Casa dos Contos Eróticos

Feed

Foi difícil mas comi a coroa no  primeiro encontro

Autor: Turbo
Categoria: Heterossexual
Data: 10/01/2017 12:53:55
Nota 10.00
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Boa tarde para todos sou turbo  e o que vou relatar aconteceu no início de 2015 nesta época trabalhava em um como motorista e entregava em vários supermercados da cidade conheci muitas pessoas e dentre elas Rita gerente de  compras de um grande supermercado da minha cidade Rita é branca 37 anos  cabelo castanho claro na altura dos ombros

1, 65  aprox  60 kilos  olhos verdes que ficavam ocultados por causa dos oculos aquela magrinha gostosas e bem seria a princípio era só um bom dia mas aos poucos fui tomando liberdade puxando  mais assunto ela começou a gostar pois começou a chegar antes do horário só pra ficar conversando comigo os dias foram passando e aquela rotina se repetia todo dia que  tinha entrega no supermercado ela chegava cedo até que em uma dessas entregas falei pra ela que não iria me ver  mais pois estava saindo do emprego na hora vi que seu semblante mudou  ela disse que pena vou sentir saudade das nossas conversas ai falei uai me dá seu número quem sabe vc aceita sair um dia desses pra tomar um suco ela sorriu e disse gostei  da ideia mas preferia msm  um vinho pra relaxar   eu disse que por mim agente podia marcar trocamos os números e começamos a trocar mensagens o dia todo então em uma sexta-feira ela me manda uma mensagem dizendo que havia comprado um vinho e se eu topava ir na casa dela pois estava cansada para sair aceitei o convite e naquele msm dia marcamos de nos encontrar me passou o endereço cheguei na casa dela por volta das 22 :00  pois seu filho ja estaria dormindo quando cheguei ela me recebeu com um abraço e um beijo no rosto sentamos no sofa abrimos o vinho brindamos e começamos a colocar a conversa em dia conversamos sobre tudo até chegar em namoro ela disse que a algun tempo estava sozinha pois tinha se iludido com o pai do seu filho que sumiu no mundo antes de seu filho nascer naquela hora eu a abracei e vendo sua tristeza disse vamos mudar de assunto ela me pergunta sobre o que vc quer falar ai fui me aproximando dela e  disse sobre isso e comecei beijar sua boca e foi um beijo quente ela me abraçando forte disse que esperava por aquele momento a vários dias apertei seu corpo mais forte contra o meu e tentei de todo jeito deitar com ela no tapete da sala mas ela me disse que não pois queria esperar um tempo e ver se era o que os dois queriam nesta hora tive que usar minha armas comecei a morder seu pescoço apertar sua bunda e seus seios mordia suas orelhas vi aquela mulher ficar louca parecia estar entregue a mim completamente mas em uma atitude rápida ela se solta e diz que quer um copo de água pra esfriar um pouco e pegar fôlego fui com ela até a cozinha ela bebeu a água e quando quis voltar pra sala eu a segurei encontei na parede tirei seus óculos e olhei bem fundo em seus olhos e disse hj vou cuidar bem de vc ela me abraçou sorrindo começamos a nós beijar novamente e eu passando a mão em tudo que era lugar ai em uma atitude rápida levantei sua blusa onde me deparei com  um par de seios médios e rosados que abocanhei com prazer podia ouvir sua respiração ofegante mas não deixava tirar seu short continuei minhas investidas e fui descendo mordendo sua barriga desabotoei seu short continuei mordendo e puxei o short e a calcinha junto e ela ali de pé encostada na parede abri bem suas pernas e cai de boca naquela buceta rosada e estava completamente encharcada nesta hora ela puxava meus cabelos até que senti seu corpo estremecer ela quase caiu paramos um pouco ela recuperou o fôlego se abaixou e sem dizer uma palavra tirou o meu pau que a esta altura estava todo babado e mamou deliciosamente a cada chupada vi que o gozo estava bem próximo e quando avisei ai ela chupou com mais vontade não teve jeito gosei feito um animal e ela engoliu cada gota mas eu ainda não estava satisfeito deitei ela  no tapete meu pau estava latejando encaixei naquela buceta quente e molhada e comecei

meter bem gostoso ela soltava um gemidinho e arranhava minhas costas senti seu corpo estremecer novamente aumento o ritmo e sinto gosar gostoso não aguento e goso bem bem gostosos e tiro meu e vejo a porra escorrer ficamos ali abraçados por um tempo tomamos um banho ja eram umas 03:00 da manhã nos despedimos na certeza de que aquela seria a primeira de muitas transas

Obrigado espero que tenham gostado deixem suas criticas ou elogios abraço a todos

Comentários

15/01/2017 11:34:13
Obrigado libertina realmente foi difícil mas é como dizem se for fácil não vale a pena
13/01/2017 19:44:39
Delicia de conto, menino. A experiência nos ensina a não dar no primeiro encontro. Por isso que é difícil. Mas quando o parceiro é gostosinho, vale a pena o risco. Rs. Gostei e deixo minha nota dez. Se puder, me visite e leia os meus. Beijos da Vanessa.
10/01/2017 19:22:46
Muito obrigado espero que tenham gostado depois vou contar sobre os outros encontros
10/01/2017 15:58:14
Otimo conto nota 10 conte mais sobre seus encontros com ela
10/01/2017 14:44:45
Muito bem desenvolvido o conto.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.