Casa dos Contos Eróticos

Meu tio iniciou eu e minha irmã.

Autor: tesãoa1000
Categoria: Heterossexual
Data: 28/07/2015 17:10:27
Nota 10.00
Ler comentários (1) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Julio.. Eu minha irmã gemea, que aqui vou chamar de Karen, moravamos com nossos pais em Porto Alegre. Toda a familia morava na mesma cidade. Certa vez, quando chegamos da escola, encontramos meu tio (Pedro) sentado na mesa conversando com minha mãe. Ele era um cara de uns 40 anos, nem sempre aparecia em nossa casa, mas nasquele dia estava ali. O comprimentamos e fomos pro quarto tirar o uniforme. Assim que descemos, ele me chamou e falou que eu estava um belo garoto, fez o mesmo com a Karen e após isso fomos para a sala, enquanto nao saia o almoço. Tio Pedro conversava com minha mãe sobre algo relacionado a empresa dele, e tambem tentava falar com papai no celular, algo que por algum motivo nao dava certo. Mamãe nos chama pra almoçar, nos 4 sentados a mesa, comendo educadamente. Eis que percebo tio Pedro olhando sempre para minha irmã Karen. Ela, uma bela loirinha que sempre chamava a atenção, por vezes eu fiquei bravo de tanto que mexiam com ela na rua... eram os garotos, os homens.. Logo após terminarmos, eu fui para o quintal brincar, enquanto mamãe lavava a louça e Karen assistia tv, tio Pedro chegou no quintal fumando um cigarro, e me perguntou coisas atoa, sobre escola, futebol e tudo mais.. Após fumar, foi para a sala fazer cia a Karen. Passado alguns minutos, volto pra dentro, nao vejo mamae na cozinha.. Entro na sala e vejo Karen sentada ao lado do nosso tio, que fazia gracinhas, do tipo cocegas e piadas.. Ela se escandalizava de rir, perguntei por mamãe e ele me disse "Foi para o quarto dar uma limpada" Titio me chamou e perguntou se eu queria ir com ele até o trabalho de papai, pois teria algo importante pra fazer. Disse que sim, mas que mamãe teria que deixar, subi até o quarto dela e perguntei se podia. Ela disse que sim, sem muito hesitar.. Logo que desci, me surpreendi com Karen sentada no colo do tio Pedro, enquanto o mesmo fazia cocegas e mais cocegas... Disse á ele que mamae havia deixado. Ele soltou minha irmã e fomos para o carro.. Continua..

Comentários

28/07/2015 17:13:39
Continue logo rapaz. Fica o convite para ler meus contos.

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.