Casa dos Contos Eróticos

FODENDO A CRENTE CASADA II

Autor: Mr. Feio
Categoria: Heterossexual
Data: 29/01/2016 13:46:58
Última revisão: 16/11/2016 19:37:49
Nota 9.83
Ler comentários (12) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Ola! Pra quem ainda nao me conhece meu nome e Julio, tenho 33 anos, sou baixo, magro, negro, pinto pequeno, muitos pensam que nos temos bengala grande, nem todos alguns sim outros nao no meu caso e proporcional a minha estatura de 1,60mt, mas ainda assim e possivel proporcionar prazer a uma mulher, ate entao nao decepcionei ninguem com a minha pegada, e nao tenho motivos pra envergonhar do tamanho da minha piroca. Conheço a CDC ha 5 anos, gosto muito dos contos do mesmo, e de alguns "contista" que escrevem muito bem, acabei me tornando fã de alguns, que, mandam muito bem em seus relatos brilhantes. E ja recebi fotos de mulheres deliciosas por e-mail, aqui da casa, que deixa qualquer marmanjo babando( rsrsrs)

E hoje, vou relatar aqui como foi o meu reecontro com a Estela, pra quem ainda nao sabe do que estou falando sugiro que leiam meu outro conto, com o titulo: FODENDO A CRENTE CASADA, onde conto como tudo começou com a Estela, e como conheci ela, uma mulher distinta, evangelica tradicional, com seus 40anos de idade atualmente, 1,70mt, casada, mae de tres filhos, um tipo de pessoa que, quem conhece nem imagina do seu caso extraconjugal, uma verdadeira devassa na cama, a chamada mulher completa que sente prazer em dar prazer, com uma buceta deliciosa e um cuzinho saboroso, que me deixa louco so quando a vejo.

Ja fazia uns 4 anos que eu nao me encontrava com a Estela, muitas coisas aconteceram na minha vida uma delas foi me casar, me torna pai, e mudar de trabalho, sendo que nesse tempo eu passei por 7 cidades diferentes uma mais longe que a outra, uma hora na regiao serrana, outra no sul, capital, norte e agora noroeste do Espirito Santo numa pequena cidade com pouco mais de 7mil hab, um lugarzinho pequeno que fica a 245km de Vitória, longe pra quem tem carro, e mais longe ainda pra ir de busao.

E a rotina ja nao era mais a mesma o tempo cada vez mais curto, as vezes sao 13hs de trabalho por dia, resumindo nao tinha tempo disponivel o suficiente, e aos poucos nos falavamos cada vez menos, mas ainda sim nunca perdemos o contato, ainda mais ela que sempre me dava um alô e mandava uma mensagem, nao deixava eu esquecer. Apesar de querer muito sair com ela, e repetir a dose, as coisas estavam muito dificil por conta do meu trabalho pois sempre estou viajando e trocando de endereço o tempo ficava muito curto e quase nao dar tempo de sair, ou aprontar uma das minhas, agora e muito raro conseguir um tempo se quer pra poder fazer qualquer coisa, minha vida tem sido: casa trabalho e trabalho, casa com apenas um dia de folga na semana fica mais dificil ainda. Mesmo tendo todo este tempo sem nos encontrar a gente nao perdeu o contato continuavmos conversando como velhos e bons amigos, sendo que as vezes passavamos meses semm nos falarmos, mas a energia e a ligaçao que existe entre nos, nao deixava um esquecer do outro, de tempo em tempo conversavamos, lembrando de temposs passados de nossas transas, momentos que passamos juntos, isso fazia despertar ainda mais nosso desejo um pelo outro.Ate porque assim como ela marcou minha vida, eu acredito ter marcado a dela( logo vao entender).

Quando se aproximava o ultimo natalapareceu uma oportunidade para eu passar uns dias com minhas irmas, como e de costume todos os anos nos reunimos para festejarmos o natal. Marquei a data da viajem para o diaentao eu teria 3 dias de folga pois no dia 27 teria que estar de volta ao trabalho, e ate entao nao imaginava que me encotraria com a Estela novamente, pois tudo que eu queria era curti os dias de folga e ficar um pouco com minha filha e irmas, ja fazia um ano que nao visitava as manas, talvez seria dificil conseguir outra oportunidade para estarmos juntos denovo.

Assim que cheguei na cidade onde mora minhas irmas me acomodei conversamos matamos as saudades, e logo lembrei dela e mandei uma mensgem no zap e logo ela respondeu dizendo:

Estou com saudades...

quando falei que estava na Serra cidade onde mora minhas irmas, ela se mostrou muito animada pois era uma oportunidade de nos encontramos novamente e relembrarmos os velhos tempo.

Mas ainda nao sabia como sair pra me encontrar com ela, qual desculpa eu daria para minha esposa e irmas pra pode me ausentar por algumas horas sem levantar suspeita, mas deixei ela sob aviso que poderiamos nos encontrar no dia 24 de dezembro logo pela manha, entao ela tinha que se preparar la com o marido e filhos e eu me prepara ca com esposa e manas, passei o dia pensando o que iria dizer pra passar a manha inteira ausente pra nao levantar suspeita.

Logo tive uma ideia que precisaria comprar alguns materiais para o trabalho e que precisaria ir em Vitoria resolver isso e que nao demoraria, a desculpa colou, avisei ela que estaria saindo de casa as 6h da manha pra chegar cedo em campo grande e podermos aproveitarmos nosso tempo juntos. Ela ficou super empolgada com a noticia, pois assim como eu ela tambem ansiava em me encontrar para estarmos juntos e matarmos o tesao um pelo outro que estava a ponto de explodir dentro de nos. Por mais que ligavamos um para o outro, faziamos videos, nos viamos por app com camera, fazendo nossas sacanagens, nada se compara com dois corpos unidos formando um so, num sexo delicioso com uma pessoa que rola uma quimica unica.

Assim que eu cheguei no terminal de Campo Grande ja era um pouco mais de 7h, liguei pra ela pra avisar que ja tinha chegado e fiquei puto da vida. Pois ela ainda estava durmindo, e nao tinha se organizado pra me encontrar, a primeira coisa que passou na minha cabeça era ir embora e desistir desse encontro, mas tive paciencia e falei que iria esperar ela mas que nao poderia demorar pois eu nao teria muito tempo ( é muito ruim ficar esperando por alguem). Conforme o tempo ia passando mais eu ficava ansioso e preocupado com o tempo, dez minutos parecia horas e eu ja pensando q tinha levado bolo e que ela estava me enrrolando, liguei pra ela denovo e ela falou que ja estava saindo de casa e que estava preste a entrar no busao.

Quando foi exatas 8h ela chega, mais linda ainda apesar de ter passado 4 anos do nosso ultimo encontro ela continuava gostosa como antes ainda mais agora, ja que ela estava fazendo acadamia e ficou com uma bunda suculenta e maravilhosa, so de chegar perto dela meu penis deu sinal de vida ficando duro feito aço me fazendo quase gozar de tanto tesao que senti ao chegar perto dela pude sentir aquele cheiro tao gostoso que me facina. Nos comprimentamos com beijos na face, e fomos de taxi para o mesmo motel de sempre, enquanto dirigiamos pra la ela conversava com o filho combinando as coisas para a ceia de natal que seria feito na casa do filho dela, quando estavamos chegando ela se despediu do filho e falou que precisava desligar o que iria se "ocupar" e nao poderia falar mais.

Chegando em nosso cantinho escolhi a suite, e ao entrarmos estavamos um pouco timdidos por causa do tempo, trocamos poucas palavras dizendo que estavamos com saudades um do outro, nos abraçamos bem apertado, dei unss selinhos que logo se transformou em beijos quentes e deliciosos que fazia nossos corpos arde em chamas nossas linguas se entrelaçam num beijo delicioso e meu pau deseja logo preencher ela e explodir em gozo. Mas antes do ato sexual fui tomar uma ducha pois nao gosto de esta suado quando faço sexo, e isso me deixa mais a vontade para que minha parceira explore cada parte do meu corpo sem problemas nenhum, de banho tomado ela tambem decidiu tomar uma banho e enquanto ela tomava banho solicitei na recepçao um cafe completo pra nos.

Quando ela saiu do banheiro peladinha pude mais uma vez comtemplar aquele corpo lindo e maravilhoso que me fez gozar varia e varias vezes. Chamei - a para cama e nos atacamos feitos tarados, beijei - a com mais intensidade ainda deixando ela louca.

Ia passando minha boca em cada centimetro do corpo da Estela, cai de boca naqueles peitinhos, com isso ela gemia e soluçava de prazer parecendo estar gozando so com aquelas caricias foi quando o telefone do quarto toca, era a moça da recepçao perguntando alguma se o taxista tinha saido, eu p. da vida respondo que sim que ele ja tinha ido, voltamos a nos atracar de onde paramos fui beijando o pescoço descendo e chupando aqueles peitinhos que tanto gosto enquamto eu chupava ela dizia que estava com saudades de mim que estava adorando sentir minha boca em contato com o corpo dela. Fui descendo pelo corpo, barriga se aproximando da buceta que estava lisinha e cheirosa, quando dei a primeira chupada...

a porra do telefone toca de novo, PQP de novo a moça da recepçao mais uma vez, dessa vez ela queria saber sobree o cafe que tinha pedido respondi a pergunta dela mais puto ainda, olhei pra cara de Estela e caimos na risada, comentando:

- Sera que essa moça nao sabe o que aconteçe numa suite de motel?

- entao ela deve ser novata na funçao pra agir assim.

rimos da situaçao.

Mas voltei de onde parei e comecei a chupa - la novamente e ela forçando minha cabeça contra a vagina dela soltando gritos de prazer cada vezz que eu passava a lingua ela se contorcia e pedia mais e mais. Intensifiquei as chupadas logo percebi que ela iria gozar chupei mais ainda qndo ela gozou soltou um grito de prazer e eu lembi tdo seu melzinho e subi pelo corpo dela beijando cada parte daquele corpo ate chegar a sua boca beijando chupando aquela lingua deliciosa enquanto beijamos eu esfregava meu pinto naquela xana encharca, pondo a cabeça e tirando isso a deixava louca querendo que eu a penetrasse logo, a cada esfregada ela rebolava e gemia, foi quando eu a penetrei, fazendo minha pika dslizar pra dentro dela, mesmo sem colocar a camisinha ( confiamos um no outro) sentindo carne, na carne, como todos sabem e uma delicia quando a piroca nao esta encapada o contato sem a camisinha e muito bom, fui metendo devagar enquanto ela gemia dizendo:

- hummmm... gostoso mete vai hummmmm... delicia que saudades desse kct mete mais vai hummmm....

e bem devagarinho eu ia tirando e colocando meu pau, e metia sem pressa

e quando estava preste a gozar dei uma parada e a beijei ela interrompeu o beijo pedindo pra chuparr minha rola. Ela ia passando a lingua em toda extensao do meu pau me fazendo delirar ia lambendo muito gostoso, quando ela abocanhou, colocando tudo naquela boca deliciosa. NOSSA! como ela chupa bem realmente era um bokete maravilhoso que ela fazia, sem pressa ou sem afobaçao subia e decia com a boca me levando ao delirio quase a um goso explosivo, pedi para parar, para que eu nao gozasse na boca dela.

Pedi que ela ficasse d4 Coloquei a camisinha e enfiei na gruta, que deslisou com facilidade a cada estocada era um urro que eu soltava e ela pedia mais. Logo tava acelerando as estocadas num ritmo frenetico que a deixa louca, falando coisas sem sentido pedido mais e mais, dizendo:

- Aiiiiii... vou gozaaarrrr.. e gosando caindo mole e eu fui por cima dela penetrando e continuando a meter gostoso, pedi para que ficasse de lado e assim ela fez, continuando a dar fortes bombadas, isso fazia ela tremer e gemer muito. Entao pedi que ela vinhesse por cima de mim para cavalgar na minha piroca ela logo sentou e quicava feito louca enquanto eu dizia:

- Isso gostosa senta gostoso, hummmm delicia safada rebola gostoso na minha rola.... isso vai to gozando hummmnn aiiiiii.... foi entao que ela acelerou os movimentos soltando um gemido gozando junto comigo caindo sobre mim suada mesmo com o ar ligado, e axausta rebolando com meu pau ainda pusando saindo ultimas gotas de sermem, nos beijamos e ficamos um tempo ali deitados. Quando a campainha toca para nos avisar que o cafe ja estava servido. Fomos ao banheiro nos lavar e nos sentamos a mesa para tomarmos o cafe e recuperamos o folego para o segundo tempo.

Ao nos sentarmos a mesa um elogiou o desempenho do outro naquela transa, diziamos da saudades, enquanto colocava o cafe pra tomar ele preferiu o suco, e ali nos ficamos conversando e curtindo aquele tempo que estamos juntos. Terminado o cafe da manha voltamos para a cama e colocamos um filme porno para assistirmos juntos, fomos acompando as cenas de sexo que rolava na tv enquanto um acariciavo o outro, logo beijava ela massagendo a bucetinha dela, e com o meu pau dando sinal de vida.

Em pouco tempo ja estava em cima dela noss esfregando e tentando enfiar meu kct nela denovo tive certa dificuldade apesar dela esta excitada, porem nao estava muito molhadinha, desci, cai de boca ate deixar ela molhada quando percebii que ela ja estava humida para ser penetrada, enfiei minha piroca com tudo, dando fortes e lentas estocada, parecia ta mais gostosa ainda, metia com força e precisao, com isso ela cravava as unhas nas minhas costas me deixando mais louco ainda, assin fui metendo e acelerando as estocadas ficando por cima dela assim por quase 10 minutos, como ja tinha gozado uma vez,todos sabem q na segunda demora um pouca mais, quando estava prestes a gozar parei um pouco, fui ate o criado mudo e peguei o gel que ali estava, ela logo percebeu a minha inteçao, eu queria aquelee cuzinho, abri o pct de gel passei em mim a coloquei na entrada do cuzinho dela, ela ficou de quatro, e me posicionei atras dela para sodomiza - la.

Coloquei meu pinto na portinha do buraco dela apertadinho, e fui enfiando devargarzinho, colocando e tirando ate ela se acostumar com o invasor, nao foi dificil, ja que ela tava bem relaxada e ja tava acostumada a levar por tras. A cada centimetro ela pedia pra ir devagar e assim o fazia, sem ela perceber acomodei meu pinto todo dentro dellla esperei por alguns segundos, e fui fazendo um movimento de vai e vem preechendo o rabo dela com muito carinho, nosaa como e bom comer um cuzinho, e, ela sabia muito bem como satisfazer um macho por tras, cada vez que eu entrava e saia de, dentro dela meu tesao aumentava. E aos poucos fui aumentando o ritimo enquanto ela se acabava na sirirca me pedindo que eu a arrombasse, e eu metia com mais força ainda, com ela falando:

- isso filho da puta mete gostoso, adoro dar meu cuzinho pra vc nao para nao quero mais hummmmm mete gostos deixa meu cu esfolado com essa pika gostosa.

Com isso eu metia com mais força ainda, logo ela estava tremendo caindo sobre a cama gozando dando o cu, mas eu ainda nao tinha gozado e continuei a meter por mais uns 5 minutos, ja suado e cansado de esta por tras dela, acelerei mais ainda o ritimo com muita força naquele cuzinho ja anunciando que eu iria gozar. sotei um urro gozando e enchendo aquele cuzao de porra e caindo exausto por cima da minha femea, quase desfacendo, mas muito satisfeito por esta ali.

Precisei de alguns minutos para recuperar o folego, deitei ao lado dele recuperando o folego quando ela me olha nos olhos dizendo:

Isso e foi delicioso uma das melhores da minha vida trepadas da minha vida. So tenho uma coisa pra te pedir. Eu quase cai pra tras quando ela falou.

Eu quero ter um filho com voce, por favor vamos fazer um filho vc sabe que sempre fui e sou apaixonada por voce, e voce é o amor da minha vida ( MULHER LOUCA NE?) como sei que nao vamos ficar juntos eu quero ter uma coisa que sempre me fara lembra e ficar ligada a voce. Dei uma risada fiquei de pensar, quem sabe ne? talvez sim ou quem sabe, so o tempo dira. Como dizia minha ex isso e amor de pika onde bate fica! E ficou mesmo. Tem gente que nao sabe separar as coisas se eu falar hoje pra ela larga tudo e vamos ficar juntos, ela faria na hora.

Entao pessoal espero que tenham gostado dessa historia agradeço a leitura e sugiro que leia minhas outras aventuras. abraçosss e bjaozaooo a tdos....

ate a proxima

Ps.

Leia outros contos escritos por mim...

Comentários

29/03/2017 18:07:43
Delicia de história, Julio. Vim retribuir a visita e vi que já tinha lido e comentado seu ultimo conto. Li então estes relatos com essa crente casada. Muito bem narrado e excitante. Realmente essa mulher é doida, querendo engravidar. Com certeza não está com boas intenções. Já fui vítima de algo parecido com meu ex, me deixando para assumir o filho com outra. Grata pela visita. Beijos da Vanessa.
19/02/2016 23:59:31
vc ja sabe q fas tenpo que ti amo...
19/02/2016 23:57:32
Nossa amor eu fiquei molhadinha de tesao lendo a nosaa historia, gozei gostoso na sua pika gostosa e ainda quero ter um filho seu pra sempre ter um pedacinho de vc comigo ja q nao posso ter por iteiro... uma chupada gostosa nessa piroca q amo
19/02/2016 13:12:10
Mais uma vez vc se superou Mr. Julio comendo essa Estela mulher muito louca querendo te amarrar de qualquer jeito com o golpe da barriga. sai fora disso cara e parabens pelo conto. qndo enjoar da estela manda ela pra min
13/02/2016 12:48:21
BOM PRA DEDÉU ESTE CONTO. AS CRENTES SÃO MESMO BEM SAFADAS. SÓ QUE ESSA ESTELA É DE FICAR COM A BUTUCA LIGADA. USA A LINDURA PRA DEPOIS GRUDAR NO PÉ IGUAL CHULÉ. NOTA DEZ!
11/02/2016 07:31:22
Delicia de relato, Julio. Realmente, os filmes pornôs criaram essa imagem de que todos negros tem o negócio enorme. Eu que vejo tantos, sei que não é bem assim. Parabéns pela sinceridade. Teu relato está excelente como os demais. Esse reencontro foi bem quente. E o que chamou atenção, foi a ideia dessa maluca de ter uma filho contigo. Se ela falasse isso durante a transa, movida pelo tesão, tudo bem. O pior é que ela disse depois. Acho que ela não bate bem da cachola. Fuja correndo! Rs. Nota dez e beijocas.
05/02/2016 12:18:40
Não tive como deixar de vir retribuir palavras tão carinhosas como as suas em comentário no meu ultimo conto. Muito agradecida mesmo, querido. Quanto a este show de relato, já me aconteceu uma vez num motel com recepcionista nova ou destreinada, que incomodou ligando bem no melhor. Essa Estela esta querendo te pegar de jeito e é melhor tomar cuidado. Rs. Bjs, Val.
04/02/2016 21:35:34
Olá Mr Julio. Estou vendo seus comentarios nos nossos contos mas voce nunca deixa o email. Seus contos são muito bons e vc poderia postar conosco e receber nossos video contos por email. Mande uma mensagem por email pra gente. Abraço do MOD - Secret Island - Email: modfant@gmail.com
03/02/2016 15:34:02
Como sempre arrasando.Quer dizer que veio a serra huum.Parabéns bjs e trejos
03/02/2016 15:28:07
29/01/2016 16:41:47
Delícia de conto. Embora teho me deixado com ciumes e inveja, agora sei pq vc sumiu no natal kkk. Será que iremos fuder um dia assim tmb? Ei cuidado com essa de filho e lembresse vc meteu primeiro sem camisinha. Não quero q outra mulher além da sua esposa fique entre nós só se for pra fazer menage e depois tchau kkkkkk. Gosei muito imaginando vc e eu assim, ainda to molhada e vc sabe como minha buceta fica molhada o que eu faço.;)
29/01/2016 14:41:08
Muito bom,legal,mas se ela ker,e depois não ficar te encontrar enchendo o saco,o filho ta valendo.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.