Casa dos Contos Eróticos

Histórias da Minha Vida - Parte 189

Autor: Phabiano
Categoria: Homossexual
Data: 13/08/2017 01:13:30
Nota 10.00
Ler comentários (19) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

12 horas depois eu já estava acordado.

Tinha um bom tempo que não visitava ou acordava na cama daquele hospital, com uma enfermeira arrumando o travesseiro para melhor acomodar minha cabeça, acompanhada de um médico que sorria enquanto esperava por alguma reação de minha parte.

- Me lembro de você rapazinho, você trouxe uma senhora aqui uma vez, que se cortou com estilhaços do violão? É você mesmo ou estou enganado?

Ele sorria esperando por uma resposta positiva para sua pergunta.

- Sim Doutor! Aquela vez eu vim por causa da mãe do meu marido que entrou no meio de uma briga nossa, e dessa vez eu vim por causa do pai! Foi o pai dele quem me deixou todo quebrado assim. Eu o enfrentei e acabei na pior rs.

Ele parou por um segundo e me fez uma pergunta tola, sem pensar ou um quase pensamento alto e logo em seguida se desculpou.

- Vale a pena, ter um relacionamento assim? Hum-ops, perdão pela falta de educação Fabiano! É que não me parece saudável estar num relacionamento assim. Eu vou ter que chamar a polícia para você fazer um B.O e também para registrar uma queixa contra o homem que te agrediu.

Quando fui responder, a porta do quarto quase que me é derrubada. Era o Iago que entrou desesperado perguntando por mim.

Quando me viu, colocou a mão no peito e fez um sinal negativo com a cabeça. Logo depois suspirou aliviado!

- Binho, você está bem?

- Sim, ele está bem sim, só uns arranhões, um dente e uma costela quebrada, a dor de cabeça por conta da pancada no chão e as lesões que logo irão sumir, mas você não pode entrar no quarto do paciente dessa maneira rapazinho!

Quando o médico terminou de dar a bronca, o Iago se desculpou e veio me dar um abraço.

Ele estava chateado e disse que quando o Rick ligou avisando, ele não pensou em outra coisa a não ser, correr para o hospital.

O Andrémonio quebrou um dente da minha boca e fraturou uma costela com o chute que ele me deu depois de me derrubar no chão e me desmaiar, quando bati com minha nuca contra o piso da cozinha.

Os policiais chegaram e um deles era o tio do William. Quando meu viu, ele se assustou e ficou todo preocupado comigo, entrou em desespero e me perguntou quem havia feito aquilo, já condenando o William, achando que o problema fosse o sobrinho.

Eu contei tudo que tinha acontecido, a ligação do homem, a viagem do William, a minha briga com o homem dentro da casa da Laura.

Eu fiz um Boletim de Ocorrência contra ele e, no mesmo dia o chamaram a comparecer na delegacia para contar sua versão do ocorrido.

O Rick acompanhou a Laura, lá eles se depararam com o André na delegacia, que confirmou tudo que havia feito, disse que foi em legítima defesa, que eu o peguei por trás, distraído. Depois ainda falou do filho e tornou a fazer ameaças, dizendo que todos alí presente eram testemunhas que se eu procurasse o William, ele iria me matar.

O irmão da Laura interrompeu o homem e avisou;

- Seu filho estava perdido no mundo, usando drogas, saindo com gente errada, não obedecia minha irmã e não me respeitava, se não fosse esse rapaz entrar na vida dele, acho que nem filho você teria mais seu bosta. O Fabiano sim é homem, segurou a barra do William, foi buscar ele na boca, enfrentou gente barra pesada da rua e carregou ele até o hospital quando ninguém quiz ajudar, cuidou do William, acreditou que o moleque tinha jeito, que ia mudar e se tornar um cara de bem e olha no que o William se tornou hoje, tem 25 anos, um emprego bom, viaja pra fora do país, tem um salário bom e tudo isso não foi graças a você seu ladrão sem vergonha, que só se aproveitou dos bens que meus pais deixaram pra Laura. Foi o Binho quem ajudou meu sobrinho na pior hora e na maior das necessidades da vida dele. Por tanto André! Você tome cuidado ao ameaçar esse rapaz, eu tenho ele como a um filho e eu mesmo acabo com sua raça se você fizer algo contra ele, você ta me ouvindo?

Quando a Laura me contou tudo isso, eu fiquei sem palavras e comovido, pois, não imaginava que o tio do William tinha essa imagem de mim.

Mas a surpresa chegaria mais tarde, com a visita do William.

Ele foi me ver, se mostrou preocupado comigo, perguntou sobre meu estado e também pediu desculpas pela violência do pai, mas, não tinha ido até lá para saber sobre mim e sim para pedir que eu retirasse a queixa contra o André.

- O que você está me pedindo William?

- Binho, eu sei que é uma situação complicada pra você, mas meu pai tem passagem pela polícia, ele ta com medo de perder o emprego e aí eles vão passar necessidades. Eu amo você Fabiano, mas eu amo meu pai também!

Eu fiquei louco!

- Ama? Você ama "seu pai"? Agora ele é seu pai? A coitada da Laura se matou de trabalhar a vida toda para te criar, cuidou até agora de você e de repente, você ama esse monstro? O que aconteceu com você William?

- É Fabiano, eu continuo o mesmo, mas preciso dar uma chance pra ele se redimir. Pra ele mostrar que mudou, que é um homem correto.

- William, sabe de uma coisa? Vai você e seu pai para o raio que o parta. É melhor você ir embora agora!

- Você teve uma relação Homossexual comigo durante 8 anos e agora vai fazer as vontades de seu pai? Vai tentar ser algo que não é? Vai correr atrás de buceta? É isso William? Por determinação de seu pai, você é hetero agora?

Quando ele saiu da sala eu chorei muito, pensei e repensei minha história com ele e decidi que eu faria uma última vontade do magrelo.

Eu decidi retirar a queixa, mas antes, nós dois teriamos uma conversa bem séria e decisiva!

Nunca me imaginei tendo que fazer isso, mas, eu não podia sofrer por ele novamente, se fosse sofrer, que fosse pra nunca mais precisar correr atrás dele novamente.

Eu liguei pra ele voltar até o hospital!

Quando chegou, ele abriu a porta e sorriu, aquele sorriso que me derrubava, me amolecia, me deixava sem chão.

Eu só olhei firme para ele e pedi que se sentasse.

Eu retiraria a queixa se ele não procurasse mais aquele inferno, eu ia esquecer tudo que havia acontecido, mas ele teria que se afastar daquele homem.

Mas para a minha surpresa, ele se incomodou com meu pedido, ficou irritado e me esculachou, dizendo que não ia ficar longe do pai, que não ia deixar de visitar aquele homem por um capricho meu e também disse que talvez o pai tivesse razão a meu respeito.

Aquilo foi como se eu levasse outra surra, mas essa ainda mais dolorida, em 8 anos de relacionamento, era a primeira vez que eu me sentia arrependido de ter dado tantas chances para o William.

Pedi que olhasse bem para meu rosto, pois, era a última vez que me veria. Pedi também que retirasse tudo dele de dentro da minha casa, tudo! A partir daquele momento nós não existíamos como um casal mais, ele poderia visitar o Igor e a Laurinha, mas "o nós"já era passado.

Quando eu voltasse pra casa, eu não queria ver nada dele na minha casa.

Eu retirei a queixa contra o pai do William.

Mas também no dia 18 de maio de 2016, eu tirei o William da minha vida também.

Comentários

14/08/2017 03:25:43
Não sei porque, mesmo gostando do casal Will & Binho, sempre shippei mais forte o Binho com o Renato, apesar de ser cilada também, mas eu achava a ligação entre os dois bastante elétrica. Quem sabe, né? Agora que ele tá solteiro e tal rsrs
14/08/2017 03:23:16
Eu entendo o lado do Binho, mesmo fazendo totalmente ao contrário, não sossegava enquanto não colocar aquele psicopata na cadeia. Sobre o William, esse realmente é o famoso "Pau que nasce torto, nunca se endireita", não tem jeito, ou ele termina, ou acaba ficando tudo cada vez pior. Eu já esperava por isso quando o Phabiano deu pistas nos capítulos anteriores, e infelizmente, mesmo triste por acompanhar essa história a anos, ver praticamente o amor deles nascerem, foi uma boa decisão, por mais que isso tudo já completou um ano, ou seja, tudo pode ter acontecido de lá para cá, mas não sei, eu acredito que foi para valer, enfim, o que você dicidir eu compreendo. Faça o melhor para você. Tudo de bom para você, Binho! Ah, e continue dividindo sua história com a gente, é bom para a alma.
13/08/2017 22:22:09
BABACA VC SE UM DIA VOLTAR PRO WILLIAM. DE FATO NÃO DEVERIA TER RETIRADO A QUEIXA. NÃO FOI UMA BOA IDÉIA.
13/08/2017 11:48:09
Caraca, que idiota esse Willian. Acho que vc fez errado em ter tirado a queixa. Esse verme merecia ir pra cadeia. Espero que vc não tenha voltado pro Willian nesse um ano que passou e que tenha encontrado um grande amor e esfregado na cara dele. Adoro sua história mesmo sendo tão sofrida as vezes. Ansiosa pelo próximo.
13/08/2017 11:01:22
Poste mais capítulos Fabiano! Ansioso pelo próximo já, rsrs... Abraço!
13/08/2017 10:29:30
Seu conto é lindo
13/08/2017 08:46:57
Qual o ser humano não fica tapado/desorientado/cego e burro, quando se trata do amor?
13/08/2017 08:38:12
A gente não pode julgar ninguém, o William infelizmente desviou do caminho dele, mas o amanhã só pertence a Deus, isso já tem 1 ano, e se você voltou, eu acho que tem muita coisa por vir ainda. Amo seu conto
13/08/2017 08:33:15
Você sempre supera, to ansioso pra o próximo capítulo
13/08/2017 08:31:36
Eu também fiquei hiper triste com o episódio de hoje Não digo que você foi burro, a gente não mede a razão, quando se trata do coração, do nosso sentimento. Você fez o que achou melhor naquele momento. Posta logo 👏
13/08/2017 08:29:41
Não digo que você foi burro, a gente não mede a razão, quando se trata do coração, do nosso sentimento. Você fez o que achou melhor naquele momento. Posta logo 👏
13/08/2017 08:23:56
Fiquei triste com tudo isso
13/08/2017 08:21:49
A gente não pode julgar ninguém, o William infelizmente desviou do caminho dele, mas o amanhã só pertence a Deus, isso já tem 1 ano, e se você voltou, eu acho que tem muita coisa por vir ainda. Amo seu conto
13/08/2017 08:16:06
Nossa amigo, mas isso tem 1 ano já, como estão as coisas? Conta mais
13/08/2017 08:13:36
Eu concordo com o Rick, você deveria brigar e deixar os dois marcados
13/08/2017 07:19:39
O William nunca aprende! Merece sofrer pra aprender... case com o Iago!
13/08/2017 04:07:35
Posso lhe fala uma coisa ... Me desculpa. As palavras que eu vou usar Mas você foi um viado burro... O cara pintou com você... Não foi uma ou duas ou 3.. Você deu muito mole e olha no que deu... Mas cada um tem um jeito de agir... Eu não tinha tirado a queixa não ... Tinha continuado e ainda mandava dar umas porradas tanto no pai como o William....vc deu muito mole
13/08/2017 02:22:26
O William nunca aprende! Merece sofrer pra aprender... case com o Iago!
13/08/2017 02:22:09
O William nunca aprende! Merece sofrer pra aprender... case com o Iago!

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.