Casa dos Contos Eróticos

Nova Vida 58 cap

Categoria: Homossexual
Data: 18/06/2017 23:18:36
Nota 10.00
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Olá a todos,pelo visto o Bruno está gravidinho mesmo,veremos como o Guilherme irá reagir.

Valtersó: Realmente as maldades do Pedro apimentam a história,realmente uma criança sempre traz alegria.

Garafão: Fico feliz que esteja gostando da história,e você está certo como o Bruno de certa forma é a"mãe" ele terá preferência diante do juíz,mas veremos que artimanhas o Pedro irá usar.

Arrow: Em breve acontecerá a conversa entre o pai do Pedro e o Bruno,realmente estar grávido com o louco do Pedro solto pode não ser muito seguro.

Luh 1992: O Guilherme nunca achou que era estéril,o Bruno terá que se precaver para ficar longe do Pedro durante a gravidez.

Geomateus: O Pedro vai aprontar e contará com a ajuda de uma pessoa,vou fazer suspense sobre o sexo do bebê.

Regi1069: Realmente uma noite pra ele é pouco,o encontro entre o Pedro e o Matheus acontecerá em breve.

Nayarah: Essa criança trará muita felicidade pra eles.

Depois de pegar os resultados eu fui pra casa,quando o Guilherme chegou em casa eu o chamei no quarto para conversar.

Guilherme: Aconteceu alguma coisa?

Eu: Aconteceu sim.

Guilherme: O que?

Eu: Eu tô grávido.

Quando eu falei isso a expressão do Guilherme mudou ele ficou pálido.

Guilherme: Grávido como assim?

Eu: A gente não se preveniu,acabou acontecendo.

Ele continuou com aquele olhar espantado dele.

Eu: Você tá chateado comigo?

Então ele começou a sorrir igual um bobo e disse.

Guilherme: A gente vai ter um bebezinho. Disse ele sorrindo.

Eu: Pelo visto sim.

Então ele me abraçou e me deu um beijo.

Guilherme: Eu tô muito feliz.

Eu: Eu também amor,eu sempre quis ter outro bebê e você é o cara certo pra isso.

Guilherme: Então foi bom você ter se mudado pra cá,a casa aqui tem mais espaço pro bebê.

Eu: Verdade.

Guilherme: O Matheus já sabe?

Eu: Não,eu mesmo descobri hoje,eu ainda vou contar pro Matheus.

Guilherme: Eu devia ter desconfiado daqueles enjoos matinais kkkk.

Eu: Eu também.

Nós ficamos mais um tempo ali no quarto conversando sobre a gravidez e ambos estávamos muito felizes,apesar do Guilherme ter sido impedido de acompanhar a infância do Matheus ele vai poder acompanhar a infância do nosso filho ou filha caçula.

Depois que o Matheus chegou em casa eu fui até o quarto dele contar a novidade.

Eu: Oi filho. Disse entrando.

Matheus: Oi papai.

Eu sentei na cama dele e disse.

Eu: Bom...eu tenho uma novidade pra te contar.

Matheus: Acho que já sei o que é.

Eu: Como assim?

Matheus: O senhor tá grávido não é?

Eu: Como você sabe?

Matheus: Todos esses enjoos só podia ser isso kkkkkk.

Eu: Kkkkk,eu já estava a horas me preparando pra te contar e você estraga assim kkk.

Matheus: Fazer o que kkkk...o senhor já sabe o sexo do bebê?

Eu: Ainda não...eu só estou com 1 mês de gestação,só dá pra saber o sexo a partir dos 4 meses.

Matheus: Nossa tem que esperar isso tudo. Disse ele meio chateado.

Eu: Você gostaria que fosse o que menino ou menina?

Matheus: Não sei se for um menino vai ser legal pra mim poder ensinar coisas de menino pra ele que eu fazia quando era criança e se for menina vai ser legal também por que essa casa já tá cheia de homem.

Eu: Kkkkk.

Matheus: O senhor podia ter gêmeos um menino e uma menina.

Eu: Vira essa boca pra lá quer que eu fique um elefante de tão gordo kkkk.

Matheus: O senhor engordou muito quando tava grávido?

Eu: Pois é engordei 15 quilos naquela época e olha que eu era novo,imagina agora depois dos 30.

Depois de ter conversado com o Matheus eu fui fazer um lanche e me peguei pensando no infeliz do Pedro,pelo o que eu conheço dele,ele não vai me deixar em paz assim tão fácil.

Naração do Autor

Pietro acabou demorando um pouco mais do que havia dito para buscar Pedro na delegacia.

Pedro: Demoro hein!

Pietro: E desde de quando eu sou obrigado a consertar todas as merdas que você faz,você já tem mais de 30 anos.

Pedro: Ou não precisa humilhar também não.

Pietro: O que aconteceu?

Pedro: É uma história longa e complicada,em casa eu explico tudo pro senhor.

Depois de ter chegado em casa e tomado um banho para tirar o cheiro de cadeia que eatava na sua pele,Pedro foi pra sala conversar com seu pai.

Pedro: Lembra do garto que eu namorei o Bruno?

Pietro: Sim claro.

Pedro: O senhor já ouviu falar em intersexualidade?

Pietro: Que diabo é isso?

Pedro: Então,o Bruno tem intersexualidade,ele é homem,mas tem os órgãos reprodutores internos femininos e no caso dele ele também tinha o órgão externo.

Pietro: Perai você quer dizer que ele tem uma vagina? Perguntou assustado.

Pedro: Sim,mas não é só isso...enquanto namorávamos o Bruno acabou engravidando.

Pietro: O que,que loucura é essa que você tá me falando,você fumou o que na cadeia?

Pedro: O que eu tô dizendo é verdade,quando ele descobriu que estava grávido de mim ele já estava namorando outro cara.

Pietro: Olha tá muito difícil pra mim levar essa história a sério.

Pedro: Eu tenho um exame dele da época que ele me deu pra você ver.

Então Pedro foi até o seu quarto e pegou um exame do Bruno e entregou para o seu pai que olhava aquilo estático.

Pietro: Deixa eu adivinhar,você não quis assumir o filho do moleque e agora que ficou estéril se arrependeu.

Pedro: Não tem como o senhor ir falar com ele,vocês sempre se deram bem.

Pietro: Eu vou falar com ele sim,até por que isso também se trata do meu neto.

Narração do Bruno

Naquela sexta feira eu fui trabalhar normalmente apesar dos enjôos que eu estava sentindo.

Ao chegar em casa eu fiquei de boa no quarto assistindo um filme com o Guilherme.

Guilherme: Amor?

Eu: Oi?

Guilherme: Eu estava pensando aqui e eu acho que você vai ter que se afastar do trabalho,pelo menos até o nosso filho nascer.

Eu: É verdade,não vai dar pra ficar indo pra lá com um barrigão de grávido.

Eu:Eu gostava tanto de trabalhar lá.

Guilherme: É pro seu bem amor e além do mais quando o bebê nascer você pode voltar a trabalhar ou se você quiser ficar em casa cuidando do nosso muleque eu vou achar ótimo.

Eu: Segunda feira eu vou conversar com o Mauro.

Alguns Dias Depois

Naquele final de semana nós ficamos em casa de bobeira e quando a segunda feira chegou eu fui até a agência para conversar com o Mauro.

Mauro: Mas por que você quer demissão Bruno?

Eu: É por razões pessoais Mauro,eu não me sinto avontade pra te falar isso agora.

Mauro: Tudo bem eu entendo,você é de longe o melhor funcionário que eu já tive e eu quero que você saiba que você é bem vindo pra voltar sempre que você quiser.

Eu: Obrigado e você também é o melhor patrão que eu já tive.

Mauro: Tá esperando o que pra me dar um abraço.

Eu abracei ele e nós nos despedimos.

Mais Tarde

Guilherme e eu estávamos no quarto conversando.

Guilherme: Por que você tá tristinho assim?

Eu: Eu não tô triste não,mas eu conversei com o Mauro hoje e me desliguei da agência.

Guilherme: Vem aqui que eu vou te deixar alegrinho. Disse ele fazendo massagem no meu ombro.

Eu: Melhor eu tirar a roupa né,pra sentir melhor a massagem?

Guilherme: Concerteza.

Então ele foi tirando a minha roupa e eu fui tirando a dele até ficarmos completamente pelados.

Então eu fiquei de quatro de quatro na cama e ele começou a dedar a minha entrada,primeiro um dedo e depois dois,depois disso ele lubrificou o pau dele e começou a penetrar a minha entrada.

Eu: Que delícia,enfia tudo vai.

Guilherme: Você é tão apertado.

Eu: Então me aromba vai.

Guilherme: Vai ser um prazer.

Então ele começou a tirar e colocar na minha entrada me levando a loucura.

Eu: Ahhh isso vai,mais forte vai.

Depois de já ter metido bastante na minha ele começou a meter no meu cuzinho.

Guilherme: Ahhh.

Ele gemia enquanto dava tapas na minha bunda e eu rebolava a minha bunda no pau dele.

Então eu cheguei ao orgasmo e em seguida ele gozou dentro do meu cuzinho.

Alguns Dias Depois

Apesar de ter saido da agência em que eu trabalhava eu ainda tinha que esvaziar a minha sala.

Enquanto eu recolhia as coisas do meu escritório a Jéssica a secretária veio falar comigo.

Jéssica: Bruno tem um senhor te chamando na recepção,ela já tá te procurando a dias.

Eu: Será que é algum cliente?

Eu fui até a recepção e tive uma surpresa ao ver o Pietro o pai do Pedro.

CONTINUA...

Obrigado por lerem.

BEIJOS

Narração do Autor

Comentários

rah
26/06/2017 23:25:25
Cadê a continuação?
26/06/2017 16:37:33
cd vc CD a continuação?
19/06/2017 14:15:58
Pedro e suas artimanhas um pouco tarde pro arrependimento dele
19/06/2017 13:15:35
O Pedro não soube ser homem quando pediu para o Bruno abortar a criança e agora quer que o pai vá intervir por ele.....
19/06/2017 01:47:30
NO CASO DE BRIGA POR PATERNIDADE, ALGUNS JUÍZES ESTÃO DANDO A GAURDA AO PAI. MAS AINDA É POUCO. BRUNO PERDEU A CHANCE DE CONTAR NA ÉPOCA QUE PEDRO O ESTUPROU, AGORA FICARÁ DIFÍCIL PRA ACREDITAREM. MAS TÁ PEGANDO FOGO. BORA.
19/06/2017 01:19:59
Confusão chegando Pedro e tão sem caráter que pediu ajuda do pai e nem falou toda a verdade
19/06/2017 00:17:25
crise chegando

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.