Casa dos Contos Eróticos

Dama de Honra - Conversa séria com Ramiro

Autor: Suellen
Categoria:
Data: 19/06/2017 02:33:28
Nota 9.60
Assuntos: crossdresser,
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Gente, obrigada pelos comentários, e um recadinho breve. A partir do próximo capítulo vou renomear o conto como Lari e sua nova vida. Não se preocupem apesar da mudança do nome a história será a continuação de Dama de Honra.

Bom depois de arrumar meu novo guarda roupas (pois mame pegou minhas roupas de menino e deixou tudo em 5 sacolas grandes para doar), separei um baby doll e calcinha fio dental pretos e fui tomar meu banho. Depois pedimos uma pizza e jantamos minha mãe e eu. Ele foi assistir TV e eu fui para o computador brincar um pouco, depois dormi.

No dia seguinte preparei o café da manhã que sempre revezávamos quem fazia (eu em um dia e minha mâe no outro). E uns 15 minutos depois do café toca o telefone, eu atendo e ouço, uma voz conhecida.

- Alô

- Oi amor tudo bem lindíssima?

- Ramiro?

- Hum... vejo que você não me esqueceu.

- Como conseguiu meu telefone?

- Antes de te levar em casa peguei com a Luciana.

- Entendi

- Você está no interior ou ainda na casa da sua tia?

Achei que tinha chegado a hora de contar a minha condição.

- Ramiro precisamos conversar sério.

- Tudo bem o que é minha princesa?

Resolvi contar a história do casamento de forma que não comprometesse a Renata, afinal ela é minha melhor amiga.

- Ramiro, é uma história, que talvez você venha a me odiar, mas é necessário que você saiba.

- Me conta.

- Faltando algumas semanas para o casamento, a Renata me convidou para casamento dela, porém estava apavorada porque tinha três padrinhos e só uma dama de honra e não sabia o que ía fazer. Eu falei pra ela:

- Não se preocupe amiga eu serei sua segunda dama e honra.

Na mesma hora ele me interrompeu.

- Que história você está me contando?

- Por favor deixa eu teminar.

- Aí a Renata ficou meio confusa e disse:

- Como assim?

- Eu vou contar meu plano. Eu vou me vestir de menina e serei sua dama de honra. Meus cabelos compridos vão facilitar a transformação e aí se alguém perguntar qualquer coisa eu sou a prima do Lucas que mora no interior.

- Os olhos da Renata brilharam e ela ficou muito feliz com a idéia e concordou.

- Experimentei o vestido que serviu perfeitamente e treinei andar de salto.

- Chegou no dia do casamento, Renata me emprestou uma calcinha, me colocou um espartilho pra eu ficar mais cinturada, um par de próteses de seios, um vestido e uma par de sandálias, em resumo uma montagem básica para eu ir para o salão de beleza parecendo uma mulher. Depois do salão você já sabe o resto.

- Afinal quem ou o que é você?

- Era o Lucas, mas depois que te conheci passei a ser totalmente Larissa.

- Quer dizer que eu estava ficando com um travesti?

- Naquele dia sim, mas agora vou fazer tratamento hormonal pra ser uma mulher.

- Olha faz o seguinte... me dá um tempo para eu assimilar tudo isso que eu fiquei sabendo agora, e nem me faça a besteira de ligar ou me procurar enquanto isso, porque se fizer farei ou falarei coisas pra você que provavelmente eu ou você vai se arrepender.

E desligou o telefone.

Eu desabei em choro. Minha mãe perguntou:

- O que aconteceu filha?

- Depois eu te conto mãe.

Subi até meu quarto e fiquei trancada lá chorando pelo menos por umas 4 horas seguidas. Quando finalmente consegui parar de chorar desci e falei com minha mãe:

- Mãe, quem ligou era o Ramiro, o homem do casamento por quem me apaixonei.

- Mas você não disse que nem trocaram contatos?

- Mas ele pegou meu telefone com a prima da Renata.

- E o que aconteceu?

- Contei a história do casamento sem comprometer a Renata e falei sobre minha condição.

- Cedo ou tarde vc ía precisar fazer isso.

- Eu sei mãe, mas ele disse que vai digerir tudo o que eu falei e que se eu procurasse ele de qualquer forma que fosse antes disso eu ía me arrepender.

- Nem tudo está perdido dê tempo para ele, se ele realmente está apaixonado por você ele vai te procurar.

Mais calma fui fazer o almoço com a minha mãe que naquele dia ficou pronto tarde.

Continua...

Comentários

15/10/2017 21:05:18
Obrigatório claro esta conversa, homem pode ficar louco com esta história
20/06/2017 10:40:55
Obrigada querida. Vou entrar em contato. Beijoca!
20/06/2017 02:15:43
Ótimo conto!!!!
20/06/2017 01:59:39
Oi Melissa, meu e-mail é suellenfielding@gmail.com por hora é o único contato que posso te passar por aqui.
19/06/2017 14:32:34
Oie Suellen, Parabéns pelo conto e principalmente pela sensibilidade. Eu tive uma ideia mas não sei se aqui seria adequado te contactar. Como poderíamos conversar um pouco melhor? Tenho a intensão de finalizar a História de Melissa mas infelizmente ando muito ocupadinha... Beijus

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.