Casa dos Contos Eróticos

Eu, uma mulher e Uma delicia de Travesti - 2

Autor: Fabiano
Categoria:
Data: 23/01/2017 12:00:55
Nota 9.50
Ler comentários (2) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ela era uma putinha deliciosa. Uma vez estávamos na casa dela. Ela já tinha levado namorado pra dormir na casa dela, então os pais dela, não reclamaram, preferiam até ela em casa, do que na rua.

Fomos os primeiros da casa a acordar e quando ela voltou pra cama trazendo um iogurte pra ela e outro pra mim, veio acompanhada da cachorrinha, uma poodle marrom, que quando a viu acordada, foi atrás dela.

Enquanto tomava o iogurte, enfiou a mão na calcinha, a afastou e começou a se tocar devagar para me provocar, só que a cadelinha aos pés da cama, correu até ela, enfiando o focinho entre as pernas dela, ela deu um um pequeno gritinho, sorriu e afastou a cachorra, depois de uns segundos, disse: - Por que não?...olhou pra mim e perguntou se eu queria algo diferente. Respondi que sim. Então ela tirou a calcinha e a camiseta, abriu as pernas e a buceta e chamou a cadelinha, que primeiro cheirou, e logo começou a lamber a buceta da dona. Ela olhava pra mim, e gemia me provocando.

Ela gozou, gozou com a lambida da cadelinha e não parou, disse pra eu dar minha pica pra ela, e enquanto a cadelinha continuava se deliciando na buceta dela, ela chupou meu pau. Com Minha boca cheia de porra, pouco depois ela gozou de novo, com a cadela na xoxota. Mas tivemos que parar porque a mãe dela acordou, e chamou por ela. Quem não gostou foi a cadela, que latiu e queria se enfiar de novo entre as pernas dela, atrás da buceta. Perguntei se ela já tinha feito aquilo antes, ela disse que não, tinha vontade, mas não tinha feito, e que comigo ali, criou coragem pra fazer.

Depois daquele dia, repetimos o que fizemos, outras vezes...

Nossa relação era gostosa, mas acabamos terminando depois de um ano...

E sempre que acontecia de nos encontrarmos, tínhamos uma recaída

Me envolvi com outras mulheres. Passei até a fazer fisting pra compensar. Uma vez sai com uma loira, que disse que era louca pra fazer, que tinha feito com mulher uma vez, mas queria sentir com mão de homem. Ela gozou como louca. E por uns dois meses sempre que saiamos ela queria fisting, me dizia que ía pra casa, já sonhando com minha mão de novo dentro dela. Só que quando o namoro tava ficando sério, ela me revelou que era casada, e que o casamento dela não andava bem mesmo já fazia mais de um ano, mas que como ela tinha uma filha ainda pequena e por questão de dinheiro, ela precisaria de um tempo pra separar, que não foi certo o que ela fez, mas que tava mesmo interessada em mim, que era louca pra fazer o fisting comigo, a cada transa. Mas terminamos.

Uns 5 anos depois de nosso ultimo encontro, acabei encontrando novamente com Bianca, num dia que fui visitar uma amiga antiga. Eu tava com 31 anos.

Ela tava ficando com uma pessoa, não era sério, então acabamos tendo uma outra recaída..rsrs.

Saímos mais algumas vezes, e então ela me revelou que me encontrou justo na época em que queria realizar um desejo, o de transar com um travesti, que seis meses antes tinha ficado com uma mulher, mas que queria um travesti, e que fosse bonito e bem feminina, então, perguntou se eu topava, pensei um pouco e disse que sim. Começamos a procurar, e depois de um tempo, encontramos um travesti delicioso. A chamarei por Natalia.

Natalia era branquinha, de cabelos compridos até a cintura, lisos, 1, 70 cms..seios pequenos, sem silicone, mas pontudinhos, pelos hormônios femininos que tinha tomado, nariz arrebitado,belas pernas e uma bunda grande e bem gostosa. Fomos prum motel.

Comentários

23/01/2017 17:46:55
Fabiano, você nem termina uma história já passa para a outra. Não conclui os contos, e na hora que está ficando mais erótico você corta. Isso nem é ejaculação precoce, é preguiça de contar com falta de gosto pela narrativa erótica. Junte 3 contos em 1 e termine o que começou. Até agora a tal da travesti nem apareceu! Desculpe mas assim não leva nota. Para não te desestimular, vou esperar para quando terminar o que começou. OK! Coragem!
23/01/2017 13:23:37
e vc tbm nao curtiu as linguadas da cachorrinha, que pena nao sabe o que ta perdendo, nota 9

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.