Casa dos Contos Eróticos

♥ FUI TIRAR A CARTA E ACABEI PERDENDO O SELINHO

Categoria: Heterossexual
Data: 30/11/2008 01:48:30
Última revisão: 24/07/2017 16:21:43
Nota 9.29
Ler comentários (60) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

DIÁRIO SEXUAL DA MOH 2

MINHAS CONFISSÕES MAIS ÍNTIMAS: "FUI TIRAR A CARTA E ACABEI PERDENDO O SELINHO"

Oi galera, meu nome é Monique e como já falei no conto anterior eu sou mineira e vim morar com quinze anos de idade nessa cidade que aprendi a gostar muito que é o Rio de Janeiro, uma cidade assustadora e fascinante ao mesmo tempo.

Tenho dezesseis aninhos preste a completar dezessete anos de idade, 1.70 de altura, 59 quilos. Sou morena de praia, pernas torneadas, cintura fina, bustos médio e cabelos castanhos claro no meio das costas.

Vou contar para vocês o que aconteceu comigo e com o Roberto. Mas antes deixa eu apresenta-lo para vocês .

Beto Negão como é conhecido pelos seus amigos é dono de auto-escola num bairro da Zona norte aqui no Rio de Janeiro e também sócio de uma boate muito conhecida. Aos 57 anos ele já foi casado três vezes e tem quatro filhos.

Preste à completar dezessete anos só pensava em poder dirigir o carro da minha mãe, curtir baladas e sair a noite. Procurei o mais rápido possível entrar na auto-escola, falsificando alguns documentos e seduzindo o dono de uma forma que ele me desse a carta de habilitação.

Foi onde conheci Beto Negão. Até hoje não sei se eu o escolhi ou ele quem me escolheu quando resolveu ele mesmo me dá as aulas. Poderia achar estranho se soubesse que se tratava do dono da auto-escola.

Logo nas primeiras aulas achei que jamais iria aprender a dirigir. Fazia Beto de negão ficar da cor de um boneco de cera de assustado com as minhas besteiras na direção .

Nesses 30 dias de aulas diárias, acabamos ficando amigos íntimos. Beto me falava da sua vida e dos seus projetos, sonhos, casos e acasos. Eu que falo muito e muitas vezes besteiras, contava minhas historias safadinhas que nos permitia ter mais intimidades nas conversas.

Num desses dias de aula com o calor insuportável resolvemos parar pra dar uma volta no shopping. Entramos numa loja que me daria muito mais prazer do que ficar dirigindo pela cidade num calor surreal. Se tratava de uma loja de moda masculina mais quente que eu conhecia em matéria de roupa fashion para homens, o lugar era fabuloso, com provadores enormes, música alta, pessoas bonitas e descoladas. Comecei a escolher algumas peças para ele.

Ao entrar no provador Betão me segurou no braço e falou:

__ Monique, você é minha namorada agora, precisa me auxiliar em tudo, combinado gatinha?

Pois bem, entrei junto no provador e ao entrar ele fechou a porta, eu não aguentando mais de tesão nem importei de chegar bem perto dele. Ele ficou muito excitado e começou a me beijar. Que beijo delicioso, que língua deliciosa, perfume delicioso. Comecei a tirar sua roupa. Beto estava muito excitado mas parei por aí, resolvi deixar os momentos mais quentes para outro local, aproveitei somente para tirar uma casquinha com os olhos. Seu corpo era muito bonito, peito com poucos cabelos, pernas musculosas, e um volume na sua cueca que me deixou atordoada.

Após todas as compras no qual encerramos rapidinho pois o tesão e a atração aumentavam e já não conseguíamos nos tocar sem excitação, saímos do shopping e claro fomos direto para um motel. Entramos no motel como cena de filme, Beto ia arrancando suas roupas, só que ele não deixava eu tirar as minhas, falou que tiraria para mim, ficou de cueca e camisa entre aberta, sentou na cama e pediu que eu sentasse no seu colo.

__ Senta aqui no meu colo Monique, você é uma menininha de dezesseis aninhos que eu sei, levantei seus dados. É linda e estou com o maior tesão por você, desde o momento que você entrou pra tirar a carta me mostrando sua carteira de identidade falsa com a idade adulterada.

Betão falava olhando fixamente nos meus olhos e passando a mão nas minhas coxas, minha mini-saia era muito curta e facilmente ele tocava de leve minha bucetinha, fui ficando cada vez mais assustada em saber que tinha sido descoberta e muito molhada com os amasso. Ele tocava toda minha coxa, apertando minha cintura, e finalmente retirou minha blusa.

Beto ao mesmo tempo que mordia a ponta da minha orelha dizia palavras no ouvido que me deixava arrepiada:

__ Moh eu vou ver o que posso fazer por você a respeito da carta de habilitação. Você é muito bonita, sua boca carnuda é um pecado e eu já não estou aquentando com essa vontade de ti devorar, criança.

Virei o rosto para agradecer e ele me agarrou e me beijou como se fosse satisfazer seus desejos, retribui e começamos a ficar ainda mais excitados. Mas que depressa ele tirou minha blusinha e começou a me lamber, chupou meus peitos e tocou minha calcinha. Meus biquinhos ficaram duros como uma pedra e ele mordiscava e chupava, sugando cada vez mais forte. As vezes ficava só mamando o que me deixava mais molhadinha ainda. Tirei a mini-saia, a calcinha que nessa hora já estava encharcada, então ele foi descendo até chegar na minha xaninha que já ardia de tesão, chupou meu clitóris como se fosse uma chupeta, passou a língua na buceta toda e perguntou seu era virgem. Disse que sim. Ele perguntou se eu queria continuar virgem pois ele estava tarado para me comer mas só faria se eu realmente tivesse certeza. Respondi que queria ser fudida por ele, ele insistiu se eu tinha certeza pois não tinha volta. Já não aguentava mais de tensão, eu já tinha começado cedo a dar meu cuzinho, mas dessa vez eu quis experimentar a sensação de ter uma rola socando na minha xota virgem carnuda bem gostosa. Levantei enfiei a boca no seu caralho e chupei, lambi até ele me colocar de quatro falando:

__ Fica assim meu anjo que vou tirar esse selinho bem devagar para não doer.

Beto com muito carinho foi enfiando o caralho bem gostoso na minha buceta, arrebentando meu hímen. Que dor. Gritei, chorei de prazer!

Ficava cada vez mais louca de tesão, logo que entrou por inteiro ele tirava e eu pedia para enfiar novamente, estava segurando para não gozar mas não aguentei e gozei, ele continuou a meter e foi enfiando o dedo no meu cuzinho e metendo o caralho na minha buceta.

Com muito carinho ele continuou enfiando seu pau cada vez mais duro e acariciando meu clitóris, quanto mais ele enfiava mais eu queria aquele caralho, ate que Betão iniciou movimentos mais fortes, eu já estava sem sentir dor e com mais e mais tesão gritei que ia gozar, ele ficou louco e gozamos juntos. Deitamos exaustos, ficamos assim por um tempo.

Levantei e fui para à hidro com um leve fiapo de sangue que escorria da minha vagina pelas minhas pernas, Beto foi atrás e ficamos brincando na água como se fosse o paraíso. Eu parecia uma criança que havia ganhado um presente desejado, até o momento em que ele me levantou e chupou novamente meus peitinhos e eu com os pés sentia seu caralho duro pronto pra me possuir novamente.

Beto mandou que eu ficasse sentada na borda da hidro, abrindo minhas pernas e colocando em seus ombros. Logo em seguida colocou sua boca na minha buceta, me agarrando forte, chupava, gemia , enfiava a língua na minha raxa.

__ Quero que goze muito na minha boca, quero sugar todo seu mel Môh.

Roberto então ficou chupando, lambendo e enfiando o dedo no meu cuzinho até que explodi em Gozo. Ele ficou tão louco com meus gritos de prazer, que me soltou e meteu o caralho novamente na minha buceta com tanta força que gemi de dor. Ele pediu para gozar na minha boca e eu deixei, Beto então com um movimento rápido colocou seu pau na minha boca e gozou imundando minha boca de leite. Ficamos abraçados até começar a escurecer.

Voltamos para auto-escola que por sinal já não havia mais ninguém. Fui para o toalete tomei banho pois estava me sentindo muito suja com a quantidade de espermas misturada com sangue. Assim que retornei ele pegou um copo com gelo e começou a sussurrar em meu ouvido que eu era à mulher mais gostosa que ele havia conhecido. Fiquei arrepiada com aquela voz rouca, virei para pedir que parasse, ele me agarrou e beijamos como se fosse à primeira vez. Beto tirou novamente minha saia, minha calcinha, me deitou na mesa e começou a passar o gelo no bico do meu seio deixando durinho e depois sugava com aquela língua quente e grossa. Foi passando gelo no meu corpo e lambendo, estava queimada de sol e aquele gelo era tudo de bom ainda mais acompanhado com aquela língua enorme. Foi descendo, abriu minhas pernas e enfiou o gelo na minha xota, eu gemia ele tirava o gelo e chupava me deixando louca. Ficamos assim até não aguentar mais e pedir para meter o caralho quentinho na minha buceta gelada e ardendo de tesão. Mais que depressa ele enfiou seu caralho com camisinha e gozamos juntos.

Ficamos abraçados por um bom tempo ainda se recompondo do sexo maravilhoso que tínhamos feito. Pra minha surpresa Beto perguntou:

__ Moh, pelo que senti você nunca deu seu cuzinho antes, ou estou enganado?

Numa fração de segundos pensei comigo mesma, porque não deixar ele pensar que também era virgem no cuzinho. E falei:

__ Não, nunca tinha nem me passado na cabeça uma coisa dessas. Sempre ouvia minhas colegas falarem que doía muito e que a maioria, acabava dando apenas para satisfazer seus parceiros, também nunca surgiu uma oportunidade boa, como você mesmo falou a maioria da rapaziada procura isso com outras garotas, não com a namorada.

Ele deu uma risada, me beijou a nuca e sussurrou no meu ouvido:

__ Moniquete, vou comer esse cuzinho de um jeito que você jamais esquecerá.

Beto então pediu que eu ficasse de quatro com o rosto encostado na almofada. Logo em seguida afastou minhas pernas separando minhas nádegas e deixando o meu rabo exposto, começou a revezar a língua e o dedo no meu cu encharcando de salivas.

O tesão era tando que minha xaninha fervia de tesão. Beto pediu que eu chupasse seu pau e logo em seguida, colocou na entrada da minha grutinha enfiando devagar. Sentia seu pau rascando meu cuzinho.

Gritava, chorava de dor. Beto mandava eu aquentar mais um pouco. Foi quando senti suas coxas tocando as minhas.

A dor se transformava em prazer. Beto começou a bombar com mais força segurando minha cintura. Enfiei o dedo na minha vagina, o mais fundo que consegui e com o polegar acariciava meu clitóris e logo gozei. Em seguida Beto gozou inundando meu cuzinho. Senti seu esperma quente e grosso escorrendo sobre a minha pele e me senti poderosa.

Confesso que estava realizada em ter perdido a virgindade com aquele homem experiente mesmo sabendo que era quase impossível ter a carta de habilitação falsa com a idade adulterada.

Já estava tarde e eu nem tinha dado sinal de vida. Minha mãe tinha ligado várias vezes pro meu celular. Beto ofereceu uma carona mais achei melhor pegar um táxi. Minha buceta ainda sangrava e meu cuzinho estava ardendo de tanta pirocada que tinha levado. Em casa exausta, corri para meu quarto, me joguei na cama e figuei pensando em tudo que havia acontecido.

Estava literalmente apaixonada pelo Negão que só me procurou duas semanas depois, mesmo assim ainda, sentia tão irreal, tão maravilhoso, tão sonhador. Esse momento frágil, obscuro em detalhes, ainda deixavam ecos vivos em todo o meu corpo, meu coração, meu lombo. Cada beijo queimou meu corpo, cada toque deixou um palpite alegre na minha pele, e quando lembrava dele deslizando dentro de mim ... isso era algo que eu não esqueceria ... nunca!

FIM

Aí galera, votem e comentem !

BEIJOS

Moh Lyndinha ♥

Comentários

03/04/2014 09:41:45
monique sua linda, deu até vontade de virar professor de auto
30/09/2010 01:19:10
Muito bom seu conto eu achei ele excelente!
02/06/2010 13:42:19
Bom
15/04/2010 11:22:07
nao conso de ler seus contos....adorei...leia o meu tambem e me adc.
25/10/2009 19:44:16
muito bom...
18/09/2009 04:26:33
bom mesmo nota
04/06/2009 11:53:12
NESTE SITE TA CHEIO DE AUTORES(?) QUE ZERAM OS TEXTOS DOS OUTROS PARA DESTACAR OS SEUS CONTOS MEDIOCRES. PARABENS PELO SEU . NOTA DEZ
02/06/2009 16:06:35
Cara!... ♥... Os votos de Gustavo Frota, Perninha morena, RDO, jimmas e outros, são de um sacana só, que sabotou todos os contos que estavam na página dos melhores, só pra deixar os dele em primeiro. Eram dois contos e foram removidos depois que a sabotagem foi descoberta. Vamos nos prestigiar, para recuperarmos nossas posições... Dez pra você... ♥... bye-bye...
02/06/2009 12:49:34
muito bom
27/05/2009 08:34:48
mais uma vez me vez sujar os azulejos
23/05/2009 10:20:47
Muito bom...
16/05/2009 14:40:39
aiai moça...mto legal esse!
13/04/2009 22:40:53
q carta gostosa foi essa garota,com direito á cabaçinho ahuahu
13/04/2009 20:44:17
Bom.
13/04/2009 19:27:50
muito bom
10/04/2009 12:18:20
axelente conto
19/03/2009 00:02:04
simples mais realista muito bom vc deve ser maior delicia
06/03/2009 00:03:29
kkkkkkkkk Boa.
28/02/2009 07:18:45
sem comentários!!!
12/02/2009 16:19:16
humm..gostoso demais!!!
09/02/2009 16:22:35
quem quizer tc comigo me add pgost_rib@hotmail.com
03/02/2009 22:32:24
Moh, sou leitor assíduo de seus contos, vc é amravilhosa, quero muito conhecer vc melhor, me add no msn: wr.arts@hotmail.com...__Bjossss molhados...
03/02/2009 12:55:54
Mto quente vc garota!! ^^
31/01/2009 19:17:53
Muito bom...Parabéns !! Vc deve foder gostoso,hein?
24/01/2009 23:53:58
Excelente... gozei como numka
24/01/2009 13:53:11
Muito Bom!! Já que és uma das melhores autoras, gostaria de uma valiação sua no meu conto "Prima, Sua Mãe Já Dormiu". Se puder dá uma lida, agradeço!! ;]
22/01/2009 19:33:15
muito legal,adorei!
22/01/2009 07:17:30
cade seu email?
21/01/2009 14:53:20
Bacana....Transmite realismo...Parabéns...10
20/01/2009 14:23:41
apesar de longo é muito, muito prazeroso
19/01/2009 04:12:27
exelente conto!
18/01/2009 23:23:27
já sou sua fã, leio todos seus contos.Ahh!!! passa seu msn se puder pra mim.
18/01/2009 00:08:20
garanto que é mais uma barbeira nas ruas, pois as aulas eram de sacanagem.
17/01/2009 19:02:10
muito bom, vc descreve muito bem. excelente!
17/01/2009 17:39:10
sensacional!adorei...
15/01/2009 17:33:25
nossa sua putinha deliciosa, eu quero te comer também! topa fazer uma parceira? beijos delicia
15/01/2009 10:34:57
vc tem telefone?
14/01/2009 20:41:31
Menina tesuda. Gostaria de te saborear, lamber teu peito, chupar aquele morango que está sentado bem no meio. Passar meu lábios em teus lábios mais intimos, sentir teu gosto e beber teu mel. Gozei de novo em uma bela homenagem a você.
14/01/2009 15:42:07
eita Môh!! vc e danada mesmo né>>deu 3,fodas 1 em cima da outra!! ahh, fiquei de pau duro!gostei do conto>>pelo jeito parece ser gostosa mesmo..agora deu vontade de te come tbm>>ñ que aprender a andar de moto ñ gostosa eu te ensino quero te fuder>>>juniorcartuning@gmail.com xero bem na priquita...
14/01/2009 10:05:25
Monique, vc escreve bem... poucos erros, bem estruturada, nível de detalhes na medida certa... quanto ao tesão, vc é ótima... transmite legal... fiquei com vontade de te conhecer e te comer...
14/01/2009 08:48:34
Sem muito o que falar.Não foi dos melhores mas também não foi dos piores.Nota...6!
14/01/2009 08:15:23
manda o enderêço dessa auto-escola.e se possível o msn desse negão! que mentitra!
14/01/2009 07:41:07
bem escrito, poucos erros mas tbm pouco excitante, bjs!
13/01/2009 21:07:25
gostei...c deu bem menina,esse beto e bom de foda...ahuahu
13/01/2009 21:03:32
bom. vc fode muito.
13/01/2009 15:22:04
que delícia de menina
12/01/2009 19:31:43
muito bom se fosse comigo, mas foi com outro, deixa pra lá
12/01/2009 14:07:24
muito bom....fiquei com a tora dura como pedra de tanto tesão pela sua historia...nota 10
11/01/2009 00:43:00
MTO BOM !!! ADOREI MTO E FIQUEI C/ UM TESÃO !!!! EITA !
05/01/2009 00:48:54
Nota 10. Eu me imaginei aqui sendo para minha namorada o q o Negao foi pra vc. Que legal que vc é daki do Rio. Vou ler outros contos seus e espero ter a msm sensação que tive agora, hehehe. Valeu Môh
05/01/2009 00:45:58
Show de bola. Não resisti aqui deitado na cama e acabei gozando pensando em minha namorada
04/01/2009 17:57:56
simplesmente o máximo! 10 MOH! kase me melei se um dia eu te encontrá kero ti pilotar...potranca!
03/01/2009 17:21:21
d mais adori entra em contato e todas mulheres de sjc
16/12/2008 10:26:37
O Môh você é uma delicia de todas formas excelente conto nota 10
16/12/2008 09:01:44
Muito bom fiquei ligado...
05/12/2008 12:18:12
Esse é o segundo conto seu que leio, e adorei os dois. Sou obcecado por um cuzinho e acho que você explora isso muito bem em suas estórias. Parabéns! Dou 10 para você.
03/12/2008 08:10:59
Será que eu mesma vou ter que votar nos meus contos? ahuahu
03/12/2008 08:07:16
Tá melhorando garota, continua assim...esse foi D+
02/12/2008 22:42:39
esse foi legal....nota 10
30/11/2008 22:54:29
Uma delícia, adorei!!!!!!!!!!!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.