Casa dos Contos Eróticos

Trai meu marido com o carinha do busão.

Categoria: Heterossexual
Data: 08/02/2018 18:22:11
Última revisão: 16/02/2018 18:44:29
Nota 10.00
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eu sou a Re e este é meu primeiro conto...

Conheci meu marido a 5 anos, sou apaixonada por ele, mas uma escapadinha de vez em quando serve para apimentar nossa relação, gosto de uma boa transa, e por que não dizer... de uma pica suculenta. Hehehehehe.

Foi assim que um dia desses já noitinha, voltando do trabalho e naquele ônibus lotado percebi que em minha frente estava um moreno, mais ou menos 1.70mt, uns 75kl bem distribuídos, puro tesão... ele estava em pé na minha frente e dava pra ver pelo seu perfil, pela calca justa que tinha um bumbum de dar água na boca e um volume bem acentuado na frente.

Ele lia um livro e quando dava eu jogava um olhar pra, ficava fitando aquele jeito delicia dele, mas acho que percebeu, pois numa dessas passadas de olho ele me encarou também.

Sou morena e de estatura média, coxas um pouco grossas e estava com uma saia não muito curta, sentada com as pernas cruzadas e meu fone ouvindo músicas, nos encaramos por uns segundos e uma freada do ônibus nos trouxe de volta a realidade.

Na hora de descer aproveitei que ele tinha se virado para conversar com um amigo, fui para perto dele e quando ônibus parou "esbarrei" minha mão na sua bunda "sem querer".. rsrsrsrs ... desci sem olhar para traz junto com as demais pessoas, fui caminhando rápido porque estava escuro, minha casa é algumas quadras e parecia que vinha uma chuva quando de repente ouço uma voz atrás de mim...

- Você gostou?

Levei um baita susto e ao olhar... lá estava ele, o gostoso do busão, quase nem acreditei... respondi que sim, gostei, aí ele respondeu

-Pode provar se quiser....

Ai meu Deus era tudo que eu queria, mas disse que meu marido estava me esperando em casa.

- Fala que vai demorar um pouco...diz q o busão quebrou.

Notei que ao mesmo tempo que falava comigo ele passava a mão por cima da calca, era visível sua animação, não resisti e mandei um zap com a desculpa para meu marido.

...continuamos caminhando e viramos em uma rua escura que tinha umas arvores grandes, não dava pra ninguém nos ver ali. Então ele me encostou em uma daquelas árvores e foi já passando a mão por baixo da minha saia... e já sentiu ela lisinha, toda molhadinha, tirou minha blusa pegando nos meus seios, senti aquelas mãos fortes e logo estava metendo a boca e chupando com tanta vontade, eu também não perdi tempo já levei a mão direto na sua pica, senti o pulsar, aquela rola quente e dura ao extremo, enquanto ele chupava meus seios eu o punhetava, minha xoxota já ao delírio, pois sua mão já acariciava.

Senti o beijo da sua boca e o morder na minha orelha, gostoso demais toda aquela situação... aquela boca carnuda e aquela pegada gostosa, aquele clima cde quase chuva e a sensação de ser possuída por aquele homem desconhecido e gostoso demais.

Ele já colocava uma camisinha, eu encostada naquela arvore enquanto ele segurando uma perna minha e introduzia aquele pau grosso, em estocadas sentia seu meter forte e quente, parecia sedento de sexo e eu já pingando de prazer, era gostoso demais sentir aquele moreno me beijando e afundando aquela pica em mim... nosso suor, seu beijo, pegada, era inevitável não estar toda molhada enquanto sentia aquele vai e vem ousado, cada metida gostosa, sua geba num vai e vem que me fazia gemer sem igual...

Meus lábios eram mordidos, me apoiava no seu braço, sentia seu perfume, logo o que era estocadas virou mordidas nos seios, e descendo gostosamente ele movimentava sua língua dentro da minha bucetinha toda molhada, eu escorada naquela arvore enquanto aquele cara gostoso metia sua língua dentro de mim, prazeroso demais aquela sugada gostosa na minha xoxotinha.

Eu segurava sua cabeça enquanto ele me fazia escorrer prazer numa viagem louca, que gozada gostosa demais... que prazer naquela noite com o carinha do busão... era eu ali, sentindo o gosto quente da sua língua nas minhas entranhas ao ponto de não resistir e molhar sua língua numa explosão de prazer... sem perder tempo ele caminhava toda língua por cada parte da minha bucetinha, subiu até meus seios e continuava metendo gostoso, não perdia tempo e socava sua pica dentro de mim, me apoiava no seu corpo gostoso e gemia naquele sexo diferente... o cara do busão gozava agora, com vontade, com prazer...

Depois daquele sexo gostoso a tão esperada chuva caiu nos molhando tudo, trocamos contato e mais alguns beijos, então ao chegar em casa fui direto para o chuveiro tomar aquele banho e relembrar aquele momento gostoso.

FIM

Historia descrita pela leitora: Regina Selma

de Mato Grosso do Sul.

Detalhes e Co-Autoria: Daniel

Acesse o Blog e Leia MAIS.

www.contosdedaniel.blogspot.com

Comentários

09/02/2018 23:04:33
Muito bom!
08/02/2018 23:05:01
Excelente a sua narrativa agora que começou espero que continue a escrever e nos presentei com outros contos maravilhosos e de gêneros diferentes.Parabéns
08/02/2018 21:40:45
Muito bom
08/02/2018 20:36:46
Gostoso de ler e muito excitante... (http://contosdahora.zip.net)
08/02/2018 19:17:57
Nossa Regina delicia tudo isso..quer casar comigo? Um sinho ter uma esposinha como você ,pois sabe fazer um marido ser corno..

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.