Casa dos Contos Eróticos

primeira vez da minha esposa ( parte 1)

Autor: fabio
Categoria: Heterossexual
Data: 02/06/2015 14:41:00
Nota 10.00
Ler comentários (4) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Sou casado com Lisa, ela tem 36 anos, somos casados a 10 anos, mas namoramos a 17 anos. Eu fui seu primeiro namorado, e unico homem dela ate entao. Ela é professora da educaçao infantil e vem de uma familia tradicional cheia de pudores. Preciso dizer tbem, q lisa é muito bonita, é loira, corpo perfeito, faz academia e ginastica. Desde o inicio do namoro quando ainda eramos adolescentes, lisa sempre teve receios e cuidados, tanto que transamos a primeira vez um ano depois de iniciado o namoro, pois tinha medo dos pais. O tempo foi passando mas ela sempre foi recatada e nao gosta de filmes pornôs, de moteis e de sacanagens. Depois do casamento, nossa vida continuou sempre perfeita, pois temos condiçoes financeiras, tivemos filhos, viajamos, enfim, temos uma familia bem tradicional, e o sexo sempre existe entre nos, mas logico que com o tempo, cai na rotina e Lisa muitas vezes cansada, devido ao trabalho e filhos, alem de nao ser muito receptiva a tentar manter o assunto "sexo" presente ao seu dia a dia, acaba ficando em segundo plano. Eu, Fabio, sempre gostei de ver sacanagens de sexo, e para mim o sexo é muito importante, fico incomodado com essa situaçao e comecei a cobrar de Lisa, alem de tentar criar fantasias, cenarios, ocasioes especiais para despertar nela o desejo. Consegui algumas melhoras, mas nada muito significante, ate que no aniversario dela, anos atras, reservei um hotel extremamente romantico, com espumante nos aguardando, num local exotico e tudo com muito requinte. Alem disso, comprei presentes a ela e lingerie especial para ocasiao. Namoramos muito, jantamos e bebemos duas espumantes, e como o clima era extremamente erotico, começamos a conversar sobre sexo, desejos e etc. lisa, sob o efeito do alcool, começou a se soltar e falei das minhas fantasias com duas mulheres, e de algumas mulheres conhecidas que tenho desejo e outras nao, e perguntei a ela, quais seriam suas fantasias, e ela começou a dize, que hoje em dia nao existem mais mulheres como ela, pois so transou comigo, e que logico ela tinha curiosidade em saber como seria com outro homem. Falou tambem que nunca tinha parado para pensar em fantasias, mas faria tambem com dois homens, ou troca de casais, mas que isso jamais tornaria real, pois como iria olhar para mim depois, e que com certeza o casamento iria mudar, tem medo de doenças, alem de ter que ser com alguem que ela sinta desejo e intimidade, mas por outro lado nao poderia ser alguem que fosse conhecido. Para completar ainda disse, que nao sentia vontade, apenas curiosidade.

Como o clima era propicio, ainda bebendo, fiz a proposta dela me dizer alguns homens conhecidos que transaria, e ela me citou alguns, depois fiz a proposta de transarmos imaginando ela com um desses homens. Assim fizemos e foi muito bom, embora Lisa nao goste de falar no sexo, percebi que ela ficou muito excitada. Depois desse dia, tudo voltou a rotina, ate o dia que saiu no mercado o livro cinquenta tons de cinza, e ela acabou comprando depois da insistencia das amigas. Percebi que conforme ela ia lendo, sua excitaçao aumentava, e transamos mais que o normal durante o periodo que leu os livros, tornando ela uma apaixonada pelo personagem. Conversamos e brincamos muito com essa situaçao e comecei a perceber que Lisa estava mais receptiva a esses assuntos de sexo e fantasias.

Ano passado em novembro fomos para um resort na bahia, somente eu e Lisa sem os filhos ficar quatro dias, apenas para descançar e usufruir da estrutura do resort. No primeiro dia, chegamos a tarde, e fomos para piscina do hotel, e ficamos bebendo e conversando e a noite jantamos no hotel onde vimos que teria programaçao com musica e dança todas as noites no resort. No segundo dia, Lisa acordou cedo e foi na academia do hotel e eu fiquei dormindo, chegou la, e nao tinha ninguem, mas começou a fazer os exercicios, ate que chega um rapaz, muito atraente e tambem começa a usar os aparelhos. Passado algum tempo, ele começa puxar conversa com Lisa, perguntando de onde era, o q estava fazendo la, seu nome e etc, e Lisa, faz o mesmo, tornando o periodo da academia uma conversa entre ambos. O rapaz, usando de seu charme,mas com educaçao, começa elogiar e brincar com Lisa, e ela tendo toda uma educaçao conservadora e com medo da minha reaçao, percebe a intençao dele e corta os assuntos educadamente e acaba terminando os exercios e indo embora. Passamos novamente o dia pelo resort, e a tarde na piscina, quando o rapaz passa perto de nos, e Lisa me diz, -olha o rapaz amor, hoje pela manha ele estava comigo na academia e começou a dar em cima de mim, aí fui embora, fiquei com medo que iria me agarrar...hehehehe. eu respondi...- serio? achou ele bonito?, e ela: - ahh é gatinho sim, um assim eu ficava...hehe, eu respondi: - ninguem te conhece, deixa ele querer voce, depois me conta o que ele te diz.

A noite, fomos no jantar com show do resort, jantamos e começou o show com musica, onde os hospedes dançavam e se divertiam, ate que percebo a presença do rapaz, e olhando para Lisa. Digo a ela, que o rapaz nao tira os olhos dela, e ela meia bebada, diz: - eu disse que ele estava me cantando, eu respondo: - de umas olhadas para ele tambem, vamos deixar ele louco por voce, mas ela responde: - para com isso, eu nao sei fazer essas coisas, e corta o assunto. no final da noite, Lisa vai ao banheiro, e quando esta saindo, o rapaz passa por ela, e cumprimenta educadamente e diz que ela esta muito linda e que amanha estara esperando na academia, ela por sua vez, nao responde nada e volta ao meu encontro. Voltando para o quarto ela me conta o que aconteceu, damos risadas e temos uma noite de amor.

No outro dia, o terceiro, Lisa vai academia no mesmo horario, e novamente nao tem ninguem, ate que o rapaz chega e ja diz: - Bom dia, comecei bem o dia, dormi pensando em encontrar vc aqui hoje, Lisa responde meia timida: - bom dia, e nada a mais, mas o rapaz nao desiste e puxa conversa a todo momento com ela sobre tudo, fazendo com que Lisa fique mais a vontade ate terminar os exercicios e voltar ao quarto. Quando retorna eu e ela conversamos, ate eu lembrar de perguntar, _ e o rapaz foi na academia?? ela diz:- foi, e novamente nao parou de falar comigo, acho q amanha nao vou na academia nesse horario, ja esta me incomodando isso . A tarde, fico sabendo que tera um jogo de futebol no resort e vou la conferir, chegando la, o rapaz tambem joga e depois do jogo, todos sentam e conversam, e acabo conhecendo melhor ele cujo nome é rafael e tem 29 anos e esta de ferias. Quando retorno junto a Lisa, conto a ela o que descobri sobre Rafael e fico provocando se realmente acha ele atraente se faz o tipo dela, e ela percebendo minha provocaçao responde que sim. A noite, quando estamos tomando banho para irmos ao jantar com show novamente, começo a beijar e acariciar Lisa, tocando sua bucetinha e pergunto se daria ela pro Rafael, ela responde: - claro que sim, ele é lindinho. eu digo: - humm, safada, daria pra ele hoje se estivesse sozinha??, ela diz: - se fosse solteria e ele quisesse, simm. Terminamos de nos arrumar e vamos ao jantar.

( continua.....)

Comentários

01/11/2016 05:47:19
25/06/2015 13:04:25
Parabéns, http://drmenage.blogspot.com.br/.
02/06/2015 16:17:02
Excelente. Continue.
02/06/2015 15:20:55
delicia teu conto, envolvente, sedução com estilo, como eu gosto quando acontece com um casal, parabens….continuelifewklass@gmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.