Casa dos Contos Eróticos

Fogo Cruzado - Capítulo 42

Autor: Lollitta
Categoria: Homossexual
Data: 12/02/2018 19:22:47
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Capítulo 42

-O quê? Por que me trouxe aqui? Me leva pra casa, por favor!

Após o meu apelo, ela me encarou, respondendo:

-Por que? Não tem nada demais em te trazer aqui. Estamos solteiras não é mesmo? Ou você vai me dizer que sente alguma coisa por Rodrigo? -Perguntou de forma sutil, tentando não me ofender.

Eu senti as bochechas formigarem. Jamais conseguiria mentir sobre isso pra ela.

-Nao... Eu... -Tentei me explicar, sem sucesso.

-Eu não queria ter te falado aquelas coisas na delegacia, sinto muito. -Disse Cássia, desprovida de qualquer resquício de deboche ou raiva. Isso me lembrou da noite em que estive ali e ela pediu pra que eu ficasse.

Eufórica, eu lhe respondi a primeira coisa que me veio a cabeça:

-Eu também peço desculpas... Eh... Por ter te chamado de velha tarada... -Falei sorrindo. Provavelmente meu rosto estava vermelho de novo.

Ela me devolveu o sorriso.

-Nao verdade, foi engraçado. Ninguém nunca havia me jogado algo na cara desse jeito. Não tinha percebido como estava me comportando com vc até então... Mas o que me deixou intrigada, é o fato de vc me achar velha. -Disse desfazendo aquele sorriso do rosto e me encarando com o semblante sério, quase triste.

-Eu não te acho velha... -Foi a primeira coisa que me veio a cabeça, e também a verdade. Eu só havia dito aquilo para fazê-la parar de me ofender.

Ela sorriu novamente.

-E eu não te acho uma oferecida. -Tocou meu rosto. -Na verdade, é muito difícil te convencer de algo. -Disse, agora mais sério.

É incrível como ela estava desarmada agora. E eu também.

Num impulso, ela ligou o carro é só então me lembrei que ainda estávamos dentro dele, em frente a sua casa.

-O que você vai fazer? -perguntei a analisando , estava séria e olhava pra frente.

-Te levar pra casa... -Ela deu um suspiro ao final, parecia cansada. Estava com os olhar entristecido tal qual a última vez em que estive ali e ela me pediu para ficar. No entanto, dessa vez ela não insistiu.

Mais uma viagem (apesar de não ser longa) de carro ia deixá-la pior. Mas é óbvio que esse não foi o único motivo pra eu, mais do que de pressa, contestar, antes que ela desse a partida.

-Delegada... Eu... Quero ficar... -Falei rapidamente, tentando não ficar vermelha.

-Tem certeza? -Disse ainda com o carro ligado e me encarando.

Eu fiz que sim com a cabeça.

-Bem, então é melhor me tratar pelo nome. -Falou manobrando o carro. Permanecia seria, mas percebi um certo brilho em seus olhos.

Adentramos o portão eletrônico e a garagem. Assim que ela desligou o carro, eu a olhei, esperando que dissesse alguma coisa.

Ela desceu do carro e deu a volta no mesmo, abrindo a porta do meu lado.

-Vamos entrar. -Deu um pequeno sorriso, me segurando pela mão e seguindo comigo pela porta lateral que liga a garagem à casa.

-Posso usar seu banheiro? -Pedi assim que chegamos à sala e ela acendeu a luz.

-Terceira porta á esquerda. -Se limitou a dizer.

Eu segui pelo escuro corredor, e adentrei a porta que ela falou. Acendi a luz, fiz xixi e me aliviei, afinal estava já a algumas horas sem ir ao banheiro. Quando terminei, dei descarga, lavei as mãos e sai.

Ao passar pelo corredor, escutei um barulho de chuveiro e percebi que aquele barulho vinha do quarto de Cássia. A porta estava aberta, apesar da luz estar apagada. Adentrei e vi que uma luz vinha do banheiro já que a porta dele, estava entreaberta. Não resistindo à tentação, me aproximei e espiei por entre a fresta da porta.

Continua...

Hello, people!

Espero que estejam gostando do conto e do clima romântico que vem se formando.

Obrigada as meninas que tem comentado o que acham...

Beijos a todas as leitoras...

Lollitta

Comentários

14/02/2018 23:02:45
Stardust 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏
13/02/2018 10:51:30
Poxa podia ser mais longoooooo hahahaha continue pfavor *.*
13/02/2018 01:13:10
Que bom que retornou, li desde o aviso até esse capítulo para poder comentar. Eu acompanhava seu conto e estranhei o sumiço, mas quem sou pra falar, já que sumi também (mas os motivos foram bem diferentes, não sabia como lidar com o fim do meu conto kk). Lollita, sei que algumas situações são difíceis de se lidar, mas se você tem algo que lhe faça bem, você deve persistir no que te faz bem. Assim, encara as coisas com um tom mais feliz e não deixa se abalar. Espero que volte logo com a fanfic do conto e saiba que todos, sim todos, pois acredito que outras pessoas além de mulheres leem, estão gostando e querem seu retorno. Eu falo isso por todos, seja bem vinda novamente.
12/02/2018 21:11:27
Só acho q vc devia postar mais um ainda hj 🌚

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.