Casa dos Contos Eróticos

Feed

Meu Padrasto (Parte - 17)

Autor: ∞ Alex ∞
Categoria: Homossexual
Data: 13/05/2015 12:52:11
Última revisão: 13/05/2015 13:03:10
Nota 9.81
Ler comentários (24) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Dei um selinho demorado, parei e olhei seu rosto, tão lindo, dormindo sereno, não acordou.

Levantei fiquei olhando-o... O que estava acontecendo comigo? Andava de um lado para o outro estava confuso, passava a mão no cabelo e o olhava dormindo...

Saí dalí e fui para a sala, andava de um lado para o outro, precisava de álcool, não tinha em meu AP, voltei para meu quarto, troquei de roupa e saí, fui para qualquer bar que estivesse aberto...

Yago narrando.

- Yago, venha querido, já está tarde e amanhã cedo eu e seu pai temos que estar em casa, temos trabalho.

Saio e vejo uma mulher loira, olhos azuis, cheinha e linda colocando malas no porta-malas do carro. Era minha mãe, estávamos em uma fazenda que meu pai amava, íamos sempre em feriados ou nas férias.

Meu pai vinha logo atrás de mim com mais malas... Meu pai era forte, olhos verdes, cabelo loiro e branco, não é atoa que sou tão branquelo!

Meu irmão sabe lá Deus onde estava, sempre ficava por fora de tudo que fazíamos em família, nunca ficava em casa, se drogava, meus pais não sabiam mais o que fazer com ele...

Entramos no carro, estava no banco de trás distraído ouvindo musica e olhando a paisagem quando de repente há uma freada brusca, minha mãe grita, o carro derrapa e cai em um morro, estava sem cinto e sou jogado longe, não perco a consciência e de longe vejo que o carro continua virando e descendo o morro e já todo amassado bate em uma árvore. Daí em diante não vi mais nada, apaguei.

Acordei em um hospital, uma luz me cegando, vi o médico em minha frente, imediatamente lembrei de tudo, perguntei pelos meus pais desesperado.

Ele: Que bom, tinha medo de ter havido sequelas, uma delas perda de memória.

Eu: Fala pelo amor de Deus!

Ele: Seus pais faleceram, eu sinto muito!

Comecei a chorar, meu mundo desabou, sentia uma dor enorme...

Eu: Preferiria ter perdido a memória!

Ele me olhava penoso, foi o primeiro olhar de pena que recebi de muitos que ainda estavam por vir, pois dalí em diante minha vida se transformou em um inferno!

Eu: Gostaria de ter morrido com eles.

Sempre acordava nessa parte, comecei a chorar, odiava esse sonho, odiava lembrar...

Virei para abraçar Fernando mas ele não estava lá, comecei a sentir falta de ar, minha bombinha estava na cabeceira, a usei e levantei, precisava de um copo d'água.

Saí dalí e fui a cozinha devagar, minha barriga doía demais pelo que aconteceu, cheguei a geladeira, tomei um copo d'água e ví que Fernando não estava em nenhum canto do AP. Onde será que ele estava?

Fer narrando...

Eu bebia como se não houvesse amanhã, e só me vinha ele na cabeça! Mas porque?

Estava com ódio de mim mesmo, nunca fui de ninguém, de ficar pensando em ninguém, preocupado sem tirar ninguém da cabeça!

Uma mulher bem gostosa veio até mim, dei uns agarros nela mas ele não saía da minha cabeça, não conseguia me concentrar na gostosa a minha frente, não me excitava com ela e isso nunca me aconteceu...

Ela me beijava. - Vamos para um lugar mais tranquilo?

Eu: Não. Vaza!

Ela: Como é que é?

Eu: Disse para sumir, você não me ascendeu, não me é atraente, não entendeu? Some!

Ela me olhou querendo chorar, fui duro mas era assim mesmo, fazer o quê?

Ela saiu arrasada!

A verdade é que poderia aparecer Angelina Jolie na minha frente naquele momento que não faria efeito nenhum, só ele me vinha a cabeça, só ele tinha efeito sobre mim.

Seu cabelinho loirinho e enrolado, sua boca pequena e rosinha, sua pele branca, seu corpinho frágil e seus olhos azuis... Seus olhos me deixavam louco, quando ele me olhava parecia que enxergava dentro de mim, seus olhos pareciam ser transparentes, refletiam seu estado emocional, se estava triste, nervoso ou feliz, naquele momento me diziam estar apaixonado e eu estava louco com isso, eram tão azuis que me sentia olhando um céu lindo e sem nuvens.

Saí daquele bar caindo de bêbado, como aquilo foi me acontecer? Como uma pessoa conseguiu mexer comigo a chegar ao ponto em que estava? Uma mulher se ofereceu para mim e eu dispensei, nunca imaginei fazer isso na vida!

No AP, Yago narrando.

Deitei no sofá em posição fetal e acabei dormindo novamente, acordei com um barulho de porta batendo, era ele entrando no AP.

Fer estava bêbado, não se segurava em pé, sentei no sofá devagar, ele parou e ficou olhando para mim, não falava nada, só me olhava.

Ele: Isso é culpa sua, isso tudo é culpa sua!

Eu: O quê?

Ele: O estado em que estou, ninguém me interessa mais!

Eu não estava entendendo nada, olhava para ele...

Ele: Para de me olhar!

Eu: Mas porque?

Ele: Para de me olhar com esses olhos já disse porra!

Cláudia que dormia em outro quarto apareceu... - O que está acontecendo?

Eu: Não sei, ele apareceu bêbado, falando coisas estranhas...

Ele se aproximava de mim mais e mais, falou sussurrando. - Você com seus olhos que me hipnotizam são os culpados por estar neste estado!

Ele ia pegando em meu rosto mas Cláudia o puxou pelo braço...

Ela: Yago vá para o quarto, durma, eu cuido dele!

Eu: Mas...

Ela: Descanse querido, você passou por poucas e boas ontem!

Eu: Tá bem.

Fui para o quarto e deitei, com um tempo o sono me venceu novamente, dormi pensando no Fernando.

Fer narrando...

Cláudia me levou para seu quarto, me jogou debaixo do chuveiro de roupa e tudo, me deixou lá e apareceu com uma roupa e uma toalha...

Ela: Se vista e saia, iremos ter uma conversa séria, agora!

Me enxuguei, vesti a roupa com dificuldade, quando saí ela estava me esperando com uma xícara na mão, me entregou, era um café amargo...

Ela: Sente-se!

Sentei...

Ela: Fernando vamos falar sério agora, o que você está sentindo por esse garoto?

••••••••••••••••••••••••••••••

Uma parte só do Fer e do Yago, mas na próxima tem mais do Doug e Rick, espero que tenham gostado...

Abração galera!

Comentários

11/04/2016 00:31:13
...
01/01/2016 22:38:09
...
16/05/2015 03:36:27
...
15/05/2015 22:27:21
...
14/05/2015 12:21:38
genteeeeeeeeeee !!
13/05/2015 20:04:35
Amei!!!!
13/05/2015 19:07:03
Calma Alex, não foi uma crítica, pelo contrário... Acho que tá todo mundo curtindo.
13/05/2015 18:54:42
Perfeito como sempre e muito ansioso pelo próximo :D
A36
13/05/2015 18:28:24
Amei amei amei muito. Abraço!
M/A
13/05/2015 17:53:00
Muito bom.
13/05/2015 17:31:57
Fiquei curioso com suas novas revelações... :]
13/05/2015 16:07:51
Gente Yago e Fer não viraram um casal protagonista, eles também são junto a Doug e Rick, o nome Meu Padrasto não é só por Doug e Rick, vocês vão entender mais tarde rsrs... Mas o conto tem dois casais principais, nesta parte não teve Rick e Doug mas houveram 8 ou 9 sem Fer e Yago e vão haver outras como vão haver outras também sem Rick e Doug. Beijos gente.
13/05/2015 15:33:53
Muito bom muito ansioso para o próximo
13/05/2015 15:31:51
H7jjy
13/05/2015 15:16:44
.....
13/05/2015 14:58:53
Eu sei que o personagem principal é o Doug, mas na minha opinião a história mais cativante até o momento é a do Yago, essa sim está despertando fortes emoções... Muito bom seu com a propósito...
13/05/2015 14:46:37
Esse medico foi curto e direto igual a minha tia disse ao meu primo quando o pai dele morreu: "oi Fulano? seu pai morreu ta xau!". Muito bom.
13/05/2015 14:27:26
Espero que Yago ñ sofra mais! Adorei!
13/05/2015 13:59:40
Me deu vontade de mais... amei! Como ja disse gosto muito desse casal... São perfeitos Ing e Ang <3 [não escrevi errado não pesquise sobre ai vc vai entender team Fer e Yago] sdd de Dou e Rick! Bjs até o próximo
13/05/2015 13:52:32
Interessante que o Rick e Douglas viraram coadjuvantes já a uns três ou quatro capítulos hahaha, enfim. Muito bacana
13/05/2015 13:26:05
Perfeitooo
13/05/2015 13:22:32
Amei ele está APAIXONADO!!!! Que lindo nota 1000
13/05/2015 13:15:39
Bom demais
13/05/2015 13:03:10
...

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.