Casa dos Contos Eróticos

Dia de Fascinação

Autor: G4L
Categoria: Heterossexual
Data: 18/06/2017 19:20:51
Nota -
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Eduardo aqui novamente, esse é meu 3°conto aqui, espero que gostem. Tive uma aventura fascinante com minha namorada Isabela na varanda de casa, na piscina

Era uma tarde ensolarada de sexta-feira quando chego do serviço de táxi em casa abro a porta e entro, a casa estava silenciosa e chamo por Isabela, ninguém responde procurei por ela na casa e não a encontrei, menos na varanda e então fui na varanda olhar e chegando lá eu vejo minha donzela na piscina com aquele biquini que não da pra resistir, o biquini era rosa fio dental sensual, ele foi capaz de me deixar de pica dura. E então eu falo:

Eu: Uau! Que delícia em, isso tudo pra mim?

Isabela: Aram, eu estava a sua espera, eu estava aqui na piscina se masturbando pensando em você, meu dengo, ta um calor ruim

Eu: Eu que estou com calor! Só de ver você nesse biquini safado ai, preta

Ai eu abaixei e coloquei a mão nos seios dela e acariciei, e ela sorri para mim com cara de safada, ela beija minha perna na piscina e coloca a mão no meu pau e eu falei:

Eu: Quer safada?

Isabela: Sim, tudo na minha boca e na buceta!

Eu: Tudo né, hum

Ai eu levantei, tirei minha roupa, fiquei só de cueca e pulei na piscina, ela jogava água em mim e eu disse que é isso que meu pau gostava. Ai fui e agarrei ela na piscina e enfiei minha mão dentro do biquini dela e a pedi que virasse de costas pra mim, imprensei ela na parede da piscina e rocei minha pica na bunda dela, puxei o biquini dela pro lado e enfiei meu dedo na ceta dela, fiquei bem agarradinho nela. Ela já estava doidinha querendo pegar na minha pica e enfiar dentro da ceta dela, dei tapa na bunda dela e a chamei de safada, eu a beijei, lambi a orelha dela e então ela saiu da piscina e ficou na beirada e pediu pra mim chupar a xoxota dela e lá vou chupar aquela maravilha, ela dava gemidinhos irresistíveis e eu continuava chupando, ela foi ficando molhada e meu pau endurecia, e nem se fala do solzinho que tava gostosinho que batia no meu pau, ai eu coloquei dedo na buceta dela e lambia em volta e dentro e então eu sai da piscina e ela deitou no chão e fui logo subir em cima dela e colocar meu pau na boca dela, montava nela e enfiava firmemente e a pedia para engolir até o talo e eu gemia e a xingava, ela me acariciava e chupava com prazer, e pedi para ela chupar minhas bolas também e eu aproveitava e mexia na ceta dela que tava melando de tão molhada e disse:

Eu: Deixa eu te foder cachorra!

Ela com a boca cheia do meu pau dentro, apenas acenou a cabeça dizendo que sim, então tirei meu pau da boca dela e coloquei ela deitada no chão virada pra mim com a perna aberta dei uma chupadinha na ceta dela, abri ela e enfiei meu piru nela lentamente para ela sentir o ''fogo'' entrando (kkkk), e ela começou a delirar de tesão e eu também, eu meti e meti muito nela ali mesmo na varanda perto da piscina, o ambiente começou a ficar fresco, ela me arranhava, tava tapas em mim e pedia pra meter nela mais e mais, então eu aganchei e puxei o cabelo dela e meti até o talo, ela melava minha pica de goza, mudei ela de posição e sentei no chão e a coloquei no meu colo virada pra mim, eu meti nela muito mais depois de 14 minutos eu aproveitei aquela posição e peguei a no colo sem tirar a rola e a levei pra dentro de casa, fui pro quarto e sentei na cama com ela no colo e minha pica escapou e fui pra maravilha do cú dela, dei tapa e comecei a meter loucamente, coloquei ela na estante deitada e meti mais e mais. Comi ela em todas as posições possíveis, fiz ela gozar muito, eu acabei gozando no cú dela, eu me amarrei nisso, eu beijei ela depois.

Bom, esse foi o meu conto! Espero que se deliciem demais!

Comentários

19/06/2017 08:55:18
Descrever uma trepada com a namorada é meio óbvio, né? Qual a novidade nisso? Mesmo assim, parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.