Casa dos Contos Eróticos

Comendo a prima

Um conto erótico de Baiano Safadinho
Categoria: Heterossexual
Data: 07/11/2007 12:05:25
Nota 2.85
Assuntos: Heterossexual

Tudo começou quando ela veio passar um tempo lá em casa, eu me chamo Marcos e minha Prima... vou usar um outro nome...(karol), seus pais estavam entrando em processo de divórcio e ela não queria ficar em sua casa.

Para minha felicidade ela resolveu passar um tempo lá em casa. Ela é uma garota muito linda, seios fartos, olhos negros como a noite, uma pele bem bronzeada e uma bundinha de dar inveja a qualquer outra mulher, no auge dos seus 18 aninhos. Eu também não sou de se jogar fora, como moramos perto da praia aqui em salvador, gostava de pegar onda a tarde depois da Escola, na época tinha um corpo super bronzeado uma barriga de tanquinho... Estava com meus 16 anos.

Já tinha namorada algumas garotas e com algumas delas tinha ido um pouco mais além, mas eram meninas da minha idade, pouco sabiam sobre sexo ou uma verdadeira trepada. Hoje tenho 27, e depois de ler muitos contos, vou contar o que aconteceu comigo...

Minha prima já estava morando com agente fazia umas duas semanas, lá em casa cada um tinha seu próprio quarto como eu era o mais novo meus pais resolveram que minha prima deveria dormir no meu quarto (eles achavam que era mais seguro) eu como não sou bobo nem nada disse logo que não tinha nenhum problema que eu poderia dormir no chão num outro colchão que minha mãe tinha em seu quarto guardado para essas ocasiões.

Como era o caçula e saia pouco de casa, minha prima passava a maior parte do dia comigo, desta forma fomos ficando cada vez mais íntimos e ela começou a me pergunta se eu não tinha namorada e eu disse que já tinha namorado algumas, mas nada muito sério, na hora não me passava nenhuma maldade pela cabeça, achava que aquilo era normal, até ela me perguntou se eu não iria a praia naquele dia como era de costume, pois se eu fosse ela queria ir também, eu disse que ia, então ela foi colocar seu biquíni e eu fiquei esperando... Quando ela acabou de se arrumar e nós saímos para ir a praia ela estava usando uma canga que cobria todo o seu corpinho... Chegando a praia fui pegar algumas ondas, ela ficou na areia deitada pegando um “sol”, já estava cansado de pegar onda o mar não estava alto naquele dia... Resolvi sair, me aproximei dela e tive uma das melhores visões da minha vida... Ela lá deitada com aquela bunda linda empinada para cima com um biquíni que mal dava para cobrir o seu reguinho... Meu pau ficou duro na hora, sentei do seu lado e tentei disfarçar, mas não consegui, então deu uma olhada para minha bermuda e fiquei sem graça, ela sorrindo me perguntou o que tava sentindo para ter ficado excitado daquele jeito, meio sem graça falei porque nunca tinha visto uma bunda tão linda... Ela sorri e falou se você já esta assim, imagina quando passar bronzeador em mim... Vai se melar todo... Então peguei o bronzeador e fui passar em seu corpo, primeiro comecei pela sua costa e depois fui passando perto da sua bundinha, não resisti e passei a mão em cima da sua bunda, como ela não falou nada continuei passando pelo seu corpo todo, resolvi passar em suas pernas, ela estava deitada com se estivesse dormindo, com um Lupa (óculos) escura no rosto, continuei passando óleo pela suas pernas e passei a mão de leve sobre a sua virilha então ela deu pulinho e se mexeu, na hora pensei que ela fosse me dar uma bronca, mas ela não falou nada, então continuei... Voltei a passar mão pelo seu corpo que é lindo, novamente passei os dedos pela sua virilha desta vez um pouco mais perto da sua bucetinha... quando a coisa estava ficando boa ela se levantou e disse:

- É melhor para por aqui... Eu já estava aponto de ter um orgasmo... Então ela resolveu que já estava na hora irmos para casa, eu disse tudo bem e nós voltamos o caminho todo sem dar uma palavra.

Eu só pensava naquela bundinha linda, em meus dedos passando por cima daquela bucetinha... então ela me falou que já estava um tempo sem namorar que depois que os pais resolveram se separar ela não tinha cabeça para o namorado e acabou terminando com ele..

Quando chegamos em casa, logo ela foi tomar banho, eu dei um tempo na sala, conversando com a galera... Depois do jantar resolvi que ia dormir e fui para o quarto como tava muito calor resolvi que ia dormir só de cueca.

Quando minha prima chegou ao quarto eu já estava dormindo, no meio da noite acordei para pegar uma água, estava meio tonto nem reparei como ela estava dormindo, quando voltei para quarto reparei que ela estava só de calcinha, devia ser por causa do calor que estava fazendo naquela noite ou então por causa do sol que ela tinha “tomado” e seu corpo estava em brasa... fiquei um tempo parado do lado da cama só olhando aquela belezura, louco para passar mão novamente em seu corpo, como já estava com a pica bem dura, não agüentei comecei a alisar seu corpo, fui passando a mão pelas suas costa até chegar na sua bunda, então puxei a sua calcinha para lado e passei o dedo na sua buceta.. ela então deu uma suspirada e eu enfiei o dedo todinho na sua xaninha nesse momento achei que ela fosse abri os olhos então parei, como ela não abriu e nem falou nada, continuei enfiando o dedo e batendo uma siririca para ela. Como ela estava com as pernas um pouco fechada, passei a língua na porta do seu cuzinho e ele piscou para mim, continuei chupando seu cuzinho e ouvi-a dar um gemido, desta vez já não me importava se ela estava acordada ou não o que eu queria era fuder aquele cú.

Baixei a sua calcinha até os tornozelos e tirei-a de seu corpo, e tive a segunda melhor visão da minha vida, aquela buceta rosada bem na minha cara e sua bunda com a marca do bronzeado, quase gozei só de olhar, foi então que ela virou para mim e falou: “... quer chupar a bucetinha da priminha quer!? Então vem... e eu cai de boca nela, ela segurava em meus cabelos e empurrava minha cara na sua buceta me pedindo para chupar cada vez mais, foi quando ela anunciou que ia gozar, eu então chupei a sua xaninha com mais vontade ainda e ela gozou na minha boca... Cheia de excitação me mandou sentar na cama agarrou o meu pau de uma só vez, tentou enfiar tudo de uma só vez na boca, pagava um boquete como eu nunca tinha tido em toda a minha vida, ela enfiava a minha pica na boca até fica engasgada e depois chupava meu ovo... Quando já estava quase gozando ela parou e mandou-me enfiar na sua bucetinha que estava toda raspadinha, comecei dando uma pincelada na sua xaninha, ela pedia para eu enfiar tudo então como sou um bom menino, enfiei até o talo e comecei metendo com bastante força, ela então gozou de novo, pedi para que ela ficasse de quatro e quando ela virou agarrou a minha rola e começou a chupar de novo como já estava cheio de tesão não agüentei e gozei tudo na sua boquinha, ela não deixou cair nem uma gotinha, olha que eu gozo muito... Depois de ter deixado todo o meu pau bem limpinho, pedi para que ela ficasse de quatro... Que visão maravilhosa, aquele cuzinho olhando para mim, não agüentei e comei a chupar sem parar... Chupava e metia dois dedinhos na sua xaninha ao mesmo tempo, ela falando vai me fode com essa sua língua, enfiava o dedo mais fundo na minha buceta, e gozou mais uma vez. Como meu pau já estava duro de novo e seu cuzinho bem lubrificado... Mirei na sua portinha e fui colocando a cabeça bem de vagarzinho ela gemia dizendo que estava doendo mais que não era para mim ter pena daquele cuzinho e enfiar tudo, olha que eu já era bem dotado naquela época... Então enfiei tudo de uma só vez, ela gritava muito, num misto de dor e prazer, fiquei com medo que alguém acordasse... Comecei a socar naquele rabo e estava sentido meus ovos batendo na porta da sua bucetinha e ela pedindo vai mete mais, mete com força, eu comecei metendo com bastante força chamando ela de puta safada dizendo vou deixar seu rabo todo esfolado vou encher ele porra sua putinha descarada que gosta de dar o cú, e ela dizia: isso me xinga muito porque eu sou uma putinha mesmo, que gosta de dar o cú, então gozei e deixei o cú dela cheio de porra, tirei o meu pau e mandei ela chupar para sentir o gosto do seu cuzinho, ela chupou bastante até deixa ele bem limpinho de novo, foi ai que eu olhei para porta e vi que tinha alguém olhando, era o meu irmão ele estava do lado de fora batendo uma punheta... Mais isso eu deixo para contar depois...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
17/02/2016 17:02:22
Vc chamou o Maurício de analfabeto. E vc? Meu camarada, cu com acento agudo só se for o teu. babaca. Sai dessa!
DCG
27/09/2015 08:16:53
Deu zero em meu conto e não conseguiu nem 3 com o seu. Hahaha. Conto horrível...
04/07/2015 22:16:28
em primeiro lugar quero dar os parabens a todos que deixaram seus comentarios pra este babaca que vive metendo o pau no conto dos outros e pra este conto baiano babaca a nota é
05/04/2012 16:55:28
kkkkkkkkkkkkkkkkk É comédia, é? Se fosse, seria muito bom! kkkkkkk Ri muito!!!
PF
06/03/2012 08:53:12
REalmente meus contos são ficcionais. Em nenhum momento eu digo que aquilo aconteceu comigo. Mas o seu (por sinal único), apesar de interessante é muito mal escrito. Você precisa aprender a pontuar o texto. Vírgulas, pontos, parágrafos são elementos fundamentais numa narrativa que tornam a leitura clara e atraente. REalmente não dá pra ler seu conto por falta de pontuação e erros de ortografia (todos os processadores de texto tem corretor ortográfico. Use-os). E, pelo visto, minha opinião não é isolada. Abraços. Nota 5 pela criatividade
22/11/2011 17:23:57
Tá danado! Meteram o pau no cara, só porque o coitatinho tem gramática ruim! Curioso é que quem criticou, boa parte fez críticas com erros escandalosos de Português! Enfim, certo ou errado é alguém se propor a publicar alguma coisa, seja de alguma putaria que praticou ou não, e enfiar guela abaixo de quem lê, um monte de "palavrões" (estou me referindo aos erros gramaticais), como se as pessoas que fossem ler gostem ou não, seja um bando de analfabetos. Talvez pensa, que porque se trata de um história de safadeza, não tem importância, é tudo uma porcaria mesmo! Quando se quer mostrar alguma escrita coisa para um grande público, principalmente pela internet, é preciso ter muito cuidado, nem todo aquele que lê é especialista em gramática, mas é dose ler um texto com palavras e frases cheias de aberrações, além das mentiras! Nota: UM! Pela sua coragem!
05/03/2010 17:34:08
Ainda fui Boazinha e Falei 3º Ano do E.M, mas depois de dar uma relida no seu conto vi que nem da 1ª série vc passou.
05/03/2010 17:30:39
Um Lixo!!!! Fala do Conto dos outros e escreve essa porcaria. Ah me poupe!! Pensei que vc fosse um membro da academia brasileira de letras,mas pelo visto amigo, estou falando do conto de uma pessoa que só deve ter estudado até o 3º Ano do E.M e olhe lá. rs 0 pra vc
21/01/2010 15:30:18
Gente, este imbecil deste "Baiano Safadinho" sai por aí dando zero e criticando todos os contos dos outros e não percebe o lixo que ele escreve. Seu conto além de mal escrito e totalmente mentiroso, possui mais comentários do que histórias, Sinceramente acho que este sujeito é um cara tarado traumatizado pois deve ter sido abusado sexualmente pelo pai e pelos tios. Numa boa baiano: SE MATA Zero é pouco.
01/10/2009 18:05:25
puta que pariu!!!!!!!!!!!!!!!!! vc ganho de dez nos comentários, nunca li um conto com tantos comentários assim... tem mais comentários que o propio conto. kkkkkkkkkkkkkkk. faço das palavras do negroitb as minhas, tirando que não sopu homosexual. um abraço
29/05/2009 13:13:00
Ai galera comenta o conto. É uma porcaria, lixo ou coisa pior. O ZERO é pouco
21/05/2009 03:27:30
zero nesta bosta de conto.
21/05/2009 03:10:01
Meu Nome é Italo e sou um escritor invejoso e sem talento que dá nota baixas para outros autores. Utilizo os pseudonimos :Italobs, cida silva, ariano gostoso, ItalobSantos, jaires entre outros. Venha ler os meus contos ( com estes pseudonimos ) e de a sua opnião. Adoro escrever sobre genros e sogras.
22/04/2009 13:16:59
coisa sem graça, comer a prima aprente a escrever seu escroto viado baiano nota 0 zero
09/03/2009 00:32:24
que conto horroso seja mais critativo... baiano corno...
08/03/2009 23:06:05
Caso o senhor prossiga com as ofensas e difamação da minha pessoa estarei acionando a delegacia de crimes virtuais. Comunico que através do seu I.P podemos localiza-lo e leva-lo a prestar esclarecimento. Pejúrio, difamação é crime previsto no codigo penal. Portanto senhor seja inteligente e se comporte, tem todo o direito de expressar sua opinião. Porém, não tem o direito de atacar e agrediar as pessoas, mesmo que verbalmente. Crendo que o senhor tem ciência dos seus atos espero retratação. NYNA
08/03/2009 23:00:09
Venho informar ao senhor que mais um comentario pejorativo que degrina minha imagem estarei acionando a delegacia de crimes virtuais. Facilmente eles levantaram o I.P do seu micro e o localizaram para maiores esclarecimentos. Ten o direito de postar sua opinião, mas não de ofender e difamar as pessoas. Não exitarei de usar os meus direitos como cidadã para me defender de um sujeito da sua espécie. NINA
27/02/2009 16:52:37
vc é tao otário que pediu pra galera comentar seu conto, espere que as pessoas façam sem vc pedir seu babaca, e tem mais, seu conto esta cheio de erros, vai aprender com a ABCDEF, ASSIM VC SERA COMO ELA PRA ESCREVER
27/02/2009 10:41:39
Coitado! Fica pedindo, para alguem pelo amor de Deus comentar seu conto feio e muito de mau gosto,pelo menos meu conto é romantico e bem escrito e qual foi o conto que vc escreveu mesmo em? Eu queria lê!
27/02/2009 08:38:38
kkkkkkkkkkk! Parece que esse bundão escreve pior do que eu... e mente muito mais também... kkkkk! Bundão! Zero!