Casa dos Contos Eróticos

Sexo gostoso com meu Tio

Autor: renatinha
Categoria: Heterossexual
Data: 19/06/2015 05:22:19
Nota 10.00
Ler comentários (10) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Meu nome é Renata, tenho 26 anos, morena, cabelos cacheados, 1.79 de altura e um pouco acima do peso. Sou daquelas gordinhas bem distribuídas, bunda grande, seios pequenos.

Sempre fui gordinha e sempre chamei muita atenção.

Minha história começa quando eu tinha 13 anos, minha avó tem um sítio no interior de São Paulo, minha família e eu costumávamos ir pra lá pelo menos 4 vezes por ano, com toda a família, tios, primos e etc. Eu tenho um tio, seu nome é Fernando, moreno alto, corpo atlético, não é um cara bonito, mas sempre foi muito charmoso.

Eu tinha acabado de tomar banho de piscina e no final da tarde desci pro chuveiro, depois que sai do banho fui direto para o quarto me trocar, estava distraída passando creme no corpo e quando me virei vi meu tio Fernando me olhando pela janela, claro q ele se escondeu rapidamente e eu era jovem, não tinha malícia, não me lembro de ter pensado nada demais a respeito. Nesse mesmo dia, fiquei assistindo televisão até tarde, meu tio ficou comigo o tempo inteiro e depois que todos foram dormir ele deitou comigo no sofá, de conchinha, se mexia o tempo inteiro, mas como disse, eu era jovem, não vi problema nenhum, enfim, curtimos o final de semana e voltamos pra casa sem grandes novidades.

Depois disso, meu tio se mostrou bastante carinhoso, me abraçava muito, mas nunca passou disso.

No ano seguinte eu dei meu primeiro beijo, umas ficadas ali e aqui, mas não deixava ninguém passar a não em mim, até que um dia fui à casa de uma amiga, estávamos vendo um filme e o namorado dela chegou com um amigo. Papo vai papo vem, ela foi para o quarto com o namorado e eu fiquei na sala com o amigo, nos beijamos e ele tentou passar a mão em mim, claro que eu disse não, mas ele me tranquilizou, disse pra eu relaxar e curtir o momento. Me deixei levar, foi a primeira vez que senti um pinto nas mãos, que chuparam meus peitos, e enfiaram o dedo na minha bocetinha, foi a primeira vez que senti tesão de verdade, foi muito gostoso e desde então, quanto mais dedadas melhor. Depois disso, fiz meu primeiro sexo oral, ainda virgem, e recebi um sexo oral, não gozei mas foi bem gostoso, descobri o quanto é gostoso chupar um pinto e sentir o gozo na minha boca.

Perdi minha virgindade aos 18 anos, foi ótimo, gostoso, mas ainda assim não tinha gozado. Logo depois que perdi minha virgindade fui para o sítio da minha avó, era ano novo, a família toda estava por lá. No primeiro dia, fomos a piscina, curtimos muito o dia, depois de uma boa chuveirada fui para o quarto, e meu tio estava me espiando novamente, não sei se ele fez isso todos os anos seguintes, mas nesse dia eu percebi, e ele não vi que eu o vi, então, passei creme no corpo, mas estava me exibindo pra ele, acariciei meus mamilos, passei a mão na minha boceta, bem devagar, virei de costas pra que ele pudesse olhar minha bunda, e quando me virei, olhei direto nos olhos dele, e pra minha surpresa ele não saiu, ficou lá me olhando com a cara mais safada que eu já tinha visto e depois sumiu. Minutos depois, alguém bateu na porta, quando me virei ele já estava dentro do quarto. Vestia uma daquelas bermudas de jogar futebol, então pude ver que seu pauvestava bem duro e que era grande, ele não disse nada, só ficou me olhando, eu estava só de calcinha e morrendo de medo que alguém entrasse no quarto.

Mas, num momento de loucura, abaixei minha calcinha, sentei na cama e comecei a me masturbar olhando pra ele, foi uma provocação e tanto. Ele ficou lá me olhando, mas não fez nada. Ouvimos vozes e ele saiu do quarto, não nos falamos o restante da noite, ele sempre disfarçava quando me via em algum dos cômodos e saia. Passei a noite com aquilo na cabeça, queria mais, queria chupar o pau dele, queria o pau dele dentro da minha boceta molhada, queria sentir ele me chupando bem gostoso, e decidi que teria. No dia seguinte, acordei bem cedo e fui caminhar no pomar, todos estavam dormindo ainda, então sai sozinha, sentei debaixo de uma das árvores, me virei e vi meu Tio Fernando vindo até mim, sentou-se ao meu lado e disse: - Vc é uma safada.

E eu disse: - Só te mostrei o que vc tentou ver pela janela.

Ele: - Vc é minha sobrinha, coisas assim não podem acontecer.

Eu: - Tem razão, não podem.

E o beijei, ele resistiu um pouco, mas cedeu, empurrei suas mãos pelo meu corpo até chegar na minha boceta, precisava senti-lo, e ele fez melhor, me deitou no chão, eu ainda estava de camisola, então ele a levantou, empurrou minha calcinha pro lado e começou a me chupar, sugava meu clitoris enquanto enfiava o dedo na minha boceta, e eu não podia gritar, pq alguém podia ouvir, segurei meus gemidos, enquanto ele se lambuzava. Eu apertava meu seios de tanto tesão. Um entra e sai de dedos e passadas de língua, e eu queria ele dentro de mim, com força, queria sentir aquela rola entrando e saindo, mas novamente ouvimos um barulho e ele parou e disse: - Eu ainda vou te foder gostoso, sua putinha safada. E foi embora.

Eu fiquei lá, louca de tesão, com a boceta piscando, mas meio chocada. Primeiro por ter partido pra cima dele, segundo por ele ter me chupado e terceiro por ele ter me chamado de putinha. Nunca ninguém tinha me chamado assim, afinal eu tinha transado pela primeira vez dois dias antes.

O restante do feriado aconteceu sem novidades, voltamos e vida normal. Comecei a fazer faculdade e conheci um carinha por lá, sexo casual, me mostrou como é gostoso tomar uns tapas, ser xingada de putinha, puxões de cabelo e foi meu primeiro sexo anal, doeu no começo, mas depois ficou bem gostoso.

Enfim, passados alguns meses, e várias masturbações noturnas pensando na chupada que meu tio havia me dado, rolou um aniversário de um dos meus primos, e sim, meu tio estava lá, ele nunca se casou, então estava sozinho na festa, me olhou o tempo todo, sempre disfarçando, uma cerveja ali, outra aqui, subi até o banheiro, e pra minha surpresa ele veio atrás. Conversamos um pouco sobre assuntos rotineiros, e ele me disse: - Ainda sinto o gosto dessa boceta gostosa.

Eu disse: - me masturbei várias vezes pensando naquela chupada.(Sempre fui muito direta, sem muita vergonha, e depois das primeiras dedadas, fiquei bem safada)

Ele me olhou algum tempo e disse: - Hoje eu vou te foder, quer meu pau? Hoje vc vai ter. E entrou no banheiro.

Voltei pra festa, curti, quando estava me despedindo, o abracei e ele disse que me levaria embora, ninguém desconfiou, afinal era um tio dando carona pra sobrinha, nada demais.

Eu estava de vestido aquela noite, quando entramos no carro, ele abriu as minhas pernas, enfiou o dedo na minha boceta, colocou na boca e disse que continuava gostosa. Fiquei surpresa e excitada, muito excitada.

Moro com minha mãe, e ela sempre trabalhou de madrugada, e estava de plantão aquela noite, quando chegamos na porta de casa, ele entrou, assim que fechei a porta ele veio pra cima de mim.

Tirou meu vestido, enquanto me beijava, me virou de costas pra ele e me encostou na parede, puxando meu cabelo com uma mão, e estimulando meu clitoris com a outra. Dizendo que me comeria gostoso, pra eu aprender a nunca mais provocá-lo e eu ficando cada vez mais excitada, gemia sem parar, enquanto ele enfiava o dedo na minha boceta, com força.

Tirou meu sutiã, mordeu o bico dos meus seios, sugou o bico dos meus peitos bem gostoso. Me empurrou no sofá, e começou a me chupar, enfiou bem gostoso a língua entre minhas pernas, depois lambeu meu cu, disse que aquele cuzinho era dele, e que ele ia foder ali também, voltou ao meu clitoris, com os dedos dentro de mim, cada vez mais rápido, e mais rápido. E quando eu estava prestes a gozar ele enfiou o dedo no meu cu, ao mesmo tempo em que estava com o dedo na minha boceta, enlouqueci, e gozei, bem na cara dele, foi incrível.

Mas eu queria mais, fiz com que ele ficasse de pé, coloquei o pau dele pra fora da calça, tinha um tamanho normal, mas era grosso, quase não coube na minha boca. Passei minha língua bem devagar na cabecinha, depois coloquei ele todo na minha boca, chupei suas bolas, chupei bem gostoso e ele gemia pra mim dizendo: - Isso sua putinha, engoli meu pau.

Então ele me colocou de quatro, e meteu com força, e eu pedia mais, e ele metia com mais força, me dava tapas na bunda, puxava meu cabelo e me fodia, como se tivesse me dando um castigo, e eu pedia mais, e mais. E gozei de novo, gozei naquele pau que tanto desejei. Depois que gozei ele disse que comeria meu cu, e eu não recusaria. Nunca.

O deitei na cama, melei bem o pau dele com meu gozo, e enfiei aquele pau gostoso na minha bunda, bem devagar, depois de colocar tudo, comecei a cavalgar, cada vez mais rápido, e com mais força, e ele me chamando de vagabunda, puta safada, me dando uns tapas na cara que me deixavam cada vez mais louca de prazer. Pedia mais tapas enquanto sentava no pau dele. E gozei novamente, e ele gozou tbm, nessa hora tirei o pau dele da minha bunda e coloquei na boca, e ele fixou bem gostoso.

E depois foi embora.

Depois disso, nunca mais quis saber de sexo água com açúcar, me tornei mais safadas a cada dia, tive uma experiência incrível com uma mulher, mas com meu tio, nunca mais transei, e tudo bem pra mim, porque foi o melhor sexo da minha vida.

Renata.

Comentários

28/06/2015 11:43:20
Renatinha adorei.... quem sabe um dia nos conhecemos? Garotas q quiserem realizar suas fantasias com um tiozao roludo e so chamar no whatsapp...
19/06/2015 21:10:37
Q delicia e bem excitante ,parabéns
19/06/2015 15:17:16
Oi Renatinha, gostei muito, com muitos detalhes e sedução, eu tenho um parecido se quiser leia clicando sobre meu nick assim como os outros de incesto, espero que goste, se curtir me escreva para trocarmos experiencias: vermelho_1988@hotmail.com
19/06/2015 14:43:09
Adorei seu conto muito bom adoro que seja safada e decidida meu email e nil.do81@hotmail.com
19/06/2015 13:28:09
Obrigada gente. Sou nova por aqui, fiquei feliz que gostaram. Nego_lindo, qualquer hora eu conto sobre minha experiência lésbica. Rs
19/06/2015 13:01:06
Belíssimo. don.juan.teixeira@gmail.com
19/06/2015 09:04:56
Dellicia de conto renatinha,parabens,conta pra nois a sua experiencia com outra garota,ah:adorei seu perfil,adoro mulheres assim,gordinhas e bem putinhas.meu email:gsrb@hotmail.com.br
19/06/2015 08:56:04
Muito bem escrito. Você é tentadora e maliciosa como minha sobrinha Sarah. Parabéns pelo conto!
19/06/2015 07:46:04
Hmmmm, que sobrinha mais gostosa!!! Adorei o conto! Beijos e leia os meus tb
19/06/2015 07:37:19
Muito bom..parabéns

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.