Casa dos Contos Eróticos

Meu tio estourou todos meus cabacinhos sem dó!

Autor: GISELLE
Categoria: Heterossexual
Data: 08/07/2015 07:12:17
Última revisão: 11/08/2015 07:16:35
Nota 9.75
Ler comentários (15) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Sonia, mas sempre fui chamada de Soninha e apesar de gostar de ser chamada assim pelo diminutivo realmente não tinha nada a ver com meu tamanho por que apesar de apenas 17 anos sempre fui uma garota cheinha de corpo que vivia preocupada com meu peso, principalmente porque minha mãe era gordinha e com certeza não queria ficar igual a ela de jeito nenhum e vivia constantemente de regime.

Meu pai faleceu quando eu era criancinha e vivia com minha mãe em uma cidade do interior do Nordeste.

Sou branca, 1.72m, cabelos compridos louros escuros, seios grandes, coxas grossas, bundão redondo empinado que engole as calcinhas e apesar de sempre assediada pelos rapazes era completamente virgem, logicamente que não “bobinha” e já havia assistido vários filmes pornôs e até me “roubaram” alguns beijos, mas nada tão empolgante a ponto de me fazer “perder a cabeça” como ouvia nos comentários das amigas do colégio.

Por morar em cidade de interior sempre me preocupei com a língua maldosa do povo e não ficava “dando muito lado” para os rapazes tentando parecer ser uma garota “direita” apesar de sempre estar usando roupas que chamavam muito a atenção de todos os homens.

Na verdade adorava usar roupas bem justas e curtinhas só que isso também atraia os olhares dos homens e das amigas invejosas, mas isso não importava porque quando ia às lojas comprar shorts, minissaias e vestidinhos na hora que a vendedora perguntava o tamanho do meu manequim sempre pegava números menores e isso deixava meu corpo voluptuoso parecendo ser todinho embalado a vácuo. RSS.

Minha xoxota era tão cheinha que minhas calcinhas fio-dentais que eu usava que além de ficarem atoladinhas no meu rabão se enfiavam entre os lábios enormes da minha rachinha virgem e ficavam roçando no meu grelinho provocando “choquinhos” deliciosos e inquietantes.

A “brincadeirinha” que eu fazia e me deixava taradinha era com o jato de água forte do chuveirinho no meu grelinho que fazia ficar toda “molinha” gozando intensamente fazendo com que meu corpo tremesse todinho de uma maneira incontrolável e deliciosa.

A vida não estava nada fácil naquela cidade onde morávamos e foi então que mamãe me revelou que havia conversado por telefone com tio Oscar que morava na capital e ele sugeriu que se a gente quisesse tentar a vida por la ele daria uma mão pra ela, principalmente por não precisarmos pagar aluguel já que ele possuía uma edícula nos fundos da casa onde morava.

Minha mãe rapidamente resolveu aceitar o convite do tio principalmente por que alem de poder conseguir emprego melhor eu poderia prosseguir meus estudos e tentar fazer uma faculdade.

Tio Oscar era irmão de minha mãe, tinha 37 anos, 2 a mais que ela e a ultima vez que o tinha visto era ainda criança e só me lembrava dele ser muito carinhoso e quando morava em nossa cidade sempre me levava na mercearia da rua onde morávamos pra comprar doces e sorvetes.

Depois de 15 dias nos mudamos pra capital e quando chegamos tio Oscar todo contente nos recebeu com muito carinho.

Fomos morar na ótima edícula nos fundos da casa do tio e quando vi que nem era muito distante da praia fiquei toda feliz.

A primeira coisa que notei em tio Oscar foi que apesar de irmão de minha mãe ele não se parecia em nada com ela porque era um homem com um corpo com tudo em cima e por ter uma pele toda bronzeada era o que podia se chamar de um “coroa gato” com alguns cabelos grisalhos que lhe davam um charme especial e dava pra ver que as mulheres que o cumprimentavam se mostravam bem assanhadas sem conseguir disfarçar o interesse no meu tio bonitão.

Após algumas semanas da nossa mudança para a capital tudo tinha se modificado pra melhor e a vida se mostrou bem mais alegre e com perspectivas bem melhores e até mamãe depois de começar a trabalhar como vendedora em uma loja de roupas começou a fazer caminhadas na praia pra tentar perder seus 20 quilos acima do peso e dava pra ver que isso estava acontecendo bem rapidinho.

Outra coisa que notei de cara é que tio Oscar era um tremendo “comedor” porque como passei a limpar sua casa todo dia dava pra notar que de vez em quando encontrava duas toalhas de banho molhadas e dois pares de chinelos ao lado da cama sem contar as camisinhas no cesto do banheiro e não demorou pra que eu desse de cara com uma mulata bem novinha saindo da casa dele. Quando toquei no assunto “esposa” com meu tio ele sorrindo disse que já fazia tempo que estava “solteiro” e que não queria nenhuma mulher botando “cabresto” nele. RSS.

Tio Oscar era proprietário de uma espécie de um bar com uma enorme pista de dança em uma avenida perto da praia onde grupos musicais da região se apresentavam quase todo noite vivia lotado de gente e tinha algumas garotas e alguns rapazes que ensinavam os turistas a dançar forró e também outros ritmos nordestinos. Como o lugar não era longe de casa de vez em quando ia até la ver o que rolava no local e percebi que meu tio sempre era requisitado pelas mulheres a dançar com elas e foi ai que notei que com certeza um dos motivos que deixava meu tio com aquele corpo com tudo em cima era o forró. Realmente além de “bonitão” meu tio Oscar era um excelente dançarino e sabia deixar as mulheres assanhadas com seu rebolado e gingado perfeito.

Aquele lugar com certeza dava uma ótima renda pro meu tio e quando perguntei se não podia trabalhar no “bar” pra ajudá-lo e também ganhar meu próprio dinheirinho ele disse que quando completasse 18 anos iria me chamar e aproveitei pra dizer que quando ele tivesse tempo queria aprender a dançar forró tão bem quanto ele e sorrindo disse que com certeza iria adorar me ensinar e quanto a dinheiro tio Oscar comentou que quando eu quisesse comprar alguma coisa ou alguma roupa era só pedir que ele dava, afinal além de ser sua única sobrinha brincando emendou dizendo que do jeito que eu comia pouco e as roupas que eu usava eram tão curtinhas e pequenas que com certeza nem precisaria de muito dinheiro pra me sustentar. RSS. Meu tio então me elogiou dizendo que por enquanto bastava eu continuar arrumando e limpando a casa dele como estava fazendo que já estava “louco de bom” porque fazia bastante tempo que sua casa não ficava tão limpinha e organizada. As ultimas faxineiras que ele tinha arrumado não faziam bem feito como realmente eu estava fazendo.

Se na cidade do interior que eu morava minhas roupas eram bastante “reveladoras” na capital certamente passei a abusar de vez e meus shorts então passaram a ser daqueles bem socados mesmo e as popinhas da minha bunda enorme ficavam de fora e minha xoxota cheinha ficava completamente rachada se mostrando “sem vergonha” dentro daqueles shortinhos de lycra ousados. Meus seios só faltavam pular pra fora dos tops igualmente colados e que mal cobriam os biquinhos pontiagudos.

Minha mãe não era de ficar pegando no meu pé por causa de roupas ou por causa de namoradinhos, nesse ponto ela era bem liberal, só que depois que ela viu como passei a me vestir ainda mais periguete comentou sorrindo:

-é... pelo jeito minha filha depois que veio morar na capital já tá querendo macho... ta mostrando o material todinho... cuidado hein... veja se não vai arrumar barriga hein... trata de tomar remédio garota... ta dando pra ver que não vai demorar pra algum macho te pegar de jeito!

-pode deixar mamãe... não se preocupe que sua filha continua virgem de tudo... agora que gosto de me mostrar... eu gosto mesmo! RSS.

Se mamãe tinha notado minha mudança meu tio também naquele mesmo dia ao me ver ajoelhada de 4 com um shortinho completamente socado no rego limpando o tapete da sala dele brincou comigo dizendo:

-é... acho que não vou poder chamar nenhum de meus amigos pra vir na minha casa logo de manhã... porque do jeito que minha querida sobrinha se veste... é perigoso algum deles querer agarrá-la se a virem assim nessa posição... é difícil algum macho resistir a uma cena como esta que estou me deparando! RSS.

Nem tinha visto meu tio acordar e até me assustei ao ouvir sua voz falando comigo e olhando pra trás o vi de pé com uma xícara nas mãos dando uns goles de café e então dei um sorrisinho sacana e continuando do jeito que estava disse toda dengosa:

-aiii tio... tá querendo me matar de susto é... achei que ainda estava dormindo... mas... será que o tio acha que minhas roupinhas são muito ousadas... tô parecendo muito “periguete”?

Tio Oscar estava com uma toalha enrolada no corpo, os cabelos molhados do banho e então se sentou no braço do sofá do lado e disse:

-bem... já percebei que minha sobrinha é uma garota que adora se exibir... também do jeito que é linda... com esse corpo... toda gostosa... esse rostinho de anjo... você pode tudo minha querida... acho que já já vai ter uma fila de rapazes atras da minha sobrinha!

Levantei-me toda dengosa e de uma forma bem espontânea me joguei no colo dele enchendo seu rosto de beijos e sorrindo disse:

-assim eu fico ainda mais apaixonada pelo meu tio lindo... me bajulando logo cedo... tô adorando ter vindo morar aqui com você!

Ele passou uma das mãos pelos meus quadris e pousou a outra mão em uma das minhas coxas e me acariciando de leve sorriu dizendo:

-hummm... se toda vez que te elogiar... você vai sentar no meu colo e me encher de beijos... vou fazer isso todos os dias com certeza!

Notei que sua xícara já estava quase sem café e então continuei toda dengosa:

-ai ai ai... pode ter certeza que também vou adorar que o tio faça isso... me chamando de linda... dizendo que sou toda “gostosa”... adoro ouvir isso... pode deixar que da próxima vez vou dobrar a quantidade de beijos! Agora me dê sua xícara que vou buscar mais café pra você!

Levantei-me do colo dele e no caminho até a cozinha é que me toquei que o tio com certeza estava peladão por baixo daquela toalha e quando voltei à sala já com um bocado de safadeza tornei a me sentar no colo dele só que toda sacana me encaixei perfeitamente em seu ventre e entregando a xícara de café abracei-o pelo pescoço dizendo:

-tioooo... aquele dia que comentei que queria aprender dançar forró... você disse que ia me ensinar... mas não tocou mais no assunto!

Percebi que quando me sentei no colo do tio a toalha se abriu um pouco na frente e suas coxas fortes ficaram encostadas nas minhas porque meu shortinho era curtinho e o calor que emanava de seu corpo produziu um arrepio incontrolável no meu e toda safada dei umas mexidas no meu bumbum como se tivesse me ajeitando e ele com um sorriso nos lábios tomou mais um gole no café, em seguida colocou a xícara na mesinha do lado e voltando a abraçar minha cintura e colocando uma das mãos nas minhas coxas deu umas apertadas de leve disse:

-é... realmente não tive tempo minha querida sobrinha... mas pode deixar que vou dar um jeito de fazer o que prometi... acho que minha sobrinha leva jeito que vai aprender bem rápido e com esse corpo vai deixar os homens loucos rebolando do jeito que o diabo gosta!

Apesar de minha ignorância em relação ao sexo real o instinto se manifestava forte percebi um volume crescendo embaixo do meu bumbum e toda sacana continuei a me mexer, eu queria mais e tio Oscar já deslizava sua mão nas minhas coxas subindo e descendo carinhosamente cada vez chegando bem perto de tocar minha xoxota virgem e foi então que pra meu desgosto a campainha tocou e alguém chamou meu tio pelo nome acabando com aquela safadeza deliciosa e ele sorrindo disse:

-é... eu tava adorando ter minha sobrinha toda “gostosa” sentada no meu colo, mas tenho que atender, é importante!

Contrariada me levantei e em seguida tio Oscar foi até o quarto colocar uma bermuda e uma camiseta e voltou pra atender quem estava a sua procura e fui pra cozinha tomar alguma coisa gelada pra tentar me acalmar daquela loucura que tinha feito e então senti minha xoxota virgem toda úmida e quando passei a mão entre as coxas pude notar que estava bem mais que apenas úmida, estava completamente ensopada.

O tesão chegou avassalador e o culpado era meu tio Oscar.

Resolvi terminar de limpar a casa pra tentar acalmar meu “assanhamento” e logo meu tio saiu de casa acompanhando do homem que havia vindo chamá-lo e fiquei pensando naquela safadeza quase “explicita” que rolou ali naquela sala e com certeza tio Oscar com aquela sua conversinha safada elogiando meu corpo e me chamando de “toda gostosa” já tinha botado os olhos em cima de mim e não demorou mais que 2 dias pra que acontecesse outra coisa que ia agitar ainda mais os meus hormônios em constante ebulição.

Na noite anterior fiquei assistindo filmes na TV e acabei perdendo o sono e só fui me deitar já de madrugada e quando minha mãe saiu pra ir trabalhar até me chamou dizendo pra me levantar, mas acabei ficando na cama e voltei a pegar no sono e foi então que depois de um bom tempo senti uns tapinhas de leve no meu bumbum e a voz do meu tio Oscar dizendo todo carinhoso:

-acorda minha princesa dorminhoca... tenho que sair e preciso que você fique la em casa... por isso vim te acordar senão deixava minha princesa dormindo gostoso!

Devagarzinho fui despertando e foi então que me dei conta que estava apenas com uma calcinha atoladinha no rabo como eu sempre dormia e ao abrir os olhos de vez vi meu tio Oscar estava sentado na cama do meu lado e então dei um sorrisinho meio sem graça dizendo:

-nossa tio... tô quase pelada e você sentado na cama do meu lado... o que aconteceu?

Tio Oscar sorrindo passou as mãos em meus cabelos e disse:

-acho que minha linda sobrinha perdeu a hora... já são mais de 10h. e como você não apareceu vim ver o que tava acontecendo... a porta da casa estava aberta... a porta do teu quarto também e como preciso que você esteja em casa quando o tecnico que vai vir fazer manutenção dos ar condicionado de casa... tive que acordar a princesa dorminhoca! RSS.

Em poucos segundos me liguei no que estava acontecendo e percebi que meu tio Oscar estava se deliciando em me encontrar praticamente quase nua deitada na cama e seus olhos ávidos passeavam safadamente em meus seios e no meio das minhas coxas com a calcinha toda enfiadinha entre os lábios da minha xoxota cheinha e se ele estava gostando do que estava vendo eu também senti a mesma coisa e toda safadinha me recostei na cabeceira da cama chegando mais pertinho dele dizendo toda dengosa:

-nossa tio... ainda bem que foi você que entrou aqui em casa... já pensou se fosse um tarado e me encontrasse assim... só de calcinha... com certeza eu seria estuprada e meu cabacinho teria ido embora facinho!

Não teve como não notar que na frente da bermuda que tio Oscar vestia tinha uma enorme barraca armada e ele todo carinhoso passou o braço por trás dos meus ombros e me abraçando todo carinhoso também com segundas intenções disse:

-é... se isso tivesse acontecido seria uma coisa muito ruim mesmo... mas... eu achava que minha sobrinha nem fosse mais virgem... você com suas roupas curtinhas e seu jeito safado parece ser muito “putinha”, alias uma “putinha” muito linda e agora que te vi assim... “mais gostosa” ainda... saber que você ainda é cabacinho... deixou-me bastante surpreso! RSS.

-juro que sou virgem tio... a única coisa que fiz até hoje foi beijar alguns rapazes... e foram apenas beijinhos mesmo... claro que já assisti um monte de filmes pornôs... mas... por enquanto... não fiz nada ainda... mas... minha mãe outro dia também falou pra mim que do jeito que estou me vestindo tô querendo macho... mas... na verdade eu adoro me mostrar mesmo... gosto de sentir olhares safados no meu corpo! RSS.

-é... você dizendo que gosta de se mostrar me lembrou sua mãe quando era novinha... ela também era assim... quando ia nos bailes gostava de dançar se esfregando nos machos... meus amigos sempre falavam que sua mãe era bem “putinha”!

-nossa tio... isso eu não sabia... ninguém nunca comentou nada disso comigo... mamãe apesar de ser muito legal comigo também nunca comentou sobre quando era moça... eu achava que ela só tinha namorado meu pai e depois se casou com ele... então devo ter puxado pra ela!

-com certeza Soninha... tua mãe quando era “mocinha” era linda de corpo... todos os rapazes ficavam loucos quando ela passava rebolando o bundão... ela não usava roupas curtas como você... mas ela usava um vestidos bem sensuais! Do jeito que ela era vaidosa nem sei como engordou tanto... apesar de que já notei que ela depois que chega do serviço tá indo caminhar na praia... e pelo jeito já perdeu uns quilos... se continuar assim e começar a frequentar uma academia... volta a ficar gostosona! RSS.

-ahhh tio... seria tão bom se isso acontecer... ela é nova ainda... tem só 35 anos... tomara que ela continue assim com esse pique todo!

Tio Oscar falava comigo com seu braço longo por sobre meus ombros e deixava sua mão forte roçar de leve em um dos meus seios e não teve como controlar o tesão e os biquinhos ficar durinhos e ele todo safado brincou dizendo:

-mas... voltando a sobre minha sobrinha linda... queria dizer que não sou nenhum tarado estuprador... mas... já que estamos falando sobre safadezas... se tivesse uma tesoura aqui por perto quando entrei no teu quarto e te vi deitada de bruços com a calcinha toda atolada nessa bunda fantástica que você tem... certamente teria cortado as laterais... só pra poder te ver inteirinha nua... iria adorar fazer isso! RSS.

Minha xoxota estava totalmente ensopada conversando com meu tio abraçado comigo em minha cama e toda safada me aconcheguei em seu peito e entreabrindo minhas coxas dei um sorriso sacana e disse:

-nossa tio... então você ia cortar minha calcinha do lado só pra me ver todinha pelada... seu taradão safado!

Tio Oscar já roçava seus dedos espertos nos meus seios bem pertinho dos meus mamilos e todo safado com a outra mão deu uma pegada acintosa na rola ajeitando a barraca disse bem safado:

-da próxima vez que precisar acordar minha sobrinha virgem eu já venho com uma tesoura na mão... pode ter certeza!

Minha xoxota já estava pingando me mostrando praticamente quase nua para meu tio safado que depois de ouvir de minha boca que era completamente virgem me pareceu que ficou ainda mais taradão e a frente de sua bermuda totalmente estufada não deixava duvidas que estava louquinho de vontade de me pegar, mas como no dia anterior a safadeza foi interrompida pelo celular do tio tocando e era o eletricista dizendo que estava na frente da casa esperando pra entrar e então fui para o banheiro tomar meu banho tio Oscar foi atender o sujeito.

Nem deu tempo pra brincar com meu chuveirinho e gozar gostoso pra acalmar meu tesão intenso e em seguida fui pra casa do meu tio e o técnico já tinha começado a limpar e revisar os três ar-condicionados da casa e tio Oscar então saiu pra resolver seus problemas do dia a dia e antes de sair me deu dois beijinhos no rosto e todo safado brincou dizendo:

-vê se se comporta hein sua safadinha... não fica dando lado pro técnico senão ele vai demorar uma semana pra fazer a revisão! RSS.

Toda safada dei um sorrisinho e disse:

-não se preocupe tio... pra começar não fui com a cara dele... e é feio demais pro meu gosto... prefiro gatos charmosos tipo meu tio lindão!

Aquela safadeza entre eu e meu tio estava mais que explicita e com certeza a coisa ia pegar fogo de verdade.

Na minha mente sacana eu já tinha escolhido que meu tio Oscar seria meu primeiro macho e também decidi que ele seria meu presente de aniversário de 18 anos que aconteceria dali a 2 meses e mais alguns dias.

Na verdade do jeito que me comportava quando estava perto do meu tio sem alguém por perto eu tinha duvidas que chegaria virgem na data do meu aniversário porque a cada dia me mostrava mais safada perto dele e bastava ele se sentar em uma poltrona ou em uma cadeira que toda sacana me jogava no colo dele e me esfregava sem um pingo de pudor sentindo aquele pauzão duro como aço roçando na minha bunda enorme e pra ficar ainda mais gostoso de vez em quando tirava minha calcinha só pra atiçar ainda mais a safadeza.

Meu tio com certeza já sabia que sua sobrinha estava louquinha de vontade de dar pra ele e o safado sabia como me deixar mais taradinha com suas mãos espertas me alisando deliciosamente, ele sabia que ia me comer quando quisesse e achei que ele fazia aquilo só pra me deixar mais taradinha.

Mamãe também percebeu que sua filhinha estava cada vez mais putinha porque notou que deixei de usar calcinhas e disse:

-a coisa tá pegando fogo no meio das pernas né sua safada... além das roupas curtinhas agora nem calcinha mais tá usando... sempre pronta pros machos né sua safada... espero que não tenha esquecido de tomar pílulas... se me transformar em avó agora que tô voltando a ficar “gatona” te dou uma surra de cinta com o lado da fivela sem um pingo de dó!

Abracei mamãe sorrindo e disse:

-pode ficar tranquila mamãe que apesar de ser uma garota “exibicionista” não sou tonta não! Com certeza você vai demorar pra virar avó! E tô adorando ver você ficando cada dia mais magra... tá de parabéns... acho que não vai demorar pra irmos na praia juntas e quem olhar pra gente vai pensar que somos “irmãs”. O tio Oscar também comentou que você tá perdendo bastante peso e que deveria frequentar uma academia!

-é... ele comentou comigo sobre isso essa semana e até me recomendou uma academia de um amigo dele aqui perto... a semana que vem vou começar... depois que comecei a perder peso... tô me sentindo bem melhor... trabalho com mais disposição e até algumas roupas que não entravam no meu corpo já estão servindo! Já perdi 10 quilos em 60 dias... mais dois meses desse jeito... volto ao peso normal e ai é só fazer exercícios que volta a ficar tudo “durinho”. RSS.

Mamãe realmente era outra pessoa e agora vivia sorrindo a toa e com certeza aquela felicidade toda devia ter algo a ver com novos machos porque a vaidade e o rebolado tinham voltado com força total, e como meu tio tinha fofocado pra mim minha querida mamãe de santa não tinha nada, se tinha sido putinha quando era novinha com certeza continuava sendo agora também.

A safadeza tomou conta de mim alguns dias depois quando terminei de passar o café e o telefone tocou e quando atendi era o contador do meu tio querendo falar com ele e quando disse que ele ainda estava dormindo resolveu deixar recado dizendo que era pra tio Oscar passar no escritório antes do almoço pra assinar uns papeis importantes e então falei que podia ficar tranqüilo que assim que ele acordasse daria o recado.

Estava vestida com um vestidinho de malha sem calcinha como já tinha se tornado uma constante e então enchi uma xícara de café e fui até o quarto do tio Oscar acordá-lo pra dar o recado do contador, afinal já estava quase na hora do almoço e então quando entrei me deparei com aquele macho lindo completamente nu deitado de barriga pra cima dormindo tranqüilo e com certeza se não fosse tesão de xixi ele estava sonhando com uma xoxota porque o seu lindo pauzão estava completamente duro.

Apesar de toda safadeza e sedução entre eu e tio Oscar nunca o tinha visto todinho pelado e minha bucetinha peluda ficou toda tesudinha olhando pra aquele macho delicioso de pau duro. Eu sabia que meu tio tinha uma pauzão enorme, mas quando cheguei pertinho da cama e olhei em detalhes só faltei me mijar de tanto tesão querendo pegar e sentir aquele mastro grosso em minhas mãos. Era cheio de veias e uma cabeçona bem saliente que o tornava mais imponente ainda e pra deixá-lo mais perfeito um saco com duas bolas grandes dependurados entre suas coxas e então depois de alguns minutos em verdadeira adoração ao lado da cama me sentei na beira da cama e passei a mão no seu peito cabeludo e com uma voz toda melosa sussurrei perto dos seus ouvidos:

-tioooo... acorda tiozão lindo!

Devagar meu tio foi acordando e depois de esfregar os olhos se deparando comigo sentadinha ao seu lado disse sorrindo:

-o que aconteceu garota... você nunca entrou no meu quarto... ta pegando fogo na casa?

O pauzão do meu tio continuava ereto apontando pro teto e bem safada aproveitei a deixa e toda safada disse:

-tioooo... a única coisa que ta pegando fogo é minha xoxotinha virgem... ainda mais vendo o pauzão duro enorme do meu tio bem de pertinho... mas... eu só vim te acordar porque o teu contador ligou dizendo pra você passar no escritório dele pra assinar uns papeis antes do almoço e como já está quase na hora resolvi vir te acordar e até trouxe uma xícara de café pra você!

Tio Oscar nem se preocupou em puxar o lençol pra tampar aquela rola maravilhosa e se recostando na cabeceira pegou a xícara de café e depois de dar dois goles olhou pra minhas pernas e notou que estava sem calcinha e sorriu dizendo:

-é... acho que minha sobrinha realmente deve tá com a xoxota muito quente mesmo... nem coloca mais calcinha... acho que assim o ventinho passa entre as coxas e da uma refrescada né?

Como ele se recostou na cabeceira da cama minha mão deslizou do peito cabeludo para sua coxa quase tocando em seu pauzão e bem safada entreabri as pernas e minha xoxotinha ficou todinha aberta e bem putinha disse:

-tioooo... com certeza nenhum ventinho conseguir dar uma refrescada nela... acho que ela tá precisando é de um pauzão e com certeza ela ta querendo a do meu tiozão tarado... fica mostrando ela assim desse jeito pra mim... eu não tô agüentando mais de vontade... me come logo tio... eu tô louca de tesão pra dar pra você e eu sei que você também ta querendo... tira meu cabaço de uma vez... me come!

Falei tudo que queria de uma vez e em segundos tirei o vestido e peguei no seu pauzão que já estava com a cabeçona toda babada.

Sem um pingo de frescura cai de boca nele e mamei naquela rola maravilhosa como uma profissional, ter assistindo filmes pornôs me ensinara como teria que fazer e tio Oscar todo tarado se entregou gemendo alto com o pau indo fundo na minha garganta.

Depois de alguns minutos me deliciando com aquele mastro espetacular foi a vez do meu tio me levar a loucura com sua boca quente e sua língua mágica me proporcionando orgasmos incríveis me fazendo rebolar que nem uma louca.

Tudo foi muito rápido e intenso e logo meu tio me colocou de 4 na cama e todo tarado disse:

-quero assim de 4 sua putinha tarada... me mostrou tanto esse rabo que quero te comer assim... igual uma cachorra... sua vadiazinha safada puta... vou arrombar essa buceta gostosa... empina esse rabo vadia!

Tio Oscar era um macho que não era de ficar alisando não e encaixou a cabeçona babado de seu pauzão na portinha da minha xoxota cheinha e cravou tudo de uma só vez. Dei um gritinho quando meu cabacinho foi estourado, mas com o tesão que eu tava nem doeu muito e logo passei a ser comida com vontade. Tio Oscar socava forte e fundo na minha xoxota arrombada me levando ao delírio.

Gozei... gozei... gozei como imaginei que devia acontecer e estava acontecendo e rebolando loucamente sussurrava tarada:

-mete assim tio... fode minha xoxota com força... arregaça minha xoxota... me come todinha... quero dar gostoso... ahhhh... tesãooooo!

Eu tinha um gozo atrás do outro e quando me dei conta a cabeçona do pauzão do tio Oscar já estava perfeitamente encaixada na entrada do meu cuzinho virgem e em segundos aquilo tudo começou a penetrar com firmeza.

Dessa vez gritei de dor, mas tio Oscar me deu uns tapas fortes na bunda e socou tudo até o talo e todo tarado disse:

-rebola cadela... da esse cu pro teu macho... vou arregaçar esse rabo gostoso... você acha que eu ia querer só o cabaço da tua buceta cadela... quero teu cuzinho sua putinha safada... rebola sua vadia... rebola e dá gostoso pro teu tio senão vou te bater de verdade... rebola cadela!

Algumas lagrimas de dor escorreram dos meus olhos, mas não tinha como escapar e devagar fui me acostumando com o calibre daquele pauzão atolado no meu cuzinho arrombado e comecei timidamente a rebolar e não demorou muito pra começar a gostar de ser comida daquele jeito e logo estava dando gostoso e então ele deu um urro e inundou meu cuzinho de porra fervente.

Gozei... gozei... gozei muito gostoso sendo enrabada pelo meu tio pauzudo e então senti sua rola começar a amolecer escapando do meu cuzinho e tio Oscar me deu um tapinha na bunda e disse pra tomarmos banho e foi o que fizemos sem nem um pingo de culpa ou qualquer constrangimento.

Depois que tio Oscar saiu pra ir até o escritório do contador liguei o ar condicionado da sala e me deitei nuazinha com o bumbum pra cima pra dar uma bela refrescada e dar uma acalmada no meu cuzinho todo inchado depois de ter sido arrombado por aquele pauzão cabeçudo.

Tirei um longo cochilo no sofá e quando acordei achei que tava sonhando, mas era completamente real, tio Oscar tinha voltado e estava linguando meu cuzinho ajoelhado ao meu lado e sem pedir licença se deitou sobre minhas costas e nem adiantou eu tentar sair fora dizendo que estava toda dolorida porque ele cravou seu pauzão enorme no meu rabo e aquilo tudo foi até o talo e gritei de dor, doeu mais que a primeira vez, mas ele todo tarado socava com força beijando minha nuca e sussurrando todo tesudo:

-adorei teu cu cadela... quero gozar nele de novo... rebola putinha safada... dá gostoso pro teu tio... quer ser minha puta tem que dar o cu pra mim todo dia... ahhh... que rabo gostoso... cadelinha gostosa!

Pensei que não ia conseguir dar de tanto que doía, mas o tesão logo tomou conta do meu corpo e rebolei como devia e levei outra gozada de porra fervente no cuzinho inchado e gozei junto com meu tio tarado.

Depois de três dias sendo enrabada seguidamente pelo pauzão cabeçudo do meu tio taradão me acostumei a levar pau no cu e passei a adorar ser comida daquele jeito de 4, toda arreganhada e levando uns tapas na bunda.

Nem me surpreendi quando depois de um mês, ao entrar no escritório do meu tio no seu bar encontrei minha mãe de 4 em cima da escrivaninha minha mãe sendo enrabada por ele e o mais louco foi escutar a conversa deles e acabar descobrindo que meu tio Oscar que tinha tirado meu cabaço também tinha descabaçado minha mãe quando novinha e aquela loucura que descobri iria mudar todo nosso relacionamento mas isso só contarei pra vocês na continuação desse relato!

gisellets@outlook.com

iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii65

Comentários

21/06/2017 16:31:13
Cadê o final?
21/06/2017 16:30:45
Adorei
09/08/2016 22:10:30
Belíssimo conto, parabéns.
02/01/2016 08:56:56
Espetaculaaaaaaar
02/09/2015 12:48:00
Maravilhoso adorei
19/08/2015 10:03:26
Gostaria de conhece la .. leia um dos meus tambem Vc vai gostar Sou neto neuer  Bjo Ate logo Djnetomanoel@gmail.com
AFL
23/07/2015 00:22:40
Muito gostoso
18/07/2015 13:18:25
K tesão!
11/07/2015 00:37:15
Muito bom
09/07/2015 11:28:57
Muito bom. Continue gatinha
08/07/2015 14:17:48
Maravilhoso!!!
08/07/2015 11:41:16
muito bom....continue
08/07/2015 11:19:33
Maravilhoso, adoei, bem escrito, detalhado e merece nota dez. Claro que quero saber mais... estaou esperando a continuação.
08/07/2015 09:10:47
continua, continua...
08/07/2015 08:24:58
Parabéns. Belo conto. O melhor que li até agora. Grafia corretíssima. Beijos

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.