Casa dos Contos Eróticos

Aventuras com meu tio da Farmácia-Parte 01

Autor: AMY
Categoria: Heterossexual
Data: 22/09/2017 04:54:12
Nota 10.00
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Me chamo Amy, sou de baixa estatura, cabelos negros, sendo que gostaria de pinta-los de outra cor, batalho muito com o peso, ainda que não sou gorda, sendo que muitos no colégio me chamam de gostosa.

Como meu corpo está bem desenvolvido para minha idade, as vezes pensam que sou maior de idade.

Me considero bonita, meus amigos assim o dizem, sendo que tenho o complexo de achar meu nariz muito grande.

Porém o que me gosta é como percebem meus peitos, são enormes, os homens olham com deleite, herança de minha mãe.

Minhas amigas no colégio sentem ciúmes por isso.

Amo ir ao cinema e muito mais os Smarths.

Moro em minha casa com meu pai, mãe, uma irmã maior e um irmãozinho menor, apesar de não sermos ricos, temos uma boa condição econômica, sendo que meus pais seMPRE dizem que não esperemos ganhar nada de graça, temos que merecer.

Pois aconteceu que meu irmão por acidente derramou um copo de coca-cola em meu Smarth, contei para mamãe, mas de nada resultou meus lamentos, suplicas, que naquele momento não iria me comprar nada.

Enquanto discutiamos, veio meu tio Carlos, irmão de meu pai, que estava no banho, não sabia que estava em nossa casa, é alguns anos menor que meu pai, creio que andava com uns 45, de boa estatura, sarado e apesar da idade se conservava muito bem.

Sempre percebi que comigo era muito carinhoso, é dono de uma farmácia e tem boa condição econômica, nunca se casou, segundo ele gostava da condição de solteiro .

E escutando todo aquele barulho de nossa discussão, resolveu sair, se despediu com um beijo em minha mãe me dizendo que ao lado de sua farmácia tinha uma loja de conserto de celulares e se quisesse levaria para ver se tinha como reparar , lhe disse que sim, me disse que o acompanhasse pois se o técnico fizesse alguma pergunta não saberia como responder.

Minha mãe lógico, permitiu, o funcionário ao revisa-lo disse que era muito provável que não tinha conserto e bla...bla...bla...bla..., sai dali soltando faiscas e chorando e meu tio tentando me consolar.

_Venha, vamos até a farmácia para que beba um GATORADE e se acalme!!!

_Nada vai me acalmar tio!!!

_Mas me diga, porquê gosta tanto de Smarth!!

_Eu adoro tio...adoro!!!

Chagando a sua farmácia, ele abriu e logo fechou pois era sábado á tarde, entramos nos fundos em um pequeno consultório, conversamos sobre vários assuntos relativos a meu colégio, meus namorados, filmes, até que lhe perguntei.

_E o senhor tio, porquê nunca se casou???

_É que assim estou melhor, não tenho nenhuma mulher que fique me enchendo, assim como é sua mãe com meu irmão!!!

_Disso eu sei, minha mãe sabe ser chata e chinga muito!!!

_Então tio, se não é casado, como o senhor faz quando tem vontade???

_Vontade de que???

_Ah tio, o senhor sabe do que estou falando!!!

_Não sei do que está falando Amy!!!

_Bem, pois, quando tem vontade de transar!!!

_Por favor Amy, que pergunta é essa???

_Ah tio, é apenas uma pergunta!!!

_Sei lá...apenas dou umas escapadas por ai!!!

_Ou seja, o senhor vai atrás de mulheres, certo???

_Sim, Amy!!!

_E o senhor as paga???

_Não exatamente, as vezes saio com umas amigas e se necessitam algo, as ajudo!!!

_Entendi, então o senhor lhes dá dinheiro e presentes???

_Não exatamente, mas algo parecido!!!

Pensei>>>esta é minha oportunidade<<<

_Então tio, o senhor pode me dar um Smarth de presente???

_O quer dizer com isso Amy, que me vai pagar com aquilo que minhas amigas me pagam???

_Pois o que tem, se me comprar de presente, tudo bem!!!

Ficou olhando para meu rosto como querendo adivinhar se aquilo era real ou uma brincadeira.

_Não brinca com isso Amy!!!

_E quem disse que estou brincando???

_Olha tio, se o senhor me comprar um Smarth, eu deixo fazer o mesmo que suas amigas fazem!!!

_Você está certa disso???

_Sim!!!

_E será um segredo entre você e eu???

_Claro Tio!!!

Abri minha blusa para que visse que não estava brincando, percebi seu olhos brilhando ao ver meus seios saltando , avançou sobre mim me beijando de forma brutal, mesmo tendo passado por alguns namorados, nunca me haviam beijado daquela maneira antes, na verdade que somente com seus beijos em minha boca senti meu corpo queimar, minha buceta começava a ficar molhada.

Foi descendo beijando até chegar a minhas tetas.

_Que seios maravilhosos você tem Amy!!!

Suas mãos não conseguiam apertaar por completo de tão grandes que eram meus seios, chupava os mamilos bem forte, tanto que até doiam.

_Aiiii...tio...que gostoso...desse jeito vai me sacar leite delas!!!

_Suas tetas são deliciosas, igual as que a PUTA de sua mãe tem!!!

Achei aquilo estranho ele se referir a minha mãe como PUTA, mas estava tão excitada que nem dei importância.

Eu juntava os seios para que ele me chupasse com gosto, enquanto que com suas mãos livres desabotoava minha calça terminando de me desnudar me deitando em uma cama que tinha para as consultas, abriu minhas pernas sem antes me perguntar...

_Você está bem peluda, não se depila???

_É que faz algum tempo que estou sem namorado!!!

E lá foi ele fazendo uma inspeção completa...

_Os pêlos estão chegando até seu cuzinho!!!

_Você não gosta???

_Se quiser vou para casa e me depilo toda!!!

_Nãoooooo...deixa assim!!!

Começou a lamber e meter a lingua percorrendo toda a extensão de minha buceta até meu cuzinho virgem separando minhas nádegas para explorar meu ânus voltando novamente até minha vaginha ardendo de tesão, me sentia nas nuvens.

_Sobrinha querida, que cuzinho gostoso você tem!!!

_Sim tio, me chupa, mete a lingua, não estou aguentando, vou gozar!!!

Ele seguia me chupando como louco, ao mesmo tempo que lubrificava o dedo com os fluidos que saiam de minha buceta e enterrou em meu cu, senti uma dôr incomoda, ao mesmo tempo uma tremenda vontade de mijar...

Aiiiiiiiiiiiiiiiii...tioooooooo....para tio...para....que vou mijar!!!!

Ao ouvir isso, ao contrário, me chupava com mais força e saia e entrava com seu dedo em meu cu com rapidez, não consegui aguentar mais, o que pensava ser urina, era um gozo que molhou sua lingua, meu tio abria a boca e chupava aquele muco, eu sentia como se estivesse morrendo, era a primeira vez que um homem me fazia gozar daquela maneira, uma mescla de prazer com debilidade, se não estivesse deitada, com certeza cairia ao chão.

CONTINUA....

Comentários

23/09/2017 00:08:24
Show
22/09/2017 11:52:07
Meu bem sou fã... Adoro seus contos tenho alguns contos legais olha la... E leia Mande fotos adoratia conversar xom vc meu bem Emails jopgcluis@gmail.com joao_paulo.santos85@hotmail.com Whats Publiquei novo conto olha la por favo vc é especial pra mim bjs te adoro

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.