Casa dos Contos Eróticos

Nova Vida 39

Categoria: Homossexual
Data: 19/05/2017 17:24:12
Nota 10.00
Ler comentários (7) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Valtersó: O Pedro está agindo como um fdp,mesmo,mas tem mais coisa por vir.

Ru/Ruanito: Verdade

Geomateus: O Pedro est á agindo como um mal caráter mesmo.

Luh 1992: O Pedro merece apanhar mesmo e veremos a reação do Lucas em breve.

Nayarah: Foi muito bom eles terem contado pro Bruno.

Luuh Barros: Veremos a reação do Lucas,será que ele vai reagir bem? E o Pedro merece levar uma surra mesmo,quem sabe isso não aconteça?

Eu estava almoçado e vestia a minha roupa de dormir e ao ouvir a campainha tocar,pensei logo que só poderia ser meu pai ou o Guilherme,e ao abrir a porta eu tenho uma surpresa.

Eu: Lucas.

Lucas: Bruno! Gritou ele assustado olhando para minha barriga enorme e que estava de fora já que a camisa só cobria metade da minha barriga.

Lucas: O que aconteceu com você?

Nesse momento eu fiquei sem reação,o que eu vou fazer agora?

Eu: Lucas eu...

Lucas: Nossa parece barriga de grávida. Disse ele entrando sem a minha permissão e encarando a minha barriga.

Eu: Eu achei que você e a Daniela ainda estavam em Noronha.

Lucas: Nós tivemos que voltar antes do tempo e eu queria te fazer uma surpresa,mas pelo visto quem foi surpreendido fui eu!

Eu: Eu posso explicar...

Lucas: O que houve Bruno,você tá com doente?

Eu: Bom desde de criança eu percebia que eu era diferente dos outros meninos e quando eu fiz 13 anos de idade,eu comecei a ter menstruações e a minha mãe nunca me levou ao médico.

Lucas: E o seu pai?

Eu: Meu pai nunca soube da minha condição e eu nunca contei nada pois a minha mãe dizia que se ele soubesse ele me expulsaria de casa.

Lucas: Você disse que você tem menstruação então você tem ovários e útero?

Eu: Sim eu tenho,a poucos meses atrás eu descobri que meu caso se chama intersexualidade e junto veio a notícia de que eu estou grávido.

Quando eu falei isso pareceu como se o Lucas tivesse acabado de ver vida em Marte.

Lucas: Grávido,minha nossa,tem certeza disso?

Eu: Tenho,o meu médico já fez um milhão de exames em mim.

Lucas: Inacreditável.

Lucas: Nossa eu tô completamente chocado com isso.

Depois disso eu ainda mostrei as ultrasonografias pra ele e nós ficamos ali conversando trivialidades.

Enquanto conversavamos o Guilherme entrou pela porta da sala e ficou surpreso ao ver Lucas ali e os dois deram um abraço,em seguida a ficha do Guilherme caiu e ele olhou para o Lucas e em seguida olhou pra mim e pra minha barriga e em seguida olhou para o Lucas e para mim de novo e perguntou.

Guilherme: Ele sabe?

Lucas: Descobri isso agora .

Eu: A única coisa que eu quero te pedir é que não conte disso pra ninguém,nem mesmo pra Daniela

Narração do Autor

Alberto estava em seu escritório guardando as suas coisas para ir almoçar,quando ouve batidas na porta.

Alberto: Pode entrar.

Alessandro: Olá.

Alberto: Você aqui amor. Disse Alberto levantando e dando um abraço em Alessandro

Alessandro: Decidi que tava na hora de conhecer o seu ambiente de trabalho,você sempre vai lá no hospital e eu nunca vim aqui.

Alberto: Achou o que da empresa?

Alessandro: Achei bem bacana e o pessoal daqui é bem simpático também.

Alberto: Verdade.

Alessandro: Apesar de ter gostado do seu escritório eu vim aqui te buscar pra gente almoçar.

Alberto: Ótimo,quer ir no italiano?

Alessandro: Pode ser,e vê se deixa eu pagar dessa vez.

Nesse clima de descontração eles foram almoçar.

Narração do Bruno

O Lucas ficou quase o dia inteiro lá em casa e nós nos divertimos muito e ele prometeu que não contaria nada pra ninguém e que manteria a Daniela longe de mim até que o bebê nascesse.Depois que ele foi embora eu e Guilherme fomos para o quarto.

Guilherme: Agora que estamos sozinhos posso fazer isso. Disse ele me beijando.

Eu: Só isso?

Guilherme: Isso e muito mais.

Nós fomos nos despindo e quando eu dei por mim estávamos ambos,só de cueca nos beijando.

Dava pra sentir o pau do Guilherme me cutucando através da cueca e eu também estava muito exitado.

Então eu empurei o Gui na cama e tirei a sua cueca,fazendo com que seu pau saltasse direto na minha cara e eu comecei a fazer um boquete nele.

Guilherme: Isso amor,vai!

Depois de ter deixado o pau dele bem babado eu me deitei de lado e ele abriu a minha bunda e começou a penetrar o meu cuzinho.

Eu: Isso vai,vai forte vai!

Ele metia com firmeza e carinho ao mesmo tempo eu já estava pirando.

Guilherme: Ohh delicia,eu te amo!

Ele ficou mais um tempo metendo até que eu senti o meu corpo inteiro tremendo e vi que tinha chegado ao orgasmo,o que fez com que eu contraisse o meu cu,fazendo com que Guilherme gozasse também.

Narração do Alberto

Naquela noite estávamos apenas Alessandro e eu no apartamento dele e nós nos beijavamos no sofá da sala e o clima começou a esquentar.

Alessandro: Seu gostoso! Disse ele pegando no meu pau que a essa altura já estava pra lá de duro.

Então eu tomei a liberdade e tirei a camisa dele e em seguida tirei a minha também e nós fomos nos despindo até ficarmos só de cueca.

Eu: Fica de quatro pra mim vai!

Ele me obedeu e ficou de quatro no chão com uma perna em cima do sofá,deixando aquele rabão dele todo aberto empinado bem ali na minha frente,a bunda dele ficava linda naquela cueca vermelha.

Eu já estava morrendo de tesão,então tirei a cueca dele e aquele bundão dele saltou na minha cara,eu mais que depressa abri aquela bunda com as duas mãos,exibindo o cuzinho rosado dele e que a essa altura já piscava mais que as luzes de natal,eu não resisti e comecei a linguar aquele cuzinho fazendo um cunete do jeito que eu gostava de fazer e ele já estava gemendo como um puto

Alessandro: Isso continua vai!

Eu chupava o cu dele com vontade e chegava a enfiar a língua dentro do cu dele.

Depois de ter deixado o cuzinho dele be úmido eu tirei a minha cueca e encostei a cabeça do meu pau na porta do cu dele e comecei a enfiar,depois de já estar completamente dentro dele eu comecei a bombar.

Alberto: Caralho,isso!

Enquanto eu metia ele rebolava a bunda dele no meu pau e eu aproveitava e dava tapas na bunda dele.

Depois de já estarmos exautos ele anunciou o orgasmo dele.

Alessandro: Ahh,eu vou gozar!

Eu: Isso,goza com o meu pau no seu cu

Então ele gozou,o que fez com que ele contraisse o cu dele,apertando o meu pau e eu gozei dentro dele.

Narração do Bruno

Algumas Semanas Depois

Eu já estava com quase 7 meses de gravidez e a minha barriga ficava cada vez maior e o meu namoro com o Guilherme ia bem,assim como o namoro do meu pai com o Alessandro,era incrível ver a felicidade deles.

Tudo ia bem com exeção das ligações insistentes do Pedro e eu não atendia nenhuma delas e cheguei a mudar de número.

Em uma segunda feira eu estava sozinho em casa,quando ouço batidas violentas na porta e fiquei assustado.

Eu: Quem é?

Então eu ouvi um estrondo e a porta foi arombada e por ela entrou Pedro com um olhar doentio.

Pedro: Não ia abrir a porta pra mim meu amor?

Eu: Pedro sai daqui antes que eu chame a polícia!

Pedro: É sério que você vau chamar a polícia pro pai do seu filho? Disse ele com um olhar macabro.

Eu já estava completamente desesperado e sem saber o que fazer.

Pedro: Agora você não me escapa.

CONTINUA...

Obrigado a todos

Beijos

Comentários

20/05/2017 04:20:50
Só observo
20/05/2017 01:58:24
SIM, CHAMAR POLÍCIA SIM. SEJA HOMEM E CHAME IMEDIATAMENTE. PEDRO MERECE. INVASÃO DE DOMICÍLIO DÁ CADEIA.
19/05/2017 23:47:55
Fdp, desgraçado!!!! Bem que o superman poderia aparecer nessas horas... Zoas kkk Mas gente, tomara que fique tudo bem e esse demente do Pedro não faça nada com o Bruno ou eu mesmo entro nessa porra e bato nele. Eu sabia que o Lucas ia reagir bem. Ele é um fofo. Se não fosse hetero, eu crushava ele. Kkkkk
19/05/2017 20:14:29
Pedro é um retardado
19/05/2017 17:51:29
O pai do bruno nunca ta perto numa hora dessas pra da umas porradas na cara do Pedro.
19/05/2017 17:49:47
Pedro está doido?
19/05/2017 17:42:02
Q nojo do Pedro

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.