Casa dos Contos Eróticos

A sobrinha de minha esposa I

Categoria: Heterossexual
Data: 09/09/2009 02:10:18
Última revisão: 08/11/2009 10:10:56
Nota 9.40
Assuntos: Heterossexual, Sexo
Ler comentários (13) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Estou no 2º casamento há 18 anos.

Conheci a família de minha atual espôsa e, por concidência, havia estudado com 2 de suas irmãs.

Fizemos uma amizade sólida e,. em especial, Marta e seu marido Pedro, com quem minha namorada, na época morava, ficamos amigos.

Nesta época os filhos do casal tinham 8 anos, Márcia, e 1ano Pedro.

Íamos muitos finais de semanas para a casa que tinham na Praia das Fontes.

Os anos passaram-se e Márcia se tornou uma gata. Morena, cabelos longos, seios fartos e corpo de manequim, magra mas com bundinha.

Este fato aconteceu há 8 anos.

Márcia iria completar 18 anos e teríamos um Luau para comemorarmos. Seria na 6a Feira.

Por estar de férias do banco em que trabalhava, sugeri para minha espôsa irmos na 5a. à tarde para ficarmos à vontade só nós dois na piscina que havia na casa. Adoro sexo na água.

Tomei um banho de água fria.....minha cunhada disse que as crianças iriam conosco.

Seguimos, eu, minha mulher, a sobrinha dela e o irmão.

Chegamos por volta de 12:00. Coloquei uma sunga preta, gelo no isopor, vodka e suco de laranja no bar da piscina, e uma dose, claro.

Bebi uns goles, tomei um banho na cascata e caí na piscina.

Logo veio Márcia, em um biquine azul, de lacinhos, indo direto para a cascata.

Notei, com de outras vezes, que ela tinha a buceta que mostrava a racha, principalmente molhada.

Só notei, sem maiores intensões. Tesão gratuito.

Minha mulher veio lá de dentro aunciando que iria buscar a empregada e Pedrinho iria com ela.

Pediu para eu beber pouco e para Márcia cuidar de mim.

-Deixa, Tia, cuido.

Ficamos, eu e Márcia, eu na piscina, ela em uma cadeira deitada sob o sol.

Ela levanta, vai sob a ducha e deixa a água cair sobre ela.

Tinha uma visão maravilhosa, aquela gata molhadinha com a marca da racha em minha frente.

Segurei a eração e fui colocar outra dose. Voltei para a piscina., deixando o copo à borda, como sempre fazia.

Ela fecha a ducha e vem sentar-se à borda da piscina, próximo ao meu copo.

Como eu ia bebericar minha vodka, não podia deizar de ver aquele contorno. Ela com as pernas sobre o chão e a marca da buceta marcada.

Acabei minha dose e ela se ofereceu para preparar outra. Aceitei.

Ela fez....tomou uma golada e disse:

-Está fraca.

Completou a dose e sentou-se à borda da piscina novamente.

Fiquei com aquela visão, o copo e o corpo.

Aquele biquine com a racha à mostra....delicia.

Ela de pernas abertas. O copo ao lado.

-Tio, me chamava assim, tá gostoso.

-Tá, Marcinha. Você acertou, forte e com sabor.

-Não perguntei só dá Vodka.

- Que mais,? Indaguei.

-Te vi olhando eu tomar banho. Gostou????

-Como????

-Vem tomar outra Vodka.Fui e vi de perto aquele biquine mostrando a racha todaloucura.

Bebi a Vodka de uma vez só.

-Tio vou fazer outra, espera.

Ela colocou ao gêlo, a Vodka e o suco de laranja, meteu os dedos, mexeu tudo e bebeu, de uma só vez.

-Marcinha, está louca????

-Tio, vou ficar.

Fez outra dose e sentou-se onde estava, com as pernas abertas e a racha marcando o biquine.

-Tio, veja se está boa.

Fui beber.

Ela desceu uma perna e me alisou.

Tremi.

Senti aquele pé roçando minhas coxas, minha barriga e meu pau por cima da sunga.

Tremi.

-Tio vou cuidar de vc, prometi.

E esfregava o pé em meu pau.

O pé dela, a visaõ da racha no biquine me fizeram ficar de pau mais duro ainda.

Eu olhava para ela sem acreditar, ela olhava para mim fazendo-me crer.

Puxou minha cabeça, encostando-a em sua racha. Tremi.Levantou uma perna colocando-a sobre o chão.

Esfreguei o nariz....subindo ..descendo.....

E o outro pé dela em meu cacete.

Ela dessarramou um dos laços do biquine exibindo parcialmente aquela xana com poucos pelos e a racha intensa.

-Chupa, Tio.

Meti a língua...subia...descia....mordiscava...metia.

O sal dela me excitava

Ela remexia;.......rebolava.......sentia sua buceta morder minha língua. Ela tem o dom de mastigar com a buceta...aqui chamamos de "bezerro".

Gozou.....minha língua sentiu junto. Aperto minha língua com sua xota.

-Tio, quero vc.

Desamarrou o outro laço e desceu para a piscina.

Colou em mim.

E roçou.

Meteu sua mão em meu sunga e tirou ELE prá fora.

Delicia aquela mão.

Beijamo-nos...parecia que nossas línguas queriam trocar de boca. Sugávamos com volúpia. Nossos corpos num roça roça intenso.

Ela enlaçou-se em meu pescoço e abraçou-me com pernas, fazendo nossos sexos colarem-se mais. Esfregava com força, apertando suas pernas em minhas costas. Senti ela procurando se encaixar em minha pica. Direcionei, com uma das mãos, minha rola para sua xota ensopada. Ela abocanhou de uma só vez e ficou grudada em mim...mastigando...soltando....mastigando.

Incrível como aquela buceta mastigava um cacete. Chegava a dá uma dorzinha no pau.

Nossas bocas continuavam se "comendo"......chupando-nos.....lambendo-nos.

Segurei em suas nádegas e começei a fazer movimentos de de vai e vem...lentos...pausados...ela gemia....prendia meu pau..soltava...prendia...sua boca parecia querer imitar o que sua buceta sentia...chupando minha língua com

ferocidade.

Senti-a gozar incessantemente...aumentei a velocidade em suas nádegas...estava prestes a gozar....fiz menção de tirar meu pau de dentro, mas ela recusou aumentando o vai e vem.

Explodi com sua buceta mastigando....

Aos poucos ela foi soltando...continuando a me beijar.

- Adorei, Tio.

-Maluquinha tesuda, também.

Ela levantou-se e foi para A ducha, se banhando de frente para mim, esfregando aquela racha maravilhosa.

Vestiu-se e foi para a cadeira, ficando de racha para cima, fazendo-me bater uma punheta maravilhosa.

Saímos algumas vezes, mas hoje só saudades...

antoniofortaleza@hotmail.com

Comentários

20/06/2017 23:51:03
porra! quero uma sobrinha dessa! quanta vontade! essa divia ta no cio! rsrs
05/02/2016 17:36:14
JÁ ERA PORQUE ? DEIXOU A TESUDINHA ESCAPAR ? TA DOIDO ?
07/09/2012 14:19:18
MUlher quando quer dar ninguém segura. Esfrega a racha na tua cara mermo e aí fudeu...
17/08/2012 23:21:47
Não gozei, mas...
26/07/2010 11:51:21
legal seu conto,mulher que faz isto com a buceta deve ser otimo
18/11/2009 14:00:46
ha! eu não tenho uma sobrinha assim, queria ter, vou ler ele outras vez, lindo sei conto nota 10
08/11/2009 15:06:30
EU SEI COM É ISSO POIS VIVO UMA RELAÇAÕ COM A MINHA SOBRINHA TAMBÉM,FAZ 2 ANOS.BELO CONTO PARABÉNS
21/09/2009 21:59:08
Vou revisar....fica difícil lembrar e não me masturbar. Escrevi com uma só mão. Vcs vão gostar. antoniofortaleza@hotmail.com
21/09/2009 13:24:33
gostei deste conto nato 10 e eu queria uma sobrinha desta pra mim.
18/09/2009 17:40:46
Excepcional...acontece dessa forma....as maiores traições entre casais envolve parentes
09/09/2009 11:51:52
gata_morena1983@hotmail.com
09/09/2009 07:20:25
O pior, quer dizer, o melhor é que isso acontece mesmoooooooooooo.....E acontece exatamente assim...Um copo perto de uma racha...
09/09/2009 02:33:35
eu tmbém quase gozei

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.