Casa dos Contos Eróticos

Meu pai é pai da minha filha !

Autor: Rosana
Categoria: Heterossexual
Data: 12/01/2017 15:49:39
Nota 10.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Soa a Rosana e com o consentimento do meu pai vou contar para vocês minha historia , resumida mas cheia de verdades e com muto pouco de imaginação . Estamos a mais de 400 quilômetros da Capital paulista , cidadezinha calma e tranquila com cerca de 5000 mil habitantes . Mudamos para cá faz cerca de 5 anos , eu e meu pai , o senhor Geraldo . Foi meu pai que escolheu a cidadezinha por não sermos conhecidos por ninguém na cidade quando chegamos , eu gravida da minha filha Julia . Vou contar bem rápido , vou começar do começo : meus pais e eu filha unica morávamos na periferia de São Paulo , minha mãe acabou traindo meu pai com um caminhoneiro e meu pai descobriu , exigiu a separação e meu mundo desmoronou , claro que o dele também , coitado , eu fiquei com muita pena dele , ele não merecia ser chifrado como foi , todo o bairro sabia só ele que não . Meu pai só chamava a minha mãe de PUTA , e o pior é que ele tinha razão . Ele deixou a casa onde morávamos e foi morar sozinho na cidade dos pais dele , perto de Campinas . Eu contrariada fiquei com minha mãe que não parava de receber homens em casa , ela tinha um novo namorado a cada mês . Quando eu fiz 22 anos eu comecei a namorar um colega da escola do nosso bairro , acabou que fiquei gravida , perdia virgindade com ele e fizemos bem pouco sexo foram umas 3 ou 4 vezes no máximo , eu nem gozei nem nada , ele era muito inexperiente e virgem também . Quando eu falei da minha gravidez foi um terremoto , ele até que tentou me tranquilizar , dizendo que assumiria o filho e que aiamos casar , mas a família dele foi totalmente contra e fez de tudo e mais um pouco para que ele sumisse do mapa , ele desapareceu , de repente eu me vi só e abandonada , com minha mãe nem adiantava contar ela é doida de mais , maluca de pedra . Para piorar eu fui demitida do trabalho quando suspeitaram que eu estive-se gravida foi uma chefe quem contou para a gerencia , como eu não era contratada eu fui demitida rapidamente . Abri um processo na justiça que me rendeu uns míseros trocados tirando a parte do advogado . Até hoje eu luto na justiça para que ele reconheça a paternidade da nossa filha , a família dele paga uma pensão que mal dá para as despesas . Quando eu estava no sexto mês , peguei a grana da indenização e fui procurar papai lá em Campinas , precisei pegar um táxi que conhecia muito bem a região e no final da tarde apos muito procurar eu encontrei a casa dele . Ele quando me viu no portão , não acreditou , nossa ele chorou e me abraçou de uma maneira que me surpreendeu , com choro e com afeto , me beijava e me acariciava o rosto . me recebeu super bem apesar da minha barriga contar que eu estava gravida . Realmente ele ficou muito feliz e perguntava porque eu não o tinha procurado antes . Eu chorava copiosamente ele estava feliz , vou ser avo , que alegria ele falava sem me deixar contar como tudo tinha acontecido . Filha o que você quer ? , me fala . Bem eu tinha pensado em mil de possibilidades , mas não sei bem o que se passou , só sei que eu tive a ideia num átimo . Pai eu preciso de um lar para o bebe que estou esperando , e contei a minha historia . Vem filha descanse , tenho alguma coisa na geladeira e vamos conversar . Conversamos por horas e a noite chegou , vem por hoje você dorme na minha cama e amanha a gente pensa numa solução . Ele me mostrou o quarto dele e a cama que dormia , eu vou dormir no sofá da sala esta noite , pegou um cobertor e um pijama e foi para a sala . Eu fiquei extremamente comovida com o gesto dele e fui buscar ele na sala , não senhor você fica na sua cama e eu eque fico no sofá , bem ficamos tentando convencer um ao outro até que ele concordou em dividir a cama dele comigo . Ele dormiu super bem , eu é que não , eu comecei a ter pensamentos eróticos e me vi extremamente exitada e com meu sexo piscando de vontade de fazer sexo minha chana se contraia e repuxava e eu estava descontrolada e com medo que ele acorda-se e percebesse o meu tesão . EU tive a impressão que tive um gozo , foi tudo muito estranho e diferente , eu tremia , percebi que escorria um liquido da minha chana , molhei a cama , era como se tive se feito chichi na cama , mas era baba da minha chana , do meu gozo .Apos isso eu dormi tranquilamente , acho que foi o meu pai ali ao meu lado o cheiro dele no travesseiro , tudo isso era novo para mim , mas muito bom e gostoso . Acordei com um beijo na manha seguinte , filha acorde , acorde minha filhota , tomamos um cafe com leite , tudo muito simples mas muito bom. Pai eu molhei o seu colchão desculpe eu não tive controlefica tranquila , esta tudo bem .Olha eu acordei mais cedo e tive uma ideia , o que você acha ? e foi falando e eu mal podia ouvir ele me encanta e mexe comigo estou encantada com meu paizinho . A ideia e a seguinte , vamos nos mudar para uma cidadezinha do interior bem longe daqui e de São Paulo , onde ninguém nos conheça , você vai ter o seu bebe e eu vou cuidar de você com muito carinho e amor . Ele estava recém aposentado e eu nem pensei , SIM claro eu quero , vamos morar juntos você e eu , e o beijei no rosto na testa , quase na boca , apesar de ser a minha vontade , eu te amo papai te amo . Combinamos tudo e eu sem deixar muito claro para a minha mãe sai de casa com 2 malas e minha barriga de gravida . Ele foi que escolheu a cidade , alugou uma casa e nos mudamos , foi coisa de 2 meses no máximo . Quando fez 9 meses eu dei a luz uma linda menina que não vou por o nome aqui . No ultimo mês da gravidez eu fiquei extremamente exitada , meu sexo latejava eu queria sexo o tempo todo me masturbei algumas vezes deitada no chão do banhei e gemendo baixo para meu pai noa ouvir , claro que pensando que estava fazendo sexo com ele . Uma vez ele quase abriu a porta do banheiro achando que tinha chegado a hora da criança nascer , sorte que não abriu , porque seria dificil me explicar , no chão do banheiro me contorcendo e gemendo de prazer . Quando minha menina nasceu e que tudo aconteceu , meu desejo sexual só aumentou eu dava de mamar e fazia questão que meu pai vise , que olhasse para os meus seios , não cobria na hora da amamentação e fazia de proposito que ele vise . Foi parto natural e eu em um mês já estava boa e cada vez mais tesuda . Quando foi um certo dia eu vi que ele muito discretamente apreciava com os olhos eu amamentado , deixei os dois seios à mostra e perguntei quer experimentar um pouco ? . Ele gaguejou e não saia palavra da boca dele , não passe vontade homem , vem experimenta , vai que o você goste .- Não filha eu não . . . calma eu já volto , e cheia de tesão e louca por sexo eu fui até ao banheiro e lavei os seios bem lavado com água e sabão e passei um gel com álcool e voltei pra o meu quarto e balancei os seios enormes na frente dele , ele estava sentado e eu em pé , estão lavados , vai experimenta ! , - vou pegar uma colher na cozinha ele disse , eu apoiei a minha mão na cabeça dele e falei doida de mais , pra que colher vem e mama , nos bicos mesmo . Ele muito delicadamente segurou um seio com as duas mãos e devagar começou a mamar , eu tremia as pernas eu estava com um gozo pronto e e gemendo eu falei : papai eu quero ser sua eu te amo eu que amo eu quero você dentro de mim , papai eu quero ser sua mulher . Ele ouviu e continuou mamando , sugava bem de leve , suavemente , ele fez um carinho com a linguá nos bicos do meus seios e apertava de leve e o leite corria , ele lambia e apertava novamente eu eu não pude mais segura e dei um gemido forte e alto ,PAI eu estou gozando , estou gozando . O meu gozo escorreu pela perna e ele passou os dedos e lambeu , olhou para mim e segurando minha bunda com as duas mãos me olhou nos olhos e confessou eu também te quero filha te amo , te amo . Muito safadamente ele disse : o leite é diferente , mas prefiro lamber teu gozo . Ele levantou-se da cadeira e pegando na minha mão me levou para o quarto dele , deitei e abri as pernas , vem papai me come , me come , mete na sua filha . Ele tirou o cacete para fora da calça e me mostrou um cacete lindo e duro , não importa se ele é grande ou pequeno , só sei que ele faz o serviço direitinho , ele segura o gozo e espera eu gozar uma duas até três vezes . Apartir daquele dia nos somos homem e mulher , fazemos sexo o tempo todo , eu tenho um tesão fora do normal , algumas vezes ele fala : filha vamos com calma , teu pai já tem 60 anos , pega leve querida . Não sei como vai ser quando a minha filha tiver mais idade , por enquanto ela nada sabe , esta com 3 anos e chama meu pai de pai e eu fico sem saber o que fazer . Fiquei 3 meses pedindo que ele coloca-se o membro dele na minha bunda , eu estava louca de vontade de fazer sexo anal e quando finalmente ele enterrou a pica dele no meu anus delirei , até ele gostou e de vez em quando ele pede - vamos fazer atrás ele pede sem jeito e eu respondo - é claro meu macho , vem e me fode a bunda . Eu pergunto : poque sera que eu fiquei louca por sexo na gravidez e o desejo ´só aumenta ? alguém saberia me responder ? se for educadamente peço que escrevam na área de comentários , obrigada .

Comentários

12/01/2017 22:16:35
Muito bom me add no whatssap

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.