouco ate meu pau se acalmar, logo que estava saindo chega a amiguinha dela.

- Tio a Camila pediu pra vc levar a shapoo dela que ficou aqui, eu colocar roupa e buscar a dela no quarto, não entendi nada mas peguei o shampo e levei bati na porta do banheiro ela disse pode entrar, lógico não entrei e disso lindinha sou eu vin trazer seu shapoo, ela disse entra tio, não pensei nada entrei com maior medo de ser flagrado e tive a visão mais linda da minha vida, aquela gatinha novinha nuazinha, os peitos mais lindos ainda a chaninha com uns pelos ralinhos parecendo uma penugem, meu pau acordou de novo, eu fiquei paralisado, logo ela falou eu vi como o vc estava me olhando na piscina e dia todo, e senti seu pinto na minha budinha, falei pra Carla (a amiginha) que aconteceu ela disse que ia fazer vc vir aqui pra eu ver de perto, com muito receio disse que não era certo seu pai podia aparecer, a Carla voltaria a qualquer hora, daí a percebi o quanto ela é safada, ela disse a Carla esta na porta vigiando, e meu pai ta pra la de bêbado e foi dar um cochilo mais minha mãe pra ceia, e já veio logo pra cima de mim pegando no meu pau e disse nunca vi um desse tamanho, foi quando perguntei se ela já tinha visto algum, - Já vi de quase todos meus colegas de sala eu adoro pagar um boquete no banheiro da escola, já com meu pau na mão disse mas um assim tão grande é o primeiro e já foi logo chupando meu pau, que já estava como uma rocha, eu passei a mão na sua cabeça e fui forçando a entrada naquela boquinha mais linda, mau cabia a cabeça, levantei ela coloquei a pezinho dela em cima do vazo a abaixei e chupei a chaninha dela, que delicia parecia mel de tão gostoso, ela torcia todinha daí eu enfiei um dedo na bucetinha dela nosa como é pequeninha, ela du um pulo e falou sou virgem, so seu chupar e ninguém tinha me chupado, vc foi o primeiro, coloquei ela de quatro e chupei sua bucetinha e seu cuzinho ela rebolava de tanto tesão na minha cara ate que senti ela se torcer toda e escorreu um meuzinho mais grosso e delicioso ela deu um suspiro, era seu primeiro orgasmo, meu pau tava doendo de tão duro, sentei no vazo e disse pra ela sentar no meu pau ela a principio não queria mas com carrinho fui conduzido a bucetinha no meu cacete entrou um pouco da cabeça mas ela disse que tava doendo muito consegui colocar um pouco mais, tava muito apertadinha tentei forçar mais um pouco ela tentado levantar e eu segurava pra baixo apertado mais ainda sua bucetinha no meu pau, quando percebi ela estava chorando e dizendo que não queria mais eu estava quese pra gozar forcei mais um pouco e senti que entrou ate a metade e gozei logo dentro da chaninha dela, parei de forçar e ela logo pulou de cima do meu pau e chorando abaixou saia sangue e pora misturados, ela disse agora vou ficar grávida e chorava mais ainda, mas fui logo acalmando ela e disse que não se preocupasse porque sou vazequitomizado, logo a Carla percebendo que ela estava chorando bateou na porta e entrou e viu mau pau ainda de meia bomba e a chaninha dela toda melada de pora daí é outra historia, conto depois como acabei de tirar o cabaço da Camila e chupei a bucetinha da Carla.

Comentários

12/04/2010 14:55:46
só mentira,acorda cara
12/04/2010 13:44:00
Muito bom.....

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.