Casa dos Contos Eróticos

prazeres insanos

Autor: filho voeyur
Categoria: Heterossexual
Data: 02/10/2016 20:37:13
Nota 9.71
Ler comentários (6) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Prazeres insanos

Após vinte e cinco anos os fantasmas do passado,atormentavam .A bela senhora que no auge dos seus quase cinquenta anos.ainda tem uma beleza impar. Com seus olhos verdes. Num rosto quase angelical com seus labios carnudos e uma dentiçao alva e perfeita.um corpo que já não e de uma menina mas ainda muito excitante aos olhos masculinos .casada a vinte anos com o senhor Mario um pratico de farmacia .vivem numa periferia de uma media cidade.de seu passado ninguem nada sabe ate mesmo ela gostaria com certeza de nada dele lembrar.mas as sete tatuagens que marcam seu corpo e um elo que sempre a ligara ao seu passado. Um passado que já estava quase adormecido . mas o encontro com o velho chines sho iung .estava despertando todos os fantasmas e lembranças da sua estada na velha xangai onde ela fora feita escrava sexual , e sobre muita tortura imposta ao seu corpo ela fora induzida atravez do opio e da heroina a praticar as mais insanas e hediondas orgias sexuais e seu corpo fragil e seviciado entrou num estado de topor imenso ela entao submetida a tudo aquilo se viu entregue aos prazeres carnais e alucinada se entregou aos mais profundos gozos e sentiu os orgasmos mais intensos que uma mulher pudesse sentir e lasciva gozava alucinada nos mais torpes bacanais onde era usada de todas as maneiras e como uma cadela no cio ela se entregava nos mais insanos prazeres. As mais horrendas praticas sexuais eram aceitas de bom grado por ela sendo assim ela era alimentada no vicio que lhe fora imposto em troca de um pico de heroina fumar um opio Marli topava tudo e foi assim que se tornou a favorita a mais desejada esc rava pra satisfazer todos os fetiches de homens pervertidos verdadeiros maniacos que para satisfazer suas taras pagam muito bem para terem a gostosa e luxuriosa mulher do cla do senhor Sho Iung. Que se gabava de ter adestrado aquela femea para o prazer.ela chegara ate suas maos atraves do marido um chines que morava no brasil casou com ela e a levou ate xangai onde a vendeu para a dinastia iung. Que impos a ela a escravidao sexual e drogada e prostituida ela era uma das fontes de renda da familia iung que tambem traficava drogas e armas alem de terem varios bordeis em Xangai e Macau .talves fosse o efeito das drogas na verdade sua mente não queria aquilo mas os estimulos no seu corpo eram respondidos e aceitos de bom grado assim ela se via rebolando e gemendo prazeirosamente tendo gozos tao intençoes e profundos que ela chegava a perder os sentidos e assim ficou sendo uma nescescidade para ela ser penetrada e usada a bel prazer e nunca ela se sentia saciada sempre querendo mais se transformando numa ninfomaniaca numa poliandra colecionando todos os tipos de machosCONTINUA

Comentários

23/11/2017 17:52:59
Gosto de ler teus contos, querido. Sempre levando a busca de prazeres da forma mais devassa, na pessoa dessa Marli. Acho que toda mulher tem um pouco da Marli adormecida no fundo das suas fantasias mais insanas. Grata pela visita. Nota dez e beijocas.
23/09/2017 22:08:39
Filho Voeyur, gostei muito da originalidade da sua história. Que show de conto!!! Muito bem pensada e narrada com riqueza de detalhes eróticos. Seu conto prende a atenção do leitor do início ao final. Vale sem dúvida nota 10. oraciov6@gmail.com
22/06/2017 09:09:42
Muito show e original este conto, com essa Marli tendo uma recaída nas lembranças dos prazeres insanos vividos. Fiquei com pena do pobre Mario, que não sabe o perigo que está correndo. Dez merecido. A minha maior loucura não teve ópio e sim tive de aguentar seis garotões tarados metendo em mim. Se puder, leia como foi. Bjs, Val.
02/06/2017 22:10:15
Essa cinquentona de olhos verdes deixou meu ¨secretário¨ todo duro, só pela descrição. Imagino as perversidades que essa esposa gostosa do Mario viveu e é capaz de proporcionar. Com certeza ela deve ter realizado a maioria das 100 coisas que alguém tem de fazer, antes de morrer. Muito obrigado pela visita. Nota 10 votado. Abração!
24/05/2017 08:44:38
Cara, outro conto excelente. Uma vez provados os prazeres insanos, não há como resistir ao repeteco. Foi o que aconteceu com a Marli. Eu tinha notado que você conhecia muito do oriente. Então viveu no Japão? Só quem viveu aqui conhece as diferenças. Por falar em filipinas, comi algumas também. A mais esquisita foi uma travesti e narrei aqui também. Dá uma comentada lá, amigo. Abs.
13/05/2017 09:38:05
Muito criativo esta história, cujo enredo promete. A agora casada e decente mulher, vê o passado voltar, nesse reencontro com o chinês. Talvez no fundo, ela apreciava esses prazeres insanos. A continuação promete. Agradecida pela leitura do meu relato. Se você não tiver preconceito com incesto, tem outras das minhas com meu filho e sobrinho. Beijos da Vanessa.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.