Casa dos Contos Eróticos

Feed

Comendo a filha da testemunha de jeová casada

Autor: frank
Categoria: Grupal
Data: 11/06/2015 08:17:47
Nota 6.50
Ler comentários (5) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Voltei galera... vou continuar a história sobre o envolvimento com a testemunha de jeová casada, para entender a história completa, sugiram que vejam a parte 1: A Testemunha de Jeová casada.

Então, depois da transa gostosa com a melissa(seu nome), vi que ela era uma tremenda puta incubada num traje de crente... depois, da nossa primeira transa, tivemos outras mais, já que fiquei indo à sua casa realizar o tal estudo bíblico, já que ela se prontificou em ser minha tutora, o seu esposo não desconfiava de nada, já a sua filha, a marcia, estava de olho em nós, pois, ela já parecia conhecer os interesses da mãe, ou ela sabia que a mãe é uma verdadeira puta ou ela desconfiava, diferente de seu pai corninho... enfim, um dia a melissa me liga chamando para ir na sua para para o tal estudo, eu até achei que já tivesse acabado, pois na última vez que fui lá, quase fomos pego pelo seu esposo e ele não sei por desconfiança ou por interesse religioso mesmo, perguntou se não havia acabado ainda essa formação caseira, pois ele queria me levar no templo, e a melissa disse que na próxima reunião do templo, ele poderia me levar já que este seria o meu último encontro formativo e que depois eu estaria pronto para ir ao templo, por isso achei que era o fim dos encontros, de nossas transas... só achei mesmo, porque uns 15 dias depois a vadia me liga me chamando em sua casa, como falei agora a pouco, segundo ela, faltava ainda uma última coisa... eu, lógico que sabia o que era, era saudade da minha pica que aquela vadia tava sentindo, já que o marido não a come direito... então lá vai eu; chegando lá, como sempre, já fomos logo nos beijando, fui lambendo o seu pescoço, orelha, mordiscando de leve, e a vadia coroa crentinha gemendo deliciosamente, então fomos para o quarto do casal e lá a joguei na cama e caí matando a pau, já que também estava com saudades de foder gostoso aquela coroa crentinha, então, ela prontamente tirou a blusa e eu já fui logo mamando feito um bezerrinho recém nascido, mamava gostoso num seio enquanto apalpava outro, e ficava revesando entre eles. Depois, mandei a puta chupar meu caralho que já babava desesperadamente a essa altura e a coroa não hesitou e caiu de boca, chupava deliciosamente, subindo e descendo por todo o tronco duro, engolia e até garganta profunda a safada fazia. Depois, mandei ela deitar e abrir bem suas pernas, assim ela fez, e eu cai de boca na sua buceta inchada e gulosa, de lábios rosados, com um trinângulo das bermudas, a coisa mais linda... e eu chupava gostoso, enfiando 3 dedos dentro da putinha, que gemia gostoso “hum... aí, delícia, isso safado, enfia esses dedos nessa bbuceta enfim seu puto, rasga essa crentinha piranha rasga”, e eu fazia tudo o que ela pedia e a xingava sem parar... então, mandei a testemunha de jeová gostosa ficar de 4 porque eu ia começar comendo aquele cuzão gostoso dela, e como já estava acostumado a foder o seu cuzinho, ela prontamente ficou de 4 e disse: vem seu puto, soca essa tora no meu buraco que você disverginou, me arromba de novo todinha seu cachorro” e eu assim fiz, soquei de uma só vez a rola no seu cú e a vadia deu um grito manhoso misturado com charminho e uma dorzinha, olhou para trás com cara de ninfeta e fez biquinho que me deixou doi e comecei as estocadas fortes no seu cuzinho... foi quando de repente a porta do quarto abriu de repentinamente e entra nada mais que a marcia, sua filha, que fica estática, parada na porta e pergunta o que é que estava acontecendo ali... eu instantaneamente para de foder e retirei o meu pau do cú da melissa e tentei me cobrir, a melissa também tentou se cobrir para depois começar a explicar tudo, mas a filha, foi logo dizendo que não queria saber de explicação nenhuma e revelou que já desconfiava da mãe está dando esses encontros bíblicos em casa, já que normalmente ela nunca o fazia e quando fazia era na casa da pessoa e por pouco tempo... mas comigo estava sendo diferente e isso a tinha chamado a atenção...a melissa ainda tentando se explicar e toda nervosa, eu também não sabia o que fazer na hora, mas foi aí que tanto eu como a melissa nos surpreendemos com a marcia... a marcia disse que ficaria tudo tranquilo, ninguém iria saber de nada do que houve ali com uma condição... que ela participasse da transa também... a melissa ficou brava e mais nervosa e disse que não, que ela é uma garota, só tem 16 anos e tal, mas a marcia não quis saber e disse ou ela participaria da transa ou contaria tudo para o seu pai, pois além de pegar no flagra, ela havia instalado câmaras fotográficas no modo de filmagem pelos cômodos suspeitos da casa onde poderíamos está fazendo algo e revelou que havia uma no quarto dos seus pais e mostrou onde estava, e ameaçou entregar a filmagem para o pai caso ele duvidasse de sua palavra... então não teve jeito... foi aí que eu entrei na discussão... eu: melissa, escuta a garota, ela tá com o jogo nas mãos, e nós poderemos perder muito, ou melhor, você, pois sou solteiro e tenho minha vida própria sem depender de ninguém, já você tem uma família e depende de muitos... - então a marcia disse: seu safado, você quer é comer a minha filha também, isso sim... mas realmente não tenho o que fazer a não ser ceder, além do mais, ela mesma é quem quer, e você pode ir preso, já que ela é menor de idade... foi aí onde tive uma ideia brilhante para livrar a minha barra caso sujasse para mim... marcia, é o seguinte, quero que você nessa mesma filmagem grave você falando que quer por livre vontade perder a virgindade, que não está sendo forçada a nada, que você foi quem nos chantageou e em troca de aceitarmos a sua chantagem você terá que fazer isso... ou então não perderá sua virgindade agora... mas a filha se mostrava uma safada igual a mãe, e já estava mordendo os lábios e se exibindo... então, depois da marcia fazer a gravação dizendo como havíamos combinado, começou então a putaria de verdade... nisso tudo, percebemos que ainda estávamos sem roupa, eu e a melissa... então, chamei a marcia, que por sinal já estava bem formada – vou dizer como ela é...: da mesma cor que a mãe, cabelos preto até os ombros, peitudinha, seus seios são volumosos e firmes, bundinha carnuda e empinada, coxinhas grossas, boquinha pequena mas linda, e um jeitinho de ninfeta perfeita; e ela estava vestida assim: com uma sainha até os joelhos e uma blusinha regata decotada que deixava seus seios quase de fora. Então, disse para a melissa, fica aí e olha se a sua filha sabe fazer as coisas, caso ela erre, você a ajude... então chamei a putinha pra perto de mim e sentei na cama, disse para ela, chupa minha rola safadinha, ela fez cara de nojo e disse que não, que é nojento, então falei que não era e chamei a melissa sua mãe e mandei que ela me chupasse para que a marcia visse como era... então a marcia caiu de boca e começou um boquete delicioso como sempre, garganta profunda e tal, olhou para a filha e disse: é sua vez agora. Então ainda fazendo charminho, a melissa começou a chupar meio desajeitada, mas só foi colocar a cabeça todinha na boca que peguei na sua cabeça e empurrei contra meu pau e fiquei fazendo movimentos de leve, chegou a se engasgar um pouco, mas logo se acostumou e já não precisava que eu a segurasse... então, depois dela ter chupado gostoso, veio e simplesmente me beijou e eu retribuir, então comecei a chupar seus seios que estavam duros feito pedra e ainda fiz uma espanhola, sua mãe ficou empurrando seus seios contra meu pau enquanto eu fazia o movimento de vai e vem, gozei gostoso na cara da vadiazinha crenteinha chantagista... depois mandei que sua mãe a melissa, deitasse a marcia e abrisse suas pernas para que eu pudesse chupar a sua bucetinha, assim a marcia fez e eu cai de boca naquela bucetinha novinha deliciosa e chupei gostoso até a garota se tremer inteira num gostoso delicioso em minha boca, então falei para marcia também saborear do sulco de sua filhinha putinha, e ela disse não, que não era lésbica e que ela era a sua filha e tal, então falei, só um pouquinho... então ela fez e pelo jeito adorou, pois só parou quando a putinha da marcia teve outro orgasmos agora na boca de sua própria mãe e pelo jeito não foi só ela, mas a melissa também estava adorando poi dizia: isso mãe, chupa gostoso a bucetinha de sua filhinha novinha putinha... hum.... que gostoso, não para, não para...” e a marcia que antes relutava em chupar uma mulher e ainda mais sua própria filha, agora se deliciava com o mel da bucetinha da melissa... depois mandei que as duas fizessem um 69 e assim fizeram, a melissa ficou de 4 por cima da mãe, então seria a hora tão esperada por todos, por melissa que iria perder a virgindade e sentir um pau de verdade pela primeira vez, por mim que iria deflorar a bucetinha virgem da filha da crentinha casada safada e por marcia que iria presenciar a filhinha ninfetinha putinha crentinha ser fodida pela primeira vez, enfim, um momento que todos aguardavam... então mandei que a marcia abrisse bem a bundinha da sua filhinha para que eu penetrasse ela gostoso, assim ela fez, abrindo ao máximo a bundinha da filhinha e eu fui me colocando no meio e roçando a cabeça do meu pau na portinha de sua bucetinha encharcada e suculenta, a melissa a essa altura já implorava por rola e eu só brincando até que decidi penetrá-la e comecei a ir forçando a entrada do meu pau e a putinha gemia muito e dizia: vai gostoso, mete logo essa rola tira meu cabacinho safado, faz igual com o cuzinho de minha mãe, soca com força, hum, delícia, ah... hum... então, quando a cabeça rompeu o a barreira que até então a fazia ser uma novinha virgem e o sangue começou a sair, não tive mais pena, meti todo o resto do meu pau sem dó na vadia que deu um sopapo para a frente e gritou alto, eu então comecei um movimento feroz de vai e vem, arrombando de vez a bucetinha agora não mais virgem e sim, arregaçada... enquanto eu metia na melissa a marcia ficava alisando suas coxas e chupava meu pau quando escorregava da buceta da melissa e a própria marcia o colocava na buceta da filhinha de novo... ficamos assim por alguns minutos até eu não aguentar mais, isso as 2 vadias já haviam gozado várias vezes, então avisei que iria gozar e como fodia sem camisinha não podia gozar dentro da ninfeta putinha, então tirei meu pau da buceta da melissa e mandei as 2, mãe filha ficarem de frente para mim e abaixadas com seus rostinhos na frente do meu e de bocas abertas para que eu gozasse nelas e melasse também seus rostos de vadias... assim se colocaram e gozei gostoso nos seus rostos, as 2 engoliram o que puderam, o que caiu em seus rostos, olhos, boxexas, cabelos, eu mesmo tratei de passar minhas mãos lambuzando as 2 putinhas... terminada a transa mandei que elas se beijassem novamente depois de engolirem meu gozo que estava em suas boquinhas e assim fizeram, deram entre elas um beijo delicioso e demorado e depois eu ganhei de cada uma delas um beijo também delicioso selando assim a nossa maravilhosa transa gostosa que a princípio havia deixado eu e a marcia nervosos pelo motivo da chantagem, mas depois foi só prazer para todo mundo, especialmente para mim... depois contarei como comi o cuzinho da melissa... abraços e comentem se gostaram ou não... só lembrando, é uma história de ficção, não há nada de realidade a não ser a minha imaginação e tesão em mulheres crentes gostosas, ninfetas ou coroas... abraços a todos!

Comentários

10/02/2016 14:25:00
Alguém acredita nisso ?
15/07/2015 20:14:51
que maravilha tu é cara de sorte.....
03/07/2015 02:06:44
Olá, me chamo João Carlos e esse numero que está nos comentarios com o usuário ninfeta putinha me pertence. Sou Advogado, da ZL de São Paulo, 34 e casado. Não me cadastrei em conta alguma, muito menos com esse nome.A pessoa usou e-mail falso para cadastrar essa conta. Gostaria primeiramente de dizer que a pessoa que fez essa brincadeira esta de parabéns por ser tão desocupada. Caso não consiga contatar o site, tomarei medidas legais. Desde já agradeço a piada a parte, mas toda ação tem seu retorno.
11/06/2015 16:22:37
Uau que conto delicioso Me deixou com mais Tesão ainda! Conheci pessoalmente algumas pessoas aqui no site e adoraria ampliar meu circulo de amizade com Mulheres e Casais (adoro gordinhas e maduras Me deixam doido)Mas indiferente da idade, estado civil e raça para se possível gozar gostoso, pois quero se possível encontros reais ,Sou Mulato, 39 anos, solteiro, 1.87cm, 100kg, praticante de jiu jitsu, dote Razoável, muito cheiroso e safado, contatos somente por Skype ou e-mail pablowillians38@outlook.com ou whatsapp (onze) nove. Seis, três, cinco, cinco, cinco, quatro, três, sete. Aguardo pessoas legais e liberais de sp para amizade e diversão real.
11/06/2015 09:42:11
Ficou uma dúvida, Melissa é a mãe ou a filha? Tudo ficou confuso

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.