Casa dos Contos Eróticos

◇◇Aniversário e Festa em Familiar: Provocação e Climão Sensual entre a Mulher Madura e o Primo dos Sonhos

Categoria: Heterossexual
Data: 06/08/2016 00:41:57
Última revisão: 06/08/2016 07:59:45
Nota 10.00
Ler comentários (15) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Continuação:

◇Reunião Familiar: Mulher Madura e o Primo dos Sonhos

Sempre bom manter um clima de sedução para que o relacionamento recente ou não mantenha a chama de uma paixão ardente sendo antiga ou recém descoberta, não importa.

No conto anterior já fiz uma breve discrição mas, relembro, sou uma mulher de 42 anos mulata com formas definidas bem volumosas. O trabalho é parte do meu hobby , pois sou micro empresaria do ramo de roupas de praia e lidar com moda da trabalho, mas em compensação é prazeroso.

Ele um sedutor maduro bem jovial, meu primo de etinia branca, de cabelos castanho, alto um pouco acima do peso mas meu ideal de homem, nos reencontramos com um " conluio amoroso" cálido ... queimante ... mordaz ... nem posso lembrar, foi no encontro famíliar no final de semana há uns quinze dias atrás.

É aniversário de um dos sobrinhos, filho da nossa prima que foi comemorado num Espaço de Festa, embora tenha sido uma festinha simples. Como sempre acontece, os homens da familia agrupam-se todos, para travarem conversas bem masculina, e nos mulheres em outro canto trocando idéias de moda, conselhos de beleza, filhos e carreiras.

Eu e Aristides não nos vimos tem uma semana, ele viajou a trabalho e só nos comunicamos por telefone, e haja selfies de poses e audio bem picantes no whastapp, de nos deixar com a libido aflorado ... com vontade e de nos vermos logo, logo, mas, o aniversário de um membro da família é impredivel quase sagrado.

Resolvo provoca-lo com uma roupa de mata-lo subitamente, na fantasia, marcamos de nos ver no aniversário, vou de taxi, afinal volto com ele. Visto uma blusa estilo camisaria bem estampada, saia branca um pouco acima do joelhos, bem justa, salto alto scarpin na cor nude caramelo que resalta o bronze das minhas pernas. Cabelos soltos cacheados e um batom vermelho.

Quando ele chega, está atrasado, veio me cumprimentar, vestia uma camisa de malha vermelha e branca, e calça jeans, uma coisa de lindo mesmo com uma barriginha um pouco fora de forma, aliás lhe dá um certo charme.

Nos afastamos um pouco e marcamos de sairmos após os parabéns, voltei para a mesa das mulheres e ele foi conversar com os outros. Ótimo que vou atiça-lo, mando mensagens, ele vai olhando sempre, ler e esboça um sorriso leve e se volta para mim rápido e retoma a conversa.

Estou sentada junto de uma mesa com as pernas cruzadas e as coxas quase toda de fora ... ele discreto sorri ... descruzo ... ele olha ... abro-as ... deixo a calcinha aparecer me arreganho ... ele passa a mão na testa ... amooo esse gesto ... fecho ... me movimento sensual ... vou ao decote ... abro dois dedos ... mudo a cadeira de posição ... mostro o soutien ... coloco a mão no seio ... ele aperta a pingola ... sorrio satisfeita ... e me cubro ... ele manda mensagem" Vamos embora ."Ele.

- "Após os parabéns. " Eu.

- "Estou quase sem aguentar". Ele.

- "Va ao banheiro". Eu.

Ele vai ao local dos banheiros, eu o sigo discreta. Entro no espaço masculino procuro onde ele está, o encontro , ele está com a pingola na mão, coro na hora ... fico suada ... molhadinha ... quero ... sento no vaso com a tampa fechada ... seguro ... a pingola que se movimenta ... ahhhh .... aliso a cabecinha ... cheiro ... abocanho com gulodice... ele dá um saltinho ... fica aliviado e vou chupando ... ele tira da minha boca e guarda não quer gozar. Ele saí e olha a barra está limpa, saio com o tesão doendo meu corpo todo.

Ele vai para o grupinho e eu para o meu, mas o nosso tesão é forte e mando mensagem para voltar ao banheiro, desta vez ou na frente no mesmo lugar ... fico esperando-o, ele entra.

- "Tire minha calcinha". Murmuro.

Ele antes me beija e desce as mãos pela saia e levanta a mesma puxa e a deixa no meio das coxas... senta na tampa do vaso e mergulha a face na xoxota... me abro e ele cheira... lambe ...

O afasto e levanto a calcinha.. saio rápida, com o corpo trêmulo, volto a sentar na cadeira ofegante, sem o sangue circulando dentro da normalidade. Minha irmã me chama a razão e diz que viu tudo, contra argumento que somos adultos.

Ficamos trocando olhares e insinuações o desejo na flor da pele ... a libido sem tamanho ... fico mexendo na calcinha com sensualidade ... abrindo as pernas ... e coçando os seios ... duvido que ele me esqueça mesmo conversando.

Após os parabéns ele praticamente me arrasta para o carro... nem entro e me toma de paixão ... desabotoa o soutien ainda com a blusa fechada e mete as mãos por baixo e alcança os bicões ... estremeço ... e suas mãos aperta massageando"Quero tuuudo ... tudinho". Murmuro.

- "Vai ter tudinho ... minha safada gostosa". Ele.

As pessoas se aproximam do local dos carro e nos recompômos , melhor sair. Sabe quando os hormônios não voltam ao lugar? Me senti assim, queria esse homem me possuindo com o fogo que ele tem, tiro o soutien e jogo no seu colo. Ele pega e cheira resolve parar numa praça e se atola nos peitões que estão duros de desejos. Levanto a saia e ele mete a mão dentro da calcinha que de tão fininha nos lados se solta .... e coloca o polegar dentro da xoxota ... fico como uma onça no cio.

Sussurros:

- "Melhor irmos, senão quero aqui mesmo". Murmuro.

Saimos e chegando na minha casa, ainda no carro nos beijamos como nunca ... safado delicioso, afasto bem a blusa e me sento com as pernas no banco e coloco os "bichões " na sua boca e ele gulosamente mama ... mama ... chupa ... chupa ... lambe ... lambe urro com sede de peito ... choramingo de tesão... gozo...

Para ele quero pega-lo para dar conta e "matar de vez" , resolvemos sair e entrarmos, saio e deixo a calcinha no banco aberta ... ele da a volta e me segura pela cintura e entramos ... na sala pega fogo... nos beijamos com chapadas fortes e procuro sua calça, abro o zíper e mergulho na cueca e tiro de dentro a pingolona , afago e punheto.

Andamos agarrados até meu quarto e tiro a sua calça com sua ajuda também a cueca e por último a camisa e jogo na cadeira. Ando lânguida até a cama somente com a blusa toda aberta ... quase nua de salto, e me jogo na cama com pétalas de rosas por todo lado. Me escancaro e ele vem se joga na xoxota e cheira.

- "Mor quero uma troca de chupadinha, estou doida pra mamar". Eu.

Ele se vira e primeiro me coloca seu corpo suspenso e fico com a pingola pindurada na frente da minha boca abocanho e chupo ... chupo ... ele me olha, eu sem enxergar de tanto tesão e ... massagem e chupo a cabecinha ... lambo lambo... ele enquanto isso mergulha a língua na xoxota e me come com a lingua quente.

- "Mor me chupe demergulhe na minha grutinha..." Eu murmuro.

Me posiciono e ele vem ... chupa minha xoxota eu completamente escancarada e ele chupando ... imaginável o clima ... a magia do ato ... o tesão do momento ... o empurro suavimente ... quero tudo na xoxota.

Ele agora tira o resto da minha blusa e se encaminhar para copular ... me segura pelas ancas ... alisa minhas costas e bumbum ... guia a pingola e ... começa ... penetra ... fica no meio e completa o ato ... a pica lateja ... uma sensação de tesão sem tamanho ... ele começa o vai e vem ... choramingo de paixão e ele come ... come ... e seguimos copulando ... gozo morna e serena ... ele vem depois e nos abraçamos.

Dormimos juntinhos, depois de um banho morno com muitas pegadas, um desejo ardente. Coloco uma camisola curta bem soltinha. Ficamos recordando nossa infância e adolescência até tarde. Mas acordo de madrugada praticamente com suas mãos imensas e grossas, me tocando, meu corpo reage ... tremo ... semi nua na cama ... ele nu corpo de homem.

Vou ao banheiro temos batalha , faço xixi ele tambem vem, tomo ducha higiênica, e me enlaço nas suas costas. E vamos para o quarto me deito e ele por cima.

- " Mor, quero sem muita preparação, você já me seduz de todo jeito". Ele.

Me beija com tanta paixão que me molha toda, e ele já com a jamanta pronta " queimosa " abre minha minhas pernas e coloca na xoxota que está " queimante " e ardida de desejo, e começa a copular ... movimentos leves e cadenciado ... vai ... vai e... sinto uma placidez no ato ... sublime ... morno como o saciar da vida e ... gozamos.

Amanhece e ficamos na cama namorando, nada como um namoro sereno entre duas pessoas que se amam ... tomamos banho e ele prepara um café da manhã ou melhor " quase " um " coffee break" , degustamos com calma. Mas ele me convida para sentar no seu colo, o faço, seguro seu rosto e vou beijando por todo o contorno e cheiro, ele de olhos fechados... e leves bitocas na boca.

Saímos para acertar algumas coisas nesse resto da manhã, vou a empresa e ele no seu trabalho. Nos encontramos durante o almoço e depois já sabem ... rumamos para o motel... meu corpo em ebulição ... sinto um apetite descomunal por ele.

Entramos e já nos " azedando " nos derrubamos com tudo na cama e nos pegamos ... mão na xoxota e a minha na pingola... ele tira mimha calcinha... puxando facilito e sai. Agora eu vou para sua calça e tiro, fica de cueca tiro e dou umas lsmbidas, mas tiro minha saia.

Fico de blusa e soutien , me deito com o bumbum pra cima ... ele com jeitinho tira minha blusa e o soutien, volto a me virar com a cabeça no travesseiro e ele aproveita a posição e chupa meus peitões ... gosto ... ele se fartae me satisfaz ... ficamos namorando com calma ... mas partimos paracom chupadas gulosas ... me arreganho e ele com a pingola grossa vem na minha grutinha e ... mete ... macio ... vai ... vai ... gemo ... meu corpo treme ... desejo me toma ... segue me possuindo no melhor estilo ppmm.

As estocadas vão entrando e saindo ... me incendiando o útero ... e gozamos.

Saímos com um apetite voraz , vamos para um lanche delicioso num Cantinho do Lanche que serve comida caseira, nos deliciamos ...

Comentem e votem...

Comentários

27/08/2016 20:51:56
Adelia, o mundo moderno a tônica é a diversidade, em qualquer área, então no parentesco esta valendo. Primos que brincaram de muitos jogos na adolescência no campo sexual, certamente é para sempre. Querida obrigada pelo contato, seu comentário é sempre enriquecedor. Bom final de semana.
26/08/2016 23:12:57
Já me disseram que criaram os primos para que não se comessem os irmãos. Vc seguiu a sugestão ao pé da letra. Rs. Sedutora assim, o primo Aristides tinha mesmo de ir à loucura. Como ficamos nós, excitados lendo teu relato excelente. Ler teus contos não é obrigação. É prazer e inspiração. Bjs.
23/08/2016 19:10:58
Karlinhos e Viuvinha obrigada pela leituras. Mas, Viuvinha pelo seu perfil és uma batalhadora e sobrevivente como todas nós, no mundo capitalista. Porém confesso que gosto muito do meu trabalho e sou realizada profissionalmente, tem mais já passei do "ponto de ingressar " em outro ramo rsrsrs. Mas agradeço os elogios. Breve te visitarei.
23/08/2016 10:58:02
Que bom que dando voltas tu encontrastes meu perfil. Me visite sempre. Tuas colocações são sempre agradáveis e mais do que bem vindas. Notei que estás obtendo o merecido sucesso. Também pudera, com relatos interessantes e que mexem com a libido dos leitores. Neste, mais uma vez, a preparação minuciosa para deixar o Aristides louco de desejos e depois, nos detalhes do ato sexual. Se trabalhasses comigo, também ganharia muito dinheiro. Rsss. Nota dez e beijocas.
23/08/2016 08:04:03
BOM PRA DANAR ESTE CONTO, DIVINA. VC DEVE MESMO SER UMA MÁQUINA, SÔ. AQUELA DE DESCRUZAR AS PERNAS, MOSTRAR A CALCINHA, ABRIR A BLUSA E MOSTRAR O SOUTIEN, QUE TREM É ESSE? QUER NOS MATAR? FIQUEI DE PAU DURO DAÍ ATÉ O FIM. NOTA MIR!
18/08/2016 18:44:45
Excelente experiência, vale contar essa historia com todos os detalhes em forma de conto. Meu marido digamos assim, ama essas aventuras, por isso nos damos bem. Todo é questão da química e de querer viver a fantasia. Boa leitura.
18/08/2016 15:33:52
Elca...eu já trepei com uma amante no banheiro da sala de visitas da casa dela...Ela quis esse presente de aniversário com o marido dela presente e tudo na festa...O tesão era tanto que depois de umas 10 estocadas gozamos nos beijando na boca e ela me deixou após o coito no banheiro e voltou para a festa...Mas queríamos mais...Quando o marido foi prá rua com convidados , fomos ao motel mais próximo, acabar com essa sede que por muitos anos, continuou muito lasciva....
11/08/2016 20:10:06
Uma visita de uma Lady quase divina, obrigada pelos elogios. Realmente concordo com você, o fogo com Aristides não se apaga, só de pensar me atiça. Quem nunca viveu algo com um priminho, os jogos inocentes da infância e posterior na adolescência são de desarmonizar os hormônios. Ele é uma coisa. Nada de propaganda.
10/08/2016 21:35:21
Show de conto, muito bem narrado a ocasião em que os hormônios saem do lugar. Também tive história com um primo, coisa que começou na infância e só veio acontecer muito tempo depois, quando ambos já estávamos casados. Bem narrados esse fogo que não se apagou pelo jeito. Parabéns.
08/08/2016 14:55:05
Querida, você é generosa, ter o seu parecer como carimbo de qualidade, será uma honra. Sua visita é sinal de boas vindas. Certamente uma boa amizade. Nos veremos mais vezes.
07/08/2016 20:40:07
Nossa, Elcazinha, queria ter um décimo da tua criatividade. Receber sua visita é sempre um prazer. Quando venho retribuir, quantos contos mais. Não só em quantidade, mas, principalmente qualidade. Sei bem como são excitantes essa cumplicidade em familia guardados os segredos. Aproveitar a chance de contatos mais profundos, fugindo dos olhos dos outros. Vi os títulos e vou ter que ler obrigatoriamente os outros também. Beijos.
06/08/2016 13:11:12
Colorado, você sempre gentil, certamente não sou tudo isso que escreve, entretanto que bom que lhe inspiro. Aproveite com a amada. Obrigada a todos pela leitura.
06/08/2016 12:07:18
Minha Majestosa ELCAZINHA!!!Continuas esbanjando SENSUALIDADE E TESÃO.. És demais. És toda GOSTOSA. És tudo de bom. Não tem para ninguém.. És a minha MUSA!! Me deixas louco. Me vira do avesso. "SENTAS NO VASO E ABOCANHA A PINGOLA"Não sei mais o que faço.. És minha INSPIRAÇÃO..Pós leitura, minha PINGOLA entrou em ERUPÇÃO..Beijos MINHA LINDA MULATA ELCAZINHA.. te quero..A. CDC só tem agradecer,eu, NÃO PRECISO TE FALAR!!!
06/08/2016 11:03:12
Jaime, agradeço sua leitura e seu comentário. Realmente o meu primo merece. Bom sábado.
06/08/2016 10:59:31
Eu queria ganhar uma mamada sua com essa boca gulosa.showwww...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.